Referencial Camões PLE

 

O Referencial Camões PLE é um documento de caráter didático, criado pelo Camões, I.P. com o objetivo de facultar aos profissionais da rede Camões e a outros intervenientes ligados ao ensino, aprendizagem e avaliação de Português como Língua Estrangeira (PLE) um referencial de conteúdos que os apoiem na conceção e organização de cursos de PLE.

Elaborado por uma equipa coordenada pelo Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., de acordo com as orientações do Conselho da Europa para o ensino, aprendizagem e avaliação das línguas estrangeiras, estabelecidos pelo Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas – Aprendizagem, Ensino, Avaliação (QECR), apresenta, para a língua portuguesa:

(i) descritores dos seis níveis comuns de referência (do A1 ao C2) e

(ii) inventários de conteúdos, organizados em três componentes do uso comunicativo da língua: componente pragmática, componente nocional e componente linguística.

Os inventários apresentados no Referencial Camões PLE propõem o tratamento sequencial de conteúdos ao longo dos seis níveis de referência do QECR, com diferentes realizações linguísticas, de modo a respeitar os critérios de progressão necessários ao desenvolvimento da competência comunicativa. Pretende-se, desta forma, evidenciar aquilo que se espera que o sujeito em aprendizagem consiga fazer nos diferentes níveis de proficiência, no que diz respeito ao uso da língua para a realização de diferentes atividades linguísticas, em contextos e situações de comunicação diversificados.

O Referencial Camões PLE é constituído por um ebook, que pode ser descarregado gratuitamente na Biblioteca Digital Camões, e pelos inventários de funções, noções e gramática, disponibiizados de forma interativa nesta página, para facilidade de utilização, em pares de níveis de proficiência.



NÍVEL B2

com interlocutor conhecido
forma de tratamento afetuosa
▪ (Meu) Amor/Amorzinho, posso pedir-te um favor?
▪ (Minha) Querida, precisava que viesses aqui...


será que (+ forma de tratamento e/ou nome)
▪ Será que (o senhor / a (D.) Maria) sabe dizer-me a que horas abre o banco?

reconhecendo o interlocutor
▪ Acho que te/o/a conheço de algum lugar...
com (forma de tratamento +) nome [conhecido]
Olha o Tiago!!
Joããão!
(D.) Rita! Que bom vê-la!

referindo ausência temporal
[conhecido]
▪ Mónica!, há tanto/quanto tempo!

na escrita
[+ formal]
▪ Muito boa tarde, Exmo. Sr. José Silva.
com resposta a questão anterior + agradecimento e/ou interrog. retribuição
[Como está o(a) senhor(a)?]
▪ Vai-se indo, obrigado(a)!
▪ Cá se vai andando / O mesmo de sempre… E o senhor / a senhora?
[Mónica! Há tanto/quanto tempo!]
▪ Olá, olá! É mesmo!! Como estás?
diminutivo (+ forma de tratamento e/ou nome)
▪ Adeuzinho (Vasco)!
▪ Tchauzinho (Manel)!


aludindo a um próximo encontro
▪ Vamos falando, sim?
▪ Vamo-nos mantendo em contacto.
▪ Vou/Vai dando notícias.


na escrita
[+ formal]
▪ Atentamente,
▪ Cordialmente,
▪ Com os (meus/nossos) melhores cumprimentos,
com ou sem (forma de tratamento +) nome
▪ Posso perguntar o que se passa (consigo)?

▪ Joana, não me queres dizer o que aconteceu?

em caso de indisposição/ doença/acidente
Tem/Tens andado melhorzinho(a)?
[- formal]
▪ (Dás) Beijocas minhas a todos lá em casa?
[Cumprimentos ao pai!]
▪ Serão entregues! Obrigado(a).
as minhas desculpas (por)
▪ As minhas desculpas por interromper.

pedir/esperar que + desculpar
▪ Peço(-vos) que me desculpem!
▪ Espero que me perdoem.
[As minhas desculpas...]
▪ Desculpas aceites.

esquecer
▪ Já esqueci! / Já está tudo esquecido!
▪ É ótimo que estejam cá (em casa)!
▪ Espero que goste(m) de aqui estar.


[+ formal]
▪ Sinta-se em casa, por favor!
ação ou acontecimento
▪ Bravo!/Estupendo!
[- formal]
▪ Assim é que é!

[+ formal]
▪ Felicitações!

cumprimentar/felicitar + por + GN/or.
▪ Felicito-vos por este sucesso!
▪ Deixe-me cumprimentá-lo(a) por fazer um excelente trabalho!
▪ Gostaria de propor / Proponho(-vos) um brinde [a…]!

brindar + a/por
▪ Brindemos ao Sr. Sousa!
▪ Brindem comigo por um ano de sucessos!
que + conj.
(Desejo/Espero) Que tenham umas ótimas férias!

em caso de indisposição/ doença/acidente
que + conj.
▪ (Desejamos/Esperamos) Que recuperes depressa!

festas e celebrações
[aniversário] Que contes muitos e estejamos todos aqui para celebrar!
▪ Que tenham um bom Natal e um feliz Ano Novo!
[+ formal]
▪ Os meus pêsames.
▪ As minhas condolências.
obrigado(a)
▪ Muitíssimo obrigado(a).
▪ Obrigadíssimo(a).
▪ Mil vezes obrigado(a)!


agradecer/grato(a)
Não sei como vos agradecer...
▪ Estou-lhe/Fico-lhe muito agradecido(a)/grato(a).

ficar/estar agradecido por + GN / inf. pes.
▪ Fico-te muito agradecida pelo favor.
▪ Ficamos-te muito agradecidos por teres vindo cá a esta hora.

elogiando

▪ (Isso) Foi muito querido/gentil/amável da tua (sua) parte!

na escrita
[+ formal]
▪ Os nossos sinceros/melhores agradecimentos.
▪ Antecipadamente grato(a).
referindo não obrigação
[Muito obrigado!]
▪ (Não tens de agradecer!) Fiz/Foi com muito gosto/prazer!

referindo disponibilidade
[Agradeço-te imenso!]
▪ Sempre à disposição/ao dispor!
com interrog. introdutória
▪ Ainda não nos conhecemos, pois não? Então, (muito prazer) eu sou o Hugo Pereira.
▪ Dá licença/Permite que me apresente?/Prazer, (Sou o) Paulo (Rodrigues).
querer/gostar + apresentar + nome (+ apelido e/ou outra inform. pes.)
▪ Queria/gostava que conhecessem o André.

[+ formal]
Tenho o prazer de vos apresentar o Dr. António.
querer/gostar
▪ Queria/gostava que me apresentasses à tua amiga.

interrog.
Posso pedir-te que me apresentes à tua amiga?
▪ Posso ser apresentado à diretora?
querer/gostar
▪ Queria/gostava que me apresentasses a tua amiga.

interrog.
Posso pedir-te que me apresentes o teu amigo?
▪ Posso pedir(-lhe) que o novo colega me seja apresentado?
(não) querer/gostar + que
▪ (Não) Queres que te apresente (a) todos?

[+ formal]
▪ Gostaria que lhe apresentasse os novos membros/que eles lhe fossem apresentados?
[Deixa que te apresente as minhas filhas.]
▪ É um prazer para mim conhecer-vos!
▪ Ouvi falar muito de vocês! Como estão?
pedir + para + inf. pess.
▪ Pedia-lhe só para falar (um bocadinho) mais devagar, se possível/se não se importa!

será que + poder/conseguir
▪ Será que (o senhor/a (D.) Madalena) poderia/conseguiria falar um nadinha mais alto?
importar-se + que
▪ Importa-se que eu entre/passe?

será que
▪ Será que (o senhor / a (D.) Telma) nos deixaria entrar/passar?
dando licença/permissão
imperativo
[Permite-nos?]
▪ Não faça(m) cerimónia!

negando ou adiando licença/permissão

pedir + que + conj.
[Podemos?]
▪ Vou só pedir-lhe que aguarde um bocadinho (por favor).
▪ Pedia-lhe que esperasse um instante, pode ser?
▪ Se pudesse voltar noutra altura…
identificar/definir

alguém
quem + or. relativa
Quem é esta menina que veio contigo?
Quem era aquele rapaz que tu encontraste?

alguma coisa
de que
De que sapatos estás a falar?

o que + or. relativa
O que é esta caixa que está na mesa?
O que é isso que trazes na mão?

atividades, acontecimentos

o que + andar a fazer
O que (é que) tens andado a fazer?

o que + andar a passar
▪ O que (é que) se anda a passar em França?
situar no espaço

localização

localização/situação
A loja tem uma boa localização?

arredores/imediações/redondezas
▪ Existe alguma clínica nas redondezas?

na margem de
O restaurante novo é na margem sul do rio?

além
▪ Há alguma ponte além?


onde + localizar-se / estar localizado
▪ Onde é que se localiza a Serra da Estrela?

poderia(s) dizer-me onde
▪ Poderia dizer-me onde é a estação, por favor?

a/em que
Já foste a que países?
▪ Em que restaurante é que jantaste?

localização relativa
isolado/ afastado/ distante
O aeroporto fica muito distante da cidade?

deslocação/direção
ir de + lugar... para + lugar
Poderia dizer-me como é que posso ir daqui para a estação?

qual/em que/para que direção
▪ Em que direção seguiu aquele carro?


distância

a que distância
▪ A que distância fica a estação do autocarro?
situar no tempo

em/por + exp. adv. tempo
Em quantos meses fizeste a tua tese?

em/por quanto tempo
▪ Em quanto tempo leste o livro?
▪ Por quanto tempo vais de férias?

ao fim de + exp. adv. tempo
▪ Ao fim de quanto tempo foste atendido?

para quando
▪ Para quando a abertura de um novo museu?
▪ Para quando está prevista a nossa reunião?

qual é a duração / que duração
▪ Qual é a duração do filme?
▪ Que duração tem o filme?

adiantar/atrasar a hora
▪ Já atrasaram a hora em Portugal?

marcar a data
▪ Já marcaram a data do casamento?

ter/ fazer planos
▪ Já fizeste planos para as férias?
qual é a lotação/capacidade
Qual é a lotação da sala?

que idade + dar
▪ Que idade dás à minha mãe?

qual é a / que quantidade
▪ Qual é a quantidade de água do planeta?
▪ Que quantidade de água existe no planeta?

qual é a / que percentagem
Qual é a percentagem de alunos aprovados no exame?
▪ Que percentagem de eleitores votou nas eleições?

mínimo/ máximo
▪ Qual é o nº máximo de alunos por turma?

extra
▪ Tens algum dinheiro extra?
de que modo/maneira/forma
De que modo é que costumas viajar?
▪ De que maneira é que fazes esta sopa?
▪ De que forma é que me posso inscrever?
causa
por algum(a) motivo/razão
▪ Escolheste este carro por algum motivo?

dever-se a
▪ A que é que se deve este teu convite?
▪ Este barulho deve-se a quê?

finalidade
qual + ser + a finalidade/ o propósito
▪ Qual é a finalidade dessa pesquisa?
ter jeito
Tens jeito para as línguas?

ser bom
És bom nisto?
▪ És bom com números?
▪ És boa a Matemática?

poder com
Podes com este saco?
identificar/definir

alguém
or. relativa
[Quem é que se sentou à frente?]
▪ Quem chegou primeiro.

alguma coisa
or. relativa
[Que sobremesa escolheste?]
▪ A que tinha melhor aspeto.

atividades, acontecimentos

or. declarativa
[O que é que tens andado a fazer?]
▪ Tenho estado a trabalhar no estrangeiro.
situar no espaço

localização
toda a parte/ parte nenhuma/ parte alguma
▪ Há cartazes por toda a parte.
▪ Não devia existir pobreza em parte nenhuma do mundo.

em qualquer lugar/ num lugar qualquer
▪ Estacionei o carro num lugar qualquer.

or. relativa (com valor locativo)
[Aonde vamos?]
▪ Aonde tu quiseres.

localização relativa
dianteiro/traseiro
▪ Parti o vidro dianteiro do meu carro.

central/ anterior/ posterior
▪ Comprei bilhetes para a fila central.

encostado a
▪ O sofá está encostado à parede.

da/de/na esquina
▪ O meu prédio fica na esquina da avenida com a praça.

beira/borda/margem de
Encontrámos um carro avariado à beira da estrada.

deslocação/direção
destinar-se/ dirigir-se a
▪ O comboio da linha 5 destina-se a Coimbra.

distância
a distância
▪ Inscrevi-me num curso a distância.

remoto/longínquo
▪ O Leonel foi viver para um país longínquo.
situar no tempo

até quando
[Até quando ficas aqui?]
Até quando a minha mãe me vier buscar.

na altura em que
[Quando é que frequentaste o curso?]
▪ Na altura em que estive em Portugal.

or. relativa (com val. temporal)
[Quando é que aprendeste português?]
▪ Quando vivi em Portugal.

desde que… até
▪ Desde que comecei a trabalhar até hoje, nunca faltei.

sempre/ todas as vezes que
[Quando é que costumas visitar a tua mãe?]
▪ Sempre que vou ao Algarve.

pela(s) X horas/ cerca da(s) X horas
[A que horas é que vais almoçar?]
▪ Pela uma da tarde.

X horas/dias/meses/anos antes
▪ Temos de sair de casa duas horas antes de começar o espetáculo.

passados(as) X horas/dias/meses/anos
▪ Só regressámos a Portugal passados 20 anos.

ao longo do dia/ ano
▪ Fui bebendo o chá ao longo do dia.

a partir de agora
▪ A partir de agora vou deixar de comer carne.

a horas/ à última hora
▪ O Carlos chega sempre a horas ao trabalho.
▪ A Ana entregou o relatório à última hora.

a todo o momento/ a qualquer momento/ de um momento para o outro
▪ A reunião vai começar a qualquer momento.

de momento
▪ De momento, este livro está esgotado.
duplicar/triplicar
▪ O número de visitantes do museu duplicou este ano em relação ao ano passado.


crescer/decrescer
▪ A população de Portugal cresceu nas últimas décadas.

or. relativa
[Quantos livros é que posso levar?]
▪ Leva quantos quiseres.

maioria/ minoria
▪ A maioria dos funcionários fez greve.

cada vez mais/menos
▪ Cada vez nascem menos crianças em Portugal.

aumento/diminuição
Houve uma diminuição do número de alunos nas escolas.

expressões quantitativas
pedaço/dose/pitada/pinga/migalha/molho/monte de
Acrescentei uma pitada de sal.
▪ Esta sopa leva um molho de coentros.
como
[Como é que faço isto?]
▪ Como me disseste./Como quiseres./Como queiras./Como sempre.

como se
[Como é que o teu irmão reagiu à notícia?]
▪ Como se não tivesse acontecido nada.

do mesmo modo que
[Como é que fizeste este bolo?]
▪ Fi-lo do mesmo modo que da última vez.
causa
devido a
▪ A loja foi à falência devido à diminuição das vendas.

[- formal]
que
▪ Vou vestir um blusão, que está muito frio.
▪ Amanhã telefono-te, que agora vou entrar na aula.

consequência
por consequência/ consequentemente
▪ Os preços subiram, por consequência as vendas diminuíram.

finalidade
a fim de + inf.
▪ Trabalhei nas férias a fim de juntar dinheiro.

a fim de que + conj.
▪ Não fomos de férias, a fim de que pudessemos juntar dinheiro.

com a finalidade/ o propósito/ o intuito de + inf.
▪ Trabalhei nas férias com a finalidade de juntar dinheiro.
ser bom
Sou bom com números.

poder com
Não posso com este saco. É muito pesado.
[- formal]
[Sempre vais fazer exame de condução?]
▪ Não faço ideia!
confirma-se
▪ Confirma-se o jantar amanhã?

quer dizer que…?
Quer dizer que vais mais tarde?

de forma indireta
dizem/diz-se que
Diz-se que o diretor se vai demitir.

ouvir dizer que
Ouvi dizer que tens um trabalho novo.

dizer/contar que
▪ Disseram-me que vais trabalhar para o estrangeiro.

questionar a verdade da informação
ter a certeza / estar certo de que
Tens a certeza de que é aqui que o Nuno mora?
▪ Estás certo de que a Carla se foi embora?


ser verdade que / certo que (não)
É verdade que foste ao Brasil?
É certo que não temos aula amanhã?
confirmar
Confirma-se que o diretor vai apresentar demissão.

sim + ter a certeza
Sim, tenho a certeza.
(eu) não diria que
[O Sebastião é muito antipático.]
▪ Eu não diria que o Sebastião é antipático. Ele é só mais reservado.


é impossível + inform. nova
[A Cláudia foi viajar.]
▪ É impossível. Ainda hoje estive com ela.


tens a certeza de que + nova inform.
[A Maria hoje não vem.]
▪ Tens a certeza de que é hoje? Ela disse-me que não vinha amanhã.

acho que estás enganado + nova inform.
[Aquela é a irmã da Júlia.]
▪ Acho que estás enganado, é a prima dela.
posso pedir que/para
▪ Posso pedir-te que deixes a porta aberta, se faz favor?
▪ Posso pedir-te para me levares o lixo, por favor?
precisava que
▪ Precisava que me fizesses um favor.

importar-se / não se importar
Importas-te/Importavas-te de me fazer um favor?
dar uma ajuda
▪ Dás-me/Davas-me uma ajuda a pegar nesta mesa?

importar-se de ajudar
Importas-te/Importavas-te de me ajudar a escrever esta carta?
alcançar-me + GN
Alcança-me o pão.
Alcanças-me o pão?

poder alcançar-me + GN
Podes alcançar-me o pão?

precisar que
Precisava que me emprestasses o teu carro.

importar-se de
Importas-te/Importavas-te de me passar o azeite?

pôr-me + GN
Ponha-me um quilo de maçãs, por favor.
se passivo
Batem-se bem os ovos com o açúcar.

agradecer que
▪ Agradecemos que aguarde pela sua vez.

pedir a alguém que
▪ Pedimos a todos os passageiros que permaneçam sentados.
acedendo a realizar o pedido
Claro que não me importo.
▪ Sim, claro, sem problemas.

acedendo a realizar o pedido com reservas
Ajudo-te, se não demorar muito tempo.
▪ Deixo-te levar o vestido, desde que não o estragues.

hesitando quanto à realização do pedido
Vou tentar, mas não posso prometer.
▪ Gostava muito de ir, mas não sei se consigo.


recusando-se a cumprir o pedido (justificando)
Queria ajudar-te, mas não tenho tempo.
▪ Lamento, mas não é possível.
...
...
...
...
...
...
...
e se + conj.
E se fôssemos logo à noite ao cinema?

que dizer/achar de + inf. pes.
Que dizes de irmos jantar fora hoje?

que parecer + inf. pes.
▪ Que te parece irmos jantar fora hoje?

V
[- formal]
▪ Almoçamos (hoje)?
se + precisar (fut. conj.) + pres. ind.
Se precisares de ajuda, liga-me.

estar disponível para + inf.
▪ Estou disponível para te ajudar com as mudanças.
aceitando a oferta/convite
Parece-me uma ótima ideia.
▪ Gostaria muito/imenso.


aceitando a oferta/convite com reservas
Só vou almoçar contigo se formos ao restaurante novo.

recusando a oferta/convite (justificando)

▪ Por enquanto, não é preciso, obrigado.
▪ Agradeço muito/imenso, mas já tenho um compromisso.
afinal… ou não
Afinal vamos ao cinema ou não?

sempre
▪ Queria saber se sempre vamos ver o jogo.

poder confirmar se
▪ Poderias confirmar se sempre podes ir à festa?
que + dizer/achar de + inf. pes.
Que dizes de irmos jantar fora hoje?

que + parecer + inf. pes.
▪ Que te parece irmos jantar fora hoje?

outra hipótese/possibilidade seria + inf. pes.
▪ Outra possibilidade seria ficarmos em casa a ver um filme.

eu (a ti) + cond.
▪ Eu (a ti) levaria um casaco, está frio lá fora.
aceitando
▪ Acho lindamente.
▪ Parece-me uma ótima ideia.
▪ Gostaria muito/imenso.

aceitando, com reservas
▪ Talvez não seja má ideia.

hesitando
▪ Depende.
▪ Não me quero comprometer.
▪ Não me posso/consigo decidir.

recusando, com justificação
▪ Acho mal. / Não acho bem.
▪ Parece-me mal. / Não me parece bem.
▪ Não faria isso.
▪ Prefiro ficar em casa.
aconselhar a/recomendar + inf. pes.
▪ Aconselho-te a ficares em casa.

o melhor é + inf. pes.
O melhor é ficares em casa.

o que + poder aconselhar/ recomendar + é que + conj.
▪ O que te posso recomendar é que sejas verdadeiro contigo próprio.

eu (a ti) / no teu lugar + imperf. ind. / cond.
Eu a ti não saía/sairia de casa sem guarda-chuva.
aconselhar a / recomendar + inf.
▪ Qual destes livros me aconselhas a ler?

haver algum/alguma + GN + que recomendar/aconselhar
▪ Há algum restaurante próximo que me aconselhes?

(se estivesses) no meu lugar + imperf. ind. / cond.
▪ No meu lugar, o que fazias/farias?
estar avisado
▪ Estás avisado.

prestar atenção + GN
▪ Presta atenção aos carros.
se + conj.
▪ Se não terminares o trabalho, estás despedido.

arrepender/lamentar
▪ (Juro que) ainda te vais arrepender disto.
agradecendo o conselho
Vou seguir o teu conselho.
▪ Assim farei.

respondendo a advertência
Ainda bem que me dizes/avisas.

respondendo a ameaça
▪ Estás a ameaçar-me?
assegurar
▪ Asseguro-lhe que transmitirei o seu pedido ao responsável.

comprometer-se
▪ Comprometo-me a informar-vos assim que tenha notícias.
assegurar
▪ Assegura-me que não haverá surpresas desagradáveis?

comprometer-se
▪ Comprometes-te a dar o teu melhor pela equipa?
do meu ponto de vista
Do meu ponto de vista, aquele programa de televisão não é nada educativo.

considerar (que)
Consideramos que estas medidas são eficazes para acabar com a pobreza.
▪ Considero importante diminuir os gastos mensais com o aquecimento.


não considerar/ver que + conj.
Não considero que o sistema de saúde esteja mais eficaz.
▪ Não vejo que a situação política do país vá melhorar.


supor que
Suponho que a situação económica vai melhorar.

ver que
Vejo que não sentiste muito a minha falta.
do teu/seu/vosso ponto de vista + or. interrog.
Do vosso ponto de vista, este trabalho está bem feito?

considerar (que)
Consideras que deveríamos fazer uma nova reunião sobre o assunto?
▪ Consideras urgente ir ao médico?

que tal + estar
▪ Que tal está a situação política em Portugal?
ver que/considerar (que)... + adj. (sup. abs. sintético)
Vejo que a tua filha está lindíssima.
▪ Considero este exercício facílimo.


supor que
Suponho que este vestido me fica melhor.

não ser mau de todo/ não estar nada mal
▪ A comida não é má de todo!
▪ Para primeira apresentação em público não está nada mal!
fazer bem/mal em
Fazes bem em não ir à festa.

não ser bem assim
▪ Isso não é bem assim!

(não) estar bem / mal
▪ Estiveste muito bem na tua apresentação.
▪ O Raul não esteve muito bem naquela comunicação.
▪ Não estiveste mal na tua intervenção.


que bom/mau + inf. pes. composto
▪ Que bom terem ido juntos ao jantar!

parecer-me + adv. + adj. + que + pres. conj.
Parece-me muito incorreto que as crianças tenham pouco tempo livre.
▪ Parece-me muito mal que faltes à reunião.
▪ Perfeito!
▪ Magnífico!

▪ Extraordinário!
or. interrog.
Como é que pudeste fazer isso?
▪ Como é que fizeste uma coisa dessas?


devias/deviam/(não) deverias + inf. pes. composto
Devias ter ido à aula.
▪ Deviam ter acabado o trabalho a tempo.
▪ Não deverias ter dito nada.
acontecer
Podia (pode) acontecer a qualquer um!

não ser responsável por
Não és/foste responsável por isso.
parecer bem/mal que + pres. conj.
Parece-te bem que a Ana faça o trabalho connosco?

o que é que + parecer + o que
O que é que vos parece o que fizeram ao Jacinto?

que tal + estar + GN
Que tal estava a festa?
▪ Que tal esteve o António na apresentação do trabalho?
ter a mesma opinião que + pron. pes.
[Penso que a equipa não teve a sua melhor prestação.]
▪ Tenho a mesma opinião que tu.

pensar da mesma forma que / o mesmo que + pron. pes.
[Penso que Portugal é um país bonito.]
▪ Eu penso da mesma forma que tu.
▪ Penso o mesmo que tu.

também pensar/crer/considerar/ver que
Eu também considero que a nova lei é mais justa.

também não pensar/crer/ considerar/ver que + conj.
▪ Eu também não considero que essa seja a atitude mais correta.

com firmeza
(concordar +) adv.
[A leitura é fundamental para desenvolver a imaginação.]
▪ (Concordo) Absolutamente.
▪ Evidentemente.

estar + adv. + de acordo
▪ Estou perfeitamente/ inteiramente/totalmente de acordo.

