Uruguai: Dança contemporânea portuguesa presente em Festival Internacional

Publicado em segunda, 05 maio 2014 16:12

A 3ª edição do FIDCU- Festival Internacional de Dança Contemporânea de Uruguai, em curso de 5 a 11 de maio de 2014, conta com uma notável presença lusa, protagonizada por Mariana Tengner Barros, Rafael Alvarez e Tiago Cadete, que partilham os palcos de Montevideu com artistas da Argentina, França, Uruguai, Espanha e Itália.

No dia de abertura, Rafael Alvarez apresenta na Sala Verdi o “Bosque”, um espetáculo destinado ao público infantil, seguido de uma conversa entre o artista e todos os participantes.

“Highlight” de Tiago Cadete terá no “Punto de Encuentro”, um espaço cultural alternativo da capital uruguaia, a oportunidade de surpreender o público com uma criação que estimula os sentidos.

Mariana Tengner Barros regressa à sala Zavala Muñiz do Teatro Solís para apresentar “The Trap” – espetáculo vencedor do Prix Jardin d´Europe 2013 Audience Award atribuído pelo público na 30ª edição do Impulstanz (Vienna International Dance Festival).

Paralelamente aos espectáculos, Tiago Cadete orientará o workshop “A história que não queria ser livro”, para os alunos da escola pública com idades compreendidas entre os 7 e 8 anos.

Uruguai é um dos três países contemplados na digressão sul-americana que está a ser percorrida pelos artistas associados da EIRA. Rafael Alvarez, Tiago Cadete e Mariana Tengner Barros também vão dar a conhecer a produção artística portuguesa nas cidades brasileiras de Natal e São Paulo. Após Montevideu, seguem para a capital argentina.

A EIRA é uma estrutura de criação e produção sediada em Lisboa que tem na internacionalização da dança contemporânea portuguesa o seu principal objetivo. Para concretizar esta digressão conta com o apoio do Camões- Instituto da Cooperação e da Língua, da Embaixada de Portugal no Uruguai e da Direção-Geral das Artes, Governo de Portugal.

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.