Festival “Parfums de Lisbonne” faz soar vozes faladas e cantadas na Casa Fernando Pessoa

Publicado em segunda, 02 junho 2014 19:16

Dança, teatro, cinema, poesia e música integram a programação pluridisciplinar da 8ª edição do Festival “Parfums de Lisbonne”, iniciativa da Companhia de Teatro parisiense Cá e Lá que se realiza a 5 de junho de 2014, às 18:30, na Casa Fernando Pessoa, com uma sessão intitulada “Vozes faladas e cantadas”.

Lançado em 2007, este Festival de “urbanidades cruzadas” entre as capitais portuguesa e francesa, que tem beneficiado de uma parceria regular com a Casa Fernando Pessoa, conta este ano, pela primeira vez, com um duplo lançamento do evento: “em Lisboa, na casa habitada pelo poeta e habitável pela poesia, e em Paris, no espaço onde nasceu”.

“Perante a austeridade proclamada, o nosso luxo é prosseguir afirmando como essenciais as formas espectaculares dinâmicas e interativas em que todos têm lugar e em que a única linguagem possível é o diálogo intercultural”, escrevem, na apresentação desta edição, os organizadores do “Parfums de Lisbonne”, evento apoiado Centro Cultural Português – Embaixada de Portugal em Paris.

A 5 de junho, na Casa Fernando Pessoa, o programa inclui leituras pelo autor convidado, José Carlos Vasconcelos (jornalista, escritor, poeta), e ainda a participação de José Manuel Esteves, da Cátedra Lindley Cintra do Camões, IP, Université de Nanterre, Fernando Curopos, da Companhia Cá e Lá e Université de la Sorbonne, Nuno Campos, Ana Rita Meira Faria e Mariana Marques, da Companhia Cá e Lá.

Entre outros contributos, a encenação é de Graça dos Santos (companhia Cá e Lá e Université de Nanterre) e os figurinos são de Isabel Vieira (Companhia Cá e Lá e investigadora). A entrada é livre, no limite dos lugares disponíveis.

Mais informação: www.parfumsdelisbonne.com; Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.