Século XX

Abel Salazar

Por Maria Luísa Garcia Fernandes Abel de Lima Salazar nasceu em Guimarães a 19 de julho de 1889 e faleceu em Lisboa a 29 de dezembro de 1946. Filho mais velho de Adolfo Barroso Pereira Salazar e Ade

Adérito Sedas Nunes

Por Carlos Leone Adérito Sedas Nunes (Lisboa, 1928 – Lisboa, 1991) Sedas Nunes pertence à geração que implantou definitivamente as ciências sociais na Universidade portuguesa, depois das tentativas

Adolfo Casais Monteiro

Por Carlos Leone Adolfo Victor Casais Monteiro nasceu no Porto em 1908 e morreu em São Paulo em 1972. Exilara-se em 1954 no Brasil (onde ensinou em várias universidades, com uma breve passagem pelos

Agostinho da Silva

Por Carlos Leone Filólogo de formação mas mais conhecido como filósofo, Agostinho da Silva nasceu no Porto em 1906 e faleceu em Lisboa em 1994. A sua vida e Obra são um dos casos mais interessantes d

Alexandre O'Neill

Por Maria Antónia Oliveira “Que quis eu da poesia? Que quis ela de mim? Não sei bem. Mas há uma palavra francesa com a qual posso perfeitamente exprimir o rompante mais presente em tudo o que escrevo

António Gedeão

Por Fernando J. B. Martinho Nascido em 1906, contemporâneo dos poetas da presença, só em 1956 António Gedeão (1906-1997; pseudónimo de Rómulo de Carvalho, metodólogo de Ciências Físico-Químicas no en

António José Saraiva

Por Elisabeta Mariotto António José Saraiva nasceu a 31 de dezembro de 1917, em Leiria, onde viveu até os quinze anos. Licenciou-se em 1938 e obteve o doutoramento em Filologia Românica, em 1942, pel

Aquilino Ribeiro

Por Serafina Martins "Alcança quem não cansa", diz o ex-libris de Aquilino Ribeiro. Não poderia ter escolhido melhor este escritor, que se designava a si próprio como um "obreiro das letras" e que tr

Augusto Abelaira

Por Agripina Carriço Vieira Augusto José de Freitas Abelaira, nascido em 18 de março de 1926, em Ançã no concelho de Cantanhede, licenciou-se em Ciências Histórico-Filosóficas pela Faculdade de Letra

Bento de Jesus Caraça

Por Carlos Leone Bento de Jesus Caraça (Vila Viçosa, 1901 – Lisboa, 1948) Bento de Jesus Caraça, matemático e ensaísta, é ainda hoje uma das figuras de referência da Matemática em Portugal e figura

Bernardo Marques

Por Marina Bairrão Ruivo Bernardo Marques (1898-1962) foi autor de uma obra vastíssima e multifacetada que lhe confere um lugar de destaque na arte portuguesa contemporânea. Natural de Silves, nasceu

Borges de Macedo

Por Carlos Leone A figura cultural de Jorge Borges de Macedo tem uma influência em Portugal que ultrapassa em muito a sua área académica por excelência, a História. Com efeito, é mesmo legítimo dizer

Carlos Ramos

Por Bárbara Coutinho Arquiteto, urbanista e pedagogo, Carlos João Chambers Ramos (1897-1969) nasce no Porto em 15 de janeiro de 1897. A infância passa-a em Lisboa depois de seu pai, Manuel Maria de O

David Mourão-Ferreira

Por Teresa Martins Marques Escritor português (Lisboa, 24.2.1927 – Lisboa, 16.6.1996): poeta, ficcionista, tradutor, dramaturgo, ensaísta, cronista, crítico literário, conferencista, professor. Licen

Eugénio de Andrade

Por Carlos Mendes de Sousa Eugénio de Andrade nasceu em Póvoa de Atalaia (19. 01. 1923), uma aldeia da Beira Baixa onde passou a infância. Com oito anos de idade acompanha a mãe para Castelo Branco,

Fernando Gil

Por Carlos Leone Fernando Gil (1937-2006) é um dos nomes maiores do pensamento e do ensino filosófico português no século XX. Poucos podem ser considerados autores de uma obra comparável à sua, pelo

