Referencial Camões PLE

 

O Referencial Camões PLE é um documento de caráter didático, criado pelo Camões, I.P. com o objetivo de facultar aos profissionais da rede Camões e a outros intervenientes ligados ao ensino, aprendizagem e avaliação de Português como Língua Estrangeira (PLE) um referencial de conteúdos que os apoiem na conceção e organização de cursos de PLE.

Elaborado por uma equipa coordenada pelo Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., de acordo com as orientações do Conselho da Europa para o ensino, aprendizagem e avaliação das línguas estrangeiras, estabelecidos pelo Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas – Aprendizagem, Ensino, Avaliação (QECR), apresenta, para a língua portuguesa:

(i) descritores dos seis níveis comuns de referência (do A1 ao C2) e

(ii) inventários de conteúdos, organizados em três componentes do uso comunicativo da língua: componente pragmática, componente nocional e componente linguística.

Os inventários apresentados no Referencial Camões PLE propõem o tratamento sequencial de conteúdos ao longo dos seis níveis de referência do QECR, com diferentes realizações linguísticas, de modo a respeitar os critérios de progressão necessários ao desenvolvimento da competência comunicativa. Pretende-se, desta forma, evidenciar aquilo que se espera que o sujeito em aprendizagem consiga fazer nos diferentes níveis de proficiência, no que diz respeito ao uso da língua para a realização de diferentes atividades linguísticas, em contextos e situações de comunicação diversificados.

O Referencial Camões PLE é constituído por um ebook, que pode ser descarregado gratuitamente na Biblioteca Digital Camões, e pelos inventários de funções, noções e gramática, disponibiizados de forma interativa nesta página, para facilidade de utilização, em pares de níveis de proficiência.



NÍVEL C1

com interlocutor desconhecido
desculpe incomodar / o incómodo
▪ Desculpe incomodar / o incómodo, mas precisava de uma informação, caso pudesse ajudar-me…

queira desculpar(-me)
▪ Queira desculpar(-me), talvez me pudesse indicar o caminho…


reconhecendo o interlocutor
▪ A tua/sua cara não me é estranha!
referindo ausência temporal
▪ ( O) Que é feito de ti/si?
▪ Por onde tem/tens andado?

Há que tempos que não nos víamos!

com identificação profissional/marca de hierarquia
[+ formal]
▪ É um prazer / É uma honra cumprimentá-lo,
Senhor Presidente.
com resposta a questão anterior + agradecimento e/ou (interrog.) retribuição
[Tudo bem? (O) Que é feito de ti/si?]
▪ (Na verdade) Não podia estar melhor, obrigado(a)!
▪ Para ser sincero, não tenho passado muito bem, mas obrigado por perguntar(es)...
[É um prazer encontrá-lo aqui, Senhor Diretor!]
▪ Muitíssimo obrigado! Igualmente!
▪ O prazer é todo meu! Como tem passado?
aludindo a um próximo encontro
[+ formal]
▪ Teremos todo o gosto em vê-lo/a num futuro próximo / brevemente.
[- formal]
▪ Estás com uma cara!
▪ Que cara é essa, mãe?!


perguntando por terceiros

[+ formal]
▪ (E) O seu pai, como o tem achado/encontrado?

[- formal]
▪ O pessoal lá em casa, está tudo fino?
[- formal]
▪ (Manda) Lembranças aos teus pais!

[+ formal]
▪ Queira, por favor, entregar os meus (sinceros) cumprimentos a todos.
[+ formal]
[Enviem os meus sinceros cumprimentos ao Senhor Diretor.]
▪ Faremos com que sejam entregues, fique descansado(a)!
mil desculpas
▪ Mil desculpas da minha parte!

poder + desculpar/perdoar
▪ Podes desculpar-me?

[+ formal]
▪ Queira desculpar-me pelo engano.
[Mil desculpas!]
[- formal]
▪ Desta vez passa!
▪ Deixa(e) lá isso!


advertindo
▪ Desculpo-te, mas não voltes a fazer…
▪ Desculpo, desde que não se volte a repetir.
▪ Não sabe(s) quanto me alegra que esteja(s) aqui!
▪ Que bom terem vindo!


[+ formal]
▪ Espero que aprecie a sua estadia!
▪ É uma grande honra recebê-lo/tê-lo connosco.
ação ou acontecimento
[- formal]
▪ Dá cá mais cinco!

na escrita / em contexto + formal (apresentação, conferência…)
▪ Apresento-lhes as minhas felicitações...
brindar + a/por
▪ Proponho que brindemos [a/por…]!!

interrogativa
▪ Que tal brindarmos/E se brindássemos [a/por…]?


brinde + (para) que + votos
▪ Um brinde, (para) que este momento se repita todos os anos!
[+ formal]
▪ Os meus melhores desejos para o futuro!
▪ Votos de muito sucesso!

em caso de indisposição/ doença/acidente
▪ Estimo as melhoras!
[+ formal]
▪ Quero expressar-lhe os meus sentimentos/pesâmes (pela sua perda).
obrigado(a)
▪ Não precisava(s) de te teres/se ter preocupado/incomodado, (mas) muito obrigado(a)!

agradecer
▪ Nem tenho palavras para (te/lhe/vos) agradecer...

mostrando reconhecimento
Que faria eu sem ti?!

na escrita
[+ formal]
▪ Queira(m), por favor, aceitar o meu mais sincero agradecimento.

reagindo a boas vindas
obrigado(a) por + or.
▪ Obrigado(a) por me ter(em) convidado.
[+/- formal]
Ora essa!

[- formal]
▪ Sempre às ordens!

▪ Deixa-te disso! Não tens que me agradecer coisa nenhuma!
...
interrogativa
▪ Lembras-te/Recordas-te de te ter falado no Vasco? Pois aqui está ele!

[+ formal]
▪ Permitam-me que vos apresente a nova secretária, a (D.) Margarida Carvalho.
▪ Dá-me licença que lhe apresente a minha filha mais nova?
interrog.
[- formal]
▪ Que tal apresentares-me/E se me apresentasses à tua amiga?
▪ Alguém pode apresentar-me àquela rapariga?
interrog.
[- formal]
▪ Que tal apresentares-me/E se me apresentasses a tua amiga?
▪ E aquela rapariga, alguém ma pode apresentar?
crer/pensar/achar/julgar + que
▪ Creio que já/ainda não te apresentei a todos.
▪ Acho/Julgo que já se conhecem.

não crer/pensar/achar/julgar + que
▪ Não creio que (já) conheças o Rui Mendes...
▪ Não acho que (já) te tenham apresentado todos os colegas…
[Quero que conheças o Paulo Gomes.]
▪ Há muito que desejava/queria conhecê-lo!
▪ Já tinha ouvido falar de si!
pedir + que + conj.
▪ Peço-lhe apenas que fale (um bocadinho) mais devagar, por favor!
▪ Posso pedir-te que repitas?
[+ formal]
▪ (Desculpe incomodar, mas) Permite-me que entre?
▪ Dá(-nos) licença que entremos?
dando licença/permissão
[- formal]
[Dás licença?]
▪ (Oh!) Por quem és!/Por quem sois!

negando ou adiando licença/permissão
[- formal]
[Posso entrar?]
▪ É só um segundinho (por favor)!
...
situar no espaço

localização
subúrbios
Gostas de viver nos subúrbios?

ponto
Em que ponto da cidade fica a tua casa?

aquém/ acolá
Há um restaurante novo acolá?

será que me poderia(s)…?
▪ Será que me poderia dizer onde é a estação, por favor?


localização relativa
perpendicular/ paralelo
A tua rua é perpendicular à Avenida da Liberdade?

aos pés de/ ao alcance de
Os teus sapatos estão aos pés da cama?

deslocação/direção/distância
qual é o percurso
Qual é o percurso mais rápido para o Porto?
situar no tempo

a quantos estamos
▪ A quantos estamos hoje?

datar de
De quando data este documento?

remontar a
A quando remonta este problema?
fazer a conta/ calcular
▪ Fizeste a conta aos lugares necessários na mesa?
...
finalidade
com que fim/ finalidade/ propósito
▪ Com que finalidade estás a fazer essa pesquisa?

[- formal]
a que
▪ A que vieste?
ter facilidade para
Tens facilidade para aprender línguas?

ter habilidade para
Tens habilidade para as línguas?

sentir-se capaz/incapaz
Sentes-te capaz de assumir esta responsabilidade?
identificar/definir

alguém

or. relativa
[Com quem foste ao cinema?]
▪ Com quem tu estás a imaginar.
[A quem deste o dinheiro?]
▪ A quem mais precisava.

por quem + or. declarativa
▪ O diretor da empresa é uma pessoa com muita experiência, por quem tenho uma grande consideração.

alguma coisa
[Que calças compraste?]
▪ Comprei aquelas de que te falei.
situar no espaço

localização
ponto
O ponto mais alto de Portugal continental localiza-se na Serra da Estrela.

isolar-se/refugiar-se
▪ O Augusto refugiou-se em casa depois da separação.

localização relativa
fazer esquina com
▪ O prédio do Joaquim faz esquina com a avenida principal.

à parte, de lado
▪ A mesa dos noivos foi posta à parte.

frente a frente
Os dois candidatos estiveram ontem num debate frente a frente.

perpendicular/paralelo/ transversal a
▪ A escola fica numa rua paralela a esta.

aos pés de
▪ O meu cão dorme no meu quarto, aos pés da cama.

deslocação/direção
em sentido inverso
▪ O carro estva estacionado no sentido inverso à marcha.

distância
para lá de
▪ Para lá da fronteira, o rio torna-se mais largo.

quarteirão
▪ A minha casa fica a três quarteirões daqui.
situar no tempo

antes de + inf. pes.
[Quando é que a Carolina te telefonou?]
▪ Antes de eu ter saído de casa.

depois de + inf. pes.
[Quando é que a Maria te telefonou?]
▪ Depois de eu ter saído de casa.

de agora em diante
▪ De agora em diante passarei a ter um novo horário de trabalho.

a altas horas
▪ O meu filho chegou a casa a altas horas da noite.

há que tempos
▪ Há que tempos que estamos à vossa espera.

ao cabo de
▪ Ao cabo de duas horas, o acidente ficou resolvido.
adicionar
▪ Adicionei 100gr de açúcar à massa.

repartir/distribuir
▪ Distribuiram-se os alimentos recolhidos na campanha por várias instituições.

quantif. numerais multiplicativos
▪ O número de candidatos este ano foi dez vezes maior do que o do ano passado.

totalidade
A totalidade dos lucros foi doada a uma instituição de caridade.

crescimento/decréscimo
▪ Este ano, registou-se um decréscimo dos acidentes de viação na época de Natal.

expressões quantitativas
talhada/porção/lote de
Tenho um monte de papéis empilhados na minha secretária.
▪ Comi uma talhada de melão à sobremesa.
prep. / locução prep.
[Como é que vão preparar a exposição?]
▪ Conforme/Consoante/ Segundo as suas indicações.
[Como é que vão organizar o trabalho?]
▪ De acordo com o que nos disser.
causa
devido ao facto de
▪ A empresa contratou mais trabalhadores devido ao facto de estar a expandir-se.

consequência
daí que
▪ Estes animais estão em extinção daí que não seja permitido caçá-los.
ter facilidade para
As crianças têm facilidade para aprender línguas.

ter habilidade para
A empresa procura alguém que tenha habilidade para trabalhar em equipa.

sentir-se capaz de
O José sente-se capaz de assumir o novo cargo.
[- formal]
[Sempre vais fazer exame de condução?]
▪ Sei lá!
(então) (mas) não
▪ Então mas não estavas doente?
▪ Não tinhas ido ao médico?


de forma indireta
saber por
▪ Soube pela tua irmã que vais viajar.

dar a entender que
▪ Dá-me a entender que o Renato e a Sofia se zangaram.

ter a impressão de que
▪ Tenho a impressão de que o Artur tem andado triste.

supor que
▪ Suponho que não disseste à professora que eu não fiz o trabalho?

questionar a verdade da informação
ser verdade isso/aquilo de + or.
É verdade aquilo de o Salvador ter deixado o emprego?

estar a insinuar que + or.
▪ Estás a insinuar que eu menti?
...
como + inf. prévia + se + inform. nova
[O Miguel não faz nada.]
▪ Como não faz nada se ele é quem mais trabalha aqui?

uma coisa é + inform. prévia, outra coisa é + inform. nova
Uma coisa é pedires para sair mais cedo, outra coisa é faltares à aula.

olha que não + nova inform.
[Aquela é a irmã da Adriana.]
▪ Olha que não (é a Adriana), é a prima dela.

posso admitir que + mas daí a
▪ Posso admitir que cheguei atrasado, mas daí a dizer que sou irresponsável...
será que me poderia(s)
Será que me poderias levar à estação?

com formas de tratamento afetuosas
Vais buscar-me ao trabalho, amor?
▪ Podes ir pôr-me estas cartas ao correio, querida?
será que
Será que me poderias fazer um favor?

fazer o favor de
▪ Fazias-me o favor de comprar o jornal?

fazer um favor + imperativo
▪ Faz-me um favor: compras-me o jornal?
será que me poderia(s) ajudar
Será que me poderias ajudar a preencher este formulário?

seria muito simpático/amável/bondoso da tua/sua parte se
▪ Seria muito amável da tua parte se ajudasses a tua mãe.
será que + poder + GV
Será que me poderias emprestar aquele teu vestido preto para levar à festa?

fazer o favor de
▪ Fazias-me o favor de alcançar o sal?

seria pedir muito que
Seria pedir-te muito que me fosses buscar o medicamento à farmácia?

seria muito simpático/amável/ bondoso da tua parte se
▪ Seria muito simpático da tua parte se me fosses pôr estas cartas ao correio.
ordenar
Ordeno-te que saias imediatamente!

poder/querer
Podes parar quieto um segundo?
▪ Queres calar-te um bocadinho?

poder/querer fazer o favor de
▪ Podes fazer o favor de parar quieto um segundo?
▪ Queres fazer o favor de te calares?
acedendo a realizar o pedido
▪ Sempre ao dispor.
▪ Com todo o gosto/prazer.
▪ Da minha parte, não há qualquer inconveniente.
▪ Nem precisavas de pedir.
▪ Já sabes que podes contar sempre comigo.


acedendo a realizar o pedido com reservas
Não te deixo levar o meu carro, a menos que me prometas que vais tu pôr gasolina.

recusando-se a cumprir o pedido (justificando)
Lamento ter de recusar o teu pedido, mas é-me impossível fazê-lo.
Recuso-me (redondadamente) a fazer isso!
▪ Digas o que disseres, não vou fazer isso.
...
...
...
...
...
...
...
na escrita
[+ formal]
vir por este meio convidar
Vimos por este meio convidá-lo para a inauguração do novo museu.

estar interessado em
▪ Estaria interessado em juntar-se à nossa equipa?

vai + GN
[- formal]
▪ Vai um café?
fazer alguma coisa por alguém
▪ O que posso fazer por ti?

oferecer-se para
▪ Ofereço-me para o que for preciso.
aceitando a oferta/convite
Como não?
Não podia recusar!
▪ Aceito com todo o gosto/prazer.


aceitando a oferta/convite com reservas
Não vou à festa, a menos que me deixes levar o carro.

recusando a oferta/convite (justificando)
Lamento ter de recusar o teu convite, mas não me vai ser possível comparecer.
agradecer confirmação
Agradecemos confirmação até ao final da semana.
propor/sugerir que
Sugeria que comprasses antes o novo modelo.

o que eu sugeria/propunha era que
O que eu propunha era que saíssemos mais cedo.

e se + conj.
E se fôssemos logo à noite ao cinema?

que tal se + imperf. conj.
Que tal se fizéssemos uma festa surpresa ao Rui?

não estaríamos melhor
Não estaríamos melhor na esplanada?
aceitando
▪ Não podia estar mais de acordo.
▪ Bem visto. / Bem pensado.

recusando, com justificação
▪ Lamento ter de recusar a tua proposta.
▪ Lamento ter de te dizer que não.

recusando, apresentando uma alternativa
▪ Preferia que ficássemos aqui.
▪ Era melhor irmos a outro restaurante.
▪ Então e se fôssemos antes amanhã?
ser melhor/necessário/ importante que + conj.
Seria importante que fizesse exercício todos os dias.

não ser melhor se + conj.
▪ Não seria melhor se tomasses alguma coisa para a tosse?

e se + conj.
▪ E se lhe contasses a verdade?
...
avisar (já) que
Aviso-te já que o filme é muito demorado.

(depois) não digas que eu não te avisei
Depois não digas que não te avisei.
não voltar a avisar
▪ Não volto a avisar-te.


nenhuma vez/última vez
Não te aviso mais nenhuma vez.
▪ Foi a última vez que te avisei.

que seja a última vez que
▪ Que esta seja a última vez que fazes uma coisa destas.
respondendo a ameaça
Isso é uma ameaça?
▪ Não vou ceder às tuas ameaças.
prometer solenemente
▪ Prometo solenemente o nosso apoio em todas as suas decisões.

comprometer-se firmemente
▪ Comprometo-me firmemente a fazer tudo o que estiver ao meu alcance para cumprir o acordo.
prometer solenemente
▪ Promete solenemente cumprir com as suas funções?

comprometer-se firmemente
▪ Compromete-se firmemente a levar a cabo estas instruções?
no meu modo de ver / entender
No meu modo de ver, o governo deveria diminuir os impostos para os mais desfavorecidos.

dar/ter a impressão/sensação de que
Dá-me a impressão de que o Nuno não está satisfeito com o novo trabalho.

diria que
Diria que o Jacinto está mais magro.

