Moçambique: Iniciado processo de criação da rede de escolas profissionais

Publicado em terça, 03 junho 2014 18:01

A I Reunião Nacional dos Diretores das Escolas Profissionais de Moçambique com vista à constituição de uma Rede de Cooperação entre as Escolas Profissionais de Moçambique realizou-se de 12 a 15 de maio de 2014, no “Hotel Escola” da Escola Profissional de S. Francisco de Assis, em Mumemo, distrito de Marracuene, Província de Maputo.

Esta ação decorreu de uma recomendação feita no relatório da “Avaliação Internacional do Modelo Curricular e Pedagógico das Escolas Profissionais de Moçambique” efetuada em setembro de 2011 e em que foi evidenciada a necessidade das 43 Escolas já em funcionamento constituírem, entre si, redes de cooperação. De referir também que o mesmo relatório considerou estas escolas como um “Exemplar Modelo de Qualificação Profissional Inicial em África”.

O professor Joaquim de Azevedo, da Universidade Católica Portuguesa, gestor científico do programa em execução desde 2001, foi o coordenador e facilitador dos trabalhos

Estas redes, funcionando como “nós de cooperação”, deverão contar, também, como parceiros ativos, com os Chefes das RET, os membros das ELIDEP, os técnicos dos serviços centrais e periféricos do MINED e o tecido empresarial, através das suas associações.

Os objetivos da rede são: (i) potenciar os diversos recursos (materiais e humanos) existentes nas escolas; (ii) programar acções comuns (planificação e desenvolvimento curricular); (iii) facilitar a mobilidade de alunos em estágio profissional; (iv) promover um conjunto de ajudas mútuas entre as escolas e os seus diretores; (v) programar formações em conjunto, seja das lideranças, seja dos docentes; (vi) partilhar experiências e boas práticas realizadas e/ou em curso.

 

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.