Pragmática Linguística e Ensino do Português : A Comunicação Oral e Escrita

Na base desta ação está a análise interativa da organização e do funcionamento dos discursos, refletindo e aprofundando conteúdos relacionados com o funcionamento da Língua e integrando as atividades formativas no quadro dos Novos Programas de Português para o Ensino Básico, em particular para o 2.º e 3.º ciclos.

Tendo por base as articulações entre Semântica e Pragmática e os conceitos desenvolvidos na interface entre estas duas áreas do saber linguístico, teremos como objetivo a análise metacognitiva da comunicação oral e escrita. Tratar-se-á de uma reflexão, crítica e fundamentada, sobre o funcionamento da pluralidade de textos orais e escritos, interligando os vários domínios do ensino e aprendizagem da aula de Língua Portuguesa: o ouvir, o falar, o ler e o escrever.

Por outro lado, este desenvolvimento de competências comunicativas enquadra-se também no âmbito da atuação dos Professores de Português no Estrangeiro que, considerando os princípios do Quadro de Referência para o Ensino do Português no Estrangeiro (QuaREPE) e do Quadro Europeu Comum de Referência (QECR), promove o estudo das convenções sociais e das estratégias comunicativas que as sequências de atos de discurso em interação configuram. A perspetiva aberta pela Pragmática Linguística permite centrar o ensino e aprendizagem da Língua Portuguesa na promoção do estudo das relações entre a linguagem verbal e os seus contextos de uso (contextos sócio-culturais; contextos interativos e interlocutivos), destacando-se a análise do uso dos códigos sócio-comunicativos através do estudo das estratégias discursivas que os falantes da Língua Portuguesa desenvolvem e através da análise intercultural das rotinas verbais que ocorrem nas sequências de abertura e de fecho das interações, como os modos de saudar e de despedir, as formas de tratamento (deixis social) e as formas de delicadeza.

Objetivos

Conhecer e aprofundar diferentes conceitos que se inscrevem no âmbito da Pragmática Linguística no quadro da análise do funcionamento da língua dos Novos Programas de Português, contribuindo para o desenvolvimento de competências metacognitivas de reflexão e análise crítica.

O Desenvolvimento de competências metalinguísticas de análise dos discursos em contextos diversificados permitirá 

  • distinguir competência linguística de competência de comunicação ;
  • aplicar métodos de análise linguística e de conceitos gerais da Pragmática Linguística a diferentes tipos de texto; 
  • distinguir as noções de sentido, de significado e de referente; 
  • analisar os valores ilocutórios dos atos de discurso e relacionar estes valores com o cálculo das implicaturas conversacionais; 
  • compreender as noções de competência de comunicação, ato ilocutório, implicatura, sequências de atos de discurso, coerência pragmático-funcional do discurso, conhecimento enciclopédico e relacionar estas noções na análise dos discursos em contexto didático; 
  • analisar textos escritos e discursos orais à luz dos conceitos da Pragmática Linguística aplicados ao ensino da língua portuguesa; 
  • verificar de que modo se constrói a coerência discursiva dos textos escritos e dos discursos orais, tendo em conta as diferentes situações de comunicação em que se inserem.

Procurar-se-á nesta ação dotar os formandos de um referencial teórico e prático indispensável à  compreensão da linguagem em funcionamento nos diferentes contextos de uso através do desenvolvimento de atividades de análise de situações comunicativas diversificadas que permitam aos formandos dispor de um quadro teórico explicativo da organização e funcionamentos dos discursos, tendo em consideração a comunicação oral e escrita.

Nesta ação espera-se, assim, que os formandos construam uma linha de investigação crítica e inovadora através da promoção da capacidade de pesquisa e tratamento de dados empíricos relevantes, elaborando uma pesquisa fundamentada no quadro teórico da Pragmática Linguística e dos novos Programas de Português.

Organização e metodologia

Esta ação incidirá sobre as seguintes temáticas:

I. Pragmática Linguística - conceitos centrais 

  • competência de comunicação; 
  • distinção entre Frase/Enunciado e Texto/Discurso; 
  • articulações entre Semântica e Pragmática; 
  • o significado e o sentido; 
  • coerência do texto; 
  • construção do “conhecimento compartilhado” e da competência enciclopédica; 
  • a dimensão acional da linguagem: análise da teoria dos atos de discurso e do valor ilocutório dos atos.