(tenho) cá para mim (que)
Cá para mim, esta situação não vai acabar bem.
o que é que + achar/pensar + do que
O que é que achas do que está a acontecer na economia mundial?

o que é que + pensar/achar/ parecer de + inf. pes. composto
▪ O que é que achas de terem aberto mais um centro comercial nesta localidade?

o que é que opina(s) sobre
▪ O que é que opinas sobre o novo governo?

diria(s)
▪ Diria que é fácil montar este móvel?
achar + adj. (sup. abs. sintético)
Acho facílimo este exercício.
▪ Achei dificílimo fazer a tese.


ser magnífico/lamentável/ péssimo
O discurso do presidente foi magnífico.
▪ O lapso do Mário foi lamentável.
▪ É lamentável que tenhas de sair de casa.

ser + GN + o que
É um escândalo o que estão a fazer aos animais em cativeiro.

parecer + adj.
Parece-me escandaloso o que está a acontecer em África.

resultar bem/mal
Esta cor resulta muito bem aqui.

como (frase exclamativa)
Como isto é bom/maravilhoso!
opor-se a / condenar + GN
O Adolfo opôs-se à realização de uma nova prova de exame.
▪ Iremos condenar as atitudes de falta de respeito.
▪ Condeno totalmente o comportamento dele.


dar consentimento / não consentir
Dou-te o meu consentimento para alterares o documento.
▪ Não consinto que me tratem assim!


ser/parecer + de bom/mau/péssimo gosto
Pareceu-me de mau gosto o comportamento da Ana.
▪ A atitude do Jaime foi de péssimo gosto.


que boa/má ideia que + conj.
Que má ideia que o tenham convidado para a festa!

que vergonha + GN/inf.
Que vergonha terem feito tanto barulho!
▪ Que vergonha o teu comportamento.


fazer uma crítica
Tenho uma crítica a fazer sobre o que se passou hoje.
▪ Quero só fazer uma crítica sobre o modo como te comportaste.
▪ Fenomenal!
▪ Esplêndido!


felicitar
Quero/Queria felicitá-la pela sua iniciativa.
▪ Gostaria de o felicitar pela sua intervenção.


elogiar
Deixe-me elogiá-lo pelo seu trabalho.
▪ Permita-me elogiá-la pelo seu excelente trabalho.
ser + GN + que
Foi o Daniel que não fez o trabalho.
▪ Foi a Ana que disse isso.
não ter responsabilidade
▪ A responsabilidade não é/foi tua.
▪ Não tiveste qualquer responsabilidade.
o que é que + parecer de + inf. pes. composto
O que é que te parece de terem feito a festa na garagem?

diria(s)
Dirias que o teste foi fácil?

opor-se
▪ Opões-te a esta decisão?
ser da mesma / dessa opinião / partilhar da mesma opinião / do mesmo ponto de vista
[O Jorge pensa que o diretor da empresa não teve uma atitude correta.]
▪ Eu sou da mesma opinião (do Dinis).
▪ Partilho da mesma opinião.
▪ Partilho da opinião do Diogo.
▪ Partilho do mesmo ponto de vista.

dizer o mesmo / também (o) dizer
[Diria que o Manuel está mais magro].
▪ Diria o mesmo.
▪ Também (o) diria.


também dizer que sim/não
[Diria que não é fácil aumentar as percentagens de vendas.]
▪ Eu também diria que não.

com firmeza
disso não há dúvida / não há qualquer dúvida disso / essa é uma grande verdade
[Atualmente, os jovens estão a perder o hábito da leitura.]
▪ Disso não há dúvida.
bem dito
[Acho que as raparigas deviam ser menos sensíveis.]
▪ Bem dito.

com reserva
em linhas gerais
[Acho que as raparigas são mais dedicadas ao estudo do que os rapazes.]
▪ Em linhas gerais, estou de acordo.


ser capaz de ter razão
[Penso que os concorrentes deste ano são melhores do que os do ano passado.]
▪ És capaz de ter razão.
não ser/partilhar da mesma / dessa opinião / não ter o mesmo ponto de vista
[Creio que que o diretor da empresa não teve uma atitude correta.]
▪ Eu não sou dessa opinião.
▪ Não partilho da mesma opinião.
▪ Não tenho o mesmo ponto de vista.

não o dizer / não dizer isso/o mesmo
[Diria que o Horácio está mais magro].
▪ Não diria isso.


não ver (isso) assim
[Os jovens de hoje já não têm hábitos de leitura.]
▪ Não vejo isso assim, acho que têm o hábito de ler noutros suportes.


isso não me convence
[A nova lei é mais favorável para os trabalhadores.]
▪ Isso não me convence.


discordar + opinião
[A nova lei é mais favorável para os trabalhadores.]
▪ Discordo,...

com firmeza
estar + adv. + em desacordo
[A conferência deste ano não foi tão interessante como a do ano passado.]
▪ Estou absolutamente/ totalmente em desacordo contigo, este ano ouvi ideias novas.


mas o que é que estás a dizer? / como é que podes dizer isso?
[Acho que a música popular já está fora de moda.]
▪ Mas o que é que estás a dizer? A música popular nunca sairá de moda.

isso é um disparate / não digas disparates / não digas isso
[Acho que o João já não gosta da Maria.]
▪ Não digas isso, continua completamente apaixonado.

com reserva
olha que não sei
[Este filme não vai ter sucesso.]
▪ Olha que não sei! As sessões têm estado cheias.
or. declarativa + ser/partilhar da mesma opinião
A Eduarda acha que o comportamento do Frederico é inaceitável. São da mesma opinião que ela?

or. declarativa + estar certo/equivocado?
Há muitos trabalhos de investigação na área do ensino. Estou certo?
or. declarativa + não dirias o mesmo?
Diria que este teste foi o mais difícil de todos. Não dirias o mesmo?

or. declarativa + não é(s)/partilha(s) da mesma opinião?
A apresentação do produto correu muito bem. Não és da mesma opinião?

não estou (muito) enganado + pois não?
▪ Não estou (muito) enganado ao dizer / quando digo que a situação económica vai piorar, pois não?
(não) ser a favor de que + conj.
Não sou a favor de que se faça uma nova eleição.
ter conhecimento de que + or.
Temos conhecimento de que o assaltante está em fuga.

estar inteirado de + or.
Já estou inteirado do que aconteceu.

ter uma vaga ideia de + or.
▪ Tenho uma vaga ideia de onde fica essa cidade.
não ter conhecimento de
▪ Os passageiros não tinham conhecimento da greve.


não fazer a mínima/a mais pequena ideia
Não faço a mínima ideia por que motivo o Cláudio e a Marta se separaram.

desconhecer/ignorar
Desconhecem-se as causas do acidente.
ter conhecimento de
Tens conhecimento das novas normas de segurança?

estar inteirado de
Estás inteirado dos dados do último relatório?

ter (alguma) ideia de/sobre
Tens alguma ideia sobre quem me possa ajudar com este trabalho?

alguém sabe alguma coisa de/sobre
Alguém sabe alguma coisa sobre o resultado do concurso?
faz-me lembrar/recordar
Isto faz-me recordar uma cena do meu filme preferido.

trazer recordações
Este lugar traz-me recordações da minha infância.

quase/por pouco me esquecia
Quase me esquecia de te contar quem encontrei ontem.
não me diz nada
Este filme não me diz nada, acho que nunca o vi.
(não) fazer lembrar/recordar
Isto não te faz lembrar nada?

(não) trazer recordações
▪ Esta canção não te traz recordações dos velhos tempos?

dizer alguma coisa / dizer nada
Esta cara não te diz nada?
olha que…
Olha que o jantar começa às nove.
certeza
ter a certeza absoluta de que
Tenho a certeza absoluta de que ele se irá arrepender dessa decisão.

estar (absolutamente / de todo) convencido (de) que
Estou de todo convencido de que vamos ganhar.

é óbvio que
É óbvio que ele não faria isso de propósito.

claramente/evidentemente
Claramente, ele ultrapassou todos os limites.

não ter a menor dúvida (de) que
Não tenho a menor dúvida de que ele me mentiu.

dúvida/incerteza
ter a impressão/sensação (de) que
▪ Tenho a impressão de que não tranquei a porta ao sair de casa.

suspeitar
▪ Suspeito que tudo não passou de um mal-entendido.

prever/pressentir
▪ Prevemos que não vamos conseguir terminar o trabalho a tempo.

(poder/ir) + jurar
▪ Podia jurar que tinha deixado a porta fechada.

digo/acho/penso/imagino eu
▪ O João não faria uma coisa dessas, imagino eu.
muito possível
até pode
Está tanto frio que até pode nevar nas terras altas.

há possibilidade
▪ Há possibilidade de chegarmos a horas.

é bem possível
▪ É bem possível que ele se tenha esquecido de nos vir buscar.

possível
é de esperar/prever que...
É de esperar que os bilhetes esgotem rapidamente.

ser capaz de
▪ O Samuel é capaz de estar em casa.


impossível

não haver (qualquer) possibilidade
Não há qualquer possibilidade de chegarmos a horas.

ser totalmente/completamente impossível
▪ É totalmente impossível que tenha sido eu a enviar essa mensagem.
muito provável
até pode
Está tanto frio que até pode nevar nas terras altas.

haver (uma grande) probabilidade
▪ Há uma grande probabilidade de o Santiago se ter esquecido da reunião.

ser bem provável
▪ É bem provável que ele se tenha esquecido de nos vir buscar.

ser altamente provável
▪ É altamente provável que neve.


provável
ser de esperar/prever que...
É de esperar que os bilhetes esgotem rapidamente.

ser capaz de
▪ A Clara é capaz de estar em casa.


o mais provável é que
O mais provável é que a Antónia se tenha esquecido.
qual é a possibilidade/ probabilidade de
Qual é a probabilidade de alguém ganhar a lotaria?

há (alguma) possibilidade/ probabilidade de
Há alguma possibilidade de chover amanhã?

há (alguma) certeza sobre
Há alguma certeza sobre o número de vítimas?
alta probabilidade
se/caso + mais-que-perf. conj. + mais-que-perf. ind. / cond. composto
▪ Se tivesse chovido mais, não teria havido seca.
▪ A votação teria sido diferente, caso não tivesse existido uma abstenção tão elevada.

(eu) no teu lugar + mais-que-perf. ind. / cond. composto
No teu lugar, não tinha/teria chegado atrasado no primeiro dia de aulas.

fraca probabilidade
or. coordenada com imperf. conj. (+ que/e) + imperf. ind. / cond. simples
▪ (Tu que) Acordasses mais cedo e não te tinhas/terias atrasado.
se/caso + condição + mais-que-perf. ind. / cond. composto
▪ Se tivesses podido contactar alguém, a quem tinhas/terias telefonado?
▪ Tinhas/Terias guardado segredo, caso tivesses sabido antes?

(tu) no meu lugar + mais-que-perf. ind. / cond. composto
▪ O que tinhas/terias tu feito no meu lugar?
estar habilitado(a) para
▪ O Jorge está habilitado para o ensino.

ter proficiência
▪ A Célia tem proficiência quase nativa em diversas línguas.

ser proficiente
▪ Atualmente, não basta ser proficiente numa área para ter um emprego.

ter um dom para
▪ A Sandra tem um dom para as línguas.

ser dotado
▪ O Joaquim é muito dotado para a culinária!
não estar habilitado(a) para
▪ A Dora não está habilitada para este cargo.

ter falta de proficiência
▪ O teste revelou falta de proficiência no domínio da leitura.
proficiência
▪ Qual é o teu nível de proficiência em espanhol?

estar habilitado para
▪ O Júlio estará habilitado para desempenhar esta função?
ter necessidade/obrigação de
As crianças têm necessidade de dormir muito.
▪ Os médicos têm a obrigação de informar os pacientes.


é minha/nossa obrigação
É nossa obrigação respeitar os animais.

ser obrigado a
O trabalhador é obrigado a justificar as suas faltas.

obrigar/obrigar-se a
O acidente obrigou ao corte da estrada.
Obrigo-me a levantar cedo, porque sei que é bom para a saúde.

necessariamente/ obrigatoriamente
As visitas são, obrigatoriamente, entre as 12h e as 16h.

haver que + inf.
▪ Há que terminar este relatório ainda hoje.

forçosamente/imperativamente
▪ Esses textos devem imperativamente ser revistos antes de serem publicados.
não ter necessidade/obrigação de
Não tens obrigação de ficar à espera, podes ir.

não ser obrigado a
Não és obrigado a estar presente na reunião.

nada/ninguém me obriga a
Nada me obriga a fazê-lo, mas acordo todos os dias às 6h.

não haver que + inf.
▪ Não há que ficar preocupado.
ter necessidade/obrigação de
Tens necessidade de comprar outros sapatos?

ser obrigado a
Foste obrigado a pagar uma multa?

obrigar/obrigar-se a
O que obrigou ao fecho da empresa?
Alguém te obrigou a assinar o contrato?
dar/ter (o meu/a minha) permissão/autorização/ consentimento
Dou-te a minha autorização.
▪ Tens o meu consentimento.


não permitir (a alguém) que + conj.
Não te permito que me fales assim.

proibir alguém de
Proíbo-te de veres televisão durante uma semana.

interditar
As autoridades interditaram todos os acessos ao local do acidente.
(não) importar-se/incomodar se + imperf. conj.
▪ Não te importavas se eu ficasse em tua casa uns dias?
▪ Incomodava-te se eu abrisse a janela?

será que poderia + inf.
▪ Será que poderia ser eu a levar o carro hoje?

há algum problema/ inconveniente em + inf. pes.
▪ Há algum problema/ inconveniente em adiarmos a reunião?
dando permissão
▪ Com todo o gosto/prazer.
▪ Da minha parte, não há qualquer inconveniente.
▪ Nem precisavas de pedir.
Já sabes que podes contar sempre comigo.
▪ Ora essa, estás à vontade.

negando permissão
▪ Receio que não seja possível.
▪ Temo que não o possas fazer.
quero lá saber
▪ Quero lá saber que seja proibido.

questionando

quem é + para proibir/impedir
▪ Quem és tu para me impedires?
ter/dar ganas de
▪ Tive ganas de lhe bater!
▪ Dá-me (cá) umas ganas de apanhar o primeiro avião...


morrer / matar / dar a vida / a mão direita / dar tudo (imperf. ind.) + por
▪ Matava por um cerveja fresquinha!
▪ Dava um braço para ter a sorte que ele teve!

ir/cair (mesmo/nada) bem / vir (mesmo/nada) a calhar
▪ Uma partida de cartas ia mesmo bem (agora).
▪ Não vinha nada a calhar uma tarde de reuniões!


Deus queira / Queira Deus + conj.
▪Deus queira que este temporal acabe depressa!

por nada deste mundo / desta vida (frase neg.)
▪ Não queria estar no teu lugar por nada deste mundo!

morrer de vontade de
▪ Morro de vontade de visitar Paris!
ganas
▪ Não tiveste ganas de tentar a desforra?

imperf. ind.
[(não) ir (mesmo) bem / cair (mesmo) bem / vir (mesmo) a calhar]
▪ Uma corridinha na areia não ia/caía bem agora?
▪ Um feriado não (te) vinha mesmo a calhar?
estar nos planos / ter ideias (de)
▪ Não tenho ideias de alterar o que quer que seja.
▪ Comprar outro carro não está nos meus planos.


projetar/prever
▪ Não tinha projetado sair daqui no fim de semana.
▪ Tinha previsto acabar o relatório naquela tarde.


propósito
▪ Telefonaram com o propósito de o convidar.

contar
▪ Contava passar por tua casa mais tarde.
estar nos planos / fazer ideias (de)
▪ Está nos vossos planos um investimento deste valor?
▪ Fazes ideias de abandonar o cargo?


projetar/prever
▪ Prevês jantar connosco hoje?

propósito
▪ Com que propósito fizeram issso?

contar
▪ Contas sair mais cedo do trabalho durante esta semana?
ser louco por / ficar louco com
▪ Ela é louca pela cultura japonesa.
▪ Ficam loucos com o futebol!


delirar com
▪ Deliro com música africana!

não suportar + GN/inf.
▪ Não suporto cabrito!
▪ Não suporto conduzir em grandes cidades!


não suportar + que + conj.
▪ Não suporto que me mintam.

como (em frase exclamativa)
▪ Como é bom/maravilhoso estar de volta!
▪ Como amo o cheiro a terra molhada!
não suportar
▪ O que (é que) não suportas que te peçam para fazer?
▪ Que palavras não suportas ouvir?
or. condicional
▪ Se me derem a escolher, prefiro evitar essa responsabilidade.
▪ Se tiver opção/Tendo opção, prefiro não comparecer.


se eu fosse a + imperf. ind. / cond.
▪ Se eu fosse a ti, escolhia a casa com jardim.

imperf. ind. / cond. + antes
▪ Por mim, íamos antes amanhã.
▪ Eu escolheria antes aquela sopa.
or. condicional
▪ Se te dessem a escolher, para onde ias de férias?
▪ Se tiveres opção, vais discursar na festa?


se fosse(s) eu + imperf. ind. / cond.
▪ Se fosses eu, o que é que fazias?

(prep.) qual de + GN + gostar/preferir
▪ Qual dos horários preferiste fazer?
▪ Com qual dos dois preferiste ficar?
▪ De qual das histórias é que gostaste mais?
▪ Qual das duas gostaste mais de ouvir?
estar/ficar/sentir-se contentíssimo/felicíssimo por + inf. pes.
▪ Estou felicíssimo por me teres vindo visitar!

estar/ficar eufórico (com + GN / por + inf.)
▪ O jogador premiado ficou eufórico!

encher de alegria/felicidade
▪ O Natal é uma época do ano que me enche de alegria.

dar uma (grande) alegria
▪ O Vicente deu uma grande alegria aos pais quando terminou os estudos.

ter o(a) gosto/prazer/ satisfação/alegria
▪ Tive a alegria de assistir a um concerto desta fadista.
entreter-se / estar entretido
Estivemos toda a tarde entretidos a ver filmes.

desfrutar (+ adv.) de + GN
▪ Desfrutei muito das minhas férias.


foi + GN (valor temporal) + (adv.) bem passado
Foi um domingo muito bem passado!

ser um prazer
▪ É um prazer estar de volta a casa!

dar gozo/prazer
▪ Dá-me cá um prazer derreter o chocolate na boca!
(nem sabes/imaginas) o quanto/como ficar (mais) aliviado + or. adv. temporal (ao + inf.)
▪ Nem sabes o quanto fiquei aliviado ao saber que chegaste bem.
não perder a esperança
▪ Não percas a esperança.

confiar plenamente + em GN / que
▪ Confiamos plenamente que atingiremos os nossos objetivos.

contar com + GN / contar + inf.
▪ Conto com a tua ajuda.
▪ Conto acabar o curso este ano.


estar em crer que
▪ Estou em crer que eles cumprirão o que prometeram.

levar a/fazer crer
▪ Tudo leva a crer que o suspeito é culpado.

oxalá (que)
▪ Oxalá ele não se atrase para a reunião.
é admirável/incrível/fascinante que + conj.
É admirável que chova tanto em pleno verão!