Fernando Lopes-Graça

Por Teresa Cascudo No decurso de uma entrevista concedida em 1986, Lopes-Graça afirmou que a sua atuação enquanto artista era inseparável dos compromissos que, como cidadão, tinha com a “Cidade” e co

Fernando Pessoa

Por Fernando Cabral Martins Nasce a 13 de junho, dia de Santo António, num prédio em frente do teatro de S. Carlos, filho de Maria Madalena Nogueira e de Joaquim Pessoa. A família do pai é oriunda de

Fidelino Figueiredo

Por Carlos Leone Fidelino de Figueiredo é há muito um autor esquecido mesmo por aqueles que contactam com a sua imensa Obra. A mais forte das razões para esta situação é a dificuldade em enquadrá-la

Florbela Espanca

Por Cecília Barreira Nascida em 1894 [1], escreve os primeiros poemas por volta de 1915. A sua poesia por um lado liga-se a ambivalências finisseculares, por outro dramatiza a problemática do eu de u

Guilhermina Suggia

Por Fátima Pombo Guilhermina Augusta Xavier de Medim Suggia nasceu em 27 de junho de 1885, na freguesia de S. Nicolau, no Porto e morreu na noite de 30 de julho de 1950, na sua casa da Rua da Alegria

Helena Vaz da Silva

Por Guilherme d’Oliveira Martins Um dia Helena Vaz da Silva disse que os seus escritos eram como “pequenas pedras que vou semeando”. Assim foi fazendo ao longo de uma vida velozmente vivida. Acredita

Hernâni Cidade

Por Helena Cidade Moura Professor, ensaísta, historiador, crítico literário, Hernâni António Cidade (1887-1975) era natural do Redondo, distrito de Évora. Seu pai, António Cidade, era carpinteiro de

Irene Lisboa

Por Paula Morão Irene Lisboa (n. Casal da Murzinheira, Arruda dos Vinhos, 1892; m. Lisboa, 1958), formada pela Escola Normal Primária de Lisboa, fez estudos de especialização na Bélgica, em França e

Jacinto Prado Coelho

Por Maria de Lourdes A. Ferraz Jacinto Almeida do Prado Coelho nasceu (1-9-1920) e morreu (19-5-1984) em Lisboa onde sempre viveu. Licenciou-se em Filologia Românica na Faculdade de Letras da Univers

Jaime Cortesão

Por Elisa Neves Travessa Jaime Cortesão (Ançã/Cantanhede, 29-4-1884 – Lisboa, 14-8-1960) foi um intelectual que, privilegiando concomitantemente a investigação, a reflexão e a ação, ocupou um lugar p

João Gaspar Simões

Por Eugénio Lisboa Considerado por Mário Sacramento como “o primeiro grande crítico da nossa história das letras” e por José Cardoso Pires como aquele que “abriu o capítulo da Crítica numa literatura

Joaquim de Carvalho

Por Carlos Leone Joaquim de Carvalho representa na cultura portuguesa contemporânea uma das primeiras figuras do século XX a optar pela especialização universitária enquanto modo de intervenção no es

Jorge de Sena

Por Jorge Fazenda Lourenço Jorge de Sena nasceu em Lisboa, a 2 de novembro de 1919, e faleceu em Santa Barbara, na Califórnia, a 4 de junho de 1978. É hoje considerado um dos grandes poetas de língua

Jorge Peixinho

Por Manuel Pedro Ferreira Jorge Peixinho (1940-1995) foi um dos mais importantes compositores portugueses do século XX, tendo tido um papel fundamental na atualização do panorama musical do país entr

José Augusto Seabra

Por Arnaldo de Pinho José Augusto Seabra, poeta, ensaísta e crítico, exerceu também notável ação política, diplomática e cívica Nascido a 1937 em Vilarouco (Alto-Douro), viveu a infância em Peroselo

José Cardoso Pires

Por Eunice Cabral José Augusto Neves Cardoso Pires nasce a 2 de outubro de 1925, na aldeia de Peso, no distrito de Castelo Branco, mas vem para Lisboa com poucos meses de idade. Fixa residência nesta

José Gomes Ferreira

Por Fernando J. B. Martinho José Gomes Ferreira (1900-1985) nasceu no Porto, em 1900. Publicou em 1918 e 1921, respetivamente, duas coletâneas poéticas, Lírios do Monte e Longe, que mais tarde retiro

