México

 

2016

 

Artes Performativas

CIDADE DO MÉXICO | 22-09-2016 — 03-10-2016

Dança Contemporânea Portuguesa em Digressão

A bailarina e coreógrafa portuguesa Mariana Tengner Barros realizou uma extensa digressão no México, com o espetáculo “A Power Ballad”, que teve a sua estreia no Centro Cultural de Belém. São três os festivais por onde passou: Festival Angelopolitano de Danza (Puebla), Festival Internacional de Danza RED SERPIENTE (Morelia) e Festival Colima de Danza (Colima).

Para além dos espetáculos, o programa contemplou, também, uma série de workshops e masterclasses de forma gerar um maior intercâmbio entre a comunidade artística local e a equipa artística lusa.

Esta digressão resultou do empenho conjunto dos três festivais que comungam do interesse pela proposta artística portuguesa.

A sua viabilização foi assegurada pelo apoio da DG Artes - Apoio à Internacionalização, Camões, I.P., Embaixada de Portugal no México, Fundação GDA e Fundação Calouste Gulbenkian.

Cinema e Multimédia

CIDADE DO MÉXICO | Cinemateca Mexicana | 28-04-2016 — 08-05-2016

Ciclo de cinema A Época de Ouro do Cinema Português na Cinemateca mexicana

Realizou-se de 28 de abril a 8 de maio de 2016, na Cinemateca mexicana, um ciclo de cinema intitulado “La Época de Oro del Cine Portugués”, que exibiu 10 películas. Este ciclo, realizado em parceria com a Cinemateca Nacional, abarcou a produção cinematográfica portuguesa dos anos 30 aos anos 50 do século passado.

Pelos ecrãs da Cinemateca mexicana passaram os primeiros filmes sonoros, as notáveis comédias realizadas por Arthur Duarte, as primeiras películas de Manoel de Oliveira e melodramas que tiveram como cenário tanto a vida rural como os bairros pobres das grandes cidades, musicados com temas populares.

Organização: Cinemateca Mexicana e Cinamateca Nacional Portuguesa

Apoios: Camões, I.P. e Embaixada de Portugal na Cidade do México

CIDADE DO MÉXICO | 02-09-2016 — 15-09-2016

Semana do Cinema Português

A 1.ª edição da “Semana de Cine Portugués” teve lugar de 2 a 15 de setembro de 2016 na Cidade do México.

A “Semana de Cine Portugués” surge da necessidade de inaugurar, na América Latina, um espaço de programação anual dedicado ao cinema luso. Neste primeiro ano, o enfoque foi em oito filmes portugueses de produção recente que incluiam os realizadores consagrados João Botelho e Sérgio Tréfaut, revelando também os novos nomes do cinema português.

Foi ainda homenageado Paulo Rocha, figura proeminente do movimento “Novo Cinema português” que, nos anos 60, irrompeu no cinema lusitano e se assumiu como vanguarda. Foi uma oportunidade para assistir a duas obras totalmente inéditas no México: “Os Verdes Anos” e “Mudar de Vida”, restauradas com a supervisão do cineasta Pedro Costa.

Organização: Cinemateca Nacional Portuguesa e Cineteca Nacional do México

Apoios: Embaixada de Portugal na Cidade do México e Camões, I.P.

 

2015

 

Cinema e Multimédia

GUANAJUATO | 01-06-2015 — 07-06-2015

Portugal é o país convidado do Festival de Cinema Europeu

O cineasta Manoel de Oliveira foi homenageado postumamente na 5ª edição do Festival de Cinema Europeu de Guanajuato.

José Saramago e o cinema foi o tema para outra sessão do certame que teve Portugal como país convidado.

Sofia Marques foi a cineasta e realizadora portuguesa convidada deste festival onde  apresentou uma conferência sobre o Cinema Português do Século XXI. Foi ainda projetado o seu filme "Ilusão".

Apoio: Camões, I.P.

Música

AGUASCALIENTES | 19-04-2015 — 09-05-2015

Blasted Mechanism e The Legendary Tigerman regressam ao México

Blasted Mechanism e The Legendary Tigerman voltaram a atuar no México, na Feria San Marcos de Aguascalientes

Blasted Mechanism - 19 de abril, Foro del Lago

The Legendary Tigerman - 09 de maio, Foro del Lago

Apoio: Camões, I.P.

 

2014

 

Artes Visuais

CIDADE DO MÉXICO | 20-10-2014

Exposições “Portugal Te Marca” assinalaram 150 anos de relações diplomáticas

Duas exposições de fotografia sobre Portugal, promoveram a «marca Portugal» junto do povo mexicano, assinalando os 150 anos do estabelecimento de relações diplomáticas entre Portugal e o México.

A primeira mostra, constituída por 124 fotografias, esteve patente no emblemático Paseo de la Reforma, na Cidade do México. A segunda exposição, integrando uma seleção de 75 fotografias, ficou patente na galeria aberta de Rejas de Chapultepec, a partir de 8 de dezembro, para coincidir com a cimeira ibero-americana.

Organização: Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) e Camões, I.P.

 

2013

 

Literatura

CAMPECHE | Museu Victoriano Niévez Céspedes | 15-06-2013

Apresentação do livro de poesia “Algumas Poetas são Mandrionas”

O livro “Algunas Poetas son Holgazanas / Algumas Poetas são Mandrionas”, de Gabriela Bustos Vadillo, foi  apresentado no Museu Victoriano Niévez Céspedes, na cidade de Campeche, México.

Trata-se de uma edição bilingue de poemas de Gabriela Bustos Vadillo, poeta da Ciudad del Carmen, que contou com uma bolsa do Ministério da Cultura do México (CONACULTA) para jovens escritores no México e com o apoio do Camões, IP, na tradução e revisão linguística.

A apresentação do livro, traduzido por José Vázquez Durán, foi feita por Maribel Paradinha, leitora do Camões, I.P., no México e por Ave Barrera, vencedora da edição de 2013 do Concurso Nacional de Jovens Escritores, promovido pela Universidade de Veracruz.

Apoio: Camões, I.P.

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.