é admirável/incrível/fascinante + or. interrog. indireta
▪ É incrível como danças bem!
▪ É fascinante o que este jogador faz com a bola!

encher de orgulho
▪ Este resultado encheu a equipa de orgulho!
...
saber bem o que isso é / do que falas
▪ Se precisares de alguma coisa, diz. Sei bem o que isso é.
▪ Sei bem do que falas!

já passar por
▪ Já passei por isso e sei que não é nada fácil.
(não) suscitar interesse/entusiasmo
▪ Artigos científicos não me suscitam grande interesse/entusiasmo.
querer lá saber
▪ A Carlota vai faltar amanhã? Quero lá saber disso para alguma coisa!

dar na mesma
▪ Dá-me na mesma ir ao supermercado agora ou amanhã.
estar/ficar/sentir-se tristíssimo/infelicíssimo por + inf. pes.
▪ Fiquei infelicíssimo por teres ido embora.

estar/ficar sem ânimo com + GN
▪ A Luísa ficou sem ânimo com a partida da irmã.

estar/ficar sem ânimo por + inf. pes. composto
▪ Estou sem ânimo por ter ficado sozinha.

desgosta-me + GN / que + conj.
▪ Desgosta-me que os meus pais estejam sempre a discutir.
▪ O teu comportamento desgosta-me.


sentir desgosto por
▪ Sinto um grande desgosto por me terem enganado.

sofrer (+ adv.) com + GN
▪ O Gustavo sofreu muito com o divórcio dos pais.

sentir pena por
▪ Sinto pena pela Lígia, por causa da sua separação.

encher de tristeza
▪ A notícia da sua morte encheu-me de tristeza.

dar um desgosto
▪ Deu-me um desgosto tão grande saber que te ias embora.
ser/estar/ficar/sentir-se aborrecidíssimo (com/por + GN/inf.)
▪ Este filme é aborrecidíssimo.
▪ Fiquei aborrecidíssimo com o teu atraso.
▪ Fiquei aborrecidíssimo por teres faltado ao jantar.


que aborrecido/desagradável/ aborrecimento + inf. / que + conj.
▪ Que aborrecido estar sempre com as mesmas pessoas.
▪ Que desagradável trabalhar nestas condições!

▪ Que aborrecimento que tenhamos de passar as férias em casa.

estar farto de que + conj.
▪ Estou farto de que os meus pais estejam sempre a dar-me ordens.

não suportar + GN / que + conj.
▪ Não suporto falsidades.
▪ Não suporto que me digam mentiras.


basta de + inf. pes.
▪ Basta de nos tratarem como se fôssemos analfabetos.

morrer de aborrecimento
▪ Morri de aborrecimento durante as férias.
estar/ficar assustadíssimo/ preocupadíssimo (com/por + GN/inf.)
▪ Fiquei preocupadíssimo por teres ido viajar sozinha.

estar/ficar aterrorizado/ apavorado com + GN / por + inf.
▪ Estou aterrorizado com a ideia de ir falar em público.

estar/ficar aterrorizado/ apavorado por + inf.
▪ Estou apavorado por ir andar de avião.

ter pavor de + GN/inf.
▪ Tenho pavor de escorpiões.

morrer de medo
▪ Morro de medo de ter uma doença grave.
apanhar uma desilusão com
Apanhei uma desilusão com o concerto.

não ter a ilusão/ilusões
Já não tenho a ilusão de encontrar uma alma gémea.

perder a esperança
Já perdi a esperança de ter filhos.

não ser o que / como imaginava
A viagem não foi o que eu imaginava.
estar/ficar zangadíssimo/ indignadíssimo (com + GN / por + inf.)
▪ Estou zangadíssimo por não me terem dito que iam chegar tarde.

indigna-me/revolta-me/ enfurece-me + GN / que + conj.
▪ Indignam-me as situações de injustiça no trabalho.
▪ Indigna-me que as pessoas não sejam honestas.
▪ Enfurece-me que finjas que não estás a ouvir.


ser revoltante
▪ As situações de violência doméstica são revoltantes.

é de ficar indignado com
▪ É de ficar indignado com a prostituição infantil.

morrer de raiva
▪ Fiquei morta de raiva quando descobri que ele me enganava.
dar/meter (cá) uns nervos
Dá-me cá uns nervos quando as pessoas são mentirosas!

um ataque de nervos
▪ Sinto-me à beira de um ataque de nervos.

uma camada de nervos
▪ Duas horas no trânsito valeram-me uma camada de nervos!

perder a paciência
Perdi a paciência e resolvi abandonar a sala.

perder o controlo de
▪ A equipa perdeu complementemente o controlo do jogo.
é de estranhar/espantar que + conj.
▪ É de estranhar que não saibas andar de bicicleta.

estar/ficar sem palavras
▪ Estou sem palavras.

parecer mentira
▪ Parece mentira o que lhe aconteceu.

não (poder) imaginar (imp. ind.)
▪ Não podia imaginar uma coisa destas!

não contar com + GN / não contar + inf.
▪ Não contava com esta notícia!
▪ Não contava ver-te por aqui.


estar/ficar estupefacto/ pasmado/atónito/boquiaberto/ perplexo
▪ Fiquei estupefacto!
▪ Estou perplexo com o que me disseste.
▪ Todos ficaram boquiabertos quando a Maria João disse que se ia despedir.
resignar-se
▪ A minha mãe já se resignou a viver sozinha.

não há (mais) remédio
▪ Não devia ter mudado de casa, mas agora já não há remédio.

exclamativas de resignação
▪ Será o que tiver de ser!
sentir vergonha de/por
Sinto vergonha de mim próprio.
▪ Sinto vergonha por ter sido repreendida em público.


passar uma (grande) vergonha
Passei uma grande vergonha no dia da reunião com o diretor.
Que vergonha que passei!

ficar com vergonha / ter vergonha só de pensar em
Tenho vergonha só de pensar no que aconteceu.

ficar corado(a)
▪ A Ana ficou corada com tantos elogios.

corar de vergonha
Até corei de vergonha quando olharam todos para mim.

morrer de vergonha
Morro de vergonha com o que aconteceu!

ficar sem saber o que dizer/fazer
▪ Ele pôs-se a elogiar-me e eu fiquei sem saber o que dizer.
ter de + inf.
▪ Tinha de ter ficado com ele naquele momento.

dever (imperf. ind. / cond.) + inf.
▪ Devia ter ficado quieta.

arrepender-se (quantif.) de + GN / or. sub.
▪ Arrependo-me muito desta decisão.
▪ Arrependo-me tanto do que disse à Fátima.


saber (imperf. conj.)
▪ Se tivesse sabido, não tinha vindo por este caminho.

dizer-se/mostrar-se arrependido
▪ A Glória mostrou-se arrependida por ter mentido.
...
sentir fadiga / estar fatigado
Ultimamente, tenho sentido uma enorme fadiga.

dar um(a) + sensação física
Deu-me um sono ver aquele filme...

estar a morrer de + sensação física
Estou a morrer de frio!

sentir uma dor horrível
Quando me levantei, senti uma dor horrível no pescoço.

sentir uma(s) pontada(s)
Por vezes, sinto uma pontada nas costas e nem me consigo mexer.

estar/ficar (todo) dorido
▪ Fiquei todo dorido com o treino de ontem.

não poder mais
▪ Não posso mais!
...
o que poderia acontecer se
▪ Mas o que poderia acontecer se lhe contasses?

estar à espera
▪ Avança! De que é que estás à espera?

não vale a pena + inf. pes.
▪ Anda lá, não vale a pena ficares com essa cara.

pelo menos + or. declarativa
▪ Pelo menos fizeste o que podias.

correr riscos
▪ Há que correr riscos de vez em quando.
...
interrog. introdutória
▪ Dá para falar contigo agora?

ora então / pois bem
▪ Ora então / Pois bem, falamos agora um segundinho.
referir-se a
▪ No que se refere aos resultados correntes, as estimativas apontam para um valor negativo.

a propósito de
▪ A propósito do concerto de ontem, li um artigo fabuloso sobre a próxima digressão deles.
referir-se a
▪ No que se refere aos resultados correntes, as estimativas apontam para um valor negativo.

a propósito de
▪ A propósito do concerto, li um artigo fabuloso sobre a próxima digressão deles.

concluir/terminar/finalizar (último assunto)
▪ Concluindo / Para finalizar, vamos só abordar o tema da sustentabilidade na empresa.

adicionando tema/assunto
além do mais
▪ Além do mais, tenho ainda de referir um outro assunto importante...

[- formal]
[interrog.]
▪ Já chega desta conversa?
▪ Já chega de futebol?


[calar-se]
▪ Já te calavas com esse assunto / essa conversa...
embora
[- formal]
▪ Embora (lá) voltar ao assunto que estávamos a discutir...

faltar + ref. a tema/assunto anterior
▪ Falta ainda rever um detalhe sobre o encontro de amanhã…
não esquecer (imperativo)
▪ Não te esqueças do que estávamos a dizer, que entretanto ainda não te contei que ontem...

fechando digressão
interrog.
▪ Onde é que ia (mesmo)?
ser de + salientar/sublinhar/ notar/constatar/atentar
▪ É possível, sim, mas é de salientar a dificuldade do trajeto.
▪ É de notar que eles fizeram um esforço enorme!

salientar/sublinhar/notar/ constatar/atentar/notar (se indeterminado)
▪ E constate-se como todos reagiram bem à notícia!

ter em conta/atenção (se indeterminado)
▪ E tenha-se (ainda) em atenção que o número de participantes tem vindo a aumentar.
não só… como também/ainda
▪ Não só pediu que fôssemos ao supermercado, como também/ainda que preparássemos qualquer coisa para jantar, porque está atrasado.
a título de exemplo
▪ Pode-se citar, a título de exemplo, os dois primeiros álbuns desta banda.

exemplificar/ilustrar
▪ E, exemplificando / para ilustrar o que disse anteriormente, passo a mostrar os seguintes dados:…

eis um exemplo
▪ Mariza: eis um exemplo do fado contemporâneo.
bem como
▪ Gostaríamos de ter ido, bem como tu terias gostado!

conforme
▪ Fez exatamente conforme tinha pensado!

ser a cara de
▪ A Luísa é a cara da irmã!

sair a
▪ Sais mesmo ao teu pai!

ter semelhança/parecença (com)
▪ Estes dois artigos têm semelhanças.

de maneira mais precisa/específica


▪ Até agora a família real ou, de maneira mais precisa, os príncipes eram questionados por uma minoria republicana.

isso quer dizer que


▪ Ele é muito introvertido. Isso quer dizer que só fala se for solicitado.

(dito) de outro modo/maneira
▪ Querem que aguardemos uma oportunidade melhor, ou dito de outra maneira, não temos o OK para avançar.
citação
palavras de
▪ Nas sábias palavras de Nietzsche: "Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura."

ipsis verbis
▪ E repito, ipis verbis, o que ele disse: "Esse resultado não significa nada!"


[Mónica: Então, há novidades?

Mário: Parece que houve um acidente grande na ponte...]

discurso indireto
GN + indagar/interrogar/ retorquir/replicar
▪ A Mónica indagou se havia novidades. O Mário retorquiu que parecia que tinha havido um acidente grande na ponte.

paráfrase
passiva
Quando indagado sobre novidades, o Mário replicou que lhe tinham chegado notícias de um acidente na ponte.
protestar veementemente
▪ Protesto veementemente!

ser inaceitável
▪ (Isso) é inaceitável!
sintetizando/resumindo + GN
Resumindo o debate, todos os participantes apresentaram opiniões relevantes.
Sintetizando os resultados, conclui-se uma melhoria nos desempenhos dos alunos.
por conseguinte/consequência
▪ Estas são substâncias perigosas e, por conseguinte, deve ser usado equipamento adequado.

daí que
▪ A mudança faz-se a partir dos mais jovens, daí que a campanha de sensibilização deva começar pelas escolas.

posto isto
Posto isto, não deixe de visitar esta atração da cidade.
desembuchar (imperativo)
[- formal]
Anda lá, desembucha!

o gato comeu-te a língua
▪ Então, o gato comeu-te a língua?

com um terceiro
poderias / importavas-te de falar com / dizer a alguém que
Poderias falar com a professora?
Importavas-te de dizer ao Ricardo que eu lhe ligo logo?
se + permitir (fut. conj.) (+ falar/dizer)
Se me permitir...

se + dar a oportunidade de (fut. conj.) + falar/dizer
▪ Se me der a oportunidade de falar...

após interrupção
se + permitir (fut. conj.) + continuar/acabar/terminar/ concluir
Se me permitir terminar...

se + dar a oportunidade de (fut. conj.) + continuar/acabar/ terminar/concluir (fut. conj.)
Se me der a oportunidade de concluir...
dar a palavra
dar a palavra
Tenho o prazer de dar imediatamente a palavra ao Sr. Presidente.

ter a palavra
Tem agora a palavra o representante dos trabalhadores em greve.
...
se + permitir (fut. conj.) + interromper / dizer uma coisa
Se me permitir interromper…

ter que interromper
▪ Vai-me desculpar, mas vou ter que o interromper.
com delicadeza
pedir que terminar
▪ Vai-me desculpar, mas vou ter que lhe pedir que termine a sua exposição.

com menos delicadeza
já te calavas
▪ Já te calavas, não era?

ficar de boca calada/fechada
▪ É bom que fiques de boca fechada!

(não quero ouvir) nem mais um pio
▪ Meninos, nem mais um pio!

fechar o bico / (ficar de) bico calado
▪ Fecha o bico!
▪ Agora bico calado!
ter de ir andando
▪ Bom, vou ter de ir andando.

manter em contacto
Vamo-nos mantendo em contacto.

obrigado pelo(a) tempo/ disponibilidade
Muito obrigado pelo seu tempo.

na escrita
[+ formal]
grato pela atenção
Grato pela vossa atenção.
ouvir mal / ser surdo
[- formal]
▪ Mas tu achas que eu oiço mal?
▪ Mas tu julgas que somos surdos?
estar a falar tão depressa/ falar assim tão depressa
▪ Estás a falar tão depressa que não consigo perceber-te.
▪ A falares assim tão depressa, ninguém te percebe.
...
...
...
...
quantas vezes tenho de dizer / repetir / voltar a dizer
▪ Mas quantas vezes tenho de repetir para estares calado?

o que eu disse foi + discurso indireto
O que eu disse foi para ligares quando chegasses.
...
o que estou a (tentar) dizer
O que estou a dizer é que não concordo com essa ideia.
querer/pretender chegar
Onde é que queres chegar?
para ser franco/sincero
Para ser franco, não aceito.

francamente/sinceramente
▪ Sinceramente, não acho que isso seja razoável.
...
...
...

futuro simples do indicativo

uso/valor
fórmula de cortesia
▪ Não me dirá, por favor, onde posso encontrar o Dr. Figueira?
expressão de ordem/desejo
▪ Farás o que eu te pedi.
▪ Contarás apenas a quem eu disser, ok?

condicional simples

uso/valor

expressão de indignação/surpresa (frases interrogativas ou exclamativas)
▪ Não seria possível fazerem-lhe semelhante coisa!!
▪ Quem diria que ele chegava a diretor?!


presente do conjuntivo

uso/valor
em orações independentes
expressão de desejo/vontade
▪ Tenha eu essa sorte!
expressão de hipótese
▪ Digamos/Suponhamos que não conseguimos o resultado esperado… temos de arranjar uma estratégia!

futuro composto do indicativo

forma
auxiliar ter no futuro simples do indicativo + particípio passado do verbo principal
▪ terás visto

uso/valor
ação futura anterior a outra também futura
▪ Quando chegares, eu já terei saído.
dúvida/incerteza/suposição sobre factos passados
▪ Ela terá gostado da viagem?
▪ No acidente de ontem terão morrido três pessoas.

condicional composto
uso/valor
dúvida/incerteza/suposição sobre factos passados
▪ Ela teria gostado da viagem?
▪ No acidente de ontem teriam morrido três pessoas.

pretérito perfeito composto do conjuntivo

forma
auxiliar ter no presente do conjuntivo + particípio passado do verbo principal
▪ tenha referido

uso/valor
ações ou factos já realizados em relação ao presente ou ao futuro
▪ Duvido que ele tenha referido essa questão na reunião.
▪ Espero que ele já tenha preparado as malas quando eu chegar.

futuro composto do conjuntivo

forma
auxiliar ter no futuro simples do conjuntivo + particípio passado do verbo principal
▪ tiver acabado

uso/valor
ação ou facto futuro concluído relativamente a outra ação futura
▪ Eles vão sair assim que tiverem terminado o relatório.

infinitivo pessoal composto

forma
auxiliar ter no infinitivo pessoal simples + particípio passado do verbo principal
▪ ter sabido

uso/valor
ação terminada em relação a outra, passada ou futura
▪ Gostava de ter sabido disso antes da reunião.
▪ Podemos falar com ela depois de termos todos os dados reunidos

gerúndio composto

forma
auxiliar ter no futuro do gerúndio + particípio passado do verbo principal
▪ tendo conseguido

uso/valor
ação concluída antes da ação expressa pelo verbo da oração principal (passada, presente ou futura)
▪ Tendo conseguido bilhetes, puderam/podem/ poderão assistir à ópera.

pretérito mais-que-perfeito simples do indicativo

forma
verbos regulares [-ar, -er -ir]
▪ falar (falara, falaras, falara, faláramos , falaram)
▪ comer (comera, comeras, comera, comêramos , comeram)
▪ abrir (abrira, abriras, abrira, abríramos , abriram)


verbos irregulares [-ar, -er -ir] (sempre formados a partir da 3.ª pess. pl. do p.p.s. do indicativo, substituindo-se -ram pelas terminações de pretérito mais-que-perfeito)
▪ dizer (dissera, disseras...), ter (tivera, tiveras...), fazer, trazer, vir...

uso/valor
exprime ação anterior a outra ação já passada
▪ Quando entrei na sala, já ele chegara.

exprime facto situado de modo vago ou impreciso no passado
▪ Mudara de país, fizera-se homem, casara e tivera filhos...agora era altura de voltar!

usa-se com valor de condicional
▪ Que fora de ti, se eu não estivesse aqui!

usa-se em expressões fixas (exclamativas)
▪ Quem me dera!
▪ Pudera!

ir (imperf.) + gerúndio
ação que quase se realizou
▪ Ele ia caindo, mas conseguiu segurar-se!
pronomes complemento
colocação do pronome

- antes da forma verbal
▪ Ele que me ligue quando chegar a casa.
▪ Bem te disse para ficares quieto.
▪ Que susto me pregaste! / uem te viu e quem te vê!
forma
outras formas demonstrativas
▪ mesmo, mesma, mesmos, mesmas
▪ tal, tal, tais, tais


uso / valor
com sentido equivalente a isto, isso, aquilo
▪ A equipa deu a volta ao resultado. Tal só foi possível com o empenho de todos.
▪ A Ana esteve sempre ao meu lado. Não posso dizer o mesmo do Pedro.
...
...
...
...
artigo definido
uso/valor
usos específicos (sem artigo)
- apostos apreciativos
- ideia de dispersão nas enumerações
- extensão do significado do nome
- valor enfático artigo indefinido
uso/valor
usa-se com nomes de pessoas (primeiro nome e apelido), para marcar indefinição de sujeito
▪ Acho que ele referiu um Francisco.

pode ocorrer com nomes geográficos, se estes aparecem qualificados
▪ um Portugal melhor
▪ numa Europa devastada
outras formas demonstrativas
▪ mesmo, mesma, mesmos, mesmas
▪ tal, tal, tais, tais

uso / valor
com sentido equivalente a este, esse, aquele
▪ O João mentiu-nos. Não esperava tal atitude.
▪ A Ana esteve sempre ao meu lado. Não posso dizer a mesma coisa do Pedro.
uso / valor
expressão de respeito / formalidade
▪ minhas senhoras e meus senhores

expressão de afeto
▪ minha querida, meu filhote
...
...
...
para exprimir situação
- no espaço
à altura de, ao alcance de, aos pés de, para lá de
▪ Não devemos deixar medicamentos [ao alcance das] crianças.
▪ A Rute vive [para lá de] Sintra.


