Cabo Verde: Concerto com tenor e pianista russo Alexey Shaktiko, na Cidade da Praia

Publicado em terça, 07 outubro 2014 18:38

O Centro Cultural Português/Camões, IP na Cidade da Praia, em Cabo Verde, promove dia 9 de outubro de 2014, às 21:00, um concerto de piano do músico russo Alexey Shakitko, com entrada livre.

Tenor e pianista russo, Alexey Shakitko nasceu em 1976 no Cáucaso do Norte, na Rússia. Atualmente reside em Portugal, onde mantem atividade profissional como pianista concertista, toca para o corpo diplomático, em apresentações e eventos musicais, colabora com o Teatro Nacional de São Carlos, com a Companhia Nacional de Bailado e a Fundação Calouste Gulbenkian, entre várias outras companhias e organizações musicais.

Entre os seus recitais mais importantes estão a “Coroa de flores para Chopin” destinado à comemoração do aniversário da Marquesa da Cadaval no Centro Cultural Olga de Cadaval, em Sintra, e o concerto de  beneficência para sofredores de terramotos na Ásia.

Em 2009 realizou um programa em São Petersburgo: “Noite dos Concertos”, onde tocou, com grande êxito, o concerto  duplo de Bach, o concerto de Mozart nº 23 e de Brahms, nº1. Em 2004 realizou um concerto em Luanda a convite do Governo de Angola, e em 2002, em Nagóia, no Japão. Entre 1998 e 2000, trabalhou no Teatro Mariinsky em São Petersburgo, na Rússia.

Tem participado em diversas digressões pelas maiores salas da Europa e da China, em colaboração com os mais destacados artistas a nível mundial.

Revelando-se uma criança muito dotada para a música, aos seis anos de idade Alexey Shakitko foi admitido extraconcurso na classe de piano da Escola Juvenil de Música e Artes, na cidade de Norilsk. Em 1990 foi transferido, pela professora, para a Escola de Música para Crianças Dotadas, filial da Escola Profissional de Música de Norilsk.

Após ter completado os seus estudos nesta instituição de ensino, ingressou na Escola Profissional de Música de Norilsk, na classe de L. V. Kartasheva, docente do Conservatório Nacional de São Petersburgo. Em 1995, diplomou-se nas disciplinas específicas do programa oficial com nota máxima. Como consequência, foi admitido sem exames no Instituto Nacional de Artes de Krasnoyarsk, na classe de T. D. Rakhimkulov.

Em 1996 transferiu-se para a Academia Nacional de Cultura de São Petersburgo, passando a frequentar a classe da destacada intérprete e pedagoga Tatiana Lupikina, reconhecida pelas seus cursos de aperfeiçoamento na Rússia, na Bulgária, nos Estados Unidos da América, na Suíça e na  Alemanha, e pelos seus trabalhos teóricos na área da ornamentação.

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.