(sim) está claro / é evidente / é verdade / é certo que + repetição de opinião
[Acho que ler muito é importante para as crianças.]
▪ (Sim), é evidente que ler é muito importante.

sem dúvida alguma/nenhuma
[Este jogo foi o melhor a que já assistimos.]
▪ Sem dúvida alguma.

pois claro que sim
[Acho que o professor gostou muito do nosso trabalho.]
▪ Pois claro que sim.

com reserva
não estar + adv. + de acordo / (em parte) estar de acordo
[Acho que a única forma de emagrecer é deixar de comer alguns alimentos.]
▪ Não estou inteiramente/totalmente de acordo.
▪ Em parte, estou de acordo.

até certo ponto / até pode ser assim + mas
▪ Até certo ponto, estou de acordo. Mas é preciso ter em consideração que...
▪ Isso até pode ser assim, mas não nos esqueçamos que...

expressando dúvida
se tu o dizes / se acha(s) que sim
▪ Pois, se o Pedro acha que sim...
▪ Tudo bem, se tu o dizes.
não ter a mesma opinião que
[Penso que a equipa não teve a sua melhor prestação.]
▪ Desta vez, não tenho a mesma opinião que tu.

não pensar da mesma forma que / o mesmo que
[Penso que o Augusto não é um bom elemento para o nosso grupo.]
▪ Eu não penso da mesma forma que tu.

não pensar/crer/considerar/ver que + conj.
[Eu considero que a nova lei é mais justa.]
▪ Eu não considero que seja mais justa.

estar em desacordo
[Considero que o último livro deste autor é o melhor.]
▪ Estou em desacordo contigo, acho que o anterior era melhor.

não estar claro / ser evidente/verdade/certo que + repetição de opinião + pres. conj.
[Acho que a leitura é mais importante na educação das crianças do que os computadores.]
▪ Não é certo que a leitura seja mais importante.

com firmeza
pensar + adv. + o contrário
[Penso que ver televisão ajuda a desenvolver a imaginação.]
▪ Penso precisamente/exatamente o contrário.

não ser bem assim
[Hoje em dia, as pessoas já não sabem conversar umas com as outras.]
▪ Não é bem assim.

pois eu penso/creio/considero que não/sim/V
[Eu considero que a nova lei é mais justa.]
▪ Pois eu creio que não.
[Considero que esta lei não é justa para os trabalhadores.]
▪ Pois eu considero que é.

pois eu / pelo contrário até + achar/considerar + neg. da opinião
[Este jogo foi o pior a que já assistimos este ano.]
▪ Pois eu até o achei bom.
▪ Pelo contrário, até o achei bom.

pois eu não estou de acordo com + pron.
[O filme foi mesmo aborrecido.]
▪ Pois eu não estou de acordo consigo.

de modo algum/nenhum
[Penso que este vestido é demasiado vistoso.]
▪ De modo algum.

nem por sombras / pensar nisso
[Este livro é um dos melhores deste autor.]
▪ Nem por sombras.
[Acho que a Maria está mais tranquila desde que acabou
or. declarativa + qual é a tua/sua/vossa opinião?
Na minha opinião, a situação económica vai melhorar. Qual é a vossa opinião?

or. declarativa + tens/tem a mesma opinião (que eu)?
▪ O último livro deste autor é o melhor. Tens a mesma opinião?

or. declarativa + também crês o mesmo (que)...?
▪ Creio que os salários, no geral, são baixos. Também crês o mesmo?
or. declarativa + não tem/tens a mesma opinião?
O último livro deste autor é o melhor. Não tens a mesma opinião?

não + concordar que
Não concordas que devíamos escolher outro tema para o trabalho?

não + parecer que
Não vos parece que o filme está a ser aborrecido?

não + crer que
Não crês que hoje em dia as pessoas têm pouco tempo livre?

não + ser verdade que
Não é verdade que hoje já não é possível viver sem computadores?
(não) ter a mesma opinião
▪ Tenho a mesma opinião que o Tiago.

(não) ser da mesma opinião
▪ Não sou da mesma opinião que tu sobre este assunto.
▪ Sou da opinião da Elisa.
ser bom com + GN
Sou bom com números.

ter conhecimentos/noções de + GN
O Pedro tem bons conhecimentos de informática.

estar informado de + GN
Estamos informados da situação.
ser péssimo com
Sou péssimo com números.

ninguém disse/avisou/contou (de) que + or.
Ninguém me avisou de que a reunião tinha sido adiada.

não fazer/ter ideia de
Não faço ideia de onde deixei as chaves.
ter conhecimentos/noções de
Tens conhecimentos de informática?

estar informado de/sobre
Estás informado sobre o horário da reunião?

o que sabes de/sobre
O que sabes sobre este assunto?

fazer/ter ideia de
▪ Fazes ideia de onde puseste o livro?
não estar esquecido (de) + GN/que
Não estou esquecido de que amanhã vamos sair, está bem?

não/nunca me esquecerei (de) o que/como/quando
Nunca me esquecerei de como me receberam aqui.

não consigo esquecer
Não consigo esquecer aquele dia.
não se lembrar/recordar de + inf. pes. composto
Não me recordo de ter fechado a janela.

não se lembrar/recordar (de) o que/como/quando
▪ Não me lembrei do que me disseste.

esquecer-se (de) o que/onde/ como/quando
Esqueci-me de como se vai para tua casa.

não me consigo lembrar
▪ Não me consigo lembrar de onde deixei as chaves.
lembrar-se/recordar-se/ esquecer-se (de) + se/o que/onde/como/quando
Esqueceste-te de como me chamo?
▪ Lembras-te se o Basílio terminou o relatório?
imperativo + (de) quando/onde/por que
Por favor, não te esqueças de onde deixas as chaves.
certeza
está estudado/demonstrado
Está demonstrado que o tabaco faz mal à saúde.

é claro/evidente que
▪ É claro que a Augusta gostava de ficar com o lugar.

não ter dúvidas (de) que
▪ Não temos dúvidas de que ele fez o que podia.

não haver dúvida (de) que
▪ Não há dúvida de que era aquele homem o assaltante.

dúvida/reserva
ter dúvidas (de) que
▪ Tenho dúvidas de que o Dário seja a pessoa indicada para o cargo.

ter muitas dúvidas sobre/acerca de
▪ Tenho muitas dúvidas sobre a nota do exame.

supor/imaginar
▪ Suponho que a Joana tenha chegado a horas.

incerteza
não estar certo / não ter a certeza (de) + se/onde/quando/ como
Não tenho a certeza se venho almoçar.
Não tenho a certeza de quando vamos de férias.

não é claro/evidente que
Não é claro que beber vinho faça mal à saúde.
muito possível
muito/bastante possível
É bastante possível que eles ganhem o jogo.

possível
poder ser
Jogaste? Pode ser que te saia algum prémio.

eu diria que
▪ Se ele não responde, eu diria que lhe aconteceu alguma coisa.


pouco/nada possível
não poder ser
Esse casaco não pode ser o meu.

poder não ser
▪ Amanhã, posso não vir trabalhar
muito provável
ser muito/bastante provável/possível
É bastante provável que eles ganhem o jogo.

ter de estar
▪ Não sei das minhas chaves, mas têm de estar dentro da mala.


provável
poder ser
Jogaste? Pode ser que te saia algum prémio.

se calhar
Se calhar já é tarde para lhe ligar.

diria que
▪ Se ele não responde, eu diria que lhe aconteceu alguma coisa.


pouco/nada provável
ser pouco provável
É pouco provável que eles cheguem a horas.

poder não ser
[Aquela é a irmã do Gaspar, não é?]
▪ Não sei, pode não ser.
ir mesmo
Vai mesmo chover amanhã?

não poder ser
▪ Este casaco não pode ser do Rui?
alta probabilidade
se + fut. conj. + pres./fut. ind.
▪ Se chover, não saio/sairei de casa.

(eu) no teu lugar + imperf. ind. / cond. simples
▪ No teu lugar, não ia/iria sozinho à festa.


imperativo / pres. ind. (+ que/e) + fut./pres. ind.
▪ Não estudes para o exame, que logo vês/verás o que acontece.
▪ Tu que não estudes para o exame e logo vês/verás o que acontece.

fraca probabilidade
se/caso + imperf. conj. + imperf. ind. / cond. simples
▪ Se tivesse muito dinheiro, viajava/viajaria por todo o mundo.
▪ Caso estudasse mais, a Madalena tinha/teria melhores resultados.

quem sabe se + fut. ind.
▪ Quem sabe se um dia ainda não serei famoso.
fut. composto
▪ O que se terá passado?
▪ A quem terá a Beatriz ligado?

se + condição + pres./fut. ind.
O que vais fazer, se chover?

se/caso + condição + imperf. ind. / cond. simples
O que mudavas/mudarias na tua vida se pudesses voltar atrás?
▪ Caso ganhasses a lotaria, para onde viajavas/viajarias?

(tu) no meu lugar + imperf. ind. / cond. simples
▪ O que fazias/farias tu no meu lugar?
ser hábil em
▪ O Mário é hábil no seu trabalho.

ter jeito para
A Francisca tem jeito para trabalhos manuais.

ter vocação para
▪ A Emília tem vocação para trabalhar com crianças.

ter competência para
▪ A Carolina é quem tem mais competência para o cargo.

(ser) competente
▪ A empresa tem um prémio para o trabalhador mais competente.

sentir-se capaz de
▪ A Leonor sente-se capaz de assumir o cargo.

ser especialista em
▪ A Eugénia é especialista em ciências da educação.
ser péssimo com
Sou péssimo com datas.

não ter jeito / ter pouco jeito / não ter jeito nenhum para
Tenho pouco jeito para crianças.

não ter vocação (nenhuma) para
▪ Não tenho vocação nenhuma para o teatro.

sentir-se incapaz de
▪ Sinto-me incapaz de ir ao ginásio hoje.

não ter competência para
A Paula não tem competência para este cargo.

(ser) incompetente
▪ A empresa fechou por causa de uma gestão incompetente.
(não) ter jeito para
Não tens jeito para cozinhar?

sentir-se capaz/incapaz de
▪ Sentes-te capaz de assumir esta responsabilidade?

ter competência para
▪ O Paulo tem competência para o cargo?
é indispensável/imprescindível + GN/inf.
É indispensável a entrega de fotocópia do documento de indentificação.
▪ É imprescindível reduzir os níveis de poluição do planeta.


fazer falta + GN/inf.
Faz falta mais informação sobre esta doença.
▪ Faz falta dar aos jovens mais oportuidades de trabalho.


fazer falta que + conj.
Faz falta que mais pessoas assinem a petição.

haver necessidade de
Há necessidade de contratar mais pessoas.

sem falta
▪ Traz-me o livro amanhã sem falta.

sempre
▪ Ponha sempre o cartão aqui.

espera-se que
▪ Espera-se que o Martim trabalhe oito horas diárias.
não fazer falta + GN/inf.
Afinal não está a chover, não faz falta o guarda-chuva.

não fazer falta que + conj.
▪ Não faz falta que mais pessoas assinem a petição.


não haver necessidade de
Não havia necessidade de teres comprado mais pão.

facultativo/opcional
Este campo é de preenchimento facultativo.

esperar/exigir de + GN
▪ Ninguém espera isso de si.

é escusado
▪ É escusado vir cá de propósito.
fazer falta + GN/inf.
▪ O que faz falta comprar para o jantar?

haver necessidade
▪ Há necessidade de comprar todos os livros para o curso?

obrigatório/opcional
▪ Sabes se a entrega do trabalho é obrigatória ou opcional?

esperar-se que
▪ Espera-se que eu pique o cartão quando saio para almoçar?
(não) é permitido/proibido + GN
▪ É permitida a permanência de um familiar na sala.
▪ Não é permitida/É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.

(não) permitir/proibir que + conj.
▪ Permito que a minha informação pessoal seja divulgada para fins comerciais.
▪ Não permitimos/Proibimos que isto volte a acontecer.

(não) autorizar
▪ A professora autorizou os alunos a sair mais cedo.
▪ A câmara não autorizou a utlização do espaço.

não estar/ser autorizado
▪ A sua viagem não foi autorizada.

isso não + se impessoal
▪ Isso não se diz.
(não) importar-se/incomodar que + conj.
▪ Importas-te que fume aqui?
▪ Não te incomoda que eu abra a janela?

será/seria possível + inf.
▪ Será/Seria possível enviar o relatório amanhã?

permitir/autorizar
▪ Será que os teus pais te autorizam a viajar sozinho?
dando permissão
▪ Dou-te a minha autorização.
▪ Tens o meu consentimento para sair.

negando permissão
Não posso permitir/deixar/autorizar que faças uma coisa dessas.
▪ Nem pensar (nisso)!
questionando
onde/quem diz que
Quem é que diz que não se pode fumar aqui?
esperar/querer/desejar + que + conj.
▪ Queria que tudo corresse bem na escritura.

ficar (imperf. ind. / cond.) contente/feliz/encantado se
▪ Ficava feliz se me levasses contigo!

a ver se
▪ A ver se vamos a esse concerto!

oxalá / tomara que + conj.
▪ Oxalá eu consiga passar no exame!

quem me dera + inf. / quem (me) dera que + conj.
▪ Quem me dera saber o que se passou!
▪ Quem dera que tu fosses aceite!


não ver a hora de / mal poder esperar por/que
▪ Não vejo a hora de falar com a Luísa!
▪ Mal posso esperar pela tua chegada!
querer/desejar + que + conj.
▪ Desejava que eles fossem consigo?

ir
▪ Vai (mais) um copo de vinho?

haver algo / alguma coisa que + conj.
▪ Há alguma coisa que tenhas vontade de comprar?
▪ Havia algo que quisesses fazer durante a tarde?
(não) pretender/tencionar
▪ (Não) Pretendiam/Tencionavam comprar uma casa nova naquele (mesmo) ano.

(não) fazer/ter tenção de
▪ Não faço tenção/tenções de mudar de área.

ter em mente/vista/perspetiva + GN/inf.
▪ Tenho em mente um belo banho de imersão assim que chegar a casa!
▪ Tinha em vista conseguir um lugar de destaque para a sua equipa.


fazer o que puder / o que estiver ao alcance para
▪ Ele vai fazer o que puder para estar presente no jantar.
▪ Farei o que estiver ao meu alcance para te ajudar.

querer ver
▪ Quero ver se faço o relatório ainda esta noite.
(não) pretender/tencionar
▪ (Não) Pretende concorrer a esta posição?
▪ Em que dia tencionam entregar a encomenda?


fazer/ter tenção de
▪ Faz tenção de continuar a estudar?

ter em mente/vista/perspetiva + GN/inf.
▪ O que tens em mente para domingo?
▪ Não tens nada em perspetiva para este fim de semana?
(não) gostar/adorar/detestar/ odiar/agradar/desagradar + que + conj.
▪ Gosto que me contem tudo...
▪ Odeio que me façam cócegas nos pés!


entusiasmar
▪ Cozinhar não me entusiasma...
▪ Sempre me entusiasmei com festas de Carnaval!


atrair
▪ Praia e sol atraem-me sempre!

apreciar
▪ Não aprecio (muito) peixe cru.

ter/sentir antipatia por
▪ Tenho uma antipatia muito especial por quem se julga mais do que os outros.
entusiasmar/atrair
▪ O que te entusiasma no teu trabalho?
▪ Que tipo de viagens te atraem?


apreciar
▪ Que flores aprecias?
preferir que (imperf. ind.)
▪ Preferia que o outro candidato tivesse ficado com o lugar.

gostar mais que + conj. (+ do que)
▪ Gostava mais que ela ficasse (do que fosse para outro país).

ter mais interesse em que + conj. (+ do que)
▪ Tínhamos mais interesse em que ele nos fizesse um desconto (do que nos equipasse a casa).

estar (mais) interessado em (do que)
▪ Está mais interessada em que eles se vão embora do que na sua permanência.

de todos + GN + aquele(s) (de) que + preferir/gostar/interessar + ser
▪ De todas as casas, aquela de que mais gostei foi a primeira.
▪ De todos os artigos, aquele pelo qual me interessei mais foi o teu.
preferir que (imperf. ind.)
▪ Preferias que outra equipa tivesse conseguido a taça?

gostar mais que + conj. (+ do que)
▪ Gostavas mais que ela fosse contigo (do que ficasse em Lisboa)?

ter mais interesse em que + conj. (+ do que)
▪ Têm mais interesse em que isso fique pronto hoje (do que em acabarmos amanhã com mais calma?)

estar (mais) interessado em... do que...
▪ Estás mais interessado em que a tua equipa ganhe do que em ver um bom jogo?

de todos + GN + (de/por) qual + preferir/gostar
▪ De todos os quadros que vimos, de qual é que gostaste mais/qual é que preferiste?
estar/ficar/sentir-se (muito) contente/feliz/alegre por + inf. pes.
▪ Sinto-me muito contente por estarem juntos.
▪ Estou contente por terem vindo a minha casa.


estar/ficar/sentir-se contentíssimo/felicíssimo com + GN
▪ Fiquei contentíssima com a tua visita!

alegra-me + que + conj.
▪ Alegra-me que tenhas voltado a sair.

(nem sabes/imaginas) o quanto/como + estar contente
▪ Como estou contente!
▪ Nem sabes o quanto estou contente!


pôr/deixar de bom humor
▪ Esta música deixa-me de bom humor.
divertir-se/rir-se (+ quantif.) com + GN
▪ Diverti-me bastante com a atuação deste ator.
▪ Rimo-nos imenso com as histórias da Alexandra!


foi divertidíssimo + inf. (pes.)
▪ Foi divertidíssimo ir ao cinema.
▪ Foi divertidíssimo termos passado a tarde juntos.


(nem sabes/imaginas) o quanto/como me diverti/ri
▪ Não imaginas como nos divertimos na festa.
▪ A Alice é muito animada. O quanto já me ri com ela!
(agora) sentir-se (mais) aliviado/tranquilo/calmo
▪ Sinto-me mais tranquilo.

estar/ficar (mais) aliviado/tranquilo por + inf.
▪ Fico mais tranquilo por saber que chegaste bem.
esperar que + conj.
Espero que estejas bem.

acreditar + conj.
▪ Acredito que tenha boa nota no teste.

ter esperança (de) que + conj.
▪ Tenho esperança de que o António consiga o trabalho.

confiar que + conj.
Confio que ela faça um bom trabalho.

oxalá
▪ Oxalá!
que + GN + tão + adj.
Que livro tão interessante!

estar/ficar admirado/ encantado/maravilhado/ deslumbrado com + GN
▪ Estou impressionada com a tua voz!
▪ Fico deslumbrado com a nova tecnologia!


orgulhar-se de + GN/inf.
▪ Os portugueses deviam orgulhar-se mais do seu país.
▪ Orgulho-me de viver numa cidade amiga do ambiente.


estar/sentir-se orgulhoso por + inf. pes.
▪ Sinto-me muito orgulhoso por teres passado o exame.

ter orgulho em + inf.
▪ Tenho orgulho em ser português.
...
que pena + que + conj.
▪ Que pena que isso te tenha acontecido!

como eu te percebo/entendo/compreendo
▪ Como eu te compreendo!
(não) despertar interesse / despertar/chamar a atenção
▪ As músicas deste artista chamam sempre a nossa atenção / despertam sempre o nosso interesse.
tanto faz/dá
▪ Qual dos livros prefiro? Tanto faz.

não querer saber (se)
▪ Não quero saber se vens comigo ou não.
estar/ficar/sentir-se (+ adv.) triste/insatisfeito/desanimado por + inf. pes.
▪ Fico muito triste por irem embora hoje.
▪ Sinto-me muito desanimado por não teres vindo.


estar/ficar/sentir-se tristíssimo com + GN
▪ Fiquei tristíssima com a notícia.

ficar (+ adv.) triste/insatisfeito/ deprimido + or. sub. adv.
▪ Fico muito triste ao ouvir esta música.
▪ Fico deprimida quando te vais embora.


entristecer/desanimar/ deprimir + GN
▪ Este tempo deprime-me/ desanima-me.

entristece-me + inf. / que + conj.
▪ Entristece-me ficar sozinha.
▪ Entristece-me que o Filipe tenha saído de casa.


é uma pena que / que pena + conj.
▪ É uma pena que tenhas ficado sozinha.

dar pena
Dá(-me) pena vê-la assim tão triste.

lamentar + inf. / que + conj.
▪ Lamento não ir ao jantar.
▪ Lamento que vás embora.
▪ Lamento que tenhas ficado sem carro.


pôr/deixar de mau humor
Este tempo deixa-me de mau humor.
estar/ficar/sentir-se (muito) aborrecido/desagradado por + inf. pes.
▪ Estou aborrecido por estar em casa.
▪ Estou muito desagradado por teres faltado ao teste.


aborrecer-me/desagradar-me + GN / inf. / que + conj.
▪ Aborrecia-me trabalhar tão longe de casa.
▪ Aborrece-me que estejas sempre a criticar os outros.


fartar-se de + GN/inf.
▪ O Tomás fartou-se da atitude da Clara e saiu de casa.
▪ A Manuela fartou-se de dar e de não receber nada em troca.


não poder mais com + GN
▪ Não posso mais com este horário de trabalho.
▪ Já não posso com a Susana, está sempre a criticar-me.


basta/chega (de) + GN/inf.
▪ Já basta/chega!
▪ Basta (disto)!
▪ Basta de trabalhar/lágrimas.
estar/ficar/sentir-se (+ quantif.) angustiado/inquieto
▪ Fiquei angustiado porque ele nunca mais chegava a casa.
▪ Estou inquieto com a demora da minha irmã.


estar/ficar/sentir-se (muito) assustado/angustiado/inquieto/preocupado por + inf. pes.
▪ Fiquei muito preocupado por terem ficado na rua até tão tarde.

ter (+ quantif.) medo de + que + conj. / inf. pes. composto
▪ Tenho medo de que tenhamos deixado a porta aberta.
▪ Tenho medo de ter feito mal o teste.


ter terror de + GN/inf.
▪ Tenho terror de aranhas.
▪ Tenho terror de andar de avião.


preocupa-me que + conj.
▪ Preocupa-me que não tenhas ido já ao médico.
estar/ficar/sentir-se (+ adv.) dececionado/desiludido
▪ Fiquei desiludida porque ele não me telefonou.
▪ Sinto-me muito dececionado com a Lurdes.


estar/ficar/sentir-se (+ adv.) dececionado/desiludido por + inf. pes.
▪ Fiquei desiludida por não me teres visitado.

desilude-me + GN / que + conj.
▪ Desilude-me o teu comportamento.
▪ Desilude-me que não venhas comigo.


que desilusão + inf. / que + conj.
▪ Que desilusão não irmos viajar.

desconfiar que + ind./conj.
▪ O Filipe desconfia que a nomarada o trai.
▪ A polícia desconfia que o Rafael seja o culpado.


não ter esperança de + inf.
▪ Não tenho esperança de conseguir o emprego.
estar/ficar/sentir-se (+ quantif.) indignado
▪ Fiquei muito indignado com a decisão do juiz.

estar/ficar/sentir-se (+ quantif.) zangado/furioso/indignado/ enfurecido por + inf. pes.
▪ Sinto-me indignada por me terem mentido.

estar/ficar zangadíssimo/ indignadíssimo com + GN
▪ Fiquei indignadíssimo com o despedimento da Rute.

irrita-me + GN / inf. / que + conj.
▪ Irritou-me que tivesses ido embora sem me dizeres nada.

enerva-me + GN / inf. / que + conj.
▪ Enerva-me preencher formulários.

pôr/deixar de mau humor
▪ Os dias de chuva deixam-me de mau humor.

não tolerar/suportar + GN / inf. / que + conj.
▪ Não suporto pessoas hipócritas.
▪ Não tolero que me mintam.


estar/ficar de mau humor
▪ Hoje estou de mau humor.

▪ Que raiva!

▪ Que fúria!