- no tempo
▪ sob
▪ [Sob] os meses de inverno, todas as árvores ficaram despidas.


- na noção
▪ ante
▪ [Ante] as boas lembranças, resolveu ligar-lhe.
...
para introduzir orações subordinadas adverbiais, com diferentes valores
▪ mal…logo, à medida que, ao passo que, no momento em que, na altura em que
por muito…que
▪ se porventura, salvo se
▪ de forma que, de maneira que, de modo que


▪ [concessiva] Por muito empenhada que seja a Maria, não creio que consiga este emprego.
>
...
...
complemento indireto
pleonástico
- um dos complementos é obrigatoriamente pronome pessoal átono
▪ Quem [lhe] disse [a ela] que estávamos a organizar uma festa?

modificador
oracional
não finita (gerundiva - diferentes valores)
▪ Tendo sabido que vinhas, podia ter preparado um jantar especial.
...
ordem inversa (VS)
- nas orações absolutas construídas com verbo no conjuntivo e denotam ordem ou desejo
▪ (Que) Venha cá esse abraço!
▪ Chovam pedras e pedregulhos!

- nas orações subordinadas adverbiais condicionais sem conjunção
▪ Tivessem eles trazido os cães e agora não poderiam entrar.
▪ Viesse a chuva mais cedo e já não era necessário continuarmos a rega.
...
...
interrogativa direta parcial
- com sentidos não literais
▪ Achas que eu nasci ontem?

-
de natureza retórica
▪ Onde vamos parar com tanta violência?
exclamativa total
com diferentes marcadores
- não com valor de reforço de afirmação
▪ Diz lá que ele não merece um castigo!
▪ E então ele não me chega a casa às 4 da manhã!

exclamativa parcial
elemento exclamativo + oração com não com valor de reforço de afirmação
▪ Que difícil não deve ter sido a sua infância!

- se condicional + não com valor de reforço de afirmação
Se ela não chegasse sempre atrasada!
imperativa direta
infinitivo
▪ Virar à esquerda!

gerúndio
▪ Andando!
...
coordenada assindética
com valor expressivo
▪ Olhei para trás, acenei, subi para o comboio.
subordinada substantiva completiva
flexionada
iniciada por que
com função de complemento
- com verbos que ocorrem em colocação com nomes (dar / fazer pena, fazer falta...)
Faz falta que os jovens se interessem mais pela política.


- com verbos introduzidos por que ou se, com alterações de significado
▪ Os cientistas vão descobrir que há vida em Marte. / Os cientistas vão descobrir se há vida em Marte.

de infinitivo (pessoal )
- com diferentes verbos, com infinitivo pessoal composto
▪ O Ivo reconheceu ter sido muito teimoso.
▪ Os alunos lamentaram terem chegado atrasados à aula.


subordinada adjetiva relativa
- restritiva, com antecedentes nominais
cujo
▪ Conheci o escritor cujo livro foi premiado.

- explicativa, com antecedentes nominais
cujo
▪ Este livro, cuja leitura recomendo, foi escrito por um jovem escritor.

subordinada adverbial
causal
gerundiva
▪ Estando o país em alerta, resolvemos não sair de casa.

participial
▪ Lesionado, o atleta não participou na maratona.

devido a, devido ao facto de (+ infinitivo)
▪ Este livro foi um sucesso de vendas devido ao facto de ter recebido um prémio.

graças a, por culpa de (+ infinitivo)
▪ Ele tem dificuldade em respirar por culpa de fumar tanto.

temporal
mal...(logo) (+ indicativo / conjuntivo)
▪ Mal entrei em casa, apercebi-me logo de que alguém lá tinha estado.

à medida que, ao passo que (+ indicativo / conjuntivo)
▪ À medida que a economia melhora, o desemprego diminui.

no momento em que, na altura em que (+ indicativo)
▪ Fez-se silêncio no momento em que ele subiu ao palco.

gerundiva
- gerúndio composto
▪ Tendo ouvido a notícia, telefonei à Maria.

concessiva
por muito...que (+ conjuntivo)
▪ Por muito empenhada que seja a Maria, não creio que consiga este emprego.

gerundiva
▪ Mesmo não gostando de calor, fui à praia.

participial
▪ Embora cansado, trabalhei até de madrugada.

condicional
se, caso (+ conjuntivo)
▪ Se tivesse chovido muito, não teria havido seca.

se porventura
▪ Teria ajudado o João, se porventura tivesse sabido da sua situação.

salvo se (+ conjuntivo)
▪ O contrato é automaticamente renovado, salvo se uma das partes decidir de outro modo.


▪ nada
▪ (in)existência
▪ dar lugar a
▪ materializar
▪ reencarnar
▪ surgir
▪ gerar, suscitar, despertar
▪ conceber, parir
▪ formar
▪ anular, suprimir, abolir
▪ extinguir(-se)
▪ assiduidade
▪ reaparecer
▪ comparecer
▪ ausentar-se
▪ disponibilidade
▪ dispor de
▪ carecer de
▪ comprometido(a)
▪ ocorrência
▪ evento, episódio
▪ suceder
▪ ponto
▪ quarteirão
▪ aquém, acolá
▪ fazer esquina com
▪ à altura de
▪ ao alcance de
▪ aos pés de
▪ à parte, de lado
▪ para lá de
▪ frente a frente
▪ cêntrico(a)
▪ perpendicular, paralelo(a), transversal
▪ pegado(a) a, ligado(a) a
▪ periférico(a)
▪ proximidade
▪ aproximação, distanciamento
▪ quarteirão
▪ para lá de
▪ inércia, inatividade
▪ trânsito, travessia
▪ avanço, retrocesso
▪ imobilidade, quietude, repouso
▪ agitação
▪ fluir
▪ espalhar(-se)
▪ deslocar(-se), encaminhar(-se)
▪ agitar
▪ fazer marcha atrás
▪ pôr(-se) em marcha/ movimento
▪ desatar a correr
▪ nómada
▪ imóvel, estático(a), movível
▪ trajetória, travessia
▪ encaminhar(-se) a
▪ orientar(-se), desorientar(-se)
▪ para lá de
▪ com/sem rumo fixo
▪ no/em sentido inverso
▪ de raíz
▪ surgir de
▪ ter raízes em
▪ originário(a), proveniente, oriundo(a)
▪ série, sequência
▪ penúltimo, antepenúltimo
▪ ordenar de maior a menor
▪ por ordem de importância/ chegada/altura
▪ sequenciar
▪ enfileirar
▪ minguar, estreitecer, alongar, encurtar, esticar, encolher
▪ minúsculo(a), maiúsculo(a)
▪ microscópico(a)
▪ milha, polegada
▪ pressão atmosférica
▪ altas/baixas pressões
▪ leveza
▪ peso bruto/líquido
▪ peso morto
▪ sobrecarga, sobrecarregar
▪ metro cúbico (m3)
▪ grossura
▪ esfera, cilindro, cone, cubo
▪ dar volume
▪ aumentar de volume/ capacidade
▪ vazar
▪ volumoso(a)
...
▪ frescura
▪ apanhar frio
▪ escaldar
▪ encalorado(a), friorento(a)
▪ térmico(a)
...
▪ biénio
▪ festividade, dia santo, efeméride
▪ ao cabo de X dias/anos semanas/meses
▪ a horas mortas
▪ alta noite
▪ a altas horas da madrugada
▪ lá pelas duas da manhã
▪ de agora/hoje em diante
▪ a quantos estamos?
▪ instantâneo, momentâneo
▪ jamais
▪ modernidade, atualidade
▪ novidade
▪ estar na moda
▪ há (que) tempos (atrás)
▪ em tempos idos
▪ ultrapassado(a)
▪ remoto(a), arcaico(a)
▪ futuro composto do indicativo
▪ ao cabo de X dias/anos semanas/meses
▪ de agora/hoje em diante
▪ previsão
...
▪ espaço/intervalo de tempo
▪ estadia, estada
▪ para toda a vida
▪ prosseguir
▪ provisório(a)
▪ perdurar
▪ passageiro(a), fugaz
▪ previsão, predição, prognóstico
▪ prematuro(a)
▪ madrugador(a)
▪ prematuramente
▪ sem mais demoras
▪ fazer-se tarde
▪ tardar em chegar
▪ tardio(a)
▪ tardiamente
▪ futuro composto do indicativo
▪ gerúndio composto
▪ anterioridade
▪ de antemão
▪ predecessor(a), precedente, antepassado(a), antecessor(a)
▪ ao cabo de X dias/anos semanas/meses
▪ sucessão, sucessor
▪ em retrospetiva
▪ causar/fazer/surtir efeito
▪ série, sequência
▪ sequenciar
▪ penúltimo, antepenúltimo
▪ no decurso de
▪ sincronização
▪ sincronia
▪ em uníssono
▪ coincidentemente
▪ procrastinação
▪ prorrogação
▪ diferimento
▪ procrastinar
▪ diferir
▪ diferido(a)
▪ ligeiro(a)
▪ expedito(a), diligente
▪ súbito(a)
▪ periodicidade
▪ em raras ocasiões
▪ de cada vez
▪ às meias horas, aos X minutos
▪ frequentar
▪ espaçado(a)
▪ ocasional
▪ bimensal, trimestral, semestral
▪ bimensalmente, trimestralmente, semestralmente
▪ espaçadamente
▪ ocasionalmente
▪ gerúndio composto
▪ sem interrupção, sem cessar
▪ prolongação
▪ para toda a vida
▪ dar seguimento a
▪ prosseguir
▪ perdurar, persistir
▪ permanecer, perseverar
▪ manter-se
▪ passar a vida a
▪ ininterruptamente
▪ e assim sucessivamente
▪ intermitência
▪ às meias horas, aos X minutos
▪ intermitente
▪ ocasional
▪ intermitentemente
▪ ocasionalmente
▪ sem cessar
▪ para toda a vida
▪ permanência, imortalidade
▪ constância, perseverança
▪ perdurar, persistir, preseverar, manter-se
▪ estar em vigor
▪ invariavelmente
▪ e assim sucessivament
▪ provisório(a), passageiro(a)
▪ provisoriamente
▪ vezes sem conta
▪ reproduzir
▪ reviver
▪ reaparecer
▪ redundante, recorrente
▪ sem precedentes
▪ sem igual
▪ singular
▪ desatar a + infinitivo
▪ ir + gerúndio
▪ abertura
▪ ponto de partida
▪ um princípio de
▪ dar início a, principiar
▪ originar(-se), surgir
▪ acabar por + infinitivo
▪ término, termo, finalização
▪ findar, concluir
▪ caducar, expirar
▪ pôr fim a
▪ extinguir(-se)
▪ finalizado(a)
▪ afinal de contas
▪ variação, alteração
▪ inovação, reforma
▪ (re)conversão
▪ transição
▪ evoluir, progredir
▪ reformar, inovar
▪ inovador(a), transformador(a)
▪ alterável
▪ repentino(a), súbito(a)
▪ subitamente
▪ múltiplo
▪ totalidade
▪ adicionar
▪ enumerar
▪ fazer a conta / o cálculo (por alto)
▪ adicionar
▪ uma série de
▪ uma mão-cheia de
▪ uma posta de
▪ montanhas/toneladas de
▪ bando, multidão, rebanho, manada
▪ adicional
▪ adicionalmente
▪ em linhas gerais
▪ em grande medida
▪ em que grau/medida
▪ à grande
▪ verdadeiramente
▪ inclusivamente, incluindo
▪ silhueta
▪ circunferência, elipse
▪ esfera, cubo, cone, cilindro, pirâmide
▪ pentágono, hexágono
▪ diâmetro
▪ dar forma, deformar, moldar
▪ arredondado(a), ondulado(a), achatado(a)
...
▪ [cor] pastel/bebé/berrante
▪ tonalidade
▪ matiz, gama
▪ desbotar, aclarar, escurecer
▪ desbotado(a)
▪ composição
▪ camurça, veludo
▪ granito, gesso, reboco, estuque
▪ chapa
▪ firmeza, flacidez
▪ porosidade
▪ plasticidade
▪ deformar(-se)
▪ amolecer, enrijecer, endurecer
▪ adquirir consistência
▪ suportar o peso/calor/frio
▪ inquebrável, quebradiço(a)
▪ poroso(a), compacto(a), maciço(a)
▪ teso(a), flácido(a)
▪ moldável
▪ oco(a)
▪ em perfeitas/péssimas condições
▪ estar pronto(a) a funcionar/trabalhar
▪ remate, acabamento
▪ forro
▪ ao natural, em bruto
▪ rematar
▪ lixar, polir, envernizar
▪ forrar, alcatifar
▪ lixado(a), polido(a), envernizado(a), forrado(a), alcatifado(a)
▪ impermeabilizado(a), isolado(a)
▪ metalizado(a)
▪ vintage
▪ deterioração, envelhecimento
▪ tendência, inovação, renovação
▪ antiguidade
▪ deteriorado(a)
▪ antiquado(a)
▪ asseio, saneamento
▪ lixeira
▪ empoeirado(a)
▪ impecável
▪ nojento(a)
▪ secagem
▪ neblina, névoa
▪ absorção
▪ infiltração
▪ a vapor
▪ encharcar, ensopar
▪ filtrar, infiltrar, verter
▪ pôr de molho, demolhar
▪ ressequido(a), árido(a)
▪ acessibilidade
▪ obstrução
▪ escancarar
▪ aceder
▪ (in)acessível
▪ ao tacto
▪ rugoso(a), sedoso(a)
▪ oleoso(a), peganhento(a), escorregadio(a)
▪ olhar de cima a baixo
▪ fraca/boa/má visibilidade
▪ saltar à vista
▪ à vista, à luz
▪ boa/má pinta
▪ discernir, divisar
▪ olhar de relance/soslaio
▪ dar uma vista de olhos
▪ distinguir, focar
▪ obscurecer, nublar
▪ invisual
▪ nítido(a), límpido(a), desfocado(a), opaco(a)
▪ audibilidade
▪ sussurro, murmúrio
▪ acústica
▪ aos (altos) berros
▪ voz rouca/sensual/ melodiosa/nasal/doce
▪ auditivo
▪ emitir
▪ ressoar
▪ mouco(a)
▪ duro(a) de ouvido
▪ estridente, ensurdecedor(a)
▪ degustação
▪ degustar
▪ fragância, essência, bálsamo
▪ chulé
▪ malcheiroso(a), fedorento(a)
▪ ter em pouca conta
▪ impagável
▪ precioso(a)
▪ valoração, apreciação, juízo de valor
▪ fora do normal
▪ avaliar, qualificar
▪ desprezar, recusar
▪ emitir um juízo de valor
▪ satisfatório(a), insuperável, admirável, brilhante
▪ lamentável, desastroso(a), penoso(a)
▪ fealdade, formosura
▪ bem-parecido, charmoso(a)
▪ vulgar
▪ tolerância, aceitação
▪ permitir, impedir, opor-se a
▪ desculpar
▪ (in)satisfatório(a), razoável
▪ ajuste
▪ adequar(-se), ajustar(-se)
▪ (des)ajustado(a), (in)apropriado(a), (in)oportuno(a), desproporcionado(a)
▪ contraindicado(a)
▪ convir
▪ apetecível
▪ retidão, (in)exatidão, (im)precisão
▪ defeito
▪ (des)acerto
▪ equivocar-se
▪ emendar, remediar
▪ erróneo(a)
▪ fiasco, fracasso, conquista
▪ triunfar
▪ triunfante, glorioso(a)
▪ competidor(a)
▪ proveito
▪ serventia
▪ não valer/servir/prestar para nada
▪ fazer falta
▪ conveniente
▪ prestável
▪ dom, proficiência
▪ habilitar
▪ ser proficiente
▪ estar habilitado(a) para
▪ dotado(a), instruído(a)
▪ relevância, alcance, gravidade
▪ ser igual ao litro
▪ trivial, crucial, vital
▪ padrão
▪ fora de série
▪ normalizar, regular
▪ rotineiro(a), corrente, convencional, standard, estabelecido(a), uniforme
▪ viabilidade
▪ agilizar
▪ (in)viabilizar
▪ viável
▪ árduo(a), problemático(a), incompreensível
▪ arduamente
▪ sabedoria, juízo, critério
▪ consciência
▪ perspetiva
▪ distração, ignorância, desconhecimento
▪ sensação, intuição, suspeita
▪ pesadelo, alucinação, ilusão
▪ associação de ideias
▪ levar/ter em consideração, ponderar
▪ reconsiderar, raciocinar
▪ deduzir, associar
▪ suspeitar, intuir
▪ ter em mente
▪ omitir
▪ chegar a uma conclusão
▪ despistado(a), distraído(a)
▪ sábio(a), ignorante, lúcido(a), intuitivo(a), razoável
▪ proposição, tese, postura
▪ protesto, advertência
▪ intervenção
▪ síntese, esboço
▪ ditado, frase feita
▪ difundir, transmitir, emitir
▪ verbalizar, expor, sintetizar
▪ nomear
▪ pronunciar
▪ comandar
▪ debater, sustentar, manter
▪ intervir, contrapor
▪ retificar, esclarecer
▪ especificar, assinalar, manifestar
▪ repreender, censurar
▪ defender, acusar
▪ referir-se a, indicar
▪ pseudónimo
▪ heterónimo
▪ rubrica
▪ certidão de nascimento/casamento/óbito
▪ residir, habitar, arrendar
...
...
▪ moço(a), pessoa de idade, anciã(o)
▪ trintão(ona), quarentão(ona)
▪ trinta/quarenta/cinquenta… e tal/muitos/poucos
...
▪ cônjuge
▪ casamento de conveniência
▪ solteirão(ona)
▪ anulação de casamento
▪ segundas núpcias
...
▪ estabelecimentos de ensino:
— conservatório
— liceu