José Rodrigues Miguéis

Por Teresa Martins Marques Escritor português (Lisboa, 1901 - Nova Iorque, 1980). Licenciado em Direito (Lisboa, 1924) e em Ciências Pedagógicas (Bruxelas, 1933). Foi temporariamente advogado, delega

Leonardo Coimbra

Por Pedro Calafate Natural da vila da Lixa, próximo de Amarante, foi uma das figuras mais proeminentes do movimento da Renascença Portuguesa, que fundou, juntamente com Teixeira de Pascoaes, António

Lindley Cintra

Por Ivo Castro Luís Filipe Lindley Cintra é uma das figuras principais da Linguística portuguesa. Toda a sua atividade científica foi desenvolvida na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, on

Luís Albuquerque

Por Francisco Contente Domingues Luís Guilherme Mendonça de Albuquerque. Nasceu em Lisboa, em 06.03.1917. Licenciado em Ciências Matemáticas (1939) e em Engenharia Geográfica (1940) pela Universidade

Luís de Freitas Branco

Por Alexandre Delgado Luís de Freitas Branco (Lisboa 12/10/1890 – Lisboa 27/11/1955) domina o século XX português com a estatura de um colosso, de importância comparável, no domínio da música, a um F

Manuel Antunes

Por Luís Machado de Abreu Nascido na Sertã a 3 de novembro de 1918, e falecido em Lisboa a 18 de janeiro de 1985, Manuel Antunes ingressou na Companhia de Jesus em 1936. No Instituto Superior de Filo

Manuel Viegas Guerreiro

Por João David Pinto Correia O Prof. Doutor Manuel Viegas Guerreiro nasceu em Querença, concelho de Loulé, em 1 de novembro de 1912. Aprovado no Curso Geral dos Liceus, com dezasseis valores, e no Cu

Maria Archer

Por Dina Botelho Maria Emília Archer Eyrolles Baltasar Moreira, na cena literária Maria Archer, nasceu em Lisboa, no dia 4 de janeiro de 1899. Foi a primeira dos seis filhos do casal. Parece ter escr

Maria de Lourdes Belchior

Por Maria Idalina Resina Rodrigue Em algumas das suas últimas intervenções (Doutoramentos Honoris Causa na Universidade do Porto, em 1996, e na Universidade Nova de Lisboa, em 1998), embora com a ine

Mário Botas

Por Maria João Cantinho A CORRIDA DE NARCISOÁguas correntes de regatos imensos, que não estão no corpo mas na alma e desaguam sempre noutro rio até chegarem àquele a quem os Antigos chamavam Letes...

Mário Eloy

Por Helena Vasconcelos MÁRIO ELOY (1900 – 1951 Mário Eloy de Jesus Pereira), justamente considerado como um dos artistas portugueses mais marcantes do século XX, nasceu a 15 de março de 1900, em Algé

Mário Sottomayor Cardia

Por Carlos Leone Mário Sottomayor Cardia foi uma das figuras cimeiras do pensamento e ação políticos em Portugal, em particular da Esquerda, nos anos decisivos da transformação de Portugal no atual r

Miguel Torga

Por José Augusto Cardoso Bernardes Miguel Torga (pseudónimo de Adolfo Correia Rocha) nasceu em S. Martinho de Anta (12.08.907) e morreu em Coimbra (17.01.995). É autor de uma obra extensa e diversifi

Orlando Ribeiro

Por Suzanne Daveau Orlando Ribeiro, Renovador da Geografia em Portugal Um longo hiato, durante o qual a Geografia foi muito pouco praticada em Portugal, seguiu-se ao florescimento brusco mas breve q

Paulo Quintela

Por Maria Manuela Gouveia Delille Professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e tradutor literário (Bragança, 24.12.1905 – Coimbra, 09.03.1987). Nascido de uma família transmontana de

Raul Brandão

Por Vítor Viçoso Nascido na Foz do Douro (Porto), em 1867, Raul Brandão, filho e neto de pescadores, morreria em Lisboa em 1930. A partir de 1912, já reformado no posto de capitão do exército, onde i

Raul Proença

Por Pedro Calafate Raul Proença foi dos intelectuais mais ativos e influentes durante as primeiras décadas deste século, sempre eivado de inabalável espírito democrático, mas profundamente crítico do
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.