▪ Vais ter de me ouvir!

estar/ficar/sentir-se (quantif.) nervoso + or. sub.
▪ A Amélia sentia-se muito nervosa quando foi chamada a depor.
▪ Fiquei bastante nervosa com o que me contaste.


estar/ficar/sentir-se ansioso/ histérico/desesperado
▪ Estava nervosa por não dizeres nada.
▪ Fiquei desesperado quando me ligaram do hospital.


enervar + GN / inf. / que + conj.
▪ Enerva-me esta espera!
▪ Enerva-me estar muito tempo em filas de espera.
▪ Enerva-me que chegues sempre atrasado.


ficar enervado com
▪ Fico enervado quando ando de avião.
que + N/adj.
▪ Que coincidência!

estar/ficar surpreendido/ espantado + que + conj.
▪ Estou surpreendido que vás trabalhar doente.
▪ Fico espantado que não te tenha apetecido sair.


surpreender/estranhar/ espantar + que + conj.
▪ Surpreende-me que não gostes de chocolate.
▪ Espanta-me que a Teresa não nos tenha telefonado.


ser uma surpresa / estranho + inf. / que + conj.
▪ É uma surpresa que tenhas vindo.
▪ Foi estranho ver o o Manuel com outra pessoa.


que surpresa/estranho + inf. / que + conj.
▪ Que surpresa quereres ficar em casa.
▪ Que estranho que o João tenha ficado em casa.


não esperar / estar à espera + GN/inf./conj.
▪ Não esperava esta atitude da tua parte.
▪ Não estava à espera que me ligasses tão tarde.
estar conformado com + GN
▪ Já estou conformado com a situação.

sujeitar-se a + GN/inf.
▪ As pessoas sujeitaram-se ao aumento dos impostos.

não ter solução
▪ O meu casamento já não tem solução.

interrog. retórica
▪ O que é que se há de fazer?
▪ O que é que havemos de fazer?

exclamativas de resignação
▪ Que remédio!
▪ (Já) está tudo perdido!
estar/ficar/sentir-se (muito) envergonhado/embaraçado por + inf. pes.
▪ Sinto-me envergonhado por não ter ligado à Maria José no seu aniversário.

estar/ficar/sentir-se (muito) envergonhado/embaraçado + or. sub. adv.
▪ Fico envergonhado quando ralham comigo.

envergonha-me + inf. / que + conj.
▪ Envergonha-me não estar vestida para a ocasião.
▪ Envergonha-me que estejas sempre a ralhar comigo.


que vergonha + inf. / que + conj.
▪ Que vergonha termos ficado sem dinheiro.
▪ Que vergonha que me tenha esquecido do jantar.

exclamativa
▪ (Isto) é uma vergonha!
▪ Mas que vergonha!
ter / ficar com pena por + inf.
▪ Fiquei com pena por ter faltado ao jantar.

que pena + inf. pes.
▪ Que pena termos chegado atrasados ao concerto.

lamentar + inf. / que + conj.
▪ Lamento não ter conseguido ajudar.
▪ Lamento que te tenha mentido.


estar/ficar arrependido de
▪ Estou arrependido do que disse.
...
que cansaço (que é + inf.)
▪ Que cansaço que é subir estas escadas.

estar esfomeado
▪ Vamos almoçar? Estou esfomeado!

estar exausto/esgotado
▪ Tenho trabalhado muito, estou exausta!

estar gelado/congelado / a tremer (de frio)
▪ Que frio! Estou congelado!

estar/ficar com náuseas / nauseado
▪ Quando ando de barco fico nauseada.

enjoar
▪ Não consigo ler no comboio, pois costumo enjoar.

que bem/mal que sabe + GN/inf.
▪ Que bem que sabe ficar junto à lareira no inverno.
estar a ficar com (+ quantif.) + sensação física
▪ Estás a ficar com náuseas?
▪ Estão a ficar com muita fome?
não te quero ver assim / não te quero ver + emoção
▪ Não te quero ver assim.
▪ Não te quero ver com esse ar triste.


ter a certeza de que
▪ Tenho a certeza de que tudo se vai resolver.

vais ver que
▪ Vais ver que não é nada.
▪ Vais ver que tudo se há de resolver.


arriscar
▪ Arrisca!
...
(ora) bem
▪ Ora bem, não sei se tens agora uns minutos para falarmos…

interj.
[- formal]
▪ Ah! É verdade! / Oi!, tenho coisas para te dizer!
por agora (primeiro assunto)
▪ Por agora, podemos rever os ingredientes necessários.

para já (primeiro assunto)
[- formal]
▪ Para já, os ingredientes estão todos errados.


interrog.
[querer que + conj.]
▪ Queres que te conte/diga o que se passou?

quanto/relativamente a
▪ Quanto a esta formação, precisamos de um plano estratégico.
gerúndio
▪ Mudando de assunto, não íamos analisar os resultados?
▪ Falando agora de outra coisa…


passar a (conj.)
▪ Passemos então ao ponto dois da nossa agenda.

quanto/relativamente a
▪ Quanto a esta formação, precisamos de um plano estratégico.

por último / em conclusão (último assunto)
▪ Por último, falarei de algumas características da poesia deste autor.

ainda ter mais um ponto/assunto a expor/apresentar/discutir
▪ Ainda tenho mais um ponto que gostaria de expor.

adicionando tema/assunto
adicionalmente
▪ Adicionalmente, teremos de discutir agora o novo projeto.
interrog.
[e se + mudar/falar/conversar/ debater/discutir... (conj.)]
▪ E se falássemos agora da lista de convidados?

propor/sugerir que + conj.
▪ Sugeria que mudássemos de tema…
voltar/retomar (gerúndio)
▪ Voltando (ainda) ao assunto que estávamos a discutir...
▪ Retomando a conversa anterior...


(ainda) quanto/relativamente a + ref. a tema/assunto anterior
▪ (Ainda) Quanto/Relativamente ao que foi dito antes...
aliás / de resto
▪ Aliás / De resto, ele era um ótimo professor…

fechando a digressão
voltar/continuar (gerúndio / conj. valor imperativo)
▪ Bem, mas voltando ao que estava a dizer...
▪ (Mas) Continuemos agora com o que eu estava a explicar: ele foi um dos grandes mestres...
ver/olhar/reparar/notar (se indeterminado)
▪ E veja-se/repare-se como ela se emociona nesta parte final.
▪ Repare-se que ele não fala em toda a cena...

ser necessário/preciso/ importante + que
▪ E é preciso/necessário/ importante que repares neste / vejas este pormenor.

particularmente / em particular
▪ Eles gostaram muito do jantar, particularmente da sobremesa.

nomeadamente
▪ Na seleção portuguesa de futebol, todos os jogadores são bons, nomeadamente o Cristiano Ronaldo.
por um lado… por outro lado
▪ É preciso que vejam, por um lado, os tempos dos verbos e, por outro (lado), a colocação dos pronomes.

em seguida
▪ Primeiro, lia apenas os textos simples do manual e em seguida começou a ler jornais e revistas.

não só… mas também
▪ Era importante que visitássemos não só o Porto, mas também outras cidades do norte do país.

nomeadamente
▪ Estas medidas têm por objetivo a melhoria do acesso aos serviços básicos, nomeadamente a educação e a saúde.
olhar/ver (conj.) + exemplo
▪ É importante que se veja este exemplo:...

servir de/como exemplo
▪ A conduta deles serve de/como exemplo.

tomar como exemplo
▪ É necessário tomarmos estes resultados como exemplo.

olhar/ver/ter/tomar + exemplo (se indeterminado)
▪ Veja-se o exemplo daquela escola!
▪ Tome-se este caso como exemplo.
parecer-se com
▪ A vida de polícia parece-se com a militar.

de forma idêntica/semelhante/ similar
▪ Aqui o frango é temperado de forma idêntica ao leitão.

assim/tal como
▪ Assim como ela conseguiu, tu também podes!

diferenciar-se/distinguir-se de (+ por)
▪ A novela destingue-se do romance por ser mais curta.
para especificar/precisar
▪ Teríamos de ver os registos, mas para precisar os resultados, temos aqui um resumo.

especificando (gerúndio)
▪ O mais importante campeonato de motociclismo (especificando, o Campeonato Mundial, categoria 500 cc) pode vir a contar com um piloto português.

nomeadamente/ designadamente
▪ Esperam-se brutais reduções de vendas, nomeadamente no mercado entre Portugal e Espanha.

quer dizer
▪ Eu almoço sempre ao meio-dia, quer dizer, às vezes não consigo sair do escritório antes da uma.

passar a explicar
▪ Passo agora a explicar os gráficos.
quer (isto) dizer
▪ Assumiram um compromisso, quer dizer, um acordo entre as partes interessadas.

ou seja
▪ Tinha 39 anos, ou seja, estava já na casa dos quarenta...

ou antes
▪ O medo, ou antes, o pânico, impediu-o de ver o que se passava lá fora.

melhor dizendo/dizendo melhor
▪ Naquele clube, todos (melhor dizendo, quase todos) têm boas perspetivas de futuro.
citação
citar
▪ Citando / Para citar o poeta: "Amor é fogo que arde sem se ver".

já + dizer
▪ Já diz a música: "Cheira bem, cheira a Lisboa!"


[Matilde: Na semana passada analisámos os primeiros resultados e ficámos muito satisfeitos! Espero que todos nos ajudem a manter o bom desempenho.]

discurso indireto
GN + afirmar/declarar/ anunciar
▪ A Matilde afirmou que na semana anterior tinham analisado os primeiros resultados e que tinham ficado muito satisfeitos.

GN + pedir/solicitar + que + conj.
▪ Ela pediu/solicitou que todos os ajudássemos a manter o bom desempenho.

paráfrase
de acordo com / segundo
▪ De acordo com a Matilde, eles estão contentes com os resultados e contam connosco para que assim continuem.
não ser bem assim
▪ (Isso) não é bem assim.

(
ter de) protestar
▪ Tenho de protestar./Protesto!

não poder aceitar
▪ Não posso aceitar isso!
sintetizando/resumindo
▪ Sintetizando, este tema precisa de ser mais debatido.
Resumindo, bons hábitos alimentares são benéficos para a saúde e para o bem-estar.

para sintetizar/resumir + GN
▪ Para sintetizar a história, tropecei e acabei por ir parar ao hospital.
▪ Para resumir o livro, diria que é inesquecível.
concluindo
Concluindo, verificou-se uma evolução positiva nos desempenhos dos alunos.

enfim
▪ Enfim, teremos de trabalhar mais para enfrentar estes obstáculos.

por tudo isto
▪ Por tudo isto, voltaremos certamente a visitar esta cidade.
ter alguma coisa a dizer / não ter nada a dizer
Tens alguma coisa a dizer?
▪ Não tens nada a dizer?


querer / gostar de + acrescentar alguma coisa
Queres / Gostavas de acrescentar alguma coisa mais?

após interrupção
continuar (a dizer/falar)
Continua lá o que estavas a dizer…

com um terceiro
falar com
Porque é que não falas com a professora?

dizer a alguém que
▪ Porque é que não dizes ao Daniel que lhe ligas amanhã?
pedir a palavra
Peço a palavra.

poder/deixar + tomar a palavra
Posso tomar a palavra?

permitir (que) + tomar a palavra
▪ Permite-me tomar a palavra?
▪ Permite-me que tome a palavra?

após interrupção
estar no uso da palavra
Eu estava no uso da palavra.

não ter acabado
▪ Desculpe, mas eu ainda não tinha acabado de expor o meu argumento...
dar a palavra
(agora) ser + forma de tratamento + a falar
▪ É o João a falar.


(agora) ser a vez de + forma de tratamento + (falar)
Agora é a vez do Pedro falar.

recusar a palavra

(agora/ainda) não ser a vez de + forma de tratamento + (falar)
Agora não é a tua vez.
▪ Ainda não é a vez do João falar.

aguardar pela sua vez (de falar)
Aguarda pela tua vez.
importar + ouvir / escutar / dar atenção + por um segundo/minuto/ momento
▪ Importas-te de me ouvir / escutar / dar atenção por um momento?

ouvir / prestar atenção (imperativo) + (a)o que
▪ Ouve o que te estou a dizer.
▪ Presta atenção ao que te estou a dizer.


or. interrog. neg.
▪ Não me ouves / estás a ouvir?
Não estás a ouvir / prestar atenção ao que estou a dizer?
importar que + interromper (conj.)
Importas-te que te interrompa?

permitir que + interromper (conj.)
Permites-me que te interrompa?

não se esquecer (imperativo) de + onde ir / o que ir dizer
▪ Não te esqueças de onde vais, mas deixa-me só dizer uma coisa...
com delicadeza
importar de + fazer silêncio
Importam-se de fazer silêncio, se fazem favor?

com menos delicadeza
importar de + calar-se / estar calado
▪ Importas-te de te calar?
▪ Importam-se de estar calados?

porque + calar-se / estar calado
▪ Porque é que não te calas / estás calado?

não querer ouvir (mais) nada
Não quero ouvir mais nada!

(não querer ouvir) nem mais uma palavra
▪ Não quero ouvir nem mais uma palavra!
Já chega, nem mais uma palavra!

calar (se + imperf. conj. + imperf. ind.)
▪ Fazias bem se te calasses.
dar notícias
▪ Depois dou-te notícias.
▪ Dá notícias.
▪ Vão dando notícias.

estar terminado(a)/concluído(a)/ encerrado(a)
O debate está encerrado.
▪ A reunião está concluída.

justificando
ter um compromisso
▪ Lamento, mas tenho um compromisso. Tenho de ir.
importar-se de falar mais alto/baixo
Importas-te/Importavas-te de falar mais baixo?

falar (demasiado +) adv. (+ demais)
Estás a falar demasiado alto.
▪ Estás a falar baixo demais.


se + imperf. conj. + imperf. ind. / cond.
▪ Se falasses um pouco mais baixo, eu agradecia.
▪ Se falasse mais alto, seria ótimo.
importar-se de + falar mais devagar
Importas-te de falar mais devagar?

se + imperf. conj. + imperf. ind. / cond.
Se falasses um pouco mais devagar, eu agradecia.
▪ Se não falasses tão depressa, eu agradecia.
fazer-se entender/perceber/ compreender
▪ Fiz-me entender?

não saber se + fazer-se entender/perceber/ compreender
▪ Não sei se me faço entender…

estar percebido
▪ Está percebido?
não perceber/ entender/compreender lá muito bem
▪ Não entendi lá muito bem o que ele disse.

perceber/ entender/compreender tudo + adv.
▪ Compreendi tudo perfeitamente.
confirmar que
Confirmas que a reunião foi adiada?
pedido de repetição parcial
desculpar + or. interrog.
▪ Desculpe, quando é que disseste que Saramago começou a escrever?
▪ Desculpa, quem é que a professora disse que escreveu os Lusíadas?
pedir para
▪ Eu pedi-te para fechares a porta.

dizer e repetir
Já disse e repito: isso é um erro.

dizer e tornar a dizer
Digo e torno a dizer que ela não é uma pessoa de confiança.

o que eu disse foi
▪ O que eu disse foi "liga quando chegares".
explicar/esclarecer/clarificar (melhor)
Importas-te de explicar isso melhor?
▪ Esclarece-me isso melhor, se faz favor.

isso quer dizer / significa que
▪ Isso significa que vais faltar à aula?
passar a explicar/esclarecer/ clarificar
Passo a explicar…

querer dizer / significar que
Isso significa que não vou à aula.
pretender dizer
O que é que pretendes dizer com isso?
pretender dizer
Pretendo dizer que não estou interessado.

na verdade / no fundo
▪ No fundo, não me parece que isso esteja bem assim.
...
que nome se dá + definição
▪ Que nome é que se dá em português ao instrumento que os navegadores usavam antigamente para se orientarem?
chamar-se/dizer + definição
▪ Chama-se "concha" à colher que se usa para tirar a sopa.

sugerindo uma palavra
talvez (entoação interrog.)
"Uma concha", talvez?

(não) querer dizer
Queres dizer "concha"?
▪ Não quererás dizer "concha"?
▪ Eu acho que tu se calhar queres dizer "concha".

género
nomes com alteração de sentido quando masculinos ou femininos
▪ o caixa, a caixa
▪ o banco, a banca



número
nomes com alteração de sentido quando singulares ou plurais
▪ meia, meias; ar, ares

grau
outros diminutivos e aumentativos
▪ filhote, livreco, riacho
▪ mulheraça, bocarra, ricaço

valores dos graus diminutivo e aumentativo
- para exprimir apreciação
▪ o cãozinho; o meu filhote; aquela casinha
▪ Que mulherão / mulheraça!
grau
outros processos
▪ um rapaz deveras inteligente
▪ uma festa super animada
▪ a casa toda desarrumada
presente do indicativo

uso/valor
facto ocorrido no passado (presente histórico/narrativo)
Estamos em janeiro de 1326 e eles entram na cidade sem grande resistência.

futuro simples do indicativo

uso/valor
possibilidade (construção condicional)
▪ Se vieres cedo, assistirás ao debate.

condicional simples
uso/valor
ação dependente de uma condição que, no momento, não se concretiza ou é pouco provável (estrutura condicional)
▪ Se tivesse tempo, iria ajudar na preparação da festa.
ação posterior ao momento da fala/escrita
▪ (Ela disse que) Iríamos ao concerto na semana seguinte.
dúvida ou certeza sobre factos presentes
▪ Ela gostaria desta sopa?
▪ Eles viriam visitá-la?
pretérito imperfeito do conjuntivo

forma
verbos regulares [-ar, -er -ir]
▪ falar (falasse, falasses, falasse, falá ssemos, falassem)
▪ comer (comesse, comesses, comesse, comê ssemos, comessem)
▪ abrir (abrisse, abrisses, abrisse, abrí ssemos, abrissem)


verbos irregulares [-ar, -er -ir] (sempre formados a partir da 3.ª pess. pl. do pret. perf. do indicativo, substituindo-se -ram por - sse)
▪ dizer (dissesse, dissesses...), ter (tivesse, tivesses...), fazer, trazer, vir

uso/valor
em orações independentes
depois de talvez (expressão de dúvida relativamente a facto passado)
▪ Talvez eles estivessem cansados naquele dia.
para introduzir proposta ou sugestão
▪ E se jantássemos juntos na sexta-feira?

em orações dependentes
nos mesmos casos em que se usa o presente do conjuntivo, quando o verbo da oração principal está no passado
▪ Duvidava que ele conseguisse fazer isso dentro do prazo.
▪ Embora estivesse mau tempo, foram passear junto ao mar.
▪ Não acreditava que elas quisessem mudar de casa.
expressão de um desejo com pouca ou nenhuma probalidade de concretização
▪ Tomara que não chovesse no domingo!
comparação com facto irreal
▪ Eles saltam como se fossem macacos!
expressão de condição irreal ou hipotética, relativamente ao presente ou ao futuro
▪ Se eu fosse mais novo, ia conhecer o mundo! futuro simples do conjuntivo

forma
verbos regulares [-ar, -er -ir]
▪ falar (falar, falares, falar, falarmos, falarem)
▪ comer (comer, comeres, comer, comermos, comerem)
▪ abrir (abrir, abrires, abrir, abrirmos, abrirem)


verbos irregulares [-ar, -er -ir] (sempre formados a partir da 3.ª pess. pl. do pret. perf. do indicativo, substituindo-se -ram pelas terminações de futuro)
▪ dizer (disser, disseres...), ter (tiver, tiveres...), fazer, trazer, vir...

uso/valor
exprime eventualidade projetada num tempo posterior ao da enunciação
em orações condicionais
▪ Se ele quiser, podemos adiar o passeio.
Se o virem, digam-lhe que eu mando lembranças.

em orações temporais
▪ Quando formos ao Brasil, vamos visitar o Marcus.

em orações relativas
▪ Só darão presentes àqueles que estiverem presentes na convenção!

em orações conformativas
▪ Façam conforme quiserem! mais-que-perfeito composto do conjuntivo

forma
auxiliar ter no imperfeito do conjuntivo + particípio passado do verbo principal
▪ tivesse participado

uso/valor
ações ou factos irreais, que não se concretizaram no passado
em orações condicionais
▪ Se ele tivesse participado na reunião, estava a par das datas de entrega.
▪ Se ele tivesse ido à festa, tinha conhecido os pais da Maria.

em orações exclamativas
▪ Quem me dera que/Oxalá ele tivesse vindo.


condicional composto

forma

auxiliar ter no condicional simples + particípio passado do verbo principal
▪ teríamos conseguido

uso/valor

ação não realizada no passado, por não se verificar a condição da qual dependia a sua concretização
▪ Se tivéssemos acordado mais cedo, teríamos conseguido apanhar o comboio das 8:00h.

infinitivo impessoal composto

forma
auxiliar ter no infinitivo impessoal simples + particípio passado do verbo principal
▪ ter falado

uso/valor
ação ou processo concluídos
▪ Gostaria de me ter despedido da Ana. gerúndio simples

forma
verbos regulares [-ar, -er -ir]
▪ falar (falando)
▪ comer (comendo)
▪ abrir (abrindo)


uso/valor
expressão de ação simultânea (em substituição de oração coordenada)
▪ Pediu palavra e levantou-se, colocando várias questões pertinentes.

expressão de circunstâncias diversas - tempo, modo, causa, condição, consequência
▪ Saindo de casa, vou ao banco e depois sigo para a faculdade.

▪ Saíram para a rua cantando e dançando ao som do carnaval.
▪ Sabendo que não vinhas, pedi ajuda ao meu irmão .
Chovendo, cancelamos o passeio de terça-feira.
▪ Gritaram toda a noite, impedindo-nos de descansar.
haver de (imperf. ind.) + inf.
expressão de conveniência/necessidade/dever
▪ Havíamos de chegar ao teatro com antecedência.

deixar de + inf.
eventualidade de não concretização de ação habitual ou futura
▪ Não deixes de fazer o que te dá prazer!

estar para + inf.
proximidade de realização da ação
▪ Ela está para casar! / Eles estavam para mudar de casa, não sei se já mudaram...

ir a + inf.
ação apenas iniciada
▪ Ela ia a dizer qualquer coisa, mas arrependeu-se!

vir a + inf.
resultado final da ação
▪ Viemos a descobrir que eles tinham sido colegas na escola!

ir/vir ter com/a
encontro com ideia de deslocação de uma das partes
▪ Vou ter contigo por volta das 17h! / Vens ter à escola mais logo?

ir + gerúndio
ação durativa, que se desenvolve lentamente (em simultâneo ou em direção a um ponto temporal determinado)
▪ Vai pondo a mesa (enquanto acabo o jantar). / Ela foi preparando tudo (ao longo da tarde).
diminutivo com valor superlativo
▪ Tenta chegar cedinho para ficarmos com um bom lugar.

o mais / o menos + adv. + possível
▪ Tenta chegar o mais cedo possível para ficarmos com um bom lugar

pronomes complemento
forma
grupos de pronomes (formas contraídas)
▪ me + o, a, os, as = mo, ma, mos, mas
▪ te + o, a, os, as = to, ta, tos, tas
▪ lhe + o, as, os, as = lho, lha, lhos, lhas

redobro do pronome
▪ Eu vi-me a mim próprio ao espelho./ As crianças abraçaram-se umas às outras.
▪ Dei-lhe o livro a ele (não a ela).

colocação dos pronomes
-
antes da forma verbal
em orações subordinadas
▪ O João disse que me viu na festa.
▪ A Maria não tem relógio, porque o perdeu.
▪ O rapaz que me ajudou era português.


- no interior da forma verbal
com formas do futuro e do condicional
▪ O professor informar-vos-á da data da prova.
▪ Se eu soubesse, ter-lhe-ia dito a verdade.
uso / valor
uso anafórico
- referente catafórico
▪ Ouve isto: vão aumentar os impostos..

- com referentes nominais (pessoas, objetos)
▪ A Ana chamou o Paulo, mas este não respondeu.

- proximidade / afastamento no discurso
▪ Comprei um vestido e uma blusa. Esta estava em saldos, mas aquele não.

demonstrativo + or. subordinada
▪ Isso de chegares sempre atrasado ao emprego não vai dar bom resultado.
▪ Aquilo que fizeste foi um bonito gesto.
uso / valor
valores de posse, agente e objeto
▪ Esta fotografia é a tua?
(a fotografia que possuis - posse, a que tiraste - agente, a que te tiraram - objeto)

expressões com possessivos
▪ O seu a seu dono.
▪ É a cara dele.
forma
variação em género e número
▪ quanto, quanta, quantos, quantas

invariáveis
▪ algo, outrem

uso / valor
- quanto, quanta, quantos, quantas
expressão de quantidade ou número indefinidos
▪ Compra quantos quiseres.

expressão de informação ou quantidade não específica ou não identificada
- outrem
referência a pessoas
▪ O João trabalha por conta de outrem.


- algo
referência a coisas
▪ Há algo que me queiras contar?
...
forma
variação em género e número
▪ o qual, a qual, os quais, as quais

invariáveis
▪ o que

uso / valor
- o qual, a qual, os quais, as quais
referência a pessoas ou coisas
▪ O escritor ao qual entregaram um prémio

- o que
referência a situações (referente frásico)
▪ O filme tem recebido boas críticas, o que me surpreendeu.
artigo definido
uso/valor
individualização/determinação do ser designado pelo nome

- para substantivar palavras que pertencem a outras classes
▪ O olhar dele dava pena!
▪ O sim deles foi imediato.

não se usa
- com signos do zoodíaco
▪ Ele é gémeos.
artigo indefinido
uso/valor
serve para precisar classe ou espécie de um nome já determinado
▪ Sentiu o cheiro do perfume dela: um cheiro doce, mas suave...
distribuição
possibilidade de ocorrência com outros determinantes
- quantificador + demonstrativo
▪ Todas estas ideias são boas.

- demonstrativo + possessivo
▪ Este meu cão é muito meigo.
distribuição
possibilidade de ocorrência com outros determinantes
- quantificador + artigo + possessivo
▪ todas as vossas ideias

- artigo + possessivo + quantificador
▪ os meus três primos
▪ a sua pouca experiência
...
forma
com preposições
▪ de cujo, a cujo, com cujo, para cujo
▪ Este rapaz, de cujo nome não me recordo, vive na minha rua.


posição/distribuição

antes do nome, concordando com ele
▪ o rapaz cujo irmão / cuja irmã / cujos irmãos / cujas irmãs

em relativas restritivas e explicativas
▪ Conheci o escritor cujo livro foi premiado.
▪ Este livro, cuja leitura recomendo, foi escrito por um jovem escritor.
distribuição
impossibilidade de ocorrência com artigos
- algum, alguma, alguns, algumas
Li alguns livros / *Li uns alguns livros.

possibilidade de ocorrência com artigos, com alteração de valor
- muito, pouco, tanto
▪ Li poucos livros para fazer este trabalho / Li uns poucos de livros para fazer este trabalho.
distribuição
- ambos, ambas
ocorrência obrigatória com artigo definido
▪ ambos os filhos da Ana

- qualquer, quaisquer
antes ou depois do nome, com mudança de valor
▪ Ele gosta de qualquer filme / de um filme qualquer.

ocorrência com outro
▪ qualquer outro / outro qualquer
forma
fracionários
- em expressões com parte
▪ uma terça parte

outras expressões que exprimem número
▪ inúmeros, diversos, diferentes
...
forma
variação em género e número
▪ quanto, quanta, quantos, quantas

uso / valor
referência a um antecedente que expressa número ou quantidade
▪ Fiz tudo quanto me pediste.

distribuição
em relativas restritivas, precedido de tudo e tanto, tanta, tantas, tantas
▪ Bebi tanta água quanta havia na garrafa.

em substantivas relativas
▪ Ofereci ajuda a quantos precisavam.
para exprimir situação
- no espaço
▪ ante, após, nos arredores de
▪ Foi, pé [ante] pé, ver se as crianças ainda dormiam.
▪ Entraram [após] as mulheres.
▪ Moro [nos arredores de] Lisboa.