▪ graus académicos:
— licenciatura pré-/pós-Bolonha
▪ bolseiro
▪ corpo docente
▪ pedir equivalência/reconhecimento de grau superior
▪ trabalho de investigação
▪ defender a tese
▪ interno(a), suplente, estagiário(a)
▪ entidade patronal
▪ estar a recibos verdes
▪ ter uma avença
▪ ser pago à hora
▪ estágio (não) remunerado
▪ desempenhar/exercer o cargo de
▪ trabalhar a tempo inteiro/meio tempo
▪ acumular, delegar, centralizar, distribuir
▪ comissão de serviço
▪ mão de obra barata, especializada
▪ pequenas e médias empresas (PMEs)
▪ imposto sobre o rendimento das pessoas singulares (IRS)
▪ contribuições à segurança social
▪ imposto sobre o valor acrescentado (IVA)
▪ picar o ponto
▪ (dar) tolerância de ponto
▪ vencimento líquido, ilíquido
▪ cônjuge
▪ antepassados, parentes
▪ árvore genealógica
▪ família monoparental
▪ devoto(a), beato(a), mártir, penitente
▪ missionário(a), profeta
▪ fanatismo, heresia, fundamentalismo
▪ reencarnação, ressurreição, imortalidade, eternidade, salvação, redenção, penitência
▪ pecado mortal/capital
▪ bendito, sagrado, divino
...
▪ ter olheiras
▪ ter caspa
▪ ter sardas, ser sardento(a)
▪ caracóis, ondas, madeixas
▪ alisar, encaracolar, arranjar o cabelo
▪ constituição física
▪ nariz afilado/fino/achatado/empinado
▪ lábios finos/grossos/carnudos
▪ ter boa/má cara
▪ robusto, corpulento
▪ ingénuo(a), fiel, esperto(a), idiota, convencido(a), bruto(a), poupado(a), gastador(a), falso(a), malcriado(a), tolerante
▪ ser fácil/difícil de se lidar
▪ ter a mania que se é…
▪ não ter amor próprio
▪ não ter personalidade
▪ tipos de habitação:
— propriedade
— terreno
— palacete

▪ casa em ruínas, a estrear, em construção
▪ remodelar, ampliar, reconstruir
▪ arranjar, reparar
▪ pôr/meter parquê, piso de cerâmica/madeira
▪ preço por metro quadrado (m2)
▪ renegociar a hipoteca/o empréstimo
▪ hóspede, caseiro(a)
▪ decoração de interiores
▪ tinta de interior mate/acetinada
▪ colocar papel de parede
▪ colocar alcatifa
▪ peças de mobília:
— cadeira de baloiço
— vitrine
— aparador
— móvel compacto

▪ carpete, passadeira, estore, persiana, mangueira
▪ (conjunto de) loiça, trem de cozinha, jogo de panelas
▪ utensílios domésticos:
— espumadeira
— ralador
...
▪ eletrodomésticos:
— televisão de ecrã curvo/full HD/plasma
▪ equipamentos:
— termoacumulador
▪ manutenção, conselhos de utilização, garantia
▪ município, localidade, freguesia, autarquia
▪ residente, munícipe, autarca
▪ geografia urbana:
— periferia
— rua/beco sem saída
— cidade dormitório
— entroncamento

▪ espaços e estruturas:
— mobiliário urbano
— calçada

▪ cívico, metropolitano
▪ geografia rural:
— aviário
— curral
— pocilga
— terreno

▪ pecuária, pastorícia
▪ equipamentos/serviços agropecuários
▪ comércio agroalimentar
▪ gado suíno, ovino, bovino, caprino
▪ horticultura
▪ geografia física:
— litoral
— baía
— manancial
— ravina
— desfiladeiro
— pradaria
— savana
— foz (de um rio)

▪ sopé/pico (de uma montanha)
▪ acidentado, frondoso, silvestre, árido, caudaloso
▪ longitude, latitude
▪ fauna
▪ besta
▪ animal vertebrado/invertebrado, carnívoro/ herbívoro/omnívoro
▪ gado suíno, ovino, bovino, caprino
▪ ninhada, cachorro, cria
▪ manada, rebanho, matilha
▪ aviário, curral, pocilga, casota, estábulo, gaiola
▪ ançaime, trela, coleira, ração, sela
▪ penugem
▪ flora
▪ líquene
▪ folha caduca/persistente
▪ tubérculo, vagem, caule
▪ botânica
▪ vegetação frondosa/densa/exuberante
▪ germinar
▪ clima rigoroso
▪ forte/fraca precipitação
▪ alta/baixa pressão
▪ chuva torrencial/persistente
▪ temperatura elevada/moderada/extrema
▪ rabanada/rajada de vento
▪ dilúvio, tormenta, vendaval
▪ monção
▪ estação seca/chuvosa/das chuvas
▪ tarefas domésticas
▪ dar um jeito à casa
▪ passar um pano pelos móveis/pelo chão
▪ ter a casa em ordem/num brinco
▪ arejar a casa
▪ lazer
...
...
▪ entretenimento, distração
▪ distrair-se, passar o tempo
▪ estar ocioso(a)
▪ diversão noturna
▪ saborear a vitória
▪ aceitar a derrota
▪ ser mau perdedor
▪ jogo sujo/limpo
...
...
▪ libreto
▪ tipos de espetáculo:
— opereta
— cantata
— performance
— espetáculo de marionetas

▪ exposição antológica/coletiva/itinerante/permanente
▪ certame
▪ representar um número
▪ torneio, competição
▪ final, meia-final, eliminatória
▪ oponente, adversário, derrotado
▪ subir ao pódio
▪ corretor(a), ilustrador(a), chefe de redação
▪ metáfora, ironia
▪ escrita criativa
▪ lírica
▪ trama, intriga
▪ manuscrito
▪ dedicatória, prólogo
▪ escola/género literário(a)
▪ edição especial/limitada/crítica
▪ livro de cabeceira/bolso
▪ análise/comentário de texto
▪ tipos de textos/livros:
— ensaio
— memórias
— fábula

▪ jornalismo de investigação
▪ ler nas entrelinhas
▪ folhear
▪ revista sensacionalista
▪ distribuição, periodicidade
▪ voo chárter/avião fretado
▪ cais (de embarque), plataforma, apeadeiro
▪ pista de aterragem
▪ veículo de transporte de mercadorias
▪ camarote
▪ meios de transporte:
— avioneta
— ferry
— camioneta
— descapotável
— todo-o-terreno
— transatlântico
— hidroavião
... ▪ rua de sentido único/sem saída
▪ faixa de aceleração
▪ traço contínuo/descontínuo
▪ (veículo) automóvel
▪ volante, espelho retrovisor/lateral, farol, pedal
▪ tubo de escape, para-brisas
▪ motor, embraiagem, acelerador, travão (de mão)
▪ meter a primeira/segunda/ terceira/marcha-atrás
▪ fazer uma manobra (perigosa)
▪ sentido obrigatório/único/proibido
▪ limite de velocidade
▪ respeitar/infringir o código da estrada
▪ ir fora de mão
▪ bate-chapas
▪ avaria, peça sobressalente
▪ seguro contra terceiros/todos os riscos
▪ ter cobertura de roubo/incêndio/assistência em viagem
...
▪ fazer uma escapadinha de fim de semana/a dois/em família
▪ roteiro, circuito, expedição
...
▪ saco isotérmico
▪ canivete suíço
▪ alça para mala
▪ nécessaire
▪ protetores auriculares
▪ extremidade superior/inferior
▪ ventre
▪ crâneo, cervical, clavícula, tíbia
▪ tímpano, córnea
▪ fossa nasal, couro cabeludo
▪ epiderme
▪ sistema linfático
▪ órgãos internos:
— cólon
▪ pontada
▪ estar dorido(a)
▪ exaustão, fadiga
▪ estar estoirado(a)/exausto(a)/de rastos
▪ estar sedento/esfomeado
▪ tremer
▪ ter tremores
▪ ter insónia
▪ acidez estomacal, azia
▪ dor crónica/aguda
▪ arder, dar/fazer comichão
▪ inflamação, inflamado(a)
▪ infeção, infetado(a)
▪ alívio, aliviar
▪ perder a consciência, ficar inconsciente
▪ dormente
▪ desinfeção
▪ champô antiqueda/anticaspa
▪ higiene pessoal/corporal/ íntima
▪ asseio/cuidado pessoal
▪ sujidade, falta de higiene
▪ ensaboar, enxaguar, esfregar, esfoliar
▪ esfoliação
▪ contágio, transmissão
▪ recaída, convalescença
▪ diurético, laxante, dietético, nutritivo
▪ agravar, agudizar, incubar, degenerar
▪ estado delicado
▪ colocar um(a) implante/prótese
▪ nomes de doenças e condições médicas:
— psicose
— hérnia
— cataratas
— pedra na vesícula / nos rins
— anorexia
— anemia
— úlcera

▪ fratura, entorse, distensão muscular
▪ inflamação, infeção
▪ cicatrizar
▪ levar pontos
▪ história clínica
▪ exame físico
▪ patologia
▪ terapia
▪ nomes de especialistas:
— neurologista
— radiologista
— dermatologista
— fisioterapeuta

▪ doar sangue/um órgão
▪ transplante de órgãos
▪ enxerto de pele
▪ trabalhar por turnos, estar de guarda
▪ turno de(a) dia/tarde/noite
▪ vitrina, montra
▪ liquidação
▪ fabricante, produtor, comerciante, negociante, fornecedor
▪ denominação de origem
▪ garantia de qualidade/satisfação
▪ cliente da casa/habitual
▪ fornecimento
▪ atender clientes
▪ ponto, passajar, remendar
▪ modelo, passarela, desfile de moda
▪ decotado, justo, folgado
▪ bordado, renda
▪ veludo, bombazina, fazenda
▪ gola, colarinho
▪ botins, sapatilhas, sabrinas
▪ atacador, velcro
▪ tacão, biqueira, cunha
▪ camurça
...
▪ palete de leite, grade de cerveja, resma de papel
▪ embalagem a vácuo/de plástico
▪ produto enlatado/em conserva
▪ dentro/fora do prazo de validade
▪ consumir preferencialmente até/antes de
▪ preço de venda ao público (PVP)
▪ cheque ao portador/cruzado/em branco
▪ desembolsar
▪ efetuar/realizar um pagamento
▪ esbanjar dinheiro
▪ jejum intermitente
▪ perder/ganhar peso
▪ anorexia, bulimia
▪ antioxidante, aminoácido
▪ diurético, laxante, dietético, nutritivo
▪ suplemento/complemento vitamínico/dietético/ alimentar
▪ favorecer/interromper a digestão
▪ produzir acidez/gás/azia
▪ dieta macrobiótica
▪ embalagem a vácuo/de plástico
▪ produto enlatado/em conserva
▪ comilão(ona)
▪ ser bom garfo
▪ fazer/criar água na boca
▪ comer com os olhos
▪ leguminosa
▪ nomes de hortaliças e legumes:
— chicória
— canónigos
— couve lombarda/roxa/portuguesa

▪ cebolinho, hortelã-pimenta, funcho, tomilho
▪ nomes de frutos:
— mirtilo
— framboesa
— dióspiro
— pistacho
— pinhão
— caju

▪ nomes de laticínios:
— queijo curado/amanteigado
— leite evaporado

▪ nomes de alimentos de origem animal:
— iscas de fígado
— caras de bacalhau
— leitão

▪ nomes de peixes:
— robalo
— dourada

▪ nomes de mariscos:
— amêijoa
— lagostim
— choco
— ostra
— sapateira

▪ nomes de doces:
— cheesecake
— rebuçado
— queijada de leite/laranja

▪ guloseima
▪ nomes de bebidas:
— aguardente velha bagaceira/de medronho
— ginja
— vinho espumante
▪ taberna, casa de pasto
▪ cozinha de autor
▪ avinagrado, enjoativo
▪ tipos de pratos e acompanhamentos:
— açorda
— cataplana
— caldeirada
— empadão
— ensopado
— bife com ovo a cavalo

▪ cafetaria:
— bife panado no pão
▪ salgados:
— coxinha de frango
— croquete
— lanche
— folhado misto/de salsicha

▪ petiscos:
— amêijoas
— choco frito

▪ bebidas:
— fino
— panachê

▪ degustar vinho, degustação de vinhos
...
...
▪ centro de distribuição postal
▪ serviço porta-a-porta
▪ serviço de estafeta
▪ posta-restante
▪ envio em contra-reembolso/à cobrança
▪ franquia
▪ saqueta almofadada
...
▪ banca, banqueiro
▪ sistema bancário
▪ produto/entidade financeiro(a)
▪ fundo de investimento
▪ certificado de aforro
▪ serviços mínimos bancários
▪ domiciliar o ordenado/um pagamento
▪ fracionamento, pagamento fracionado
▪ cheque ao portador/em branco/visado/careca
▪ saldo credor/devedor
▪ terminal de pagamento automático
▪ polícia secreta
▪ guarda nacional republicana (GNR)
▪ perseguição
▪ operação stop
▪ teste do/soprar o balão
▪ prisão, captura, detenção, interrogatório, investigação policial
▪ ordem pública
▪ à paisana, de uniforme
▪ (não) ter antecedentes penais
▪ estar sob suspeita
▪ arguido(a), ré(u), testemunha
...
...
NÍVEL C2

com interlocutor desconhecido
forma de tratamento [+ formal] (em apresentação, conferência...)
Exmos. Senhores, passarei agora a palavra…
Ilustre Presidente, é com enorme honra...
Caríssimas Professoras, irei agora pedir...
▪ Minhas Senhoras e Meus Senhores, sejam muito bem vindos...
mostrando surpresa
▪ Bons olhos te vejam!
▪ O mundo é (mesmo) pequeno!
▪ Que inesperado / Que agradável surpresa encontrá-la aqui, D. Francisca!


solicitando contacto
[- formal]
▪ Dá cá um abraço / uma beijoca, rapaz!
com resposta a questão anterior + agradecimento e/ou (interrog.) retribuição
[Bons olhos o vejam!]
▪ É verdade! Não nos temos encontrado ultimamente! Como vai?

[Que surpresa boa, Dr. Santos!]
▪ De facto, meu caro! Folgo em vê-lo por aqui!

[E então (pá)? Andas desaparecido?]
▪ Olha quem fala!! (O) Que contas?
...
[- formal]
▪ Estás com cara de poucos amigos, passa-se alguma coisa?
▪ (Hoje) Acordaste com os pés de fora?! / Estás com os azeites?
▪ Que ar de felicidade é esse?
[+ formal]
▪ Gostava/Gostaria que enviasse saudações da minha parte a toda a equipa!
▪ Posso incumbi-lo(a) de dizer ao Sr. Fonseca que eu mando lembranças?
[+ formal]
[Posso pedir-lhe que envie saudações da minha parte à D. Marcela?]
▪ Far-lhe-ei chegar as suas simpáticas lembranças!
sugerindo compensação
O que é que posso fazer para compensar/remediar o que fiz?
na escrita / em contexto + formal
▪ Aceitaremos as suas desculpas, mas pedimos que, no futuro, tal não volte a suceder.
[+ formal]
▪ Sinta-se como se estivesse na sua própria casa!
▪ Queremos que saiba que é um enorme prazer tê-lo(a) aqui.

na escrita / em contexto + formal
▪ (Antes de mais) Queríamos dar-lhe as boas-vindas…
na escrita / em contexto + formal
▪ Venho transmitir-lhe as minhas sinceras congratulações...
▪ Gostaríamos de vos parabenizar pelo enorme sucesso deste projeto!
[- formal]
▪ Que os nossos maridos não fiquem viúvos!
▪ Acima — abaixo — ao centro — para dentro!
na escrita / em contexto + formal
▪ Faço votos de que tenham umas férias excelentes
▪ Fazemos votos de que o futuro lhe reserve um enorme êxito!
na escrita / em contexto + formal
▪ É com profundo pesar que expressamos os nossos mais sentidos sentimentos pela perda do vosso ente querido.
[- formal]
▪ Devo-te uma!
▪ Deus te pague!


[+ formal]
▪ Bem haja(m)!
▪ Posso incumbi-lo(a) de dizer ao Sr. Fonseca que eu mando lembranças?!

na escrita / em contexto + formal
▪ Venho, deste modo, expressar a minha mais profunda gratidão...

eternamente grato
▪ Ficar-lhe-ei eternamente grato.
[-formal]
▪ (Oh!) Por quem és!


na escrita / em contexto + formal
▪ Encontramo-nos à sua inteira disposição.
...
em contexto + formal
▪ É com muita honra/muito prazer que vos apresento o novo diretor, o Dr. Xavier Leitão.
interrog.
[+ formal]
Apresentar-me-ia ao novo diretor? Gostaria imenso de o conhecer.
interrog.
[+ formal]
Apresentar-me-ia o novo diretor? Gostaria imenso de o conhecer.
[+ formal]
▪ Se desejar que lhe apresentemos mais alguém, não hesite em dizer(-nos).
[- formal]
[Este é o Tiago, meu grande amigo!]
▪ Com que então tu é que és o Tiago!!
▪ Até que enfim nos conhecemos!
▪ Já era altura de nos conhecermos!