II. A comunicação oral e escrita à luz da análise das sequências de atos ilocutórios em textos/discursos

  • sequências de atos ilocutórios e organização estrutural do discurso: os atos ilocutórios de oferta, convite e proposta em interações verbais orais e em textos escritos diversificados; 
  • o domínio do implícito - as implicaturas conversacionais na base do cálculo do valor indireto dos atos de discurso; 
  • as implicaturas convencionais; 
  • rotinas verbais e convenções de uso; 
  • usos e escolhas de formas de tratamento.

As atividades letivas desenrolar-se-ão exclusivamente em ambiente online (na plataforma Moodle).

Todas as atividades de formação serão feitas em regime online, na modalidade de classe virtual, valorizando-se as formas de comunicação assíncronas de acordo com o Modelo Pedagógico em vigor na Universidade Aberta que tem por base a dinamização de uma aprendizagem colaborativa e o desenvolvimento de trabalho autónomo.

As atividades terão uma componente de trabalho autónomo, de leitura dos textos fornecidos online e uma componente de aprendizagem colaborativa, valorizando-se o fórum de discussão, na modalidade assíncrona que permitirá a interação formando-formador e a interação formando-formando. 

Tendo como objetivo a análise metacognitiva da comunicação oral e escrita, visando o conhecimento explícito da língua, teremos em conta Atividades Formativas que permitam a análise conjunta, formando-formador, formando-formando, de materiais de aprendizagem constituídos por diferentes textos com organizações sequenciais e valores ilocutórios diversos, procurando proceder à simulação de diferentes atividades de ensino e aprendizagem que possibilitem a aplicação dos conceitos estudados na Pragmática Linguística, integrando a metalinguagem no seio do exercício da análise empírica de textos/discursos em suporte oral, escrito e multimédia.

Tratar-se-á de uma reflexão conjunta, crítica e fundamentada em leituras da área específica da Pragmática Linguística, da pluralidade de textos/discursos orais e escritos no quotidiano. 

Forneceremos materiais escritos online fundamentais para a reflexão e materiais empíricos que permitam a aplicação dos conteúdos analisados nos primeiros e teremos ainda por base referências bibliográficas fundamentais da área do estudo e de ensino da língua portuguesa que os formandos conhecem e utilizam na sua prática pedagógica. 

As atividades previstas desenvolvem-se em fases:

  • no início de cada tema, o formador indicará a bibliografia a ser estudada pelos formandos, fornecendo não só materiais escritos online fundamentais para a reflexão e materiais empíricos que permitam a aplicação dos conteúdos analisados nos primeiros, mas também indicando leituras bibliográficas fundamentais da área do estudo e ensino da língua portuguesa (gramáticas e artigos de referência da área) e apresentando um texto de instruções com a calendarização da atividade e as linhas de análise que irão ser desenvolvidas; 
  • em cada tema, na segunda e na terceira semanas de atividades letivas, serão abertos os fóruns de análise conjunta, moderados pelo formador, que proporcionam interação quer entre formandos, quer entre formandos e formador, em ambiente de aprendizagem colaborativa (discussão conjunta das temáticas moderada pelo formador e submetida a linhas de análise previamente estabelecidas pelo formador);
  • a quarta semana relativa a cada um dos dois temas será dedicada à elaboração de um trabalho escrito individual que tem por base a análise realizada no âmbito de cada atividade formativa (este trabalho escrito terá em conta as linhas de análise indicadas nos textos de instruções apresentados pelo formador).

Deste modo, a metodologia de trabalho alicerçar-se-á na realização de atividades de análise de textos com linhas de orientação delineadas e na resolução de problemas de partida, permitindo a construção do conhecimento em espiral, com a retoma dos aspetos desenvolvidos em etapas anteriores da aprendizagem, reconstruindo-o, reestruturando-o através da interação formando-formador e formando-formando.

Duração

 O curso tem uma duração de  21 horas para a temática I e 31h para a temática II (esta última envolve ainda realização do portfolio).

 

Avaliação

Irá ser usada uma classificação qualitativa e quantitativa, de acordo com a nova redacção dada ao nº 3 do artigo 13º do RJFCP, obtida pelo formando, segundo a seguinte escala de classificações de 1 a 10 valores, devidamente ponderada:

  • EXCELENTE: de 9 a 10 valores

  • MUITO BOM: de 8 a 8,9 valores

  • BOM: de 6,5 a 7,9 valores

  • REGULAR: de 5 a 6,4 valores

  • INSUFICIENTE: de 1 a 4,9 valores

Aos formandos Aprovados com a classificação mínima de 5 valores (REGULAR) será atribuído o número de créditos previsto para a acção de formação frequentada.

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.