República Checa: Teolinda Gersão representa literatura portuguesa em Praga

Publicado em segunda, 12 maio 2014 19:11

A escritora portuguesa Teolinda Gersão participa na VIII edição da Noite da Literatura na capital checa, a 14 de maio de 2014, evento que antecede a XX Feira Internacional do Livro e Festival Literário de Praga, de 15 e 18 do mesmo mês, na qual Portugal se faz representar através de um pavilhão dinamizado pelo Camões, IP.

Durante a Noite da Literatura, este ano centrada no bairro de Praga 3 – Žižkov, parte do romance de Teolinda Gersão "O Silêncio", traduzido para checo por Lada Weissová, será lido pela atriz Simona Postlerová no atelier de escultura em madeira da Escola Profissional Superior de Artes Aplicadas.

A Noite da Literatura é uma iniciativa que pretende dar a conhecer autores e textos de escritores mundiais através da leitura pública de excertos em locais menos conhecidos ou visitados da cidade.

No dia seguinte, a 15, abre em Praga a XX Feira Internacional do Livro e Festival Literário de Praga, certame vocacionado para dar a conhecer ao público checo as novidades do mercado livreiro. O evento, que tem lugar na capital de um dos países com maior taxa de leitura da União Europeia, atrai anualmente dezenas de milhares de visitantes e expositores. Diversos países fazem-se representar pelas respetivas embaixadas ou centros culturais.

Na edição de 2014, que decorrerá em torno da produção literária da Hungria, país convidado de honra, Portugal estará presente com um pavilhão dinamizado pelo Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, onde Teolinda Gersão apresentará, no dia 16 às 10:00, o seu novo livro "Passagens", numa sessão aberta ao público mas dirigida especialmente a professores, alunos e lusitanistas checos.

Teolinda Gersão estudou Germanística, Romanística e Anglística nas Universidades de Coimbra, Tübingen e Berlim, foi Leitora de Português na Universidade Técnica de Berlim, assistente na Faculdade de Letras de Lisboa e professora catedrática da Universidade Nova de Lisboa, onde ensinou Literatura Alemã e Literatura Comparada. A partir de 1995 passou a dedicar-se exclusivamente à literatura.

Autora sobretudo de romances, publicou até agora duas novelas (Os Teclados e Os Anjos) e duas coletâneas de contos (Histórias de Ver e Andar e A Mulher que prendeu a Chuva). Três dos seus livros foram adaptados ao teatro e encenados em Portugal, Alemanha e Roménia.

Mais informação:

http://www.literaturenights.eu/2014/city/44-bprahab/?lang=en

http://sk2014.svetknihy.cz/ 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.