[+ formal]
[Posso apresentar-lhe o Dr. Ferreira?]
▪ É uma grande honra para mim ter a oportunidade de o conhecer!
[- formal]
▪ (Ora) baixa lá o volume!
▪ Diz lá isso de forma a que se entenda, agora!
[- formal]
▪ Truz-truz!
▪ (Ó da casa!) Posso ir entrando?
▪ Pode-se?
dando licença/permissão
[- formal]
[Pode-se?]
▪ És da casa, homem/mulher (Nem tens de perguntar)!

negando ou adiando licença/permissão
[- formal]
[Posso entrar?]
▪ Aguenta(-te) aí um bocado (que agora não me dá jeito)!
...
localização
periferia
A empresa está situada na periferia da cidade, não está?

paradeiro
Já se sabe qual é o paradeiro dos assaltantes?

localização relativa
à cabeça de/ nos confins de
▪ A terra dos teus pais é lá nos confins de Trás-os-Montes, não é?


deslocação/direção/distância
qual é o itinerário/que itinerário…?
Qual é o itinerário da viagem?
Que itinerário vamos seguir?
...
arredondar
▪ A tua classificação foi arredondada para cima ou para baixo?
...
causa
por alma de quê/quem
▪ Por alma de quem é que andas aqui?

por que carga de água
▪ Por que carga de água havemos de ir embora?
que tal + dar-se com
Que tal te dás com computadores?

sentir-se capacitado
Sentes-te capacitado para assumir o novo cargo?
alguém
por quem de direito
A legislação foi aprovada por quem de direito.
situar no espaço
localização
algures
A ação do filme passa-se algures na Austrália.

limítrofe
▪ Cascais e Sintra são concelhos limítrofes.

sítio do costume
[Onde vamos beber café?]
▪ Ao sítio do costume.

em terra de ninguém
Aquele pinhal fica em terra de ninguém.

em casa de (elipse)
[Onde é que estás?]
▪ Estou na minha mãe. (Estou na casa da minha mãe.)


localização relativa
ao virar da esquina
▪ A minha casa é ali ao virar da esquina.

ao alcance de/ da mão
▪ Os produtos tóxicos não devem estar ao alcance da mão das crianças.

nos confins de / no fim do mundo
▪ Os cientistas procuram cometas nos confins do sistema solar.

atrás do sol posto / em cascos de rolha
▪ A tua terra fica mesmo atrás do sol posto.

deslocação/direção
à deriva
▪ O barco andou uma semana à deriva.

distância
distar
▪ A casa distava três quarteirões da praia.
situar no tempo
aquando de
[Quando é que se conheceram?]
▪ Aquando da minha estada em Portugal.


mal
[Quando é que vais de viagem?]
▪ Mal entre de férias.

de algum tempo a esta parte
▪ De algum tempo a esta parte que tenho vindo a seguir a carreira desta atriz.

nos tempos que correm
▪ Nos tempos que correm é difícil encontrar trabalho.

chegado o momento
Chegado o momento, teremos de escolher um substituto para o cargo.
fracionar/fragmentar
▪ A propriedade será fracionada em dez lotes.

arredondar
▪ A classificação final será arredondada às unidades.

fomentar/incrementar
▪ A medida tomada visa incrementar o investimento no país.

abundar/escassear
As alterações climáticas fizeram escassear muitas espécies.

valorização/desvalorização/ abundância/escassez/ incremento/agravamento
▪ Assitimos a um agravamento da situação económica do país.

expressões quantitativas
trago/sorvo/punhado
▪ Bebi a cerveja de um só trago.
▪ O bolo levou um punhado de nozes e amêndoas.
gerúndio
[Como é que esta sopa fica assim tão cremosa?]
▪ Triturando tudo muito bem e juntando um pouco de natas.
causa
gerúndio composto
Tendo chovido pouco este ano, os agricultores tiveram prejuízos.
dar-se bem/mal com
O Leonardo dá-se muito bem com tecnologia.

sentir-se capacitado
Não me sinto capacitado para cumprir esta tarefa.
...
de forma indireta
não me digas que
Não me digas que vais morar para o estrangeiro!

com que então
Com quem então vais casar!

atreves-te a + inf....?
▪ Atreves-te a duvidar do que eu disse?

imaginava-te + prep./adv.
▪ Imaginava-te longe daqui.

correm rumores de que…
Correm rumores de que o jogador vai deixar o clube.

não estás a querer/pensar que
▪ Não estás a querer que termine o trabalho sozinho, pois não?


questionar a verdade da informação
não estás à espera que eu acredite que
Não estás à espera que eu acredite que deixaste de comer doces?

devo acreditar que
▪ Devo acreditar que não me estás a esconder alguma coisa?
...
enunc. prévio repetido + mas + inform. nova
[Estudaste muito para o teste?]
▪ Estudar, estudar, não estudei, mas consegui resolver os exercícios.

qual + inform. prévia
[O Bernardo estudou muito.]
▪ Qual estudou muito? Esteve foi a jogar computador.

qual quê
[O Vasco estudou muito?]
▪ Qual quê? Esteve foi a jogar computador.

inform. prévia + exp. intensificada
▪ Choveu muito? Choveu a potes!


inform. prévia + é pouco
Choveu muito é pouco. Choveu a potes!

permita-me/deixe-me que corrija...
[+ formal]
Permita-me que corrija essa informação. O número de alunos aprovado é bastante mais elevado.
não me digas que
Não me digas que vou ter de ser eu a ir pôr estas cartas ao correio?

já estava na altura de
Já estava na altura de ires pôr estas cartas ao correio.
ficar (+ adv.) agradecido se
Ficar-te-ia eternamente agradecido se me fizesses este favor.

nem imaginas o favor que me farias se
Nem imaginas o favor que me farias se pudesses ficar com o meu cão este fim de semana.
ficar (+ adv.) agradecido se
Ficar-te-ia muito agradecido se me pudesses ajudar.
ficar (+ adv.) agradecido(a) se
Ficar-te-ia muito agradecido se me deixasses levar o teu carro.
▪ Mãos ao alto!
▪ Fora daqui!


vou ter de ser eu
Vou ter de ser eu a lavar a loiça?

disjuntiva duplicada
Ou te calas ou vais para a rua.
acedendo a realizar o pedido
(Estou) sempre às ordens.
▪ Estou à tua inteira disposição.

acedendo a realizar o pedido com reservas
Farei todos os possíveis.
▪ Só por seres tu./Só por ser para ti.
▪ Só porque hoje estou bem-disposto...


recusando-se a cumprir o pedido (justificando)
[+ formal]
Receio não poder satisfazer o seu pedido.

[- formal]
Não queres mais nada, não?
▪ Sim, sim, podes esperar sentado.

(É que é) já a seguir.
▪ (É que) nem sonhes!
▪ (É que) nem pensar!

Nem morto!
...
...
...
...
...
...
...
na escrita
[+ formal]
ter o prazer / a honra de convidar
▪ Temos o prazer / a honra de convidar Vossa Excelência para a inauguração do novo museu.
estar à (inteira) disposição
▪ Estou à sua inteira disposição.

[- formal]
▪ Tu (é que) mandas.
▪ Aqui me tens!
aceitando a oferta/convite
Será para um mim um grande prazer/uma grande honra aceitar o seu convite.

recusando a oferta/convite (justificando)
[+ formal]
Receio ter de recusar a sua amável/gentil oferta.
[+ formal]
Solicitamos que confirmem a vossa presença com a maior brevidade.

[- formal]
Vens ou quê?
permita-me que sugira/proponha
Permita-me que lhe sugira outra opção mais vantajosa para si.

não era/seria mal pensado se
Não seria mal pensado se fizessémos o check-in pela Internet.
aceitando
▪ Agrada-me muito/imenso a tua sugestão.
▪ Será para um mim um grande prazer/uma grande honra aceitar a sua proposta.

hesitando
[Vens connosco?]
▪ Vocês voltam muito tarde?
▪ Já é tão tarde...

recusando, com justificação
[+ formal]
▪ Receio ter de recusar a sua proposta.

[- formal]
▪ Não me leves a mal.
aceitar/querer um conselho
▪ Queres um conselho? Não gastes tanto dinheiro em coisas de que não precisas.

quem sou eu
Quem sou eu para dar conselhos mas eu a ti iria ao médico.

podes/podias sempre
▪ Podias sempre mudar de emprego (se não estás contente).
...
preparar-se + consequência
Prepara-te, porque a viagem vai ser longa.

cuidado/olha que + consequência
Cuidado que ainda cais.
▪ Olha que cais, não subas para aí.

pron. pes. + lá sabes + consequência
▪ Tu lá sabes o que fazes, mas ainda te podes magoar com isso.
[+ formal]
ver-se obrigado a
Se não efetuar o pagamento, vemo-nos obrigados a suspender o serviço.

[- formal]
▪ Faz isso e verás o que acontece.
▪ Isto não vai ficar assim.
▪ Vais pagá-las.
...
(dar a) palavra (de honra)
Dou-te a minha palavra em como não se volta a repetir.
▪ Palavra de honra que não se volta a repetir.

firme compromisso
▪ Tem o nosso firme compromisso de que tudo correrá como esperado.
dar a palavra
▪ Dás-me a tua palavra que vais fazer o possível por estares cá amanhã?

firme compromisso
▪ Podemos contar com o seu firme compromisso de que tudo fará para resolver este assunto?
ser de opinião de que
Sou de opinião de que esta não é a melhor estratégia para aumentar as vendas.

na humilde opinião
Na minha humilde opinião, deveríamos tentar um novo modelo de funcionamento deste serviço.

estar em crer que
Estamos em crer que a nova lei irá introduzir melhorias no sistema educativo.

estimar/entender que
Estimamos que a atuação do Sr. Primeiro Ministro irá melhorar as relações comerciais entre os dois países
no teu/seu/vosso entender/ entendimento + or. interrog.
No vosso entendimento, o novo regulamento do concurso está adequado aos objetivos?

qual é a tua/sua posição sobre/relativamente a
Qual é a sua posição relativamente à nova lei do trabalho?

estimar/entender que + conj.
▪ Estima que possa resolver o problema informático rapidamente?
▪ Entende que se deva proceder ao encerramento da loja?


ver com bons olhos + GN/inf.?
Vê com bons olhos a mudança de governo?
▪ Vês com bons olhos realizar outro curso?
estimar que + conj.
Estimo que seja difícil concluir o projeto a tempo.

até que + gostar/não desagradar/não desgostar
▪ Até que gostei da experiência.
▪ Até que não desgostei do bolo.
(não) contar com aprovação
Podes contar com a minha aprovação.
▪ Não contes com a minha aprovação.


dar o aval
O chefe deu o seu aval para a realização da obra.

não ter nada a opor (em relação a...)
Não temos nada a opor em relação às propostas apresentadas.

não estar disposto a consentir / dar o consentimento
Não estou disposto a consentir que façam o que quiserem.

é uma boa ideia isso/essa de
É uma boa ideia isso de ir ao cinema logo.
▪ É uma boa ideia essa de irmos de férias para o Algarve.
apresentar felicitações
Queria apresentar-lhe as minhas felicitações.
▪ Permita-me que lhe apresente as minhas felicitações pelo seu trabalho.
censurar (+ adv.)
Censuramos completamente estas manifestações de racismo.
não levar a mal
Não levei (nada) a mal.
o que é que + parecer + isto/isso de
O que é que te parece isto de irmos fazer um cruzeiro?

parecer + bem (mal)/boa (má) ideia isso/essa de
Parece-vos boa ideia essa de fazer um trabalho sobre pintura?

contar com beneplácito/aprovação
▪ Conto com o seu beneplácito?
▪ Posso contar com o sua aprovação?
também entender assim / subscrever as palavras
[Para fazer um bom trabalho de investigação é preciso ler muito.]
▪ Subscrevo as tuas palavras.


também defender essa posição / ideia / ponto de vista
[Penso que hoje não é fácil mudar de emprego.]
▪ Também defendo essa ideia.


também estimar que + conj.
[Estimo que não seja viável acabar a tese até ao fim do mês.]
▪ Eu também estimo que não seja viável.

com firmeza

isso é indiscutível/inegável
[Penso que não é nada fácil hoje em dia comprar casa própria.]
▪ Isso é indiscutível.


não poder estar mais de acordo / não haver quem possa negar
[No meu entender, é fundamental ter formação superior para evoluir na profissão.]
▪ Não podia estar mais de acordo.


assim é que é falar
[A chave do sucesso profissional ou pessoal é a dedicação e o empenho.]
▪ Assim é que é falar.


estou contigo
[Penso que é melhor mudar o nosso método de trabalhar em grupo.]
▪ Estou contigo.


com reserva
concordar com quase tudo, à exceção de
[Para mim, a chave do sucesso profissional ou pessoal é a dedicação, o trabalho e a honestidade.]
▪ Concordo com quase tudo, à exceção da honestidade. Há pessoas muito honestas que não conseguem ter sucesso.
não o entendo assim / não entendo isso assim
[Para ser professor é preciso ser extrovertido.]
▪ Não o entendo assim.

não defendo essa posição / ideia / ponto de vista
[Acho que no trabalho não é possível fazer amigos.]
▪ Não defendo esse ponto de vista.

achar/pensar/crer que está(s) equivocado(a)
[Creio que não estamos a ter bons resultados porque os trabalhadores não estão empenhados.]
▪ Penso que estás equivocado.

com firmeza
estar + adv. + equivocado
[Creio que o Helder anda mesmo zangado comigo ultimamente.]
▪ Estás completamente equivocado.


não podia discordar mais
[No meu entender, é fundamental ter formação superior para ter sucesso.]
▪ Não podia discordar mais, conheço pessoas sem curso superior muito bem sucedidas.


ver-se obrigado a discordar (com isso)
[No meu entender, é fundamental ter formação superior para ter sucesso.]
▪ Vejo-me obrigado a discordar com isso. Conheço pessoas sem curso superior muito bem sucedidas.


isso não faz sentido / não tem fundamento
[Só as pessoas extrovertidas e comunicativas é que conseguem ter sucesso.]
▪ Isso não faz sentido. Há muitas pessoas introvertidas que têm sucesso.

isso não tem pés nem cabeça
[Acho que a Ana já não gosta do trabalho que está a fazer.]
▪ Isso não tem pés nem cabeça, ela adora o trabalho.


isso pensas/dizes tu
[A vida no campo é muito mais agradável.]
▪ Isso pensas tu! Não há nada para fazer.
até que ponto / em que medida concordas com?
Até que ponto concordas com a opinião da Rafaela?

or. declarativa + achar/considerar correto/adequado
O novo diretor acha que se deve mudar o regulamento interno. Consideras adequado?
or. declarativa + não o entende(s) assim / não entende(s) o mesmo?
No meu entender, esta lei não favorece os mais pobres. Não entende o mesmo?

acaso não tenho razão
Acaso não tenho razão ao dizer que o diretor foi muito injusto com o Lourenço?

tu me dirás se
Tu me dirás se ele não teve razão ao procurar outro emprego.
▪ Tu me dirás se a Carmo não fez bem em ir para o estrangeiro.
posicionar-se a favor/contra
Posicionamo-nos a favor de um novo acordo entre os trabalhadores e a direção da empresa.
estar ao corrente/a par de + GN
▪ Gosto de estar a par das últimas novidades.

conhecer como a palma da mão
Conheço este lugar como a palma da minha mão.

saber de trás para a frente
Sei esta música de trás para a frente.
não estar ao corrente / a par de
Não estou ao corrente da situação.

sabe-se lá
Sabe-se lá o que o futuro nos reserva.

vá-se lá saber
Vá-se lá saber como se pronuncia esta palavra em chinês.
(não) estar ao corrente / a par de
Estás ao corrente dos novos desenvolvimentos do projeto?

o que é feito de
▪ O que é feito do Joel?

[- formal]
pescar alguma coisa sobre
Pescas alguma coisa de computadores?
se bem me lembro/recordo
Se bem me lembro, termina hoje o prazo para a submissão de propostas.

se a memória não me falha
Se a memória não me falha, o jantar está marcado para as oito.

vir à memória
▪ Quando leio os livros deste escritor, vem-me à memória o tempo que vivi em África.
não vir à memória
Não me vem agora à memória o nome daquele ator.

ter uma branca
▪ Durante o teste, tive uma branca e não sabia o que responder.

debaixo da língua
▪ Não me estou a lembrar da palavra, mas tenho-a debaixo da língua.
(não) ter presente
Tens presente os resultados da última prova?

(não) vir à memória
O que te vem à memória quando pensas na tua infância?

