República Checa: Prémio Iberoamericano para aluna de estudos portugueses

Katerina Rottová, aluna de Estudos Portugueses na Universidade de Masaryk, em Brno, ficou em primeiro lugar na XXIII edição do Prémio Iberoamericano de trabalhos académicos com o seu ensaio: «O motivo do centauro nos contos de José Saramago».

No trabalho que desenvolveu, sob tutoria da Doutora Silvie Spanková, professora de literatura portuguesa, a aluna desenvolveu um estudo contrastivo entre os contos saramaguianos "O centauro" e "O embargo", procurando estabelecer ligações entre a personagem destacada e as bases teóricas do género do fantástico propostas por Todorov, Lovecraft e Borges, conetando-a com elementos paralelos como a inconstância descritiva e a evolução do tempo meteorológico na narrativa dos dois contos e a descrição do centauro na cultura mundial, segundo uma perspetiva diacrónica.

Coordenada pela Embaixada do Peru, a edição de 2018 decidiu ainda outorgar mais 3 distinções: um segundo prémio atribuído a Matous Hartman, da Universidade Carolina, pelo seu trabalho “El golpe de estado de Chile y destinos de cuatro checos quienes lo vivieron”, um terceiro prémio atribuído a Alice Hříbalová, Universidade de Masaryk, pelo seu trabalho “El anillo de Moebius y la concepción de lo fantástico en la narrativa de Julio Cortázar” e uma menção honrosa atribuída a Kateřina Lamaczová, da Universidade de Palacký em Olomouc, pelo seu trabalho “El nuevo significado de bizarro: un estudio de corpus”.

Concorreram à edição deste ano 23 estudantes, com trabalhos escritos em língua portuguesa ou espanhola. A mesa de honra do prémio - composta pela Embaixadora do Peru, que presidiu; o Reitor da Universidade Carolina em Praga, que acolheu a cerimónia; o Secretário-geral da Organização de Estados Americanos; o Vice-Presidente da República da Guatemala, a Vice-Ministra da Educação da República Checa e o Reitor Emérito da Universidade Católica do Peru - destacou a alta qualidade dos trabalhos e louvou o empenho das  nove  embaixadas deste bloco regional na motivação dos estudantes para a participação neste prémio de prestígio e com tradição estabelecida no país, nomeadamente entre as academias checas.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.