- na noção
▪ sob
▪ [Sob] determinados aspetos, este foi um encontro muito proveitoso.
para ligar dois elementos semelhantes da mesma oração ou duas orações, com diferentes valores
▪ todavia, não obstante
▪ por conseguinte, por consequência
▪ que

▪ [explicativa] Ela deve ter frio, que está a tremer.
para introduzir orações subordinadas adverbiais, com diferentes valores
▪ a fim de que
▪ mesmo que, se bem que, por mais que
▪ a menos que, a não ser que
▪ como se
▪ segundo, consoante, conforme

▪ [condicional] Mesmo que cantasse bem, não conseguiria estar num palco.
>
...
sujeito
oracional
- com oração relativa
▪ Quem chegar atrasado não vai ao passeio.
- com oração completiva
▪ É verdade que eles se conhecem?


predicado
ausência de predicado - provérbios e ditados
▪ Antes pobre que ladrão.
complemento direto
oracional
- verbos da subordinada completiva em diferentes tempos e modos (indicativo/conjuntivo/condicional)
▪ A Carolina queria [que ela também fosse ao jantar].
▪ Ele pensou [que iríamos todos juntos].
▪ Eles perguntaram [se tínhamos gostado do almoço].

- com pronome
▪ Ela afirmou-[o].
▪ Ele também [o] disse./Ele também perguntou [isso].


predicativo do complemento direto
GP
▪ Ela tratava os filhos [por 'criaturas'].
▪ Considerámos a exposição [sem interesse de maior].
▪ Estariam a tomá-lo [por idiota]?


modificador

- de constituinte verbal/predicado
oração
finita
subordinada adverbial (condicional /concessiva)
▪ Eu trago-te o livro, [se precisares].
▪ [Embora estivesse frio], eles foram andar de barco.

não finita (gerundiva/infinitiva - diferentes valores)
▪ Sabendo que vinhas, preparei um jantar especial.
▪ Ao entrar em casa, reparou na janela partida.


complemento do nome
- adjetivos que acompanham nomes deverbais (GAdj.)
▪ A revolta [popular] foi contida com dificuldade.
▪ A pesca [baleeira] tinha sido a principal atividade da região.

- com nomes que regem preposição (GP oracional - oração finita)
▪ Tinha vontade [de que lhe trouxessem doces regionais].
▪ A hipótese [de que conseguisse o trabalho] era grande.
ordem inversa (VS)
- com orações subordinadas substantivas completivas que desempenham a função de sujeito
▪ Era provável que fôssemos mais tarde.
▪ Parece que vamos ter um belo dia de praia!
entre sujeito e verbo (sujeito quantificado)
- com expressões como a maioria de, a maior parte de, metade de...
▪ Metade dos alunos votou contra. / Metade dos alunos votaram contra.

- com expressões de percentagem
▪ 70% das pessoas utilizam a Internet.
▪ 1% dos inquiridos estava insatisfeito./1% dos inquiridos estavam insatisfeitos.


-
com a locução um dos que
▪ O João foi um dos clientes que reclamou. / O João foi um dos clientes que reclamaram.

entre o verbo e o predicativo do sujeito (com o verbo ser)
- com isto, isso, tudo
▪ Isso são disparates.
▪ Tudo eram dificuldades.
...
interrogativa parcial múltipla
- contém dois ou mais elementos interrogativos
▪ Quem disse o quê?

interrogativas coordenadas
- elementos interrogativos coordenados na mesma posição
Com quem e onde viste o Rui?
▪ Vais viajar para onde e quando?

- elementos interrogativos coordenados em posições diferentes
Com quem viste o Rui e onde (o viste)?
▪ Para onde vais viajar e quando (vais)?
exclamativa total
com diferentes marcadores
- é que
▪ Isso é que era bom!

- se
condicional + imperf. conjuntivo
▪ Se ele trabalhasse mais!

- elementos lexicais valorativos em completivas finitas e infinitivas
É inadmissível que não nos tenha ligado.
▪ Falar assim para os colegas é inaceitável!
imperativa direta
indicativo (presente, perfeito e imperfeito)
▪ Calas-te um minuto e já falamos.
▪ Calou!
▪ Calavas-te por um minuto?

imperativa indireta
elidida
Que entrem!

imperativas atenuadas / intensificadas
com advérbios
▪ Senta-te já!
▪ Sai imediatamente!
negativa
- marcada por outros advérbios em contextos particulares
▪ Quero lá saber!
▪ Vai agora chover…
coordenada adversativa
todavia, não obstante
▪ Gosto de muitos géneros de filmes. Não obstante, não aprecio filmes de terror.

coordenada conclusiva
por conseguinte, por consequência
▪ Estudei pouco para o exame; por conseguinte, não consegui passar.

coordenada explicativa
que
▪ Ela deve ter frio, que está a tremer.
subordinada substantiva completiva
flexionada
iniciada por que
com função de sujeito

- com verbos predicativos com nomes e adjetivos com referência ao passado
▪ Foi uma pena que não me tivesses ligado antes.
Foi lamentável que tivéssemos esperado tanto tempo.

- com verbos inacusativos de existência e acontecimento (acontecer, suceder, ocorrer)
▪ Sucede que me atrasei e perdi o comboio.

com função de complemento
- com verbos declarativos, volitivos, causativos, psicológicos com referência ao passado
▪ Pensava que já tinhas visto este filme.

- com verbos de influência (autorizar, aconselhar, convencer, persuadir)
▪ Convenci as minhas amigas a que fôssemos antes ao cinema.

com função de complemento de nome ou de adjetivo
▪ Agrada-me a ideia de que eles também venham.
▪ Os jovens estão conscientes de que terão de enfrentar novos desafios.

iniciada por se
com função de complemento

- com verbos de inquirição e verbos declarativos com referência ao passado
▪ A rapariga perguntava se já tinham chegado a casa.

- com verbos dubitativos (ignorar, desconhecer)
Ignoro se a Paula vem trabalhar hoje.

de infinitivo (pessoal / impessoal)
com a função de sujeito
com verbos psicológicos (agradar, preocupar, supreender, alegrar)
▪ Surpreendeu todos a Maria ser despedida.
▪ O facto de a Maria ser despedida surpreendeu todos.

com a função de complemento
- com verbos seguidos de preposição
▪ A Maria insistiu em passarmos o fim de semana em casa dela.

- com verbos com complemento direto e oração completiva iniciada por preposição
▪ Aconselhei as crianças a fazer(em) mais exercício físico.
▪ O pai proibiu os miúdos de ver(em) televisão todo o dia.


com a função de complemento de nome ou de adjetivo
▪ Os alunos tiveram a ideia de organizar uma feira.
▪ Estas instruções são difíceis de perceber.

subordinada substantiva relativa
quem, onde, quanto, o que
sujeito
▪ Quem entregou o trabalho não precisa de fazer o teste.
▪ O que fizeste foi lamentável.



complemento
▪ Emprestei o dicionário a quem me pediu.
▪ Não tenho com o que escrever.

modificador do grupo verbal
▪ Estacionei onde encontrei lugar.

predicativo do sujeito
▪ Ele não é quem eu pensava.

subordinada adjetiva relativa
- restritiva, com antecedentes nominais
o qual
▪ O escritor ao qual entregaram um prémio é português.

- explicativa, com antecedentes nominais
o qual
▪ Este filme, do qual te falei ontem, ganhou um Óscar.

- explicativas, com antecedentes frásicos
o que
▪ O filme tem recebido boas críticas, o que me supreendeu.

▪ (in)existente
▪ dar à luz
▪ criar, conceber, produzir
▪ eliminar, apagar
▪ ocasionar, provocar
▪ aparecer, desaparecer
▪ estabelecer
▪ carência
▪ esconder(-se)
▪ ignorado(a)
▪ escondido(a), oculto(a)
▪ faltar, sobrar
▪ estar à disposição
▪ esgotado(a)
▪ facto
▪ caso
▪ ocorrer
▪ dar-se
▪ localização, situação
▪ em qualquer lugar/ num lugar qualquer
▪ em/por toda a parte
▪ em/por nenhuma parte
▪ além
▪ nas imediações de, nos arredores de
▪ na margem, na fronteira
▪ sob
▪ central, anterior, posterior
▪ dianteiro(a), traseiro(a)
▪ isolado(a), afastado(a), distante
▪ trajeto, percurso
▪ separação, afastamento
▪ intervalo
▪ nas imediações, nos arredores
▪ a distância
▪ distanciar(-se de)
▪ remoto(a)
▪ deslocação
▪ trajeto, percurso
▪ queda
▪ tremor (de terra)
▪ dinamismo, estabilidade, instabilidade
▪ velocidade
▪ circular
▪ apressar(-se)
▪ sossegar, tranquilizar(-se)
▪ dar um passo, pisar
▪ fugir
▪ arrastar
▪ avançar, retroceder
▪ tropeçar
▪ portátil
▪ sedentário(a)
▪ orientação, sentido
▪ meta, rota, via
▪ destinar-se a, dirigir-se a
▪ guiar, conduzir
▪ dar/seguir direções
▪ raíz
▪ proveniência
▪ procedência
▪ provir de
▪ proceder de
▪ ter origem em
▪ disposição
▪ anterior/posterior
▪ estar/vir antes/depois de
▪ estar/vir à frente / atrás de
▪ altura, comprimento, grossura, largura, profundidade, extensão, superfície, volume
▪ crescer, aumentar, diminuir
▪ apertar, alargar
▪ ampliar, reduzir
▪ enorme, gigante
▪ amplo(a), espaçoso(a)
...
▪ pressão
▪ pesagem
▪ carga, carregamento
▪ excesso de peso
▪ pesar-se
▪ volume
▪ capacidade
▪ conteúdo
▪ conter
▪ encher-se, esvaziar-se
▪ despejar
▪ superfície, extensão, área
▪ hectare (ha)
▪ percorrer
▪ amplo(a), espaçoso(a)
▪ temperatura máxima /mínima/média
▪ onda de frio/calor
▪ congelado(a), gelado(a)
▪ caloroso(a)
▪ reaquecer
▪ passar frio/calor
▪ refrigerado
▪ tépido(a)
...
▪ época, era, período, idade
▪ estação seca / das chuvas
▪ monção
▪ horário de verão/inverno
▪ tempo médio de Greenwich (TMG ou GMT), tempo universal coordenado (TUC ou UTC)
▪ na véspera
▪ pelas 17h
▪ cerca das duas da tarde
▪ aí às seis da tarde
▪ ao longo do dia/ano
▪ à última hora
▪ a horas
▪ a toda a hora
▪ a partir de agora
▪ três horas/dias/meses antes
▪ passados(as) X horas/dias /semanas/meses
▪ a princípios/meados/finais de abril
▪ marcar a data
▪ adiantar/atrasar a hora
▪ nestes dias
▪ nos dias de hoje, nos nossos dias
▪ agora mesmo
▪ usar-se
▪ presentemente, correntemente
▪ atual, recente, contemporâneo(a)
▪ presente do indicativo (presente histórico/ narrativo)
▪ na véspera
▪ três horas/dias/meses antes
▪ recordar, esquecer
▪ memória, recordação
▪ antiquado(a)
▪ recentemente, nos últimos tempos
▪ estar (pres. ind.) para + infinitivo
▪ a partir de agora
▪ a curto/médio/longo prazo
▪ passados(as) X horas/dias /semanas/meses
▪ (fazer) planos
...
▪ no espaço de, no decorrer de
▪ jornada, temporada
▪ período
▪ já lá vão X horas/dias/ meses sem + V
▪ ter a duração de
▪ prolongar(-se)
▪ duradouro(a), momentâneo(a), prolongado(a)
▪ com tempo (de sobra)
▪ antecipar
▪ madrugar
▪ antecipadamente, previamente
▪ fora de horas
▪ falta de pontualidade
▪ tardança
▪ ficar para trás
▪ pretérito mais-que-perfeito composto do conjuntivo
▪ na véspera
▪ X horas/dias/meses antes
▪ preceder, anteceder
▪ prévio(a), antecedente
▪ previamente, antecipadamente
▪ passados(as) X horas/dias /semanas/meses
▪ anterior
▪ vir antes/depois de
▪ primeiramente
▪ no decorrer de
▪ (em) simultâneo(a)
▪ simultaneamente
▪ coincidência
▪ coincidir
▪ tardança
▪ remeter, pospor
▪ prorrogar
▪ veloz, acelerado(a)
▪ velozmente
▪ subitamente
▪ nem sempre
▪ a toda a hora
▪ com pouca/muita/certa frequência
▪ um dia sim, outro não
▪ umas vezes sim, outras não
▪ de X em X horas/dias
▪ de X em X minutos/horas/ dias/meses
▪ de meia em meia hora, de quarto em quarto de hora, de hora a hora
▪ contínuo(a), (in)constante
▪ continuado(a), assíduo(a)
▪ periódico(a), quotidiano(a), usual
▪ raro(a), infrequente
▪ assiduamente
▪ periodicamente, usualmente
▪ ocasionalmente
▪ gerúndio simples
▪ sem pausa, sem descanso
▪ já lá vão X horas/dias/ meses sem + V
▪ (dar) continuidade
▪ continuar sem + infinitivo
▪ levar tempo
▪ decorrer
▪ prolongar(-se)
▪ duradouro(a), prolongado(a)
▪ contínuo(a), constante
▪ descontinuidade
▪ um dia sim, outro não
▪ umas vezes sim, outras não
▪ de tempos a tempos
▪ nem sempre
▪ de meia em meia hora, de quarto em quarto de hora, de hora a hora
▪ de X em X minutos/horas/ dias/meses
▪ descontinuar
▪ descontínuo(a)
▪ não contínuo(a)/ continuado(a)
▪ sem pausa, sem descanso
▪ estabilidade
▪ sobreviver, resistir
▪ estabilizar(-se)
▪ conservar
▪ duradouro(a), estável, fixo(a), imortal, constante, invariável
▪ inalterável, indestrutível
▪ nem sempre
▪ temporário(a)
▪ temporariamente
▪ tornar a + infinitivo
▪ uma e outra vez
▪ pela segunda/terceira vez
▪ rotina, mania
▪ ciclo
▪ ritmo, eco
▪ imitar
▪ recriar
▪ rotineiro(a), repetitivo(a), cíclico(a)
▪ exclusivo(a)
▪ somente, apenas
▪ pôr-se a + infinitivo
▪ nascimento
▪ inauguração, estreia
▪ criação, fundação
▪ lançar, fundar
▪ estrear, inaugurar
▪ aparecer
▪ iniciar(-se), ter início
▪ inicial
▪ inicialmente, primeiramente
▪ deixar de + infinitivo
▪ cabo, remate
▪ alvo
▪ falecer
▪ esgotar(-se)
▪ afinal
▪ passar a + infinitivo
▪ evolução, revolução
▪ transformação, modificação
▪ vir a ser
▪ cambiar
▪ modificar
▪ pôr-se
▪ fazer-se
▪ desenvolver(-se)
▪ converter(-se) em/a
▪ variável, instável
▪ imprevisto
▪ repentinamente
▪ número par/ímpar/ decimal
▪ montante
▪ índice
▪ percentagem
▪ cálculo
▪ calcular
▪ fazer contas
▪ aproximadamente
▪ exatamente
▪ uns/umas poucos(as)
▪ a maioria/minoria
▪ máximo/mínimo
▪ extra
▪ por cento
▪ inteiro(a)
▪ demais
▪ à/por volta de
▪ uma dose de
▪ um pedaço de
▪ um pouco de
▪ um monte de
▪ banda, tribo
▪ muito + Adj./Adv. + para
▪ super + Adj./Adv.
▪ considerável
▪ ligeiramente, demasiadamente, sensivelmente, completamente, totalmente
▪ figura
▪ plano, eixo
▪ onda, curva, arco
▪ espaço, limite
▪ ângulo
▪ em duas/três dimensões
▪ oval
▪ diagonal
▪ torcido(a), curvo(a)
...
▪ [cor] quente/fria, alegre/triste
▪ tom
▪ corante
▪ arco-íris
▪ tingir
▪ tingido(a)
▪ fluorescente
▪ multicolorido(a)
▪ matéria-prima
▪ linho, seda, elastano, flanela
▪ couro, cabedal, pelo, penas
▪ cobre, bronze, platina
▪ tijolo, cimento, porcelana, mármore, argila
▪ têxtil
▪ cortiça
▪ cera
▪ osso, marfim
▪ metálico(a)
▪ consistência, resistência
▪ delicadez, fragilidade
▪ dureza, tensão
▪ densidade
▪ elasticidade, flexibilidade, rigidez, estabilidade
▪ ganhar/perder consistência/resistência
▪ maleável, firme
▪ rígido(a), elástico(a)
▪ denso(a), espesso(a), fluido(a)
▪ em boas/más condições
▪ saúde, bem-estar, doença
▪ recuperar, renovar, pôr a funcionar
▪ arranjado(a), reparado(a)
▪ demão, capa, camada
▪ cobertura
▪ verniz
▪ plastificar, impermeabilizar
▪ plastificado(a), impermeável
▪ banhado(a) a
▪ bem conservado(a)
▪ actual, contemporâneo(a)
▪ estar na moda / fora de moda
▪ renovar, recuperar
▪ limpeza a fundo/seco
▪ poeira
▪ porcaria
▪ arrumação, cuidado, higiene
▪ mancha
▪ esfregar
▪ manchar(-se)
▪ polir
▪ manchado(a)
▪ seca, inundação, cheias
▪ suor, transpiração, desidratação
▪ orvalho
▪ vapor
▪ a seco
▪ humedecer, enxugar(-se)
▪ inundar(-se)
▪ absorver
▪ evaporar
▪ murcho(a), sedento(a)
▪ enxuto(a)
▪ abertura, fecho, encerramento
▪ alcançar
▪ (des)cerrar
▪ vedar
▪ (des)obstruir
▪ textura
▪ elástico(a)
▪ frágil
▪ enrugado(a)
▪ maleável
▪ olhadela, espreitadela
▪ claridade, luminosidade
▪ visão noturna/parcial/ total
▪ cegueira (total/parcial)
▪ ótica
▪ perspetiva
▪ avistar, contemplar, mirar
▪ ocultar
▪ espiar
▪ cego(a)
▪ transparente
▪ oculto(a)
▪ tom
▪ som grave/agudo
▪ ouvido
▪ rumor
▪ banda sonora
▪ escutar
▪ susurrar
▪ soar
▪ levantar/baixar a voz
▪ fazer silêncio
▪ ruidoso(a)
▪ surdo(a), mudo(a)
▪ (in)audível
▪ paladar
▪ agridoce
▪ insonso(a), insípido(a), amargoso(a), áspero(a)
▪ odor
▪ olfato
▪ ranço
▪ custo
▪ valioso(a)
▪ incalculável
▪ não estar nada mal
▪ não ser mau/má de todo
▪ deteriorar-(se)
▪ perfeito(a), magnífico(a), genial
▪ ridículo(a), absurdo(a)
▪ puro(a)
▪ extraordinário(a)
▪ objetivo(a), subjetivo(a)
▪ beldade
▪ atraente
▪ horroroso(a)
▪ ridículo(a)
▪ não ser bem assim/isso
▪ suportar, admitir
▪ proibir
▪ (in)admissível, (in)aceitável
▪ (não) ser suficientemente + Adj.
▪ adequação
▪ conforme
▪ (não) servir
▪ adaptar(-se)
▪ prestar
▪ (in)adequado(a), acertado(a), (in)compatível
▪ (in)desejável
▪ exatidão, rigor
▪ equívoco
▪ ter razão
▪ retificar, rever
▪ (in)exato(a), impreciso(a)
▪ equivocado(a)
▪ perfecionista
▪ êxito, triunfo, glória
▪ troféu, medalha, aplauso, meta, fama
▪ sair-se bem/mal
▪ fracassado(a), (in)feliz
▪ bem-sucedido(a), malsucedido(a), vitorioso(a), falhado(a)
▪ eficiência
▪ ferramenta, instrumento, utensílio
▪ valer a pena
▪ prestar
▪ estar fora de serviço
▪ utilizável, aproveitável, vantajoso(a), (im)prescindível, essencial, funcional
▪ (in)competência, vocação, (in)aptidão, talento, arte
▪ capacitar
▪ ser especialista em
▪ formar(-se), treinar
▪ habilitado(a), formado(a), treinado(a)
▪ (in)apto(a), (in)competente
▪ (ir)relevante, grave, sério(a)
▪ ser fundamental, essencial
▪ fundamental, básico(a), imprescindível
▪ (a)normalidade
▪ ser costume
▪ exceção
▪ por norma
▪ fora do comum
▪ ordinário(a), extraordinário(a)
▪ único(a), excecional
▪ vulgar, acostumado(a)
▪ vulgarmente
▪ excecionalmente, extraordinariamente
▪ complexidade
▪ ter facilidade para/com
▪ ser fácil/difícil de + V
▪ simplificar
▪ complicar
▪ laborioso(a), custoso(a)
▪ laboriosamente
▪ inteligência, reflexão, memória, raciocínio
▪ crença
▪ ponto de vista
▪ considerar, analisar, interpretar, refletir
▪ reconhecer
▪ crer
▪ ignorar, não fazer ideia
▪ aperceber-se
▪ questionar(-se), duvidar
▪ pensando melhor
▪ mental
▪ pensativo(a), reflexivo(a)
▪ discussão, comunicação, discurso
▪ questão, comentário, observação
▪ recomendação, sugestão, proposta
▪ ameaça
▪ relatório, declaração
esclarecimento
▪ debate
▪ exposição, apresentação, publicação
▪ exprimir, exclamar
▪ relatar, narrar
▪ ralhar
▪ considerar, opinar
▪ comentar
▪ admitir, reconhecer
▪ solicitar, sugerir
confirmar
▪ relembrar
▪ referir-se a
...
...
▪ apropriar-se
...
▪ senão
▪ todavia, não obstante
▪ não obstante, todavia
▪ mesmo que
▪ não contando, tirando
▪ excluir, incluir
▪ omitir
▪ dever-se a
▪ devido a
▪ (por) consequência
▪ consequentemente
▪ a fim de (que)
▪ com o propósito de, com o intuito de, com a finalidade de,
▪ na condição de
▪ a menos que, a não ser que
▪ depender de
▪ (in)dependente
▪ assim sendo, posto isto
▪ consequentemente
▪ por conseguinte, por consequência
▪ deduzir
▪ no que concerne, no que diz respeito a, no tocante a
▪ somente
▪ nome artístico
▪ mudar de nome
▪ tratar por (tu, você,...)
▪ formas de tratamento:
— nome de afeto (querido(a), amor,…)
— nome de relação especial (colega, amigo(a),…)
▪ estar caducado
▪ documento não ser válido
▪ viver nas imediações no centro histórico/na baixa
▪ mudar-se de bairro/zona
▪ lote, moradia, edifício
...
...
▪ infância, adolescência, juventude, idade adulta, velhice
▪ amadurecer, envelhecer
...
▪ enviuvar
▪ esposo, esposa
▪ primeiro marido, segunda mulher
▪ casamento arranjado
...
▪ níveis de ensino:
— politécnico
▪ estabelecimentos de ensino:
— jardim de infância
▪ faculdade, reitoria
▪ graus académicos:
— bacharelato
— pós-graduação
— especialização

▪ orientador, doutorando
▪ disciplina obrigatória/opcional
▪ unidade curricular
▪ ensino/curso presencial virtual/a distância/pós-laboral
▪ abandonar os estudos
▪ trabalhador por conta própria/de outrem
▪ empresário
▪ subsídio de desemprego
▪ ter um emprego em
▪ ter/ocupar o cargo de
▪ exercer a profissão/função de
▪ contrato por tempo indeterminado/a termo incerto, por tempo determinado/a termo certo, contrato promessa de trabalho
▪ estar à experiência
▪ ser promovido
▪ contratar
▪ renovar um contrato
▪ perder o emprego, ser despedido, estar desempregado
▪ meter/estar de baixa
▪ subsídio de férias/natal, décimo terceiro
▪ dias úteis/feriados, folgas
▪ fazer ponte
▪ trabalhar por turnos
▪ fazer horas extraordinárias
▪ anos de serviço
▪ nomes de parentesco:
— pai, mãe adotivo(a)
— filho(a) adotivo(a)

▪ esposo(a)
▪ familiar próximo
▪ órfã(o)
▪ maternidade, paternidade
▪ herdar, fazer testamento
▪ filiação
▪ locais de culto:
— (sé) catedral
— capela
— templo

▪ cargos religiosos:
— padre
— pastor
— rabi
— frade
— sacerdote

▪ religião monoteísta/ politeísta
▪ alma, espírito
▪ seita religiosa
▪ laico
▪ conversão, converter-se a
...
▪ ser cego/surdo/mudo/coxo
▪ saliva, lágrima, suor
▪ gesto, expressão, ar
▪ estatura
▪ engordar, emagrecer
▪ ter rugas/uma cicatriz/linhas de expressão
▪ ser igual(zinho) a
▪ ter classe/charme, ser charmoso(a)
▪ ter a pele seca/suave
▪ palerma, meigo(a), sossegado(a), mentiroso(a), nervoso(a), estudioso(a), sensível, maluco(a)
▪ ter bom/mau carácter
▪ dar-se bem/mal com alguém
▪ ter personalidade/carácter forte
▪ ter complexo de inferioridade/superioridade
▪ tipos de habitação:
— lote
— edifício

▪ materiais de construção:
— cimento
— estuque
— tijolo
— parquê
— azulejo

▪ escada de incêndio, saída de emergência
▪ administrador(a) do condomínio
▪ empresa de construção civil, agência imobiliária
▪ assinar um contrato de arrendamento
▪ pedir um empréstimo à habitação, fazer uma hipoteca, hipotecar
▪ ligar a água, a luz, o telefone, a internet
▪ residência temporária/permanente
▪ casa, alojamento, lar
▪ mudar-se de bairro/zona
▪ luz direta/indireta
▪ mobilar, mobiliário
▪ peças de mobília:
— mesa de centro
— mesa de sala de jantar