(não) estar a ver
O meu primo é aquele rapaz alto e simpático. Não estás a ver quem é?
...
certeza
constar que
Consta-me que o José é uma pessoa muito responsável.

apostar (o que quiseres) que
▪ Aposto o que quiseres que ele vai ganhar as eleições.

definitivamente
Definitivamente, o João Pedro não te merece.

saber de fonte segura
▪ Sei de fonte segura quem será o novo treinador do clube.

pôr as mãos no fogo
▪ Ponho as mãos no fogo pela Idália. Ela nunca faria isso.

ou eu não me chame + nome
Vou conseguir terminar o trabalho a tempo ou eu não me chame Luís!
muito possível
tudo aponta/indica (para) que
Tudo aponta para que tenha sido ele o autor do crime.

levar a pensar
▪ O comportamento do João Paulo leva a pensar que ele é culpado.

sustentar a hipótese
As provas recolhidas sustentam a hipótese de crime.

possível
às tantas
Às tantas, tens as chaves no bolso.

impossível
no dia de são nunca (à tarde)
Eu só me caso no dia de são nunca!
muito provável
tudo apontar/indicar (para) que
Tudo aponta para que tenha sido ele o autor do crime.

levar a pensar
▪ O comportamento do Rafael leva a pensar que ele é culpado.

sustentar a hipótese
As provas recolhidas sustentam a hipótese de crime.

provável
às tantas
Às tantas, tens as chaves no bolso.

pouco/nada provável
no dia de são nunca (à tarde)
Eu só me caso no dia de são nunca!

ser altamente improvável
▪ É altamente improvável que ele regresse a tempo.
quão certo/possível/provável é
▪ Quão provável é que chova amanhã?
alta probabilidade
or. interrog. retórica + fut./pres. ind.
▪ Não vais fazer o relatório? Vamos ter que ter uma conversa.

or. infinitiva/participial/ gerundiva + pres./fut. ind.
A confirmar-se a visita do presidente, fortes medidas de segurança são/serão tomadas.
▪ Cumprido o objetivo, a equipa é/será recompensada.
▪ Havendo orçamento, mais pessoas são/serão contratadas.

fraca probabilidade
or. infinitiva/participial/ gerundiva + imperf./mais-que-perf. ind./cond. composto
▪ A confirmar-se a visita do presidente, fortes medidas de segurança serão tomadas.
▪ Cumprido o objetivo, a equipa será recompensada.
▪ Havendo orçamento, mais pessoas são contratadas.

or. coordenada com mais-que-perf. conj. + mais-que-perf. ind. / cond. composto
▪ Tivesses chegado atrasado e tinhas/terias tido problemas.
se + condição + pron. inter. + achar/pensar que + imperf. ind. / cond. simples
▪ Se não te tivesses mudado para Portugal, onde achas que estavas/estarias agora?

no caso de + inf. pes. + pron. inter. + achar/pensar que
▪ No caso de lhe contares a verdade, como achas que ele reage/reagirá?
▪ No caso de teres contado a verdade, como achas que tinha/teria reagido?
estar/sentir-se capacitado para
▪ Não me sinto capacitado para cumprir esta tarefa.


ser perito em
▪ Conheço uma pessoa perita em computadores dessa marca.

ser prendado
▪ A Alice canta, dança e ainda desenha lindamente. É muito prendado!
não estar/se sentir capacitado para
A Laura recusou chefiar a empresa, por não se sentir capacitada para tal.

não ter perícia/ ter falta de perícia
▪ O resultado da prova mostrou falta de perícia nesta modalidade.

ser inepto
▪ Sou completamente inepto nesta área.

ser um zero à esquerda
Sou um zero à esquerda na cozinha.
que tal + dar-se com
Que tal te dás com computadores?

sentir-se/não se sentir capacitado
Sentes-te capacitado para assumir o novo cargo?
sujeitar / estar sujeito a
Os infratores estão sujeitos a pagar uma multa até 100 Euros.

carecer de
▪ A notícia carece de confirmação.

não dispensar
▪ Esta informação não dispensa a leitura do regulamento.

ter/ser de carácter obrigatório
▪ A medida tomada entrará em vigor no próximo mês e é de carácter obrigatório
não sujeitar/não estar sujeito a
▪ Durante os voos, a compra de produtos não está sujeita a taxas.

não carecer
▪ A participação na conferência não carece de inscrição prévia.

dispensar / estar dispensado
Estás dispensado de comparecer à reunião.

estar isento
▪ As crianças estão isentas do pagamento de serviços de saúde.
carecer
Sabes se o documento carece de assinatura?

sujeitar
Todos os atletas foram sujeitos a testes médicos?

dispensar
Foste dispensado da reunião?
conceder (part. pass.)
Permissão/Autorização concedida.

proibir terminantemente
▪ Os médicos proíbem terminantemente a exposição solar entre as 11h e as 15h.

proibir expressamente
É expressamente proibido fumar dentro do edifício.
solicitar permissão/ autorização para
▪ Solicito a sua permissão/ autorização para utilizar a sala de informática.

pedir deferimento
▪ Pede-se deferimento.
dando permissão
▪ Não tenho qualquer objeção.
▪ O seu pedido foi deferido.
▪ Permissão/Autorização concedida.

negando permissão
[- formal]
É que nem te passe pela cabeça (fazer isso)!
▪ Podes tirar o cavalinho da chuva!
▪ Nem por cima do meu cadáver!
digas o que disseres
▪ Digas o que disseres, vou fazê-lo.

tanto se me dá
Tanto se me dá que não se possa tirar fotografias aqui.
mais-que-perfeito ind. / imperf. conj. + inversão do sujeito
▪ Tivera eu uma vida como a do Ricardo!
▪ Tivesse ela outra oportunidade!


estrutura clivada (com V ser)
[ir (mesmo/nada) bem / cair (mesmo/nada) bem / vir (mesmo/nada) a calhar]
▪ O que vinha mesmo a calhar era um franguinho assado!

[morrer / matar / dar a vida / dar a mão direita / dar tudo + por]
▪ Eu dava era a mão direita por esse bilhete!

[com: (o) ideal / (o) melhor/bom, bom]
▪ O ideal era que jantássemos e fôssemos ao teatro!


o que eu não fazer/dar (imp. ind. / cond.) + por/para (exclamativa)
▪ O que eu não dava/daria para voltar atrás!

aspirar a / almejar + GN/inf.
▪ Aspirávamos a um acordo que nos beneficiasse.
▪ Era natural que ele almejasse ser reconhecido!
aspirar a / almejar + GN/inf.
▪ Todos aspiravam ao sonho americano?
▪ Terias almejado outra ser um escritor de renome?
intento/intuito/desígnio
▪ As outras tinham por intento vencer a competição de dança.
▪ Farei o meu melhor com o intuito de equilibrar os resultados.
▪ Reunir-se-iam com o desígnio de encontrar uma solução.


passar pela cabeça
[- formal]
▪ Nem me passa pela cabeça fazer isso!

nem por sombras
[- formal]
▪ Nem por sombras ela deixaria de dizer o que pensava!
intento/intuito/desígnio
▪ Teriam o intuito de sair vencedores?

passar pela cabeça
[- formal]
▪ Não vos passa pela cabeça irmos uns dias para fora?
(in)satisfação/aversão/ repugnância/dissabor/ desprazer/desagrado
[dar/causar/provocar]
▪ Algumas texturas causam-me repugnância.

não me diz nada
[- formal]
▪ Os autores contemporâneos não me dizem nada! (Eu gosto mesmo é dos clássicos!)

encantar
▪ Ora aí está um assunto que me encanta!

não poder com
[- formal]
▪ Não posso com aquele fulano!

até que + gostar / não desagradar/desgostar
▪ Até que gosto de andar de barco.
▪ Até que não desgosto de fazer yoga.
(in)satisfação/aversão/ repugnância/dissabor/ desprazer/desagrado
[com dar/causar/provocar]
▪ O que é que (normalmente) vos causa/provoca desagrado?

encantar
▪ O que te encanta na literatura de hoje?
comparação
▪ (Não há) Nada como um belo passeio junto ao rio.
▪ Nada se compara à nossa paisagem costeira.


inclinar-se para / ter (mais) inclinação por
▪ Inclino-me mais para o cinema europeu.
▪ Tinha uma especial inclinação por literatura espanhola.
inclinar-se para / ter (mais) inclinação por
▪ Inclinas-te mais para este filme ou para aquele?
▪ Para qual dos dois te inclinas mais?
▪ Têm mais inclinação por doces ou por salgados?
congratular-se
▪ Congratulamo-nos pelo facto de as partes terem chegado a um acordo.

estar radiante (de alegria/ felicidade) com + GN / por + inf.
▪ O atleta está radiante com o resultado alcançado!

não caber em si de (tanto/a) contentamento/alegria/ felicidade
▪ Não caibo em mim de tanta alegria!

andar feliz da vida
▪ O Daniel anda feliz da vida com o novo trabalho.

dar saltos de alegria
▪ A Margarida deu saltos de alegria quando soube a nota do teste.
chorar a rir
▪ Chorei a rir com a anedota que a Amália contou.

partir o coco a rir
▪ Parti o coco a rir com aquela comédia!

rir a bandeiras despregadas
▪ Rimos a bandeiras despregadas a ver fotografias da nossa infância.
(já) não era sem tempo
Já não era sem tempo.

tirar um peso de cima
▪ Tirei um peso de cima ao entregar este trabalho!
a esperança é a última a morrer
Não desanimes, a esperança é a última a morrer.

dar/ter/criar falsas esperanças
O médico não quis dar falsas esperanças ao paciente.

fazer figas
▪ Faço figas!

ver para crer
▪ É preciso ver para crer!
(ser/ficar) babado
O Gonçalo e a Gabriela são uns pais muito babados!

merecer admiração/respeito
A obra deste autor merece toda a nossa admiração.

não caber em si de orgulho
▪ Não caibo em mim de orgulho no meu filho por tirar o doutoramento!
...
contar com + para o que der e vier
▪ Já sabes que podes sempre contar connosco, para o que der e vier.
(não) cativar
▪ Ora aí está um assunto que me cativa!
tanto se me dá como se me deu
▪ Vais-te embora? Pois a mim tanto se me dá como se me deu.

dar/ser igual ao litro
▪ Preferes ficar em casa? Olha, a mim é-me igual ao litro.

não (me) aquece nem arrefece
▪ Estás chateado? Isso a mim não me aquece nem me arrefece.

estar-se nas tintas
▪ Estou-me nas tintas para a conversa.
estar/ficar afetado/destroçado/desolado com + GN / por + inf.
▪ Ficámos bastante afetados com a partida inesperada da Ana.
▪ A Isabel está desolada por não ter conseguido o emprego.


estar de rastos com + GN / por + inf.
▪ O Dinis está de rastos por ter sido despedido.

passar mal
▪ O Henrique passou muito mal quando se separou da Sílvia.

com grande pesar
▪ Foi com grande pesar que recebemos a notícia da sua morte.
estar/ficar/sentir-se enfastiado/enfadado
Estou completamente enfastiado com esta reunião.

ser enfadonho
Ainda bem que não foste à festa, foi enfadonha.

estar pelos cabelos
▪ Estou pelos cabelos com a Eduarda, está sempre a atrasar-se.

ser o cúmulo
O Álvaro faltou ao nosso encontro. Foi o cúmulo!
▪ Isto é o cúmulo!


foi a gota de água
Quando ele não se lembrou do meu aniversário, foi a gota de água.
temer pela vida
O acidente foi tão grave que temi pela vida.

estar/ficar com / ter o coração aos pulos
Apanhei um susto tão grande que fiquei com o coração aos pulos.

estar/ficar com pele de galinha
Estou com pele de galinha só de pensar no filme.

sentir o sangue gelar (nas veias)
Quando vi o acidente até senti o sangue gelar.
estar em baixo
O Rodolfo anda muito em baixo ultimamente.

apanhar/ser um balde de água fria
Apanhei um balde de água fria quando ele acabou o namoro.
O meu despedimento foi um balde de água fria.

não se fiar em / não ser de fiar
Não te fies na Helena.
▪ Este escadote não é de fiar.
estar com os azeites
O Silvestre hoje está com os azeites.

ficar com o sangue a ferver
O Marco ficou com o sangue a ferver quando o insultaram.

tirar do sério
O comportamento da Laura tira-me do sério.

acordar com os pés de fora (da cama)
Hoje acordei com os pés de fora, não me digam nada!

deitar fumo pelas orelhas
A Sofia ficou a deitar fumo pelas orelhas depois da conversa com o Artur.

ser/estar capaz de esganar alguém
▪ Estou tão furiosa com a situação que estou capaz de esganar alguém!
uma pilha de nervos
Esta espera deixa-me numa pilha de nervos.

com os nervos em franja
▪ A demora das obras tem deixado os moradores da zona com os nervos em franja.

com os nervos à flor da pele
▪ Não se pode dizer nada à Graça que ela fica com os nervos à flor da pele.

nervoso miudinho
▪ É impossível não sentir um nervoso miudinho antes de entrar em palco.

perder as estribeiras
▪ O jogador perdeu as estribeiras e foi expulso.
pasmar/pasmo
A Joana pasmou-nos com aquela notícia.
▪ Fiquei pasmo!

embasbacar/embasbacado
▪ Estou completamente embasbacado ao ler isto!

para minha (grande) surpresa
Para minha surpresa, o António também estava no congresso.

uma agradável surpresa
▪ Não deixe de visitar a nossa loja. Será uma agradável surpresa.

ser apanhado de surpresa
▪ Não te esperava aqui. Apanhaste-me de surpresa!

ser uma caixa de surpresas
▪ Esta cidade é uma verdadeira caixa de surpresas!
exclamativas de resignação
▪ O que não tem remédio remediado está!
▪ O que tem de ser tem muita força!
▪ As coisas são o que são!
ficar vermelho como um tomate
A Andreia ficou vermelha como um tomate com o convite.

se tivesse um buraco
Se tivesse aqui um buraco enfiava-me lá dentro!

onde se meter
▪ Não sei onde me hei de meter!
quem mandou
Quem me mandou sair de casa hoje?

se soubesse o que sei hoje
Se soubesse o que sei hoje, teria tomado outra decisão.

se pudesse voltar atrás / recuar no tempo
Se pudesse recuar no tempo, tinha estudado mais.

se arrependimento matasse
Se arrependimento matasse, não me teria casado.

mostrar arrependimento
▪ O criminoso mostrou arrependimento em tribunal.
...
ter a garganta seca
Vamos beber alguma coisa? Tenho a garganta seca.

matar a sede
Não há nada como uma água fresquinha para matar a sede!

estar a cair de sono / cheio/morto de sono
▪ Tenho de ir dormir, hoje estou a cair de sono.

mal se aguentar em pé / nas canetas
Corri tanto hoje que mal me aguento em pé!

estar/ficar (todo) partido
Andei a carregar uns móveis em casa e fiquei todo partido!
...
não ter nada a perder
Não tens nada a perder.

o não é garantido
▪ O "não" é garantido.

não ser/haver razão para tanto
▪ Também não é razão para tanto.

não levar a peito
▪ Não leves isso tão a peito.

▪ Quem não arrisca, não petisca.

▪ Não é o fim do mundo.

▪ Há males que vêm por bem.

▪ Depois da tempestade vem a bonança.
...
imperativo
[- formal]
▪ Olha aí/lá, preciso que me respondas a umas questões.

interj./vocativo
[- formal]
▪ Pst! É boa altura para falar um bocadinho contigo?
▪ Meu, há aqui coisas para discutirmos…
concernir a
▪ No que concerne ao novo projeto, é necessário redefinir objetivos.

respeitar / dizer respeito a
▪ No que respeita a alterações nos prazos, será melhor que se convoque nova reunião.
concernir a
▪ No que concerne ao novo projeto, é necessário redefinir objetivos..

respeitar / dizer respeito a
▪ No que diz respeito / respeita a alterações nos prazos, será melhor que se convoque nova reunião.
antes
[- formal]
▪ Vamos antes falar do jogo da ontem?
▪ Não querem antes discutir outro assunto que não trabalho?
(ainda) no que concerne a + ref. a tema/assunto anterior
▪ (Ainda) No que concerne à alteração das medidas de segurança de que falávamos antes...

respeitar / dizer respeito a + ref. a tema/assunto anterior
▪ (Ainda) No que diz respeito / respeita ao debate anterior...
diga-se de passagem
▪ Ele decidiu trazer o bicho para casa — diga-se de passagem que não foi uma boa ideia, e estiveram a decidir o que fazer…

fechando digressão
adiante / isto não vem ao caso
▪ Bom, mas adiante, que isto não vem ao caso... Eles lá conseguiram terminar o projeto...
há que + salientar/sublinhar/ frisar/destacar/constatar/ atentar em
▪ Há que destacar este último parágrafo, que é sublime!
ter em conta/atenção
▪ E ainda há que ter em atenção que tudo foi feito em apenas dois dias.
Enfatizando
é que ▪ Importa destacar é que vocês conseguiram.
▪ Repare-se é que ele representa muito bem este seu novo papel.
▪ E não se podem esquecer é que amanhã termina o prazo.
primeiramente, seguidamente
[+ formal]
▪ Ele fez uma apresentação clara, expondo, primeiramente, a questão do orçamento e, seguidamente, a estratégia de expansão.
ser exemplificativo/ilustrativo (de)
▪ O caso de Maria Martins é exemplificativo/ilustrativo desta situação.

a título exemplificativo/ilustrativo
▪ Recordemos, a título meramente exemplificativo, as conclusões a que já tínhamos chegado…

na escrita
ex.
▪ As classes de palavras (ex.: verbos, nomes, etc.) são normalmente estudadas pela disciplina da morfologia.
tal (e) qual
▪ Ela é tal e qual a mãe!
▪ Este programa é tal qual esperávamos!


sem tirar nem pôr
▪ Essas flores são, sem tirar nem pôr, as que cresciam no jardim da minha avó.

igualzinho
▪ Eles são iguaizinhos!

dar ares de/a
▪ O João dá ares do irmão!

expressões comparativas
▪ Estás fresco como uma alface.
▪ Ele é surdo que nem uma porta.
para situar (melhor)
▪ Temos aqui a lista, mas, para vos situar melhor, digo-vos quais são as principais empresas.
estrutura clivada (querer dizer)
▪ O que eu quero/queria/quis dizer é que há muitas oportunidades para a realização de novos projetos.

digo
▪ Eles contavam que aparecessem 200 pessoas, digo, mais de 250 pessoas.

minto
▪ Eles têm quatro gatos, minto, três, porque um morreu há pouco tempo.
...
ver-se obrigado a objetar
▪ Vejo-me obrigado a objetar.

não deixar ir avante
▪ Não te deixo ir avante com isso/essa ideia.
em suma
Em suma, este estudo reitera as vantagens do exercício físico na nossa saúde.

resumindo e concluindo
▪ A conferência foi pouco interessante. Resumindo e concluindo: foi uma perda de tempo termos ido assistir às comunicações.
para culminar
Para culminar, recomendamos que jante no restaurante com a melhor vista da cidade.

para encerrar
Para encerrar, quero agradecer a todos os que me apoiaram.

face ao exposto
▪ Face ao exposto, venho solicitar o reembolso da quantia paga.
...
...
dar a palavra
discursar
Convido o senhor deputado a discursar sobre esta matéria.
...
não querer interromper (justificando)
▪ Não querendo interrompê-lo, gostava de acrescentar uma informação.
com delicadeza
pedir que + abster-se de falar
▪ Vão-me desculpar, mas sou obrigada a pedir-vos que se abstenham de falar por uns momentos.

ser uma língua de trapos
[- formal]
▪ Está calado! Que língua de trapos!
ser uma honra/prazer + ver/rever/encontrar
Foi uma honra revê-lo, Sr. Presidente.

dar por terminado(a)/concluído(a)/ encerrado(a)
▪ Damos por encerrado o debate.
▪ Dou por terminada a reunião.

gerúndio simples

uso/valor
expressão de circunstâncias de tempo e condição
▪ Em chegando o João, vamos.

