Número 87   ·     8-21 de Junho de 2005    ·     Suplemento do JL, Nº 905, Ano XXV

Prémio Camões 2005

A escritora brasileira Lygia Fagundes Telles foi distinguida com o Prémio Camões 2005, o mais importante galardão literário de língua portuguesa. 

Nascida em São Paulo em 1923, formou-se em Direito, chegando a exercer actividade como procuradora, antes de se dedicar por inteiro à literatura. 

Em 1938, publicou o primeiro livro de contos, intitulado Porão e Sobrado. Seis anos depois, daria à estampa uma segunda colectânea, Praia Viva.

Destacada contista, Lygia Fagundes Telles é igualmente autora dos romances Ciranda de Pedra (1954), Verão no Aquário (1963), As Meninas (1973) e As Horas Nuas (1989). A sua obra mais recente é Durante aquele estranho chá - Perdidos e achados, um livro que reúne crónicas e memórias, publicado em 2002. 

Lygia Fagundes Telles faz parte da Academia Brasileira de Letras desde 1985 e a sua obra encontra-se traduzida em várias línguas.