Coreia do Sul: Retrospetiva dedicada ao cineasta português Manoel de Oliveira

Publicado em quarta, 29 outubro 2014 16:13

A Cinemateca de Seul, na Coreia do Sul, dedica uma retrospetiva à obra cinematográfica do consagrado realizador português Manoel de Oliveira, de 29 de outubro a 23 de novembro de 2014, um evento que conta com o apoio do Camões, I.P.

A inauguração da iniciativa, a 29 de outubro, será marcada por uma receção do Embaixador de Portugal em Seul, António Quinteiro Nobre, e o Diretor de Programas da Cinemateca de Seul, Seong-uk Kim, à qual se seguirá a exibição do filme "Singularidades de uma Rapariga Loira" (2009).

A retrospetiva da obra de Manoel de Oliveira conta ainda com o apoio da Cinemateca de Seul, da Cinemateca Portuguesa e do Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA).

Nascido no Porto em 1908, Manoel de Oliveira completará 106 anos no próximo dia 11 de dezembro. Realizador distinguido com diversos prémios internacionais, autor de uma vasta obra, estima-se que seja atualmente o mais velho cineasta do mundo em atividade.

“Douro, Faina Fluvial” (1931), “Aniki Bobó” (1942), “Francisca” (1981), “Non, ou a Vã Glória de Mandar” (1990) “Vale Abraão” (1993), e “Belle Toujours” (2006) são algumas das películas com a sua inconfundível assinatura.

Mais informações e programa

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.