▪ Em tendo tempo, vou contigo.

particípio passado

forma
sem auxiliar

uso/valor
ação acabada (ocorre em orações participiais que exprimem circunstância de tempo ou condição)
Aberta a porta, puderam entrar.
▪ Chegada a hora, partiram.
...
pronomes complemento
forma
grupos de pronomes - não contração de se
▪ a boca abriu-se-lhe de espanto
▪ os gritos, ouvia-se-lhos muitas vezes


colocação do pronome
- antes da forma verbal
Com a verdade me enganas.
▪ Um dia te contarei!
uso / valor
em exclamativas
▪ Esta agora!
▪ Que cara essa!
▪ Aquele agora não quer outra coisa!
...
...
...
...
artigo indefinido
uso/valor
usos específicos do artigo indefinido com nomes de pessoas (primeiro nome e apelido)
▪ Ele era um Einstein.
▪ Ela não era uma Maria qualquer.
▪ O colecionador comprou um Picasso.
posição
depois do nome
- em frases exclamativas
▪ Que tempo este!

- em relativas apositivas
▪ A pobreza é um grave problema mundial, problema este que diz respeito a todos nós.
uso / valor
expressão de quantidade aproximada
▪ Pelos meus 18 anos, comecei a conduzir.

expressões exclamativas
▪ Minha nossa!
▪ Meu Deus!
...
...
...
...
...
...
modificador
oracional
não finita (partcipial/gerundiva -
expressão de circunstâncias de tempo e condição)
▪ Em chegando o João, vamos./ Em tendo tempo, vou contigo.
▪ Aberta a porta, puderam entrar./ Chegada a hora, partiram.
...
ordem inversa (VS)
- nas orações orações reduzidas de infinitivo, gerúndio ou particípio
▪ Tendo adoecido o João, contrataram outra pessoa para ajudar na festa.
▪ Terminada a história, fomos dormir.
...
...
...
exclamativa total
com diferentes marcadores
- advérbios (cá, mesmo, ...)
▪ Foi cá uma situação!
▪ A bola não lhe acertou mesmo por um triz!


exclamativa parcial

em expressões nominais e adjetivais com demonstrativos e possessivos
▪ Aquele palerma!
▪ Seu tonto!
...
...
...
subordinada substantiva completiva
flexionada

de infinitivo (pessoal)
- com verbos declarativos e epistémicos com alteração de ordem de palavras
▪ A Paula afirmou ter o João sido o responsável pela situação.
▪ O diretor pensa terem os funcionários feito um bom trabalho.

- nominalizada, precedida de artigo
▪ O que me surpreendeu foi o ele ter ido sem nos dizer nada.

subordinada adverbial
temporal
- em + gerúndio simples
▪ Em acabando este trabalho, vou tirar férias.


participial
▪ Lido o texto, os alunos conversaram sobre o tema

participial
▪ Cumprido o objetivo, a equipa será recompensada.


▪ preexistência, coexistência
▪ dar origem a
▪ instauração, instituição
▪ brotar, florescer, desabrochar, emergir
▪ procriar
▪ assolar, devastar, exterminar, aniquilar, demolir
▪ desarticular, desmantelar, desintegrar
▪ omnipresença
▪ ubiquidade
▪ (falta de) comparência
▪ omnipresente
▪ latente
...
...
▪ algures, nenhures
▪ ante
▪ à cabeça de
▪ nos confins de
▪ limítrofe
▪ justaposto(a)
▪ distar
▪ alienar
▪ debandada
▪ acionar, propulsar, impulsar, impelir
▪ bulir, agitar
▪ menear
▪ encarrilar, enveredar
▪ descarrilar
▪ à deriva
...
▪ encabeçar, liderar
▪ grandeza, pequenez
▪ abarcar
▪ colossal, descomunal, desmesurado(a)
...
...
▪ contrapeso
▪ sobrepeso
▪ tara
▪ transbordar, extravasar
...
▪ frescor, frieza
▪ afrontamento
▪ gélido(a)
▪ tórrido(a)
...
...
...
▪ de algum tempo a esta parte
▪ nos tempos que correm
▪ estar em voga / na berra
▪ vigente
▪ pretérito mais-que-perfeito simples do indicativo
▪ outrora
▪ obsoleto(a)
...
...
▪ no espaço de um(a) dia/ mês/semana
▪ enquanto o diabo esfrega um olho
▪ perpetuar(-se), eternizar(-se)
▪ moroso(a)
▪ efémero(a), transitório(a), perpétuo(a), longevo(a)
▪ precoce
▪ precursor(a)
▪ moroso(a)
▪ preliminar
▪ preâmbulo
▪ prefácio, prelúdio
▪ antessala, antecâmara
a priori
▪ nem bem
▪ ulterior, subsequente
a posteriori
...
▪ simultaneidade
▪ sincrónico(a)
▪ a uma só voz
▪ concomitantemente
▪ protelação, dilação
▪ protelar, dilatar, postergar
▪ lesto(a)
▪ célere
▪ efémero(a)
▪ de quando em vez
▪ jamais
▪ quando o rei faz anos
▪ extraordinário(a), insólito(a), inaudito(a)
▪ esporádico(a)
▪ esporadicamente
▪ prorrogação
▪ sem tréguas
▪ perpetuar(-se), eternizar(-se)
▪ perpétuo(a), longevo(a)
▪ moroso(a)
▪ incessante
▪ incessantemente
...
▪ invariabilidade, imutabilidade
▪ subsistir
▪ perpetuar(-se), eternizar(-se)
▪ perpétuo(a), longevo(a), perene
▪ incessante
▪ indelével
▪ imutável
▪ incessantemente
▪ provisoriedade
▪ reduplicação, réplica
▪ redundância
▪ refrão
▪ reiterar
▪ reincidir
▪ repercutir
▪ ecoar
▪ reincidente
▪ reiteradamente
▪ singularidade
▪ extraordinário
▪ arranque, iniciação
▪ germe, embrião
▪ surto
▪ inaugural
▪ germinal, embrionário(a)
▪ ultimar, pôr termo a, rematar, cessar
▪ prescrever
▪ erradicar, exterminar
▪ mutação, metamorfose, transfiguração
▪ emenda
▪ permuta
▪ dar uma volta de 180 graus
▪ inopinado(a)
▪ extemporâneo(a)
▪ intempestivo(a)
▪ dígito
▪ número ordinal/cardinal/ inteiro/negativo/fracionário
▪ adição
▪ computar
▪ fracionar
▪ arredondar para cima/baixo
▪ um punhado de
▪ um sorvo de
▪ um trago de
▪ um sem-fim de
▪ inclusive, até mesmo
▪ hiper-, mega- + Adj.
▪ de monta
▪ sumamente
▪ aresta
▪ paralelepípedo, prisma
▪ curvatura, sinuosidade
▪ côncavo(a), convexo(a)
▪ pontiagudo(a), bicudo(a)
▪ esférico(a), cónico(a), cilíndrico(a)
...
▪ cor dominante/primária
▪ nuance, gradação de cor
▪ paleta
▪ madeira de pinho/faia/ castanho/cerejeira/ nogueira/carvalho
▪ madeira maciça, MDF, aglomerado
▪ napa, cetim, pelúcia
▪ ráfia, lona
▪ vison, angorá
▪ maleabilidade
▪ robustez
▪ liquidificar, solidificar
▪ férreo(a)
...
▪ revestimento
▪ embalagem, invólucro, envoltório
▪ adorno
▪ laminação
▪ incrustação
▪ revestir
▪ revestido(a)
▪ lacado(a)
▪ relíquia
▪ antiquário
▪ cair em desuso
▪ ultrapassado(a)
▪ imundície
▪ esmero, primor
▪ salubridade
▪ (in)salubro(a)
▪ aridez, secura
▪ desumidificador
▪ dreno
▪ dissecar
▪ aguado(a), irrigado(a)
▪ abrir de par em par
▪ franquear
▪ viscosidade, aderência
▪ encrespado(a)
▪ viscoso(a)
▪ acetinado(a)
▪ ver com olhos de ver
▪ ver pelo canto do olho
▪ ilusão ótica, miragem
▪ ângulo de visão
▪ efeito visual
▪ olhos de lince
▪ vista cansada
▪ tensão ocular, miopia, astigmatismo, hipermetropia
▪ vislumbrar, enxergar
▪ translúcido(a), cristalino(a)
▪ fosco(a)
▪ alarido, burburinho
▪ estrondo, estrépito
▪ clamor
▪ reverberação
▪ cacofonia, ressonância
▪ auscultar
▪ acre
▪ catar
▪ fedor, bedum, pestilência
▪ fétido(a)
▪ inestimável
▪ ser digno(a) de louvor
▪ de se tirar o chapéu
▪ enaltecer, condenar
▪ estimar, ponderar
▪ não ficar nada a dever a
▪ deixar (muito) a desejar
▪ louvável, colossal, divino(a), sublime
▪ detestável, nefasto(a), abominável, infame, intragável
▪ divino(a), primoroso(a), refinado(a), esbelto(a)
▪ grotesco(a), deforme, tosco(a)
▪ não ter nada a objetar
▪ aceitar sem reservas
▪ excluir
▪ consentir, tolerar, deixar passar
▪ insustentável, indefensável, injustificável
▪ inconveniência
▪ vir ao caso
▪ congruente, propício(a)
▪ idóneo
▪ (im)procedente
▪ (des)acertado(a), (in)congruente, pertinente, consequente
▪ contraproducente
...
▪ escrúpulo, esmero, minúcia
▪ erro crasso
▪ errata
▪ mal-entendido
▪ cometer uma infração
▪ induzir em erro
▪ escrupuloso(a), esmerado(a), minucioso(a)
▪ impecável, irrepreensível
▪ colher os louros, cobrir-se de louros
▪ sair vitorioso(a)/airoso(a) /triunfante/invicto(a)
▪ préstimo, valia
▪ inutilizar, invalidar
▪ fazer uso de, servir-se de, dispor de
▪ proveitoso(a)
▪ destreza, maestria, perícia
▪ capacitação
▪ inépcia
▪ estar/ sentir-se capacitado para
▪ perito(a)
▪ inepto(a)
▪ trivialidade, relevo, transcendência, magnitude
▪ primordial, imperativo(a), inelúdivel, peremptório(a)
▪ arquétipo
▪ ramerrame
▪ estandardizar, padronizar
▪ consuetudinário(a)
▪ insólito(a), inaudito(a), inverosímil, excêntrico(a)
▪ factível
▪ dificultoso(a), intrincado(a), espinhoso(a), laborioso(a)
▪ laboriosamente, intrincadamente
▪ engenho, sapiência, cognição, entendimento, intelecto, agudeza, lucidez, sagacidade, perspicácia
▪ presunção, pressuposição, dedução, especulação, conjetura, abstração, inferência
▪ invocação, meditação, rememoração
▪ delírio, desvario
▪ especular, discorrer, meditar, recapacitar, deliberar
▪ negligenciar
▪ fantasiar, divagar, delirar
▪ menção, asserção, asseveração
▪ consideração, insinuação
▪ intriga, mexerico, difamação
▪ sinopse
▪ articular, proferir
▪ divulgar, propagar, promulgar
▪ revelar, delatar
▪ aludir a, citar, alegar
▪ objetar, rebater, refutar, deliberar
▪ atestar, testemunhar
▪ enfatizar, reiterar, corroborar
▪ balbuciar, gaguejar
▪ silenciar, omitir
▪ apalavrar, pactuar
▪ formas de tratamento:
— título nobiliárquico
— título honorífico
▪ autorização de residência
...
...
...
...
...
...
...
▪ comunicação
▪ conferência, simpósio
▪ contrato de prestação de serviços
▪ código do trabalho
▪ lei das 35 horas semanais
▪ agência/empresa de recrutamento e seleção
▪ despedimento sem justa causa
▪ desigualdade/disparidade salarial entre géneros
▪ monogamia, poligamia, bigamia
▪ matriarcado, patriarcado
▪ consanguinidade
▪ casta, berço, linhagem, condição
▪ filho(a) primogénito(a)
▪ filho(a) ilegítimo(a), biológico(a)
▪ divindade, guru
▪ devoção, espiritualidade, fervor, misticismo, religiosidade, santidade, peregrinação
▪ credo, crença, confissão
▪ hábito, sotaina, toga, véu
▪ sacrilégio, blasfémia
▪ voto de castidade/pobreza
▪ profanar
▪ professar (uma religião)
...
▪ calvície, entradas, patilhas
▪ ter olhos rasgados/esbugalhados/inchados
▪ olhar sensual/desafiante/penetrante
▪ ter a pele ressequida/ gretada
▪ feições, traços delicados/exóticos
▪ ar/aspeto saudável/enfermiço
▪ ciumento(a), nervoso(a), maçador(a), porreiro(a), único(a), maniento(a), mimado(a)
▪ ter duas caras
▪ ser um doce
▪ imóvel
▪ recuperar, requalificar
▪ teto falso, divisória, decoração de tetos em gesso (sancas, florões)
▪ escritura, caderneta predial, certidão predial
▪ imposto sobre imóveis (IMI)
▪ expropriar, desalojar, despejar, expropriação, desalojamento, ordem de despejo
▪ remodelar
▪ peças de mobília:
— bengaleiro
— bar

▪ capacho
▪ madeira de pinho/faia/castanho/cerejeira/ nogueira/carvalho
▪ móveis de madeira maciça/MDF/aglomerado
▪ utensílios domésticos:
— passe-vite
...
...
▪ assentamento, metrópole
▪ transeunte, sem abrigo
▪ censo
▪ segmento da população
▪ geografia urbana:
— arrabalde
— interseção
— descampado
— parcela

▪ espaços e estruturas:
— chafariz
— coreto
— rede elétrica
— postes de iluminação

▪ ordenação do território
▪ planificação urbanística
▪ geografia rural:
— latifúndio
— exploração agrícola

▪ bovinocultura, suinicultura, ovinocultura, caprinocultura, avicultura, apicultura
▪ geografia física:
— maciço
— barranco
— precipício
— delta
— fiorde
— estuário
— ria

▪ luxuriante, abrupto, agreste, escarpado, ermo, pedregoso
▪ cartografia, topografia
▪ meridiano, paralelo
▪ meridional, setentrional
▪ levante/nascente, poente
▪ círculo polar/ártico/ antártico
▪ ultramar, ultramarino, além-mar, transatlântico
▪ fera
▪ molusco, crustáceo, anfíbio, felino, cetáceo
▪ fotossíntese, polinização
▪ plantas leguminosas
▪ clorofila
▪ efeito estufa
▪ intempérie
▪ chover a potes/cântaros
▪ bruma, tufão, ciclone, morrinha, molhe-molhe
▪ recreio, espairecimento
▪ farra, pândega, folia
▪ dar uma tareia/abada
...
...
...
...
▪ dramaturgo, biógrafo, ensaísta, cronista
▪ nota de pé de página/rodapé, epílogo
▪ boletim, gazeta
▪ tiragem, número de exemplares
▪ jornal matutino/vespertino
...
▪ passagem de nível com/sem guarda
▪ pavimento
▪ bifurcação, entroncamento
▪ alternador, correia de distribuição
▪ chapa, suspensão, transmissão
▪ airbag, (sistema) ABS
▪ tração às quatro (rodas)
▪ sinistro, colisão
...
...
...
...
...
▪ sonolência
▪ estar faminto
▪ não poder mais
▪ refluxo gástrico
▪ ardor, dormência
▪ melhoria, pioria
▪ lombalgia, cefaleia, enxaqueca, convulsão, espasmo
▪ tosse seca/asmática/ convulsiva
▪ saneamento, esterilização
▪ anti-séptico, hipoalergénico
▪ eliminar bactérias/ germes/ácaros/fungos
▪ produto sem parabenos
▪ prevenção, vacinação, erradicação, quarentena
▪ quimioterapia, radioterapia, diálise
▪ fisioterapia
▪ transplante de coração/fígado/rim
▪ tumor, quisto, nódulo, cálculo
▪ prognóstico reservado
▪ nomes de doenças e condições médicas:
— sarampo
— varicela
— febre tifóide/amarela
— papeira
— malária

▪ arranhão
▪ inchaço, hematoma
▪ facada, punhalada, ferida de bala, mordedura
▪ deslocação, contusão, luxação
▪ traumatismo (craniano)
▪ intervenção cirúrgica
▪ cuidados paliativos
▪ unidade de cuidados intensivos (UCI)
▪ medicina legal
▪ fidelização de clientes
▪ código de barras
▪ loja de retalho/revenda
▪ grande distribuição
▪ regatear
▪ fiar
▪ especular, traficar
▪ vender por atacado/a granel
▪ fivela, aba, capucho
▪ corte, confeção
▪ braguilha, forro, aba
▪ franjas
▪ calças de cintura subida/descida/normal
▪ calças justas/à boca de sino
▪ franzido, plissado
▪ alparcatas
...
▪ cesta básica
▪ pagar a meias/em partes iguais
▪ fazer uma vaquinha
▪ pechincha, de borla
▪ comer compulsivamente/avidamente
▪ ingerir, engolir, tragar, mastigar, papar
▪ abrir/tirar o apetite
▪ Índice de massa corporal (IMC)
▪ percentagem de gordura corporal/visceral
▪ sobrepeso, obesidade severa/mórbida
▪ magreza grave/moderada
▪ sacarose, maltose, lactose
▪ insulina
▪ resistência à insulina
▪ Índice glicémico (IG)
▪ dieta do paleolítico/Atkins/MIND
▪ alimentos transgénicos/organismos geneticamente modificados (OGM)
▪ comer como um abade
▪ matar o bicho
▪ carne de caça
▪ fruto do mar, bivalve, crustáceo, molusco
▪ nomes de alimentos de origem animal:
— perdiz
— codorniz

▪ miúdos
▪ nomes de mariscos:
— percebe
— lapa
— santola
▪ restauração, hotelaria
▪ desenxabido
▪ tipos de pratos e acompanhamentos:
— souflê
— rojões
— francesinha
— cabidela

▪ salgados:
— chamuça
— quiche

▪ petiscos:
— pipis
▪ bebidas:
— moscatel
...
...
▪ mala diplomática
▪ amortização/liquidação/vencimento de um empréstimo
▪ prazo fixo/variável
▪ taxa de manutenção
▪ renegociar crédito/um empréstimo/o spread
▪ taxa de esforço
▪ obrigações do tesouro
▪ serviço de informações de segurança (SIS)
▪ alcoolímetro
▪ laboratório de polícia científica
▪ desmantelar uma rede criminosa/de tráfico (de droga)
▪ balística, perícia, toxicologia
▪ rusga
▪ montar uma operação especial/policial
▪ medidas de coação
▪ fraude
...
...
...

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.