Moçambique: Primeiro-ministro português inaugura exposição no CCP/Camões, IP

Publicado em quinta, 27 março 2014 12:48

A exposição O Tempo da Arte, patente no Centro Cultural Português (CCP) do Camões IP, vai ser inaugurada a 27 de março de 2014, às 16h, pelo Primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, de visita a Maputo por ocasião da II Cimeira luso-moçambicana.

É uma oportunidade para revisitar 29 obras selecionadas a partir do acervo do CCP-Maputo, representativas do percurso da galeria enquanto espaço de exposições temporárias que tem como principal objetivo promover o intercâmbio e divulgar o trabalho de criadores portugueses e moçambicanos.

As peças escolhidas são assinadas por Albertino, A. Pedro Correia, Ciro, Eduarda Coutinho, Eugénio Lemos, Famós, Filipe Branquinho, Frederico Morim, João Vicente, Jorge Dias, José Júlio, José Pádua, José Paiva, Júlio Resende, Marinela Fazendeiro, Mucavele, Mudaulane, Naftal Langa, N’Dlozy, Oblino, Pinto, Reinata, Samate, Shikhani, Simione, Teresa de Sena, Tomo e Victor Sousa.

O acervo de arte do Centro Cultural Português remonta a 1996, ano em que iniciou um programa regular de exposições de artistas consagrados e de jovens criadores, em diferentes meios de expressão – do desenho à escultura, passando pela pintura e pela cerâmica e, mais recentemente, pela fotografia.

Passados 18 anos desde a sua criação, importa (re)ver um acervo que conta com mais de 160 obras e procurar entrever caminhos futuros. Em 2013, efetuou-se um trabalho sistemático de inventariação das obras, entretanto concluído, e que permite conhecer cada obra do acervo.

Esta mostra pode ser visitada no CCP-Maputo até 30 de abril de 2014, de segunda a sábado, das 10 às 18 horas.

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.