Seminário “Angola: Pequena Agricultura e Desenvolvimento Rural”, em Lisboa

Publicado em segunda, 17 novembro 2014 18:03

O Seminário "Angola: Pequena Agricultura e Desenvolvimento Rural”, organizado pelo Centro de Estudos Tropicais para o Desenvolvimento (CENTROP), realizou-se a 23 de outubro de 2014 no Instituto Superior de Agronomia, em Lisboa, formalizando o encerramento do “Projeto de Apoio ao Programa de