▪ têxteis para o lar:
— travesseiro
▪ roupa de cama
▪ utensílios domésticos:
— panela de pressão
— tacho de barro
— saca-rolhas
— saladeira
— terrina
— alguidar
▪ painel solar
▪ energia solar, elétrica, a gás
▪ saneamento
▪ recolha de resíduos urbanos
▪ fuga (de gás)
▪ infiltração de água
▪ eletrodomésticos:
— arca frigorífica
— fritadeira
— liquidificador
— picadora
— robot de cozinha
— varinha
— batedeira

▪ equipamentos:
— varal
— cilindro

▪ interruptor, intercomunicador
▪ área, vizinhança
▪ peão, cidadã(o), vizinho(a)
▪ Índice de natalidade/mortalidade/densidade populacional
▪ geografia urbana:
— imediações, arredores
— centro histórico
— baixa
— travessa
— beco
— zona verde/de lazer
— cruzamento

▪ espaços e estruturas:
— caixote do lixo
— passadeira
— semáforo
— sinal (de trânsito)

▪ paisagem natural/urbana/industrial
▪ arte/espetáculo de rua
▪ geografia rural:
— fazenda
— herdade
▪ criação de gado/aves
▪ agrário
▪ emigração, imigração
▪ territorial, continental, provincial, local
▪ horizonte
▪ geografia física:
— bosque
— duna
— ribeira
— falésia
— rochedo
— planalto
— serra
— deserto
— canal
— selva
— cabo
— golfo
— estreito
— pântano
— cascata
— cordilheira
— nascente (de um rio)

▪ altitude, profundidade
▪ equador, trópico, equatorial, tropical
▪ Extremo/Médio Oriente, África Subsariana
▪ horizonte
▪ paisagem tropical/vulcânica/desértica/rochosa
▪ costeiro, insular, peninsular
▪ maré baixa/alta
▪ animal terrestre/voador/marinho
▪ espécie autóctona/protegida/em (perigo de) extinção
▪ clínica veterinária
▪ cão polícia/de caça
▪ cão rafeiro/de rua
▪ mascote
▪ pelo, pena, escama
▪ pata, focinho, cauda, asa, crista, crina, corno
▪ bosque, selva, musgo, jardim botânico, cogumelo
▪ rama, folhagem, galho, pólen
▪ fruto seco, especiaria, grão
▪ planta trepadora/carnívora/silvestre/venenosa
▪ vaso, jarra, floreira
▪ dar flor/fruto
▪ brotar, florir
▪ transplantar
▪ meteorologia, boletim meteorológico
▪ chuva miudinha, brisa, relâmpago, névoa, aguaceiro, ventania
▪ clima mediterrânico/tropical/continental/ chuvoso/instável/temperado
▪ fazer um dia fantástico/horrível
▪ soprar vento, gelar, granizar
▪ chuva tropical
▪ onda de frio/calor
▪ detergente, amaciador
▪ aspirador, ferro (de engomar), vassoura, esfregona
▪ arrumar/arranjar a casa
▪ deixar a casa limpa/a cama feita/a mesa posta
▪ dona de casa
▪ empregada (doméstica)
▪ sujidade, limpeza
▪ mudar as toalhas/a roupa da cama
▪ levar a roupa à lavandaria
▪ pôr a roupa a lavar/secar
▪ costurar, remendar, coser
▪ regar as plantas/o jardim
▪ receber convidados
▪ servir o almoço/jantar na sala de jantar/no jardim/terraço
▪ unidade curricular
▪ exame de melhoria de nota
▪ processo disciplinar
▪ suspensão, expulsão
▪ reunião de pais e encarregados de educação
▪ atividades extracurriculares
▪ excursão, visita de estudo
▪ viagem de finalistas
▪ trabalhar fora de horas/até mais tarde
▪ deslocação em trabalho, viagem de trabalho
▪ orçamentar
▪ reunir com clientes
▪ planificar
▪ lazer, ócio
▪ entreter-se, passar um bom bocado
▪ ir para a noite/os copos
▪ festa animada/concorrida/espetacular
▪ jogo educativo
▪ adversário
▪ vitória, empate, derrota
▪ estratégia
▪ partida, vez
▪ jogar às escondidas/ao apanha
▪ avançar/retroceder X casas
▪ perder a vez
▪ fazer batota
▪ coleção, colecionar, ser colecionador de
▪ trocar, ter para a troca
▪ nomes de hobbies:
— modelismo
— tricô
— filatelia
— antiguidades
▪ noticiário
▪ leitor de audio/DVD portátil
▪ auriculares, auscultadores
▪ tablet
▪ smartphone
▪ streaming/fluxo de média
▪ vídeo sob demanda/on demand
▪ simpósio, palestra
▪ ciclo de cinema/concertos
▪ temporada de ballet/ópera
▪ camarote, plateia
▪ elenco, encenador(a), diretor(a)
▪ matiné, serão, sarau
▪ estrear, inaugurar
▪ montar/organizar um espetáculo
▪ cancelar um espetáculo
▪ tipos de espetáculo:
— espetáculo multimédia
— desfile
— mostra

▪ espaços:
— tenda de circo
— arena
— anfiteatro

▪ tipos de música:
— jazz
— alternativa
— blues
— eletrónica
— samba
— rap
— erudita
— ritmos e blues (R&B)
— rock

▪ instrumentos musicais:
— saxofone
— bateria
▪ complexo desportivo, estádio
▪ sócio
▪ ser de uma equipa, fazer-se sócio de um clube
▪ desporto/modalidade olímpico(a)/de competição/ inverno/verão
▪ olimpíadas, jogos olímpicos (de verão/ inverno), campeonato, liga
▪ classificar para um(a) eliminatória/campeonato/final
▪ vitória, empate, derrota
▪ ser campeã(o), ganhar uma medalha/taça
▪ eliminar, vencer, acertar, falhar
▪ treinar, aquecer
▪ ter/sofrer uma lesão
▪ nomes de desportos:
— hóquei em patins/no gelo
— pólo aquático
— paintball
— motocross

▪ artes marciais
▪ editor(a), narrador(a), colunista, redator(a), correspondente
▪ prosa, verso
▪ narração, monólogo
▪ narrar, descrever, relatar
▪ compor, rimar, recitar
▪ argumento, tema
▪ literatura contemporânea/fantástica/medieval
▪ obra/concurso/revista/prémio literário(a)
▪ recital de poesia
▪ literatura cor-de-rosa
▪ editar/publicar/esgotar-se um livro
▪ citar/copiar textualmente
▪ tipos de textos/livros:
— novela
— relato
— lenda
— diário
— coluna
— crítica
— artigo de opinião

▪ primeira página
▪ edição, redação
▪ liberdade de expressão, censura
▪ assinar/ser assinante de um jornal
▪ transporte interurbano/urbano/suburbano/ metropolitano/regional/inter-regional/expresso/ de longo curso
▪ título de transporte, tarifa (reduzida), tarifário, validação
▪ transporte rodoviário/ferroviário/marítimo/aéreo
▪ compartimento, carruagem
▪ embarcar, desembarcar
▪ tripulação
▪ voo direto/com escalas
▪ anunciar/cancelar/atrasar um voo
▪ meios de transporte:
— metro de superfície
— elevador
— teleférico
— comboio de alta velocidade
— comboio de velocidade elevada/alfa pendular
▪ estrada nacional, itinerário complementar (IC), itinerário principal (IP)
▪ área de serviço/repouso, portagem, via verde
▪ combustível
▪ veículo, viatura
▪ placa/número de matrícula
▪ ligar/acender as luzes/os médios/o pisca(-pisca), tocar a buzina
▪ dar prioridade, proibido estacionar/virar
▪ curva/cruzamento perigoso(a)
▪ reduzir/aumentar/manter a velocidade
▪ renovar a carta/licença
▪ apanhar/pagar/passar uma multa
▪ furar um pneu, ficar sem travões/gasolina/bateria
▪ chocar o carro, despistar-se, bater (de frente)
▪ oficina, reboque
▪ arranjo, reparação, revisão
▪ mudar o óleo/um pneu/uma peça, encher o depósito de água
▪ indemnização, cobertura do seguro, garantia, ter seguro
▪ percurso, itinerário
▪ atalho
▪ além, aquém
▪ turismo no espaço rural/de habitação/de aventura
▪ miniférias, fim de semana prolongado
▪ rota, trajeto, itinerário
▪ percorrer, atravessar um país/continente/oceano
▪ dar a volta ao mundo
▪ prospeto
▪ fazer o check-in, alojar-se
▪ fazer uma reclamação, pedir o livro de reclamações
▪ tipos de alojamento:
— albergaria
— hospedaria
— estalagem
— resort
— villa
— apart-hotel
▪ inspecionar/extraviar-se a bagagem
▪ garantia, justificação, comprovativo
▪ etiqueta de identificação
▪ balança digital de bagagem
▪ máscara para dormir
▪ bolsa plástica transparente
▪ artigo duty-free/livre de taxas
▪ esqueleto
▪ nervo, articulação, artéria, tendão
▪ características externas:
— maxilar
— bochecha
— pestana
— sobrancelha
— unha
— maçã-de-adão
— cotovelo
— pulso
— polegar
— costela
— abdómen
— umbigo
— reto
— nádega

▪ órgãos internos:
— próstata
— rim
— pâncreas
— ovário
▪ sintoma
▪ febre alta/baixa
▪ estar morto(a) de fome/sede/cansaço/sono/riso
▪ estar/ficar com náuseas/nauseado(a)
▪ enjoo, enjoar, enjoativo
▪ vómito
▪ estar/sentir-se esgotado(a)
▪ debilidade
▪ sentir-se débil
▪ estar pálido(a)
▪ transpiração, transpirar
▪ perder o apetite/a fome
▪ urinar, defecar
▪ estar/sentir-se inchado(a)
▪ estar/sentir-se deprimido
▪ sentir ansiedade/mal-estar/náuseas
▪ ter diarreia/prisão de ventre
▪ anti-transpirante
▪ sais de banho
▪ fio dental
▪ lima, corta-unhas
▪ cabelo oleoso/saudável/seco/sedoso
▪ dentes brancos/amarelos/saudáveis
▪ pele seca/desidratada/saudável/hidratada/sensível
▪ cortar/limar as unhas
▪ aparar
▪ desembaraçar/escovar o cabelo
▪ água tépida
▪ copo menstrual
▪ cotonete
▪ creme/óleo/leite/água desmaquilhante
▪ gel antibacteriano
▪ diagnóstico, tratamento
▪ colesterol alto/baixo
▪ deficiência de vitamina C/D/E
▪ açúcar no sangue alto/baixo
▪ ataque cardíaco
▪ doença crónica/grave/ terminal/mental/contagiosa/hereditária
▪ atender um(a) paciente
▪ contagiar, transmitir, pegar-se, apanhar
▪ estar em coma
▪ nomes de doenças e condições médicas:
— reumatismo
— AVC (acidente vascular cerebral)
— bronquite
— hipertensão
— doenças cardiovasculares

▪ ferida/ferimento grave/leve/superficial
▪ cicatriz
▪ torcer o tornozelo
▪ ter uma cãibra
▪ radiografia, TAC, ecografia
▪ transfusão de sangue
▪ assistência médica/domiciliária
▪ nomes de especialistas:
— pediatra
— otorrino(laringologista)
— psiquiatra
— ortopedista
— anestesista
— cirurgião

▪ anestesia geral/local
▪ cirurgia
▪ análises clínicas
▪ checkup
▪ hospitalizar, anestesiar
▪ contraindicação, efeito secundário, sintoma
▪ medicamento genérico/contraindicado
▪ dose mínima/máxima/recomendada
▪ vacinar(-se)
▪ xarope
▪ consumo, consumismo, consumidor(a)
▪ armazém (de revenda)
▪ estabelecimento comercial, cadeia
▪ vendedor ambulante, freguês
▪ feira, praça
▪ bancada
▪ artigo, produto, mercadoria
▪ etiqueta, alarme
▪ horário de funcionamento/abertura
▪ fazer uma reclamação, pedir o livro de reclamações
▪ em armazém
▪ têxteis, vestuário
▪ etiquetas de roupa
▪ linho, seda, elastano, flanela
▪ local de fabrico
▪ materiais de confeção
▪ instruções de lavagem/manutenção
▪ conjunto
▪ sapatos abertos/rasos/fechados
▪ tecido estampado
▪ encolher, dar de si, alargar
▪ limpar/limpeza a seco
▪ lavandaria
▪ ficar apertado/justo/largo
▪ estar na/fora de moda
▪ fazer/descer/subir a bainha
▪ couro, cabedal
▪ mala de tiracolo
▪ bijuteria
...
▪ alimento/produto natural/orgânico/ biológico/alimentício
▪ alimento/produto sem corantes nem conservantes
▪ alimento baixo em calorias/gordura/sal/açúcar
▪ alimento rico em cálcio/fibra/vitaminas
▪ leite/sumo enriquecido com cálcio/vitamina d/ferro
▪ produto embalado
▪ aviar
▪ charcutaria, enchidos
▪ consumo
▪ orçamento
▪ condições de pagamento/financiamento
▪ pagar em prestações/a pronto (pagamento)/a crédito
▪ deixar/pagar sinal
▪ ser grátis/gratuito(a)/de graça
▪ cartão de cliente
▪ lucro, poupança, poupar
▪ trocos, trocado
▪ restrição calórica
▪ consumo
▪ emagrecer, engordar
▪ nutricionista
▪ alimento natural/orgânico/biológico/alimentício/ dietético
▪ alimento sem corantes nem conservantes
▪ alimento/dieta baixo(a) em calorías/gordura/sal/açúcar/hidratos de carbono
▪ alimento/dieta rico(a) em cálcio/fibra/vitaminas
▪ leite/sumo enriquecido com cálcio/vitamina d/ferro
▪ fazer jejum
▪ perder o(a)/ter apetitefome
▪ comer moderadamente/em excesso
▪ fazer/parar a digestão
▪ digerir, ser indigesto
▪ estar mau(má)/podre/estragado(a)/caducado(a)
▪ colesterol alto/baixo
▪ deficiência de vitamina C/D/E
▪ açúcar no sangue alto/baixo
▪ desidratação, desidratado(a)
▪ legume, hortaliça
▪ nomes de hortaliças e legumes:
— aipo
— beterraba
— grelos

▪ erva aromática
▪ manjericão, orégão, cebolinho, hortelã
▪ nomes de frutos:
— quivi
— amora
— ameixa
— maracujá
— figo (seco)
— avelã
— abacate

▪ nomes de cereais e derivados:
— cevada
— pão integral/de sementes/mistura

▪ nomes de laticínios:
— queijo fresco/seco/creme
— leite condensado

▪ nomes de alimentos de origem animal:
— borrego
— cabrito
— morcela

▪ nomes de peixes:
— pescada
— peixe-espada

▪ nomes de mariscos:
— lagosta
— mexilhão
— lula
— polvo

▪ vinagre de vinho/sidra, óleo de sésamo
▪ nomes de doces:
— gelatina
— pudim
— mousse de chocolate/ manga/morango
— pastel de nata/feijão

▪ creme de pasteleiro
▪ massa folhada/tenra
▪ nomes de bebidas:
— champanhe
— vinho do porto
— vinho verde/maduro
▪ tasca, pub
▪ banquete, bufete
▪ aperitivo, digestivo
▪ galheteiro
▪ filete, lombo, posta
▪ entradas:
— azeitona
▪ tipos de pratos e acompanhamentos:
— espetada
— feijoada
— ovos escalfados
— risoto

▪ cafetaria:
— bifana
— prego
— bitoque

▪ salgados:
— pastel de bacalhau/carne
— empada de frango
▪ petiscos:
— moelas
— camarão cozido

▪ bebidas:
— infusão
— refresco
— refrigerante
— licor
— coquetel
— vinho seco/doce
— água potável/da torneira
— cerveja de pressão

▪ ficar/estar com os copos
▪ embebedar-se
▪ saca-rolhas, rolha
▪ dar/matar (a) sede
...
▪ cortar/cortado(a) em rodelas/palitos/cubos/juliana
▪ espremer, ralar, desfiar
▪ cozer a vapor/em banho-maria
▪ servir acompanhado de
▪ informação nutricional
▪ dose de referência
▪ embalagem postal
▪ caixa/tubo de cartão
▪ apartado
▪ reexpedição de correspondência
▪ entrega no próprio dia/dia seguinte
▪ filatelia
▪ vale postal
▪ ao cuidado de (A/c)
...
▪ importância
▪ conta poupança
▪ débito, crédito, empréstimo, hipoteca
▪ débito direto
▪ cofre
▪ extrato
▪ pré-pago, pré-pagamento
▪ crédito à habitação/pessoal
▪ taxa de juro
▪ capital
▪ prazo/data de vencimento
▪ pedir/pagar/solicitar um empréstimo ao banco
▪ titular
▪ agência
▪ apanhar/pagar/passar uma multa
▪ polícia judiciária (PJ)/de segurança pública (PSP)/de trânsito
▪ suspeito(a), delinquente, criminoso(a)
▪ delito, violação, sequestro, assalto, assassinato
▪ pista, prova, alibi, impressão digital
▪ denunciar
▪ deter, interrogar
▪ confessar
...
...
NÍVEL C1

com interlocutor desconhecido
desculpe incomodar / o incómodo
▪ Desculpe incomodar / o incómodo, mas precisava de uma informação, caso pudesse ajudar-me…

queira desculpar(-me)
▪ Queira desculpar(-me), talvez me pudesse indicar o caminho…


reconhecendo o interlocutor
▪ A tua/sua cara não me é estranha!
referindo ausência temporal
▪ ( O) Que é feito de ti/si?
▪ Por onde tem/tens andado?

Há que tempos que não nos víamos!

com identificação profissional/marca de hierarquia
[+ formal]
▪ É um prazer / É uma honra cumprimentá-lo,
Senhor Presidente.
com resposta a questão anterior + agradecimento e/ou (interrog.) retribuição
[Tudo bem? (O) Que é feito de ti/si?]
▪ (Na verdade) Não podia estar melhor, obrigado(a)!
▪ Para ser sincero, não tenho passado muito bem, mas obrigado por perguntar(es)...
[É um prazer encontrá-lo aqui, Senhor Diretor!]
▪ Muitíssimo obrigado! Igualmente!
▪ O prazer é todo meu! Como tem passado?
aludindo a um próximo encontro
[+ formal]
▪ Teremos todo o gosto em vê-lo/a num futuro próximo / brevemente.
[- formal]
▪ Estás com uma cara!
▪ Que cara é essa, mãe?!


perguntando por terceiros

[+ formal]
▪ (E) O seu pai, como o tem achado/encontrado?

[- formal]
▪ O pessoal lá em casa, está tudo fino?
[- formal]
▪ (Manda) Lembranças aos teus pais!

[+ formal]
▪ Queira, por favor, entregar os meus (sinceros) cumprimentos a todos.
[+ formal]
[Enviem os meus sinceros cumprimentos ao Senhor Diretor.]
▪ Faremos com que sejam entregues, fique descansado(a)!
mil desculpas
▪ Mil desculpas da minha parte!

poder + desculpar/perdoar
▪ Podes desculpar-me?

[+ formal]
▪ Queira desculpar-me pelo engano.
[Mil desculpas!]
[- formal]
▪ Desta vez passa!
▪ Deixa(e) lá isso!


advertindo
▪ Desculpo-te, mas não voltes a fazer…
▪ Desculpo, desde que não se volte a repetir.
▪ Não sabe(s) quanto me alegra que esteja(s) aqui!
▪ Que bom terem vindo!


[+ formal]
▪ Espero que aprecie a sua estadia!
▪ É uma grande honra recebê-lo/tê-lo connosco.
ação ou acontecimento
[- formal]
▪ Dá cá mais cinco!

na escrita / em contexto + formal (apresentação, conferência…)
▪ Apresento-lhes as minhas felicitações...
brindar + a/por
▪ Proponho que brindemos [a/por…]!!

interrogativa
▪ Que tal brindarmos/E se brindássemos [a/por…]?


brinde + (para) que + votos
▪ Um brinde, (para) que este momento se repita todos os anos!
[+ formal]
▪ Os meus melhores desejos para o futuro!
▪ Votos de muito sucesso!

em caso de indisposição/ doença/acidente
▪ Estimo as melhoras!
[+ formal]
▪ Quero expressar-lhe os meus sentimentos/pesâmes (pela sua perda).
obrigado(a)
▪ Não precisava(s) de te teres/se ter preocupado/incomodado, (mas) muito obrigado(a)!

agradecer
▪ Nem tenho palavras para (te/lhe/vos) agradecer...

mostrando reconhecimento
Que faria eu sem ti?!

na escrita
[+ formal]
▪ Queira(m), por favor, aceitar o meu mais sincero agradecimento.

reagindo a boas vindas
obrigado(a) por + or.
▪ Obrigado(a) por me ter(em) convidado.
[+/- formal]
Ora essa!

[- formal]
▪ Sempre às ordens!

▪ Deixa-te disso! Não tens que me agradecer coisa nenhuma!
...
interrogativa
▪ Lembras-te/Recordas-te de te ter falado no Vasco? Pois aqui está ele!

[+ formal]
▪ Permitam-me que vos apresente a nova secretária, a (D.) Margarida Carvalho.
▪ Dá-me licença que lhe apresente a minha filha mais nova?
interrog.
[- formal]
▪ Que tal apresentares-me/E se me apresentasses à tua amiga?
▪ Alguém pode apresentar-me àquela rapariga?
interrog.
[- formal]
▪ Que tal apresentares-me/E se me apresentasses a tua amiga?
▪ E aquela rapariga, alguém ma pode apresentar?
crer/pensar/achar/julgar + que
▪ Creio que já/ainda não te apresentei a todos.
▪ Acho/Julgo que já se conhecem.

não crer/pensar/achar/julgar + que
▪ Não creio que (já) conheças o Rui Mendes...
▪ Não acho que (já) te tenham apresentado todos os colegas…
[Quero que conheças o Paulo Gomes.]
▪ Há muito que desejava/queria conhecê-lo!
▪ Já tinha ouvido falar de si!
pedir + que + conj.
▪ Peço-lhe apenas que fale (um bocadinho) mais devagar, por favor!
▪ Posso pedir-te que repitas?
[+ formal]
▪ (Desculpe incomodar, mas) Permite-me que entre?
▪ Dá(-nos) licença que entremos?
dando licença/permissão
[- formal]
[Dás licença?]
▪ (Oh!) Por quem és!/Por quem sois!

negando ou adiando licença/permissão
[- formal]
[Posso entrar?]
▪ É só um segundinho (por favor)!
...
situar no espaço

localização
subúrbios
Gostas de viver nos subúrbios?

ponto
Em que ponto da cidade fica a tua casa?

aquém/ acolá
Há um restaurante novo acolá?

será que me poderia(s)…?
▪ Será que me poderia dizer onde é a estação, por favor?


localização relativa
perpendicular/ paralelo
A tua rua é perpendicular à Avenida da Liberdade?

aos pés de/ ao alcance de
Os teus sapatos estão aos pés da cama?

deslocação/direção/distância
qual é o percurso
Qual é o percurso mais rápido para o Porto?
situar no tempo

a quantos estamos
▪ A quantos estamos hoje?

datar de
De quando data este documento?

remontar a
A quando remonta este problema?
fazer a conta/ calcular
▪ Fizeste a conta aos lugares necessários na mesa?
...
finalidade
com que fim/ finalidade/ propósito
▪ Com que finalidade estás a fazer essa pesquisa?

[- formal]
a que
▪ A que vieste?
ter facilidade para
Tens facilidade para aprender línguas?

ter habilidade para
Tens habilidade para as línguas?

sentir-se capaz/incapaz
Sentes-te capaz de assumir esta responsabilidade?
identificar/definir

alguém

or. relativa
[Com quem foste ao cinema?]
▪ Com quem tu estás a imaginar.
[A quem deste o dinheiro?]
▪ A quem mais precisava.

por quem + or. declarativa
▪ O diretor da empresa é uma pessoa com muita experiência, por quem tenho uma grande consideração.

alguma coisa
[Que calças compraste?]
▪ Comprei aquelas de que te falei.
situar no espaço

localização
ponto
O ponto mais alto de Portugal continental localiza-se na Serra da Estrela.

isolar-se/refugiar-se
▪ O Augusto refugiou-se em casa depois da separação.

localização relativa
fazer esquina com
▪ O prédio do Joaquim faz esquina com a avenida principal.

à parte, de lado
▪ A mesa dos noivos foi posta à parte.

frente a frente
Os dois candidatos estiveram ontem num debate frente a frente.

perpendicular/paralelo/ transversal a
▪ A escola fica numa rua paralela a esta.

aos pés de
▪ O meu cão dorme no meu quarto, aos pés da cama.

deslocação/direção
em sentido inverso
▪ O carro estva estacionado no sentido inverso à marcha.

distância
para lá de
▪ Para lá da fronteira, o rio torna-se mais largo.

quarteirão
▪ A minha casa fica a três quarteirões daqui.
situar no tempo

antes de + inf. pes.
[Quando é que a Carolina te telefonou?]
▪ Antes de eu ter saído de casa.

depois de + inf. pes.
[Quando é que a Maria te telefonou?]
▪ Depois de eu ter saído de casa.

de agora em diante
▪ De agora em diante passarei a ter um novo horário de trabalho.

a altas horas
▪ O meu filho chegou a casa a altas horas da noite.

há que tempos
▪ Há que tempos que estamos à vossa espera.

ao cabo de
▪ Ao cabo de duas horas, o acidente ficou resolvido.
adicionar
▪ Adicionei 100gr de açúcar à massa.

repartir/distribuir
▪ Distribuiram-se os alimentos recolhidos na campanha por várias instituições.

quantif. numerais multiplicativos
▪ O número de candidatos este ano foi dez vezes maior do que o do ano passado.

totalidade
A totalidade dos lucros foi doada a uma instituição de caridade.

crescimento/decréscimo
▪ Este ano, registou-se um decréscimo dos acidentes de viação na época de Natal.

expressões quantitativas
talhada/porção/lote de
Tenho um monte de papéis empilhados na minha secretária.
▪ Comi uma talhada de melão à sobremesa.
prep. / locução prep.
[Como é que vão preparar a exposição?]
▪ Conforme/Consoante/ Segundo as suas indicações.
[Como é que vão organizar o trabalho?]
▪ De acordo com o que nos disser.
causa
devido ao facto de
▪ A empresa contratou mais trabalhadores devido ao facto de estar a expandir-se.

consequência
daí que
▪ Estes animais estão em extinção daí que não seja permitido caçá-los.
ter facilidade para
As crianças têm facilidade para aprender línguas.

ter habilidade para
A empresa procura alguém que tenha habilidade para trabalhar em equipa.

sentir-se capaz de
O José sente-se capaz de assumir o novo cargo.
[- formal]
[Sempre vais fazer exame de condução?]
▪ Sei lá!
(então) (mas) não
▪ Então mas não estavas doente?
▪ Não tinhas ido ao médico?


de forma indireta
saber por
▪ Soube pela tua irmã que vais viajar.

dar a entender que
▪ Dá-me a entender que o Renato e a Sofia se zangaram.

ter a impressão de que
▪ Tenho a impressão de que o Artur tem andado triste.

supor que
▪ Suponho que não disseste à professora que eu não fiz o trabalho?

questionar a verdade da informação
ser verdade isso/aquilo de + or.
É verdade aquilo de o Salvador ter deixado o emprego?

estar a insinuar que + or.
▪ Estás a insinuar que eu menti?
...
como + inf. prévia + se + inform. nova
[O Miguel não faz nada.]
▪ Como não faz nada se ele é quem mais trabalha aqui?

uma coisa é + inform. prévia, outra coisa é + inform. nova
Uma coisa é pedires para sair mais cedo, outra coisa é faltares à aula.

olha que não + nova inform.
[Aquela é a irmã da Adriana.]
▪ Olha que não (é a Adriana), é a prima dela.

posso admitir que + mas daí a
▪ Posso admitir que cheguei atrasado, mas daí a dizer que sou irresponsável...
será que me poderia(s)
Será que me poderias levar à estação?

com formas de tratamento afetuosas
Vais buscar-me ao trabalho, amor?
▪ Podes ir pôr-me estas cartas ao correio, querida?
será que
Será que me poderias fazer um favor?

fazer o favor de
▪ Fazias-me o favor de comprar o jornal?

fazer um favor + imperativo
▪ Faz-me um favor: compras-me o jornal?
será que me poderia(s) ajudar
Será que me poderias ajudar a preencher este formulário?

seria muito simpático/amável/bondoso da tua/sua parte se
▪ Seria muito amável da tua parte se ajudasses a tua mãe.
será que + poder + GV
Será que me poderias emprestar aquele teu vestido preto para levar à festa?

fazer o favor de
▪ Fazias-me o favor de alcançar o sal?

seria pedir muito que
Seria pedir-te muito que me fosses buscar o medicamento à farmácia?

seria muito simpático/amável/ bondoso da tua parte se
▪ Seria muito simpático da tua parte se me fosses pôr estas cartas ao correio.
ordenar
Ordeno-te que saias imediatamente!

poder/querer
Podes parar quieto um segundo?
▪ Queres calar-te um bocadinho?

poder/querer fazer o favor de
▪ Podes fazer o favor de parar quieto um segundo?
▪ Queres fazer o favor de te calares?
acedendo a realizar o pedido
▪ Sempre ao dispor.
▪ Com todo o gosto/prazer.
▪ Da minha parte, não há qualquer inconveniente.
▪ Nem precisavas de pedir.
▪ Já sabes que podes contar sempre comigo.


acedendo a realizar o pedido com reservas
Não te deixo levar o meu carro, a menos que me prometas que vais tu pôr gasolina.

recusando-se a cumprir o pedido (justificando)
Lamento ter de recusar o teu pedido, mas é-me impossível fazê-lo.
Recuso-me (redondadamente) a fazer isso!
▪ Digas o que disseres, não vou fazer isso.
...
...
...
...
...
...
...
na escrita
[+ formal]
vir por este meio convidar
Vimos por este meio convidá-lo para a inauguração do novo museu.

estar interessado em
▪ Estaria interessado em juntar-se à nossa equipa?

vai + GN
[- formal]
▪ Vai um café?
fazer alguma coisa por alguém
▪ O que posso fazer por ti?

oferecer-se para
▪ Ofereço-me para o que for preciso.
aceitando a oferta/convite
Como não?
Não podia recusar!
▪ Aceito com todo o gosto/prazer.


aceitando a oferta/convite com reservas
Não vou à festa, a menos que me deixes levar o carro.

recusando a oferta/convite (justificando)
Lamento ter de recusar o teu convite, mas não me vai ser possível comparecer.
agradecer confirmação
Agradecemos confirmação até ao final da semana.
propor/sugerir que
Sugeria que comprasses antes o novo modelo.

o que eu sugeria/propunha era que
O que eu propunha era que saíssemos mais cedo.

e se + conj.
E se fôssemos logo à noite ao cinema?

que tal se + imperf. conj.
Que tal se fizéssemos uma festa surpresa ao Rui?

não estaríamos melhor
Não estaríamos melhor na esplanada?
aceitando
▪ Não podia estar mais de acordo.
▪ Bem visto. / Bem pensado.

recusando, com justificação
▪ Lamento ter de recusar a tua proposta.
▪ Lamento ter de te dizer que não.

recusando, apresentando uma alternativa
▪ Preferia que ficássemos aqui.
▪ Era melhor irmos a outro restaurante.
▪ Então e se fôssemos antes amanhã?
ser melhor/necessário/ importante que + conj.
Seria importante que fizesse exercício todos os dias.

não ser melhor se + conj.
▪ Não seria melhor se tomasses alguma coisa para a tosse?

e se + conj.
▪ E se lhe contasses a verdade?
...
avisar (já) que
Aviso-te já que o filme é muito demorado.

(depois) não digas que eu não te avisei
Depois não digas que não te avisei.
não voltar a avisar
▪ Não volto a avisar-te.


nenhuma vez/última vez
Não te aviso mais nenhuma vez.
▪ Foi a última vez que te avisei.

que seja a última vez que
▪ Que esta seja a última vez que fazes uma coisa destas.
respondendo a ameaça
Isso é uma ameaça?
▪ Não vou ceder às tuas ameaças.
prometer solenemente
▪ Prometo solenemente o nosso apoio em todas as suas decisões.

comprometer-se firmemente
▪ Comprometo-me firmemente a fazer tudo o que estiver ao meu alcance para cumprir o acordo.
prometer solenemente
▪ Promete solenemente cumprir com as suas funções?

comprometer-se firmemente
▪ Compromete-se firmemente a levar a cabo estas instruções?
no meu modo de ver / entender
No meu modo de ver, o governo deveria diminuir os impostos para os mais desfavorecidos.

dar/ter a impressão/sensação de que
Dá-me a impressão de que o Nuno não está satisfeito com o novo trabalho.

diria que
Diria que o Jacinto está mais magro.

(tenho) cá para mim (que)
Cá para mim, esta situação não vai acabar bem.
o que é que + achar/pensar + do que
O que é que achas do que está a acontecer na economia mundial?

o que é que + pensar/achar/ parecer de + inf. pes. composto
▪ O que é que achas de terem aberto mais um centro comercial nesta localidade?

o que é que opina(s) sobre
▪ O que é que opinas sobre o novo governo?

diria(s)
▪ Diria que é fácil montar este móvel?
achar + adj. (sup. abs. sintético)
Acho facílimo este exercício.
▪ Achei dificílimo fazer a tese.


ser magnífico/lamentável/ péssimo
O discurso do presidente foi magnífico.
▪ O lapso do Mário foi lamentável.
▪ É lamentável que tenhas de sair de casa.

ser + GN + o que
É um escândalo o que estão a fazer aos animais em cativeiro.

parecer + adj.
Parece-me escandaloso o que está a acontecer em África.

resultar bem/mal
Esta cor resulta muito bem aqui.

como (frase exclamativa)
Como isto é bom/maravilhoso!
opor-se a / condenar + GN
O Adolfo opôs-se à realização de uma nova prova de exame.
▪ Iremos condenar as atitudes de falta de respeito.
▪ Condeno totalmente o comportamento dele.


dar consentimento / não consentir
Dou-te o meu consentimento para alterares o documento.
▪ Não consinto que me tratem assim!


ser/parecer + de bom/mau/péssimo gosto
Pareceu-me de mau gosto o comportamento da Ana.
▪ A atitude do Jaime foi de péssimo gosto.


que boa/má ideia que + conj.
Que má ideia que o tenham convidado para a festa!

que vergonha + GN/inf.
Que vergonha terem feito tanto barulho!
▪ Que vergonha o teu comportamento.


fazer uma crítica
Tenho uma crítica a fazer sobre o que se passou hoje.
▪ Quero só fazer uma crítica sobre o modo como te comportaste.
▪ Fenomenal!
▪ Esplêndido!


felicitar
Quero/Queria felicitá-la pela sua iniciativa.
▪ Gostaria de o felicitar pela sua intervenção.


elogiar
Deixe-me elogiá-lo pelo seu trabalho.
▪ Permita-me elogiá-la pelo seu excelente trabalho.
ser + GN + que
Foi o Daniel que não fez o trabalho.
▪ Foi a Ana que disse isso.
não ter responsabilidade
▪ A responsabilidade não é/foi tua.
▪ Não tiveste qualquer responsabilidade.
o que é que + parecer de + inf. pes. composto
O que é que te parece de terem feito a festa na garagem?

diria(s)
Dirias que o teste foi fácil?

opor-se
▪ Opões-te a esta decisão?
ser da mesma / dessa opinião / partilhar da mesma opinião / do mesmo ponto de vista
[O Jorge pensa que o diretor da empresa não teve uma atitude correta.]
▪ Eu sou da mesma opinião (do Dinis).
▪ Partilho da mesma opinião.
▪ Partilho da opinião do Diogo.
▪ Partilho do mesmo ponto de vista.

dizer o mesmo / também (o) dizer
[Diria que o Manuel está mais magro].
▪ Diria o mesmo.
▪ Também (o) diria.


também dizer que sim/não
[Diria que não é fácil aumentar as percentagens de vendas.]
▪ Eu também diria que não.

com firmeza
disso não há dúvida / não há qualquer dúvida disso / essa é uma grande verdade
[Atualmente, os jovens estão a perder o hábito da leitura.]
▪ Disso não há dúvida.
bem dito
[Acho que as raparigas deviam ser menos sensíveis.]
▪ Bem dito.

com reserva
em linhas gerais
[Acho que as raparigas são mais dedicadas ao estudo do que os rapazes.]
▪ Em linhas gerais, estou de acordo.


ser capaz de ter razão
[Penso que os concorrentes deste ano são melhores do que os do ano passado.]
▪ És capaz de ter razão.
não ser/partilhar da mesma / dessa opinião / não ter o mesmo ponto de vista
[Creio que que o diretor da empresa não teve uma atitude correta.]
▪ Eu não sou dessa opinião.
▪ Não partilho da mesma opinião.
▪ Não tenho o mesmo ponto de vista.

não o dizer / não dizer isso/o mesmo
[Diria que o Horácio está mais magro].
▪ Não diria isso.


não ver (isso) assim
[Os jovens de hoje já não têm hábitos de leitura.]
▪ Não vejo isso assim, acho que têm o hábito de ler noutros suportes.


isso não me convence
[A nova lei é mais favorável para os trabalhadores.]
▪ Isso não me convence.


discordar + opinião
[A nova lei é mais favorável para os trabalhadores.]
▪ Discordo,...

com firmeza
estar + adv. + em desacordo
[A conferência deste ano não foi tão interessante como a do ano passado.]
▪ Estou absolutamente/ totalmente em desacordo contigo, este ano ouvi ideias novas.


mas o que é que estás a dizer? / como é que podes dizer isso?
[Acho que a música popular já está fora de moda.]
▪ Mas o que é que estás a dizer? A música popular nunca sairá de moda.

isso é um disparate / não digas disparates / não digas isso
[Acho que o João já não gosta da Maria.]
▪ Não digas isso, continua completamente apaixonado.

com reserva
olha que não sei
[Este filme não vai ter sucesso.]
▪ Olha que não sei! As sessões têm estado cheias.
or. declarativa + ser/partilhar da mesma opinião
A Eduarda acha que o comportamento do Frederico é inaceitável. São da mesma opinião que ela?

or. declarativa + estar certo/equivocado?
Há muitos trabalhos de investigação na área do ensino. Estou certo?
or. declarativa + não dirias o mesmo?
Diria que este teste foi o mais difícil de todos. Não dirias o mesmo?

or. declarativa + não é(s)/partilha(s) da mesma opinião?
A apresentação do produto correu muito bem. Não és da mesma opinião?

não estou (muito) enganado + pois não?
▪ Não estou (muito) enganado ao dizer / quando digo que a situação económica vai piorar, pois não?
(não) ser a favor de que + conj.
Não sou a favor de que se faça uma nova eleição.
ter conhecimento de que + or.
Temos conhecimento de que o assaltante está em fuga.

estar inteirado de + or.
Já estou inteirado do que aconteceu.

ter uma vaga ideia de + or.
▪ Tenho uma vaga ideia de onde fica essa cidade.
não ter conhecimento de
▪ Os passageiros não tinham conhecimento da greve.


não fazer a mínima/a mais pequena ideia
Não faço a mínima ideia por que motivo o Cláudio e a Marta se separaram.

desconhecer/ignorar
Desconhecem-se as causas do acidente.
ter conhecimento de
Tens conhecimento das novas normas de segurança?

estar inteirado de
Estás inteirado dos dados do último relatório?

ter (alguma) ideia de/sobre
Tens alguma ideia sobre quem me possa ajudar com este trabalho?

alguém sabe alguma coisa de/sobre
Alguém sabe alguma coisa sobre o resultado do concurso?
faz-me lembrar/recordar
Isto faz-me recordar uma cena do meu filme preferido.

trazer recordações
Este lugar traz-me recordações da minha infância.

quase/por pouco me esquecia
Quase me esquecia de te contar quem encontrei ontem.
não me diz nada
Este filme não me diz nada, acho que nunca o vi.
(não) fazer lembrar/recordar
Isto não te faz lembrar nada?

(não) trazer recordações
▪ Esta canção não te traz recordações dos velhos tempos?

dizer alguma coisa / dizer nada
Esta cara não te diz nada?
olha que…
Olha que o jantar começa às nove.
certeza
ter a certeza absoluta de que
Tenho a certeza absoluta de que ele se irá arrepender dessa decisão.

estar (absolutamente / de todo) convencido (de) que
Estou de todo convencido de que vamos ganhar.

é óbvio que
É óbvio que ele não faria isso de propósito.

claramente/evidentemente
Claramente, ele ultrapassou todos os limites.

não ter a menor dúvida (de) que
Não tenho a menor dúvida de que ele me mentiu.

dúvida/incerteza
ter a impressão/sensação (de) que
▪ Tenho a impressão de que não tranquei a porta ao sair de casa.

suspeitar
▪ Suspeito que tudo não passou de um mal-entendido.

prever/pressentir
▪ Prevemos que não vamos conseguir terminar o trabalho a tempo.

(poder/ir) + jurar
▪ Podia jurar que tinha deixado a porta fechada.

digo/acho/penso/imagino eu
▪ O João não faria uma coisa dessas, imagino eu.
muito possível
até pode
Está tanto frio que até pode nevar nas terras altas.

há possibilidade
▪ Há possibilidade de chegarmos a horas.

é bem possível
▪ É bem possível que ele se tenha esquecido de nos vir buscar.

possível
é de esperar/prever que...
É de esperar que os bilhetes esgotem rapidamente.

ser capaz de
▪ O Samuel é capaz de estar em casa.


impossível

não haver (qualquer) possibilidade
Não há qualquer possibilidade de chegarmos a horas.

ser totalmente/completamente impossível
▪ É totalmente impossível que tenha sido eu a enviar essa mensagem.
muito provável
até pode
Está tanto frio que até pode nevar nas terras altas.

haver (uma grande) probabilidade
▪ Há uma grande probabilidade de o Santiago se ter esquecido da reunião.

ser bem provável
▪ É bem provável que ele se tenha esquecido de nos vir buscar.

ser altamente provável
▪ É altamente provável que neve.


provável
ser de esperar/prever que...
É de esperar que os bilhetes esgotem rapidamente.

ser capaz de
▪ A Clara é capaz de estar em casa.


o mais provável é que
O mais provável é que a Antónia se tenha esquecido.
qual é a possibilidade/ probabilidade de
Qual é a probabilidade de alguém ganhar a lotaria?

há (alguma) possibilidade/ probabilidade de
Há alguma possibilidade de chover amanhã?

há (alguma) certeza sobre
Há alguma certeza sobre o número de vítimas?
alta probabilidade
se/caso + mais-que-perf. conj. + mais-que-perf. ind. / cond. composto
▪ Se tivesse chovido mais, não teria havido seca.
▪ A votação teria sido diferente, caso não tivesse existido uma abstenção tão elevada.

(eu) no teu lugar + mais-que-perf. ind. / cond. composto
No teu lugar, não tinha/teria chegado atrasado no primeiro dia de aulas.

fraca probabilidade
or. coordenada com imperf. conj. (+ que/e) + imperf. ind. / cond. simples
▪ (Tu que) Acordasses mais cedo e não te tinhas/terias atrasado.
se/caso + condição + mais-que-perf. ind. / cond. composto
▪ Se tivesses podido contactar alguém, a quem tinhas/terias telefonado?
▪ Tinhas/Terias guardado segredo, caso tivesses sabido antes?

(tu) no meu lugar + mais-que-perf. ind. / cond. composto
▪ O que tinhas/terias tu feito no meu lugar?
estar habilitado(a) para
▪ O Jorge está habilitado para o ensino.

ter proficiência
▪ A Célia tem proficiência quase nativa em diversas línguas.

ser proficiente
▪ Atualmente, não basta ser proficiente numa área para ter um emprego.

ter um dom para
▪ A Sandra tem um dom para as línguas.

ser dotado
▪ O Joaquim é muito dotado para a culinária!
não estar habilitado(a) para
▪ A Dora não está habilitada para este cargo.

ter falta de proficiência
▪ O teste revelou falta de proficiência no domínio da leitura.
proficiência
▪ Qual é o teu nível de proficiência em espanhol?

estar habilitado para
▪ O Júlio estará habilitado para desempenhar esta função?
ter necessidade/obrigação de
As crianças têm necessidade de dormir muito.
▪ Os médicos têm a obrigação de informar os pacientes.


é minha/nossa obrigação
É nossa obrigação respeitar os animais.

ser obrigado a
O trabalhador é obrigado a justificar as suas faltas.

obrigar/obrigar-se a
O acidente obrigou ao corte da estrada.
Obrigo-me a levantar cedo, porque sei que é bom para a saúde.

necessariamente/ obrigatoriamente
As visitas são, obrigatoriamente, entre as 12h e as 16h.

haver que + inf.
▪ Há que terminar este relatório ainda hoje.

forçosamente/imperativamente
▪ Esses textos devem imperativamente ser revistos antes de serem publicados.
não ter necessidade/obrigação de
Não tens obrigação de ficar à espera, podes ir.

não ser obrigado a
Não és obrigado a estar presente na reunião.

nada/ninguém me obriga a
Nada me obriga a fazê-lo, mas acordo todos os dias às 6h.

não haver que + inf.
▪ Não há que ficar preocupado.
ter necessidade/obrigação de
Tens necessidade de comprar outros sapatos?

ser obrigado a
Foste obrigado a pagar uma multa?

obrigar/obrigar-se a
O que obrigou ao fecho da empresa?
Alguém te obrigou a assinar o contrato?
dar/ter (o meu/a minha) permissão/autorização/ consentimento
Dou-te a minha autorização.
▪ Tens o meu consentimento.


não permitir (a alguém) que + conj.
Não te permito que me fales assim.

proibir alguém de
Proíbo-te de veres televisão durante uma semana.

interditar
As autoridades interditaram todos os acessos ao local do acidente.
(não) importar-se/incomodar se + imperf. conj.
▪ Não te importavas se eu ficasse em tua casa uns dias?
▪ Incomodava-te se eu abrisse a janela?

será que poderia + inf.
▪ Será que poderia ser eu a levar o carro hoje?

há algum problema/ inconveniente em + inf. pes.
▪ Há algum problema/ inconveniente em adiarmos a reunião?
dando permissão
▪ Com todo o gosto/prazer.
▪ Da minha parte, não há qualquer inconveniente.
▪ Nem precisavas de pedir.
Já sabes que podes contar sempre comigo.
▪ Ora essa, estás à vontade.

negando permissão
▪ Receio que não seja possível.
▪ Temo que não o possas fazer.
quero lá saber
▪ Quero lá saber que seja proibido.

questionando

quem é + para proibir/impedir
▪ Quem és tu para me impedires?
ter/dar ganas de
▪ Tive ganas de lhe bater!
▪ Dá-me (cá) umas ganas de apanhar o primeiro avião...


morrer / matar / dar a vida / a mão direita / dar tudo (imperf. ind.) + por
▪ Matava por um cerveja fresquinha!
▪ Dava um braço para ter a sorte que ele teve!

ir/cair (mesmo/nada) bem / vir (mesmo/nada) a calhar
▪ Uma partida de cartas ia mesmo bem (agora).
▪ Não vinha nada a calhar uma tarde de reuniões!


Deus queira / Queira Deus + conj.
▪Deus queira que este temporal acabe depressa!

por nada deste mundo / desta vida (frase neg.)
▪ Não queria estar no teu lugar por nada deste mundo!

morrer de vontade de
▪ Morro de vontade de visitar Paris!
ganas
▪ Não tiveste ganas de tentar a desforra?

imperf. ind.
[(não) ir (mesmo) bem / cair (mesmo) bem / vir (mesmo) a calhar]
▪ Uma corridinha na areia não ia/caía bem agora?
▪ Um feriado não (te) vinha mesmo a calhar?
estar nos planos / ter ideias (de)
▪ Não tenho ideias de alterar o que quer que seja.
▪ Comprar outro carro não está nos meus planos.


projetar/prever
▪ Não tinha projetado sair daqui no fim de semana.
▪ Tinha previsto acabar o relatório naquela tarde.


propósito
▪ Telefonaram com o propósito de o convidar.

contar
▪ Contava passar por tua casa mais tarde.
estar nos planos / fazer ideias (de)
▪ Está nos vossos planos um investimento deste valor?
▪ Fazes ideias de abandonar o cargo?


projetar/prever
▪ Prevês jantar connosco hoje?

propósito
▪ Com que propósito fizeram issso?

contar
▪ Contas sair mais cedo do trabalho durante esta semana?
ser louco por / ficar louco com
▪ Ela é louca pela cultura japonesa.
▪ Ficam loucos com o futebol!


delirar com
▪ Deliro com música africana!

não suportar + GN/inf.
▪ Não suporto cabrito!
▪ Não suporto conduzir em grandes cidades!


não suportar + que + conj.
▪ Não suporto que me mintam.

como (em frase exclamativa)
▪ Como é bom/maravilhoso estar de volta!
▪ Como amo o cheiro a terra molhada!
não suportar
▪ O que (é que) não suportas que te peçam para fazer?
▪ Que palavras não suportas ouvir?
or. condicional
▪ Se me derem a escolher, prefiro evitar essa responsabilidade.
▪ Se tiver opção/Tendo opção, prefiro não comparecer.


se eu fosse a + imperf. ind. / cond.
▪ Se eu fosse a ti, escolhia a casa com jardim.

imperf. ind. / cond. + antes
▪ Por mim, íamos antes amanhã.
▪ Eu escolheria antes aquela sopa.
or. condicional
▪ Se te dessem a escolher, para onde ias de férias?
▪ Se tiveres opção, vais discursar na festa?


se fosse(s) eu + imperf. ind. / cond.
▪ Se fosses eu, o que é que fazias?

(prep.) qual de + GN + gostar/preferir
▪ Qual dos horários preferiste fazer?
▪ Com qual dos dois preferiste ficar?
▪ De qual das histórias é que gostaste mais?
▪ Qual das duas gostaste mais de ouvir?
estar/ficar/sentir-se contentíssimo/felicíssimo por + inf. pes.
▪ Estou felicíssimo por me teres vindo visitar!

estar/ficar eufórico (com + GN / por + inf.)
▪ O jogador premiado ficou eufórico!

encher de alegria/felicidade
▪ O Natal é uma época do ano que me enche de alegria.

dar uma (grande) alegria
▪ O Vicente deu uma grande alegria aos pais quando terminou os estudos.

ter o(a) gosto/prazer/ satisfação/alegria
▪ Tive a alegria de assistir a um concerto desta fadista.
entreter-se / estar entretido
Estivemos toda a tarde entretidos a ver filmes.

desfrutar (+ adv.) de + GN
▪ Desfrutei muito das minhas férias.


foi + GN (valor temporal) + (adv.) bem passado
Foi um domingo muito bem passado!

ser um prazer
▪ É um prazer estar de volta a casa!

dar gozo/prazer
▪ Dá-me cá um prazer derreter o chocolate na boca!
(nem sabes/imaginas) o quanto/como ficar (mais) aliviado + or. adv. temporal (ao + inf.)
▪ Nem sabes o quanto fiquei aliviado ao saber que chegaste bem.
não perder a esperança
▪ Não percas a esperança.

confiar plenamente + em GN / que
▪ Confiamos plenamente que atingiremos os nossos objetivos.

contar com + GN / contar + inf.
▪ Conto com a tua ajuda.
▪ Conto acabar o curso este ano.


estar em crer que
▪ Estou em crer que eles cumprirão o que prometeram.

levar a/fazer crer
▪ Tudo leva a crer que o suspeito é culpado.

oxalá (que)
▪ Oxalá ele não se atrase para a reunião.
é admirável/incrível/fascinante que + conj.
É admirável que chova tanto em pleno verão!

é admirável/incrível/fascinante + or. interrog. indireta
▪ É incrível como danças bem!
▪ É fascinante o que este jogador faz com a bola!

encher de orgulho
▪ Este resultado encheu a equipa de orgulho!
...
saber bem o que isso é / do que falas
▪ Se precisares de alguma coisa, diz. Sei bem o que isso é.
▪ Sei bem do que falas!

já passar por
▪ Já passei por isso e sei que não é nada fácil.
(não) suscitar interesse/entusiasmo
▪ Artigos científicos não me suscitam grande interesse/entusiasmo.
querer lá saber
▪ A Carlota vai faltar amanhã? Quero lá saber disso para alguma coisa!

dar na mesma
▪ Dá-me na mesma ir ao supermercado agora ou amanhã.
estar/ficar/sentir-se tristíssimo/infelicíssimo por + inf. pes.
▪ Fiquei infelicíssimo por teres ido embora.

estar/ficar sem ânimo com + GN
▪ A Luísa ficou sem ânimo com a partida da irmã.

estar/ficar sem ânimo por + inf. pes. composto
▪ Estou sem ânimo por ter ficado sozinha.

desgosta-me + GN / que + conj.
▪ Desgosta-me que os meus pais estejam sempre a discutir.
▪ O teu comportamento desgosta-me.


sentir desgosto por
▪ Sinto um grande desgosto por me terem enganado.

sofrer (+ adv.) com + GN
▪ O Gustavo sofreu muito com o divórcio dos pais.

sentir pena por
▪ Sinto pena pela Lígia, por causa da sua separação.

encher de tristeza
▪ A notícia da sua morte encheu-me de tristeza.

dar um desgosto
▪ Deu-me um desgosto tão grande saber que te ias embora.
ser/estar/ficar/sentir-se aborrecidíssimo (com/por + GN/inf.)
▪ Este filme é aborrecidíssimo.
▪ Fiquei aborrecidíssimo com o teu atraso.
▪ Fiquei aborrecidíssimo por teres faltado ao jantar.


que aborrecido/desagradável/ aborrecimento + inf. / que + conj.
▪ Que aborrecido estar sempre com as mesmas pessoas.
▪ Que desagradável trabalhar nestas condições!

▪ Que aborrecimento que tenhamos de passar as férias em casa.

estar farto de que + conj.
▪ Estou farto de que os meus pais estejam sempre a dar-me ordens.

não suportar + GN / que + conj.
▪ Não suporto falsidades.
▪ Não suporto que me digam mentiras.


basta de + inf. pes.
▪ Basta de nos tratarem como se fôssemos analfabetos.

morrer de aborrecimento
▪ Morri de aborrecimento durante as férias.
estar/ficar assustadíssimo/ preocupadíssimo (com/por + GN/inf.)
▪ Fiquei preocupadíssimo por teres ido viajar sozinha.

estar/ficar aterrorizado/ apavorado com + GN / por + inf.
▪ Estou aterrorizado com a ideia de ir falar em público.

estar/ficar aterrorizado/ apavorado por + inf.
▪ Estou apavorado por ir andar de avião.

ter pavor de + GN/inf.
▪ Tenho pavor de escorpiões.

morrer de medo
▪ Morro de medo de ter uma doença grave.
apanhar uma desilusão com
Apanhei uma desilusão com o concerto.

não ter a ilusão/ilusões
Já não tenho a ilusão de encontrar uma alma gémea.

perder a esperança
Já perdi a esperança de ter filhos.

não ser o que / como imaginava
A viagem não foi o que eu imaginava.
estar/ficar zangadíssimo/ indignadíssimo (com + GN / por + inf.)
▪ Estou zangadíssimo por não me terem dito que iam chegar tarde.

indigna-me/revolta-me/ enfurece-me + GN / que + conj.
▪ Indignam-me as situações de injustiça no trabalho.
▪ Indigna-me que as pessoas não sejam honestas.
▪ Enfurece-me que finjas que não estás a ouvir.


ser revoltante
▪ As situações de violência doméstica são revoltantes.

é de ficar indignado com
▪ É de ficar indignado com a prostituição infantil.

morrer de raiva
▪ Fiquei morta de raiva quando descobri que ele me enganava.
dar/meter (cá) uns nervos
Dá-me cá uns nervos quando as pessoas são mentirosas!

um ataque de nervos
▪ Sinto-me à beira de um ataque de nervos.

uma camada de nervos
▪ Duas horas no trânsito valeram-me uma camada de nervos!

perder a paciência
Perdi a paciência e resolvi abandonar a sala.

perder o controlo de
▪ A equipa perdeu complementemente o controlo do jogo.
é de estranhar/espantar que + conj.
▪ É de estranhar que não saibas andar de bicicleta.

estar/ficar sem palavras
▪ Estou sem palavras.

parecer mentira
▪ Parece mentira o que lhe aconteceu.

não (poder) imaginar (imp. ind.)
▪ Não podia imaginar uma coisa destas!

não contar com + GN / não contar + inf.
▪ Não contava com esta notícia!
▪ Não contava ver-te por aqui.


estar/ficar estupefacto/ pasmado/atónito/boquiaberto/ perplexo
▪ Fiquei estupefacto!
▪ Estou perplexo com o que me disseste.
▪ Todos ficaram boquiabertos quando a Maria João disse que se ia despedir.
resignar-se
▪ A minha mãe já se resignou a viver sozinha.

não há (mais) remédio
▪ Não devia ter mudado de casa, mas agora já não há remédio.

exclamativas de resignação
▪ Será o que tiver de ser!
sentir vergonha de/por
Sinto vergonha de mim próprio.
▪ Sinto vergonha por ter sido repreendida em público.


passar uma (grande) vergonha
Passei uma grande vergonha no dia da reunião com o diretor.
Que vergonha que passei!

ficar com vergonha / ter vergonha só de pensar em
Tenho vergonha só de pensar no que aconteceu.

ficar corado(a)
▪ A Ana ficou corada com tantos elogios.

corar de vergonha
Até corei de vergonha quando olharam todos para mim.

morrer de vergonha
Morro de vergonha com o que aconteceu!

ficar sem saber o que dizer/fazer
▪ Ele pôs-se a elogiar-me e eu fiquei sem saber o que dizer.
ter de + inf.
▪ Tinha de ter ficado com ele naquele momento.

dever (imperf. ind. / cond.) + inf.
▪ Devia ter ficado quieta.

arrepender-se (quantif.) de + GN / or. sub.
▪ Arrependo-me muito desta decisão.
▪ Arrependo-me tanto do que disse à Fátima.


saber (imperf. conj.)
▪ Se tivesse sabido, não tinha vindo por este caminho.

dizer-se/mostrar-se arrependido
▪ A Glória mostrou-se arrependida por ter mentido.
...
sentir fadiga / estar fatigado
Ultimamente, tenho sentido uma enorme fadiga.

dar um(a) + sensação física
Deu-me um sono ver aquele filme...

estar a morrer de + sensação física
Estou a morrer de frio!

sentir uma dor horrível
Quando me levantei, senti uma dor horrível no pescoço.

sentir uma(s) pontada(s)
Por vezes, sinto uma pontada nas costas e nem me consigo mexer.

estar/ficar (todo) dorido
▪ Fiquei todo dorido com o treino de ontem.

não poder mais
▪ Não posso mais!
...
o que poderia acontecer se
▪ Mas o que poderia acontecer se lhe contasses?

estar à espera
▪ Avança! De que é que estás à espera?

não vale a pena + inf. pes.
▪ Anda lá, não vale a pena ficares com essa cara.

pelo menos + or. declarativa
▪ Pelo menos fizeste o que podias.

correr riscos
▪ Há que correr riscos de vez em quando.
...
interrog. introdutória
▪ Dá para falar contigo agora?

ora então / pois bem
▪ Ora então / Pois bem, falamos agora um segundinho.
referir-se a
▪ No que se refere aos resultados correntes, as estimativas apontam para um valor negativo.

a propósito de
▪ A propósito do concerto de ontem, li um artigo fabuloso sobre a próxima digressão deles.
referir-se a
▪ No que se refere aos resultados correntes, as estimativas apontam para um valor negativo.

a propósito de
▪ A propósito do concerto, li um artigo fabuloso sobre a próxima digressão deles.

concluir/terminar/finalizar (último assunto)
▪ Concluindo / Para finalizar, vamos só abordar o tema da sustentabilidade na empresa.

adicionando tema/assunto
além do mais
▪ Além do mais, tenho ainda de referir um outro assunto importante...

[- formal]
[interrog.]
▪ Já chega desta conversa?
▪ Já chega de futebol?


[calar-se]
▪ Já te calavas com esse assunto / essa conversa...
embora
[- formal]
▪ Embora (lá) voltar ao assunto que estávamos a discutir...

faltar + ref. a tema/assunto anterior
▪ Falta ainda rever um detalhe sobre o encontro de amanhã…
não esquecer (imperativo)
▪ Não te esqueças do que estávamos a dizer, que entretanto ainda não te contei que ontem...

fechando digressão
interrog.
▪ Onde é que ia (mesmo)?
ser de + salientar/sublinhar/ notar/constatar/atentar
▪ É possível, sim, mas é de salientar a dificuldade do trajeto.
▪ É de notar que eles fizeram um esforço enorme!

salientar/sublinhar/notar/ constatar/atentar/notar (se indeterminado)
▪ E constate-se como todos reagiram bem à notícia!

ter em conta/atenção (se indeterminado)
▪ E tenha-se (ainda) em atenção que o número de participantes tem vindo a aumentar.
não só… como também/ainda
▪ Não só pediu que fôssemos ao supermercado, como também/ainda que preparássemos qualquer coisa para jantar, porque está atrasado.
a título de exemplo
▪ Pode-se citar, a título de exemplo, os dois primeiros álbuns desta banda.

exemplificar/ilustrar
▪ E, exemplificando / para ilustrar o que disse anteriormente, passo a mostrar os seguintes dados:…

eis um exemplo
▪ Mariza: eis um exemplo do fado contemporâneo.
bem como
▪ Gostaríamos de ter ido, bem como tu terias gostado!

conforme
▪ Fez exatamente conforme tinha pensado!

ser a cara de
▪ A Luísa é a cara da irmã!

sair a
▪ Sais mesmo ao teu pai!

ter semelhança/parecença (com)
▪ Estes dois artigos têm semelhanças.

de maneira mais precisa/específica


▪ Até agora a família real ou, de maneira mais precisa, os príncipes eram questionados por uma minoria republicana.

isso quer dizer que


▪ Ele é muito introvertido. Isso quer dizer que só fala se for solicitado.

(dito) de outro modo/maneira
▪ Querem que aguardemos uma oportunidade melhor, ou dito de outra maneira, não temos o OK para avançar.
citação
palavras de
▪ Nas sábias palavras de Nietzsche: "Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura."

ipsis verbis
▪ E repito, ipis verbis, o que ele disse: "Esse resultado não significa nada!"


[Mónica: Então, há novidades?

Mário: Parece que houve um acidente grande na ponte...]

discurso indireto
GN + indagar/interrogar/ retorquir/replicar
▪ A Mónica indagou se havia novidades. O Mário retorquiu que parecia que tinha havido um acidente grande na ponte.

paráfrase
passiva
Quando indagado sobre novidades, o Mário replicou que lhe tinham chegado notícias de um acidente na ponte.
protestar veementemente
▪ Protesto veementemente!

ser inaceitável
▪ (Isso) é inaceitável!
sintetizando/resumindo + GN
Resumindo o debate, todos os participantes apresentaram opiniões relevantes.
Sintetizando os resultados, conclui-se uma melhoria nos desempenhos dos alunos.
por conseguinte/consequência
▪ Estas são substâncias perigosas e, por conseguinte, deve ser usado equipamento adequado.

daí que
▪ A mudança faz-se a partir dos mais jovens, daí que a campanha de sensibilização deva começar pelas escolas.

posto isto
Posto isto, não deixe de visitar esta atração da cidade.
desembuchar (imperativo)
[- formal]
Anda lá, desembucha!

o gato comeu-te a língua
▪ Então, o gato comeu-te a língua?

com um terceiro
poderias / importavas-te de falar com / dizer a alguém que
Poderias falar com a professora?
Importavas-te de dizer ao Ricardo que eu lhe ligo logo?
se + permitir (fut. conj.) (+ falar/dizer)
Se me permitir...

se + dar a oportunidade de (fut. conj.) + falar/dizer
▪ Se me der a oportunidade de falar...

após interrupção
se + permitir (fut. conj.) + continuar/acabar/terminar/ concluir
Se me permitir terminar...

se + dar a oportunidade de (fut. conj.) + continuar/acabar/ terminar/concluir (fut. conj.)
Se me der a oportunidade de concluir...
dar a palavra
dar a palavra
Tenho o prazer de dar imediatamente a palavra ao Sr. Presidente.

ter a palavra
Tem agora a palavra o representante dos trabalhadores em greve.
...
se + permitir (fut. conj.) + interromper / dizer uma coisa
Se me permitir interromper…

ter que interromper
▪ Vai-me desculpar, mas vou ter que o interromper.
com delicadeza
pedir que terminar
▪ Vai-me desculpar, mas vou ter que lhe pedir que termine a sua exposição.

com menos delicadeza
já te calavas
▪ Já te calavas, não era?

ficar de boca calada/fechada
▪ É bom que fiques de boca fechada!

(não quero ouvir) nem mais um pio
▪ Meninos, nem mais um pio!

fechar o bico / (ficar de) bico calado
▪ Fecha o bico!
▪ Agora bico calado!
ter de ir andando
▪ Bom, vou ter de ir andando.

manter em contacto
Vamo-nos mantendo em contacto.

obrigado pelo(a) tempo/ disponibilidade
Muito obrigado pelo seu tempo.

na escrita
[+ formal]
grato pela atenção
Grato pela vossa atenção.
ouvir mal / ser surdo
[- formal]
▪ Mas tu achas que eu oiço mal?
▪ Mas tu julgas que somos surdos?
estar a falar tão depressa/ falar assim tão depressa
▪ Estás a falar tão depressa que não consigo perceber-te.
▪ A falares assim tão depressa, ninguém te percebe.
...
...
...
...
quantas vezes tenho de dizer / repetir / voltar a dizer
▪ Mas quantas vezes tenho de repetir para estares calado?

o que eu disse foi + discurso indireto
O que eu disse foi para ligares quando chegasses.
...
o que estou a (tentar) dizer
O que estou a dizer é que não concordo com essa ideia.
querer/pretender chegar
Onde é que queres chegar?
para ser franco/sincero
Para ser franco, não aceito.

francamente/sinceramente
▪ Sinceramente, não acho que isso seja razoável.
...
...
...

futuro simples do indicativo

uso/valor
fórmula de cortesia
▪ Não me dirá, por favor, onde posso encontrar o Dr. Figueira?
expressão de ordem/desejo
▪ Farás o que eu te pedi.
▪ Contarás apenas a quem eu disser, ok?

condicional simples

uso/valor

expressão de indignação/surpresa (frases interrogativas ou exclamativas)
▪ Não seria possível fazerem-lhe semelhante coisa!!
▪ Quem diria que ele chegava a diretor?!


presente do conjuntivo

uso/valor
em orações independentes
expressão de desejo/vontade
▪ Tenha eu essa sorte!
expressão de hipótese
▪ Digamos/Suponhamos que não conseguimos o resultado esperado… temos de arranjar uma estratégia!

futuro composto do indicativo

forma
auxiliar ter no futuro simples do indicativo + particípio passado do verbo principal
▪ terás visto

uso/valor
ação futura anterior a outra também futura
▪ Quando chegares, eu já terei saído.
dúvida/incerteza/suposição sobre factos passados
▪ Ela terá gostado da viagem?
▪ No acidente de ontem terão morrido três pessoas.

condicional composto
uso/valor
dúvida/incerteza/suposição sobre factos passados
▪ Ela teria gostado da viagem?
▪ No acidente de ontem teriam morrido três pessoas.

pretérito perfeito composto do conjuntivo

forma
auxiliar ter no presente do conjuntivo + particípio passado do verbo principal
▪ tenha referido

uso/valor
ações ou factos já realizados em relação ao presente ou ao futuro
▪ Duvido que ele tenha referido essa questão na reunião.
▪ Espero que ele já tenha preparado as malas quando eu chegar.

futuro composto do conjuntivo

forma
auxiliar ter no futuro simples do conjuntivo + particípio passado do verbo principal
▪ tiver acabado

uso/valor
ação ou facto futuro concluído relativamente a outra ação futura
▪ Eles vão sair assim que tiverem terminado o relatório.

infinitivo pessoal composto

forma
auxiliar ter no infinitivo pessoal simples + particípio passado do verbo principal
▪ ter sabido

uso/valor
ação terminada em relação a outra, passada ou futura
▪ Gostava de ter sabido disso antes da reunião.
▪ Podemos falar com ela depois de termos todos os dados reunidos

gerúndio composto

forma
auxiliar ter no futuro do gerúndio + particípio passado do verbo principal
▪ tendo conseguido

uso/valor
ação concluída antes da ação expressa pelo verbo da oração principal (passada, presente ou futura)
▪ Tendo conseguido bilhetes, puderam/podem/ poderão assistir à ópera.

pretérito mais-que-perfeito simples do indicativo

forma
verbos regulares [-ar, -er -ir]
▪ falar (falara, falaras, falara, faláramos , falaram)
▪ comer (comera, comeras, comera, comêramos , comeram)
▪ abrir (abrira, abriras, abrira, abríramos , abriram)


verbos irregulares [-ar, -er -ir] (sempre formados a partir da 3.ª pess. pl. do p.p.s. do indicativo, substituindo-se -ram pelas terminações de pretérito mais-que-perfeito)
▪ dizer (dissera, disseras...), ter (tivera, tiveras...), fazer, trazer, vir...

uso/valor
exprime ação anterior a outra ação já passada
▪ Quando entrei na sala, já ele chegara.

exprime facto situado de modo vago ou impreciso no passado
▪ Mudara de país, fizera-se homem, casara e tivera filhos...agora era altura de voltar!

usa-se com valor de condicional
▪ Que fora de ti, se eu não estivesse aqui!

usa-se em expressões fixas (exclamativas)
▪ Quem me dera!
▪ Pudera!

ir (imperf.) + gerúndio
ação que quase se realizou
▪ Ele ia caindo, mas conseguiu segurar-se!
pronomes complemento
colocação do pronome

- antes da forma verbal
▪ Ele que me ligue quando chegar a casa.
▪ Bem te disse para ficares quieto.
▪ Que susto me pregaste! / uem te viu e quem te vê!
forma
outras formas demonstrativas
▪ mesmo, mesma, mesmos, mesmas
▪ tal, tal, tais, tais


uso / valor
com sentido equivalente a isto, isso, aquilo
▪ A equipa deu a volta ao resultado. Tal só foi possível com o empenho de todos.
▪ A Ana esteve sempre ao meu lado. Não posso dizer o mesmo do Pedro.
...
...
...
...
artigo definido
uso/valor
usos específicos (sem artigo)
- apostos apreciativos
- ideia de dispersão nas enumerações
- extensão do significado do nome
- valor enfático artigo indefinido
uso/valor
usa-se com nomes de pessoas (primeiro nome e apelido), para marcar indefinição de sujeito
▪ Acho que ele referiu um Francisco.

pode ocorrer com nomes geográficos, se estes aparecem qualificados
▪ um Portugal melhor
▪ numa Europa devastada
outras formas demonstrativas
▪ mesmo, mesma, mesmos, mesmas
▪ tal, tal, tais, tais

uso / valor
com sentido equivalente a este, esse, aquele
▪ O João mentiu-nos. Não esperava tal atitude.
▪ A Ana esteve sempre ao meu lado. Não posso dizer a mesma coisa do Pedro.
uso / valor
expressão de respeito / formalidade
▪ minhas senhoras e meus senhores

expressão de afeto
▪ minha querida, meu filhote
...
...
...
para exprimir situação
- no espaço
à altura de, ao alcance de, aos pés de, para lá de
▪ Não devemos deixar medicamentos [ao alcance das] crianças.
▪ A Rute vive [para lá de] Sintra.


- no tempo
▪ sob
▪ [Sob] os meses de inverno, todas as árvores ficaram despidas.


- na noção
▪ ante
▪ [Ante] as boas lembranças, resolveu ligar-lhe.
...
para introduzir orações subordinadas adverbiais, com diferentes valores
▪ mal…logo, à medida que, ao passo que, no momento em que, na altura em que
por muito…que
▪ se porventura, salvo se
▪ de forma que, de maneira que, de modo que


▪ [concessiva] Por muito empenhada que seja a Maria, não creio que consiga este emprego.
>
...
...
complemento indireto
pleonástico
- um dos complementos é obrigatoriamente pronome pessoal átono
▪ Quem [lhe] disse [a ela] que estávamos a organizar uma festa?

modificador
oracional
não finita (gerundiva - diferentes valores)
▪ Tendo sabido que vinhas, podia ter preparado um jantar especial.
...
ordem inversa (VS)
- nas orações absolutas construídas com verbo no conjuntivo e denotam ordem ou desejo
▪ (Que) Venha cá esse abraço!
▪ Chovam pedras e pedregulhos!

- nas orações subordinadas adverbiais condicionais sem conjunção
▪ Tivessem eles trazido os cães e agora não poderiam entrar.
▪ Viesse a chuva mais cedo e já não era necessário continuarmos a rega.
...
...
interrogativa direta parcial
- com sentidos não literais
▪ Achas que eu nasci ontem?

-
de natureza retórica
▪ Onde vamos parar com tanta violência?
exclamativa total
com diferentes marcadores
- não com valor de reforço de afirmação
▪ Diz lá que ele não merece um castigo!
▪ E então ele não me chega a casa às 4 da manhã!

exclamativa parcial
elemento exclamativo + oração com não com valor de reforço de afirmação
▪ Que difícil não deve ter sido a sua infância!

- se condicional + não com valor de reforço de afirmação
Se ela não chegasse sempre atrasada!
imperativa direta
infinitivo
▪ Virar à esquerda!

gerúndio
▪ Andando!
...
coordenada assindética
com valor expressivo
▪ Olhei para trás, acenei, subi para o comboio.
subordinada substantiva completiva
flexionada
iniciada por que
com função de complemento
- com verbos que ocorrem em colocação com nomes (dar / fazer pena, fazer falta...)
Faz falta que os jovens se interessem mais pela política.


- com verbos introduzidos por que ou se, com alterações de significado
▪ Os cientistas vão descobrir que há vida em Marte. / Os cientistas vão descobrir se há vida em Marte.

de infinitivo (pessoal )
- com diferentes verbos, com infinitivo pessoal composto
▪ O Ivo reconheceu ter sido muito teimoso.
▪ Os alunos lamentaram terem chegado atrasados à aula.


subordinada adjetiva relativa
- restritiva, com antecedentes nominais
cujo
▪ Conheci o escritor cujo livro foi premiado.

- explicativa, com antecedentes nominais
cujo
▪ Este livro, cuja leitura recomendo, foi escrito por um jovem escritor.

subordinada adverbial
causal
gerundiva
▪ Estando o país em alerta, resolvemos não sair de casa.

participial
▪ Lesionado, o atleta não participou na maratona.

devido a, devido ao facto de (+ infinitivo)
▪ Este livro foi um sucesso de vendas devido ao facto de ter recebido um prémio.

graças a, por culpa de (+ infinitivo)
▪ Ele tem dificuldade em respirar por culpa de fumar tanto.

temporal
mal...(logo) (+ indicativo / conjuntivo)
▪ Mal entrei em casa, apercebi-me logo de que alguém lá tinha estado.

à medida que, ao passo que (+ indicativo / conjuntivo)
▪ À medida que a economia melhora, o desemprego diminui.

no momento em que, na altura em que (+ indicativo)
▪ Fez-se silêncio no momento em que ele subiu ao palco.

gerundiva
- gerúndio composto
▪ Tendo ouvido a notícia, telefonei à Maria.

concessiva
por muito...que (+ conjuntivo)
▪ Por muito empenhada que seja a Maria, não creio que consiga este emprego.

gerundiva
▪ Mesmo não gostando de calor, fui à praia.

participial
▪ Embora cansado, trabalhei até de madrugada.

condicional
se, caso (+ conjuntivo)
▪ Se tivesse chovido muito, não teria havido seca.

se porventura
▪ Teria ajudado o João, se porventura tivesse sabido da sua situação.

salvo se (+ conjuntivo)
▪ O contrato é automaticamente renovado, salvo se uma das partes decidir de outro modo.


▪ nada
▪ (in)existência
▪ dar lugar a
▪ materializar
▪ reencarnar
▪ surgir
▪ gerar, suscitar, despertar
▪ conceber, parir
▪ formar
▪ anular, suprimir, abolir
▪ extinguir(-se)
▪ assiduidade
▪ reaparecer
▪ comparecer
▪ ausentar-se
▪ disponibilidade
▪ dispor de
▪ carecer de
▪ comprometido(a)
▪ ocorrência
▪ evento, episódio
▪ suceder
▪ ponto
▪ quarteirão
▪ aquém, acolá
▪ fazer esquina com
▪ à altura de
▪ ao alcance de
▪ aos pés de
▪ à parte, de lado
▪ para lá de
▪ frente a frente
▪ cêntrico(a)
▪ perpendicular, paralelo(a), transversal
▪ pegado(a) a, ligado(a) a
▪ periférico(a)
▪ proximidade
▪ aproximação, distanciamento
▪ quarteirão
▪ para lá de
▪ inércia, inatividade
▪ trânsito, travessia
▪ avanço, retrocesso
▪ imobilidade, quietude, repouso
▪ agitação
▪ fluir
▪ espalhar(-se)
▪ deslocar(-se), encaminhar(-se)
▪ agitar
▪ fazer marcha atrás
▪ pôr(-se) em marcha/ movimento
▪ desatar a correr
▪ nómada
▪ imóvel, estático(a), movível
▪ trajetória, travessia
▪ encaminhar(-se) a
▪ orientar(-se), desorientar(-se)
▪ para lá de
▪ com/sem rumo fixo
▪ no/em sentido inverso
▪ de raíz
▪ surgir de
▪ ter raízes em
▪ originário(a), proveniente, oriundo(a)
▪ série, sequência
▪ penúltimo, antepenúltimo
▪ ordenar de maior a menor
▪ por ordem de importância/ chegada/altura
▪ sequenciar
▪ enfileirar
▪ minguar, estreitecer, alongar, encurtar, esticar, encolher
▪ minúsculo(a), maiúsculo(a)
▪ microscópico(a)
▪ milha, polegada
▪ pressão atmosférica
▪ altas/baixas pressões
▪ leveza
▪ peso bruto/líquido
▪ peso morto
▪ sobrecarga, sobrecarregar
▪ metro cúbico (m3)
▪ grossura
▪ esfera, cilindro, cone, cubo
▪ dar volume
▪ aumentar de volume/ capacidade
▪ vazar
▪ volumoso(a)
...
▪ frescura
▪ apanhar frio
▪ escaldar
▪ encalorado(a), friorento(a)
▪ térmico(a)
...
▪ biénio
▪ festividade, dia santo, efeméride
▪ ao cabo de X dias/anos semanas/meses
▪ a horas mortas
▪ alta noite
▪ a altas horas da madrugada
▪ lá pelas duas da manhã
▪ de agora/hoje em diante
▪ a quantos estamos?
▪ instantâneo, momentâneo
▪ jamais
▪ modernidade, atualidade
▪ novidade
▪ estar na moda
▪ há (que) tempos (atrás)
▪ em tempos idos
▪ ultrapassado(a)
▪ remoto(a), arcaico(a)
▪ futuro composto do indicativo
▪ ao cabo de X dias/anos semanas/meses
▪ de agora/hoje em diante
▪ previsão
...
▪ espaço/intervalo de tempo
▪ estadia, estada
▪ para toda a vida
▪ prosseguir
▪ provisório(a)
▪ perdurar
▪ passageiro(a), fugaz
▪ previsão, predição, prognóstico
▪ prematuro(a)
▪ madrugador(a)
▪ prematuramente
▪ sem mais demoras
▪ fazer-se tarde
▪ tardar em chegar
▪ tardio(a)
▪ tardiamente
▪ futuro composto do indicativo
▪ gerúndio composto
▪ anterioridade
▪ de antemão
▪ predecessor(a), precedente, antepassado(a), antecessor(a)
▪ ao cabo de X dias/anos semanas/meses
▪ sucessão, sucessor
▪ em retrospetiva
▪ causar/fazer/surtir efeito
▪ série, sequência
▪ sequenciar
▪ penúltimo, antepenúltimo
▪ no decurso de
▪ sincronização
▪ sincronia
▪ em uníssono
▪ coincidentemente
▪ procrastinação
▪ prorrogação
▪ diferimento
▪ procrastinar
▪ diferir
▪ diferido(a)
▪ ligeiro(a)
▪ expedito(a), diligente
▪ súbito(a)
▪ periodicidade
▪ em raras ocasiões
▪ de cada vez
▪ às meias horas, aos X minutos
▪ frequentar
▪ espaçado(a)
▪ ocasional
▪ bimensal, trimestral, semestral
▪ bimensalmente, trimestralmente, semestralmente
▪ espaçadamente
▪ ocasionalmente
▪ gerúndio composto
▪ sem interrupção, sem cessar
▪ prolongação
▪ para toda a vida
▪ dar seguimento a
▪ prosseguir
▪ perdurar, persistir
▪ permanecer, perseverar
▪ manter-se
▪ passar a vida a
▪ ininterruptamente
▪ e assim sucessivamente
▪ intermitência
▪ às meias horas, aos X minutos
▪ intermitente
▪ ocasional
▪ intermitentemente
▪ ocasionalmente
▪ sem cessar
▪ para toda a vida
▪ permanência, imortalidade
▪ constância, perseverança
▪ perdurar, persistir, preseverar, manter-se
▪ estar em vigor
▪ invariavelmente
▪ e assim sucessivament
▪ provisório(a), passageiro(a)
▪ provisoriamente
▪ vezes sem conta
▪ reproduzir
▪ reviver
▪ reaparecer
▪ redundante, recorrente
▪ sem precedentes
▪ sem igual
▪ singular
▪ desatar a + infinitivo
▪ ir + gerúndio
▪ abertura
▪ ponto de partida
▪ um princípio de
▪ dar início a, principiar
▪ originar(-se), surgir
▪ acabar por + infinitivo
▪ término, termo, finalização
▪ findar, concluir
▪ caducar, expirar
▪ pôr fim a
▪ extinguir(-se)
▪ finalizado(a)
▪ afinal de contas
▪ variação, alteração
▪ inovação, reforma
▪ (re)conversão
▪ transição
▪ evoluir, progredir
▪ reformar, inovar
▪ inovador(a), transformador(a)
▪ alterável
▪ repentino(a), súbito(a)
▪ subitamente
▪ múltiplo
▪ totalidade
▪ adicionar
▪ enumerar
▪ fazer a conta / o cálculo (por alto)
▪ adicionar
▪ uma série de
▪ uma mão-cheia de
▪ uma posta de
▪ montanhas/toneladas de
▪ bando, multidão, rebanho, manada
▪ adicional
▪ adicionalmente
▪ em linhas gerais
▪ em grande medida
▪ em que grau/medida
▪ à grande
▪ verdadeiramente
▪ inclusivamente, incluindo
▪ silhueta
▪ circunferência, elipse
▪ esfera, cubo, cone, cilindro, pirâmide
▪ pentágono, hexágono
▪ diâmetro
▪ dar forma, deformar, moldar
▪ arredondado(a), ondulado(a), achatado(a)
...
▪ [cor] pastel/bebé/berrante
▪ tonalidade
▪ matiz, gama
▪ desbotar, aclarar, escurecer
▪ desbotado(a)
▪ composição
▪ camurça, veludo
▪ granito, gesso, reboco, estuque
▪ chapa
▪ firmeza, flacidez
▪ porosidade
▪ plasticidade
▪ deformar(-se)
▪ amolecer, enrijecer, endurecer
▪ adquirir consistência
▪ suportar o peso/calor/frio
▪ inquebrável, quebradiço(a)
▪ poroso(a), compacto(a), maciço(a)
▪ teso(a), flácido(a)
▪ moldável
▪ oco(a)
▪ em perfeitas/péssimas condições
▪ estar pronto(a) a funcionar/trabalhar
▪ remate, acabamento
▪ forro
▪ ao natural, em bruto
▪ rematar
▪ lixar, polir, envernizar
▪ forrar, alcatifar
▪ lixado(a), polido(a), envernizado(a), forrado(a), alcatifado(a)
▪ impermeabilizado(a), isolado(a)
▪ metalizado(a)
▪ vintage
▪ deterioração, envelhecimento
▪ tendência, inovação, renovação
▪ antiguidade
▪ deteriorado(a)
▪ antiquado(a)
▪ asseio, saneamento
▪ lixeira
▪ empoeirado(a)
▪ impecável
▪ nojento(a)
▪ secagem
▪ neblina, névoa
▪ absorção
▪ infiltração
▪ a vapor
▪ encharcar, ensopar
▪ filtrar, infiltrar, verter
▪ pôr de molho, demolhar
▪ ressequido(a), árido(a)
▪ acessibilidade
▪ obstrução
▪ escancarar
▪ aceder
▪ (in)acessível
▪ ao tacto
▪ rugoso(a), sedoso(a)
▪ oleoso(a), peganhento(a), escorregadio(a)
▪ olhar de cima a baixo
▪ fraca/boa/má visibilidade
▪ saltar à vista
▪ à vista, à luz
▪ boa/má pinta
▪ discernir, divisar
▪ olhar de relance/soslaio
▪ dar uma vista de olhos
▪ distinguir, focar
▪ obscurecer, nublar
▪ invisual
▪ nítido(a), límpido(a), desfocado(a), opaco(a)
▪ audibilidade
▪ sussurro, murmúrio
▪ acústica
▪ aos (altos) berros
▪ voz rouca/sensual/ melodiosa/nasal/doce
▪ auditivo
▪ emitir
▪ ressoar
▪ mouco(a)
▪ duro(a) de ouvido
▪ estridente, ensurdecedor(a)
▪ degustação
▪ degustar
▪ fragância, essência, bálsamo
▪ chulé
▪ malcheiroso(a), fedorento(a)
▪ ter em pouca conta
▪ impagável
▪ precioso(a)
▪ valoração, apreciação, juízo de valor
▪ fora do normal
▪ avaliar, qualificar
▪ desprezar, recusar
▪ emitir um juízo de valor
▪ satisfatório(a), insuperável, admirável, brilhante
▪ lamentável, desastroso(a), penoso(a)
▪ fealdade, formosura
▪ bem-parecido, charmoso(a)
▪ vulgar
▪ tolerância, aceitação
▪ permitir, impedir, opor-se a
▪ desculpar
▪ (in)satisfatório(a), razoável
▪ ajuste
▪ adequar(-se), ajustar(-se)
▪ (des)ajustado(a), (in)apropriado(a), (in)oportuno(a), desproporcionado(a)
▪ contraindicado(a)
▪ convir
▪ apetecível
▪ retidão, (in)exatidão, (im)precisão
▪ defeito
▪ (des)acerto
▪ equivocar-se
▪ emendar, remediar
▪ erróneo(a)
▪ fiasco, fracasso, conquista
▪ triunfar
▪ triunfante, glorioso(a)
▪ competidor(a)
▪ proveito
▪ serventia
▪ não valer/servir/prestar para nada
▪ fazer falta
▪ conveniente
▪ prestável
▪ dom, proficiência
▪ habilitar
▪ ser proficiente
▪ estar habilitado(a) para
▪ dotado(a), instruído(a)
▪ relevância, alcance, gravidade
▪ ser igual ao litro
▪ trivial, crucial, vital
▪ padrão
▪ fora de série
▪ normalizar, regular
▪ rotineiro(a), corrente, convencional, standard, estabelecido(a), uniforme
▪ viabilidade
▪ agilizar
▪ (in)viabilizar
▪ viável
▪ árduo(a), problemático(a), incompreensível
▪ arduamente
▪ sabedoria, juízo, critério
▪ consciência
▪ perspetiva
▪ distração, ignorância, desconhecimento
▪ sensação, intuição, suspeita
▪ pesadelo, alucinação, ilusão
▪ associação de ideias
▪ levar/ter em consideração, ponderar
▪ reconsiderar, raciocinar
▪ deduzir, associar
▪ suspeitar, intuir
▪ ter em mente
▪ omitir
▪ chegar a uma conclusão
▪ despistado(a), distraído(a)
▪ sábio(a), ignorante, lúcido(a), intuitivo(a), razoável
▪ proposição, tese, postura
▪ protesto, advertência
▪ intervenção
▪ síntese, esboço
▪ ditado, frase feita
▪ difundir, transmitir, emitir
▪ verbalizar, expor, sintetizar
▪ nomear
▪ pronunciar
▪ comandar
▪ debater, sustentar, manter
▪ intervir, contrapor
▪ retificar, esclarecer
▪ especificar, assinalar, manifestar
▪ repreender, censurar
▪ defender, acusar
▪ referir-se a, indicar
▪ pseudónimo
▪ heterónimo
▪ rubrica
▪ certidão de nascimento/casamento/óbito
▪ residir, habitar, arrendar
...
...
▪ moço(a), pessoa de idade, anciã(o)
▪ trintão(ona), quarentão(ona)
▪ trinta/quarenta/cinquenta… e tal/muitos/poucos
...
▪ cônjuge
▪ casamento de conveniência
▪ solteirão(ona)
▪ anulação de casamento
▪ segundas núpcias
...
▪ estabelecimentos de ensino:
— conservatório
— liceu

▪ graus académicos:
— licenciatura pré-/pós-Bolonha
▪ bolseiro
▪ corpo docente
▪ pedir equivalência/reconhecimento de grau superior
▪ trabalho de investigação
▪ defender a tese
▪ interno(a), suplente, estagiário(a)
▪ entidade patronal
▪ estar a recibos verdes
▪ ter uma avença
▪ ser pago à hora
▪ estágio (não) remunerado
▪ desempenhar/exercer o cargo de
▪ trabalhar a tempo inteiro/meio tempo
▪ acumular, delegar, centralizar, distribuir
▪ comissão de serviço
▪ mão de obra barata, especializada
▪ pequenas e médias empresas (PMEs)
▪ imposto sobre o rendimento das pessoas singulares (IRS)
▪ contribuições à segurança social
▪ imposto sobre o valor acrescentado (IVA)
▪ picar o ponto
▪ (dar) tolerância de ponto
▪ vencimento líquido, ilíquido
▪ cônjuge
▪ antepassados, parentes
▪ árvore genealógica
▪ família monoparental
▪ devoto(a), beato(a), mártir, penitente
▪ missionário(a), profeta
▪ fanatismo, heresia, fundamentalismo
▪ reencarnação, ressurreição, imortalidade, eternidade, salvação, redenção, penitência
▪ pecado mortal/capital
▪ bendito, sagrado, divino
...
▪ ter olheiras
▪ ter caspa
▪ ter sardas, ser sardento(a)
▪ caracóis, ondas, madeixas
▪ alisar, encaracolar, arranjar o cabelo
▪ constituição física
▪ nariz afilado/fino/achatado/empinado
▪ lábios finos/grossos/carnudos
▪ ter boa/má cara
▪ robusto, corpulento
▪ ingénuo(a), fiel, esperto(a), idiota, convencido(a), bruto(a), poupado(a), gastador(a), falso(a), malcriado(a), tolerante
▪ ser fácil/difícil de se lidar
▪ ter a mania que se é…
▪ não ter amor próprio
▪ não ter personalidade
▪ tipos de habitação:
— propriedade
— terreno
— palacete

▪ casa em ruínas, a estrear, em construção
▪ remodelar, ampliar, reconstruir
▪ arranjar, reparar
▪ pôr/meter parquê, piso de cerâmica/madeira
▪ preço por metro quadrado (m2)
▪ renegociar a hipoteca/o empréstimo
▪ hóspede, caseiro(a)
▪ decoração de interiores
▪ tinta de interior mate/acetinada
▪ colocar papel de parede
▪ colocar alcatifa
▪ peças de mobília:
— cadeira de baloiço
— vitrine
— aparador
— móvel compacto

▪ carpete, passadeira, estore, persiana, mangueira
▪ (conjunto de) loiça, trem de cozinha, jogo de panelas
▪ utensílios domésticos:
— espumadeira
— ralador
...
▪ eletrodomésticos:
— televisão de ecrã curvo/full HD/plasma
▪ equipamentos:
— termoacumulador
▪ manutenção, conselhos de utilização, garantia
▪ município, localidade, freguesia, autarquia
▪ residente, munícipe, autarca
▪ geografia urbana:
— periferia
— rua/beco sem saída
— cidade dormitório
— entroncamento

▪ espaços e estruturas:
— mobiliário urbano
— calçada

▪ cívico, metropolitano
▪ geografia rural:
— aviário
— curral
— pocilga
— terreno

▪ pecuária, pastorícia
▪ equipamentos/serviços agropecuários
▪ comércio agroalimentar
▪ gado suíno, ovino, bovino, caprino
▪ horticultura
▪ geografia física:
— litoral
— baía
— manancial
— ravina
— desfiladeiro
— pradaria
— savana
— foz (de um rio)

▪ sopé/pico (de uma montanha)
▪ acidentado, frondoso, silvestre, árido, caudaloso
▪ longitude, latitude
▪ fauna
▪ besta
▪ animal vertebrado/invertebrado, carnívoro/ herbívoro/omnívoro
▪ gado suíno, ovino, bovino, caprino
▪ ninhada, cachorro, cria
▪ manada, rebanho, matilha
▪ aviário, curral, pocilga, casota, estábulo, gaiola
▪ ançaime, trela, coleira, ração, sela
▪ penugem
▪ flora
▪ líquene
▪ folha caduca/persistente
▪ tubérculo, vagem, caule
▪ botânica
▪ vegetação frondosa/densa/exuberante
▪ germinar
▪ clima rigoroso
▪ forte/fraca precipitação
▪ alta/baixa pressão
▪ chuva torrencial/persistente
▪ temperatura elevada/moderada/extrema
▪ rabanada/rajada de vento
▪ dilúvio, tormenta, vendaval
▪ monção
▪ estação seca/chuvosa/das chuvas
▪ tarefas domésticas
▪ dar um jeito à casa
▪ passar um pano pelos móveis/pelo chão
▪ ter a casa em ordem/num brinco
▪ arejar a casa
▪ lazer
...
...
▪ entretenimento, distração
▪ distrair-se, passar o tempo
▪ estar ocioso(a)
▪ diversão noturna
▪ saborear a vitória
▪ aceitar a derrota
▪ ser mau perdedor
▪ jogo sujo/limpo
...
...
▪ libreto
▪ tipos de espetáculo:
— opereta
— cantata
— performance
— espetáculo de marionetas

▪ exposição antológica/coletiva/itinerante/permanente
▪ certame
▪ representar um número
▪ torneio, competição
▪ final, meia-final, eliminatória
▪ oponente, adversário, derrotado
▪ subir ao pódio
▪ corretor(a), ilustrador(a), chefe de redação
▪ metáfora, ironia
▪ escrita criativa
▪ lírica
▪ trama, intriga
▪ manuscrito
▪ dedicatória, prólogo
▪ escola/género literário(a)
▪ edição especial/limitada/crítica
▪ livro de cabeceira/bolso
▪ análise/comentário de texto
▪ tipos de textos/livros:
— ensaio
— memórias
— fábula

▪ jornalismo de investigação
▪ ler nas entrelinhas
▪ folhear
▪ revista sensacionalista
▪ distribuição, periodicidade
▪ voo chárter/avião fretado
▪ cais (de embarque), plataforma, apeadeiro
▪ pista de aterragem
▪ veículo de transporte de mercadorias
▪ camarote
▪ meios de transporte:
— avioneta
— ferry
— camioneta
— descapotável
— todo-o-terreno
— transatlântico
— hidroavião
... ▪ rua de sentido único/sem saída
▪ faixa de aceleração
▪ traço contínuo/descontínuo
▪ (veículo) automóvel
▪ volante, espelho retrovisor/lateral, farol, pedal
▪ tubo de escape, para-brisas
▪ motor, embraiagem, acelerador, travão (de mão)
▪ meter a primeira/segunda/ terceira/marcha-atrás
▪ fazer uma manobra (perigosa)
▪ sentido obrigatório/único/proibido
▪ limite de velocidade
▪ respeitar/infringir o código da estrada
▪ ir fora de mão
▪ bate-chapas
▪ avaria, peça sobressalente
▪ seguro contra terceiros/todos os riscos
▪ ter cobertura de roubo/incêndio/assistência em viagem
...
▪ fazer uma escapadinha de fim de semana/a dois/em família
▪ roteiro, circuito, expedição
...
▪ saco isotérmico
▪ canivete suíço
▪ alça para mala
▪ nécessaire
▪ protetores auriculares
▪ extremidade superior/inferior
▪ ventre
▪ crâneo, cervical, clavícula, tíbia
▪ tímpano, córnea
▪ fossa nasal, couro cabeludo
▪ epiderme
▪ sistema linfático
▪ órgãos internos:
— cólon
▪ pontada
▪ estar dorido(a)
▪ exaustão, fadiga
▪ estar estoirado(a)/exausto(a)/de rastos
▪ estar sedento/esfomeado
▪ tremer
▪ ter tremores
▪ ter insónia
▪ acidez estomacal, azia
▪ dor crónica/aguda
▪ arder, dar/fazer comichão
▪ inflamação, inflamado(a)
▪ infeção, infetado(a)
▪ alívio, aliviar
▪ perder a consciência, ficar inconsciente
▪ dormente
▪ desinfeção
▪ champô antiqueda/anticaspa
▪ higiene pessoal/corporal/ íntima
▪ asseio/cuidado pessoal
▪ sujidade, falta de higiene
▪ ensaboar, enxaguar, esfregar, esfoliar
▪ esfoliação
▪ contágio, transmissão
▪ recaída, convalescença
▪ diurético, laxante, dietético, nutritivo
▪ agravar, agudizar, incubar, degenerar
▪ estado delicado
▪ colocar um(a) implante/prótese
▪ nomes de doenças e condições médicas:
— psicose
— hérnia
— cataratas
— pedra na vesícula / nos rins
— anorexia
— anemia
— úlcera

▪ fratura, entorse, distensão muscular
▪ inflamação, infeção
▪ cicatrizar
▪ levar pontos
▪ história clínica
▪ exame físico
▪ patologia
▪ terapia
▪ nomes de especialistas:
— neurologista
— radiologista
— dermatologista
— fisioterapeuta

▪ doar sangue/um órgão
▪ transplante de órgãos
▪ enxerto de pele
▪ trabalhar por turnos, estar de guarda
▪ turno de(a) dia/tarde/noite
▪ vitrina, montra
▪ liquidação
▪ fabricante, produtor, comerciante, negociante, fornecedor
▪ denominação de origem
▪ garantia de qualidade/satisfação
▪ cliente da casa/habitual
▪ fornecimento
▪ atender clientes
▪ ponto, passajar, remendar
▪ modelo, passarela, desfile de moda
▪ decotado, justo, folgado
▪ bordado, renda
▪ veludo, bombazina, fazenda
▪ gola, colarinho
▪ botins, sapatilhas, sabrinas
▪ atacador, velcro
▪ tacão, biqueira, cunha
▪ camurça
...
▪ palete de leite, grade de cerveja, resma de papel
▪ embalagem a vácuo/de plástico
▪ produto enlatado/em conserva
▪ dentro/fora do prazo de validade
▪ consumir preferencialmente até/antes de
▪ preço de venda ao público (PVP)
▪ cheque ao portador/cruzado/em branco
▪ desembolsar
▪ efetuar/realizar um pagamento
▪ esbanjar dinheiro
▪ jejum intermitente
▪ perder/ganhar peso
▪ anorexia, bulimia
▪ antioxidante, aminoácido
▪ diurético, laxante, dietético, nutritivo
▪ suplemento/complemento vitamínico/dietético/ alimentar
▪ favorecer/interromper a digestão
▪ produzir acidez/gás/azia
▪ dieta macrobiótica
▪ embalagem a vácuo/de plástico
▪ produto enlatado/em conserva
▪ comilão(ona)
▪ ser bom garfo
▪ fazer/criar água na boca
▪ comer com os olhos
▪ leguminosa
▪ nomes de hortaliças e legumes:
— chicória
— canónigos
— couve lombarda/roxa/portuguesa

▪ cebolinho, hortelã-pimenta, funcho, tomilho
▪ nomes de frutos:
— mirtilo
— framboesa
— dióspiro
— pistacho
— pinhão
— caju

▪ nomes de laticínios:
— queijo curado/amanteigado
— leite evaporado

▪ nomes de alimentos de origem animal:
— iscas de fígado
— caras de bacalhau
— leitão

▪ nomes de peixes:
— robalo
— dourada

▪ nomes de mariscos:
— amêijoa
— lagostim
— choco
— ostra
— sapateira

▪ nomes de doces:
— cheesecake
— rebuçado
— queijada de leite/laranja

▪ guloseima
▪ nomes de bebidas:
— aguardente velha bagaceira/de medronho
— ginja
— vinho espumante
▪ taberna, casa de pasto
▪ cozinha de autor
▪ avinagrado, enjoativo
▪ tipos de pratos e acompanhamentos:
— açorda
— cataplana
— caldeirada
— empadão
— ensopado
— bife com ovo a cavalo

▪ cafetaria:
— bife panado no pão
▪ salgados:
— coxinha de frango
— croquete
— lanche
— folhado misto/de salsicha

▪ petiscos:
— amêijoas
— choco frito

▪ bebidas:
— fino
— panachê

▪ degustar vinho, degustação de vinhos
...
...
▪ centro de distribuição postal
▪ serviço porta-a-porta
▪ serviço de estafeta
▪ posta-restante
▪ envio em contra-reembolso/à cobrança
▪ franquia
▪ saqueta almofadada
...
▪ banca, banqueiro
▪ sistema bancário
▪ produto/entidade financeiro(a)
▪ fundo de investimento
▪ certificado de aforro
▪ serviços mínimos bancários
▪ domiciliar o ordenado/um pagamento
▪ fracionamento, pagamento fracionado
▪ cheque ao portador/em branco/visado/careca
▪ saldo credor/devedor
▪ terminal de pagamento automático
▪ polícia secreta
▪ guarda nacional republicana (GNR)
▪ perseguição
▪ operação stop
▪ teste do/soprar o balão
▪ prisão, captura, detenção, interrogatório, investigação policial
▪ ordem pública
▪ à paisana, de uniforme
▪ (não) ter antecedentes penais
▪ estar sob suspeita
▪ arguido(a), ré(u), testemunha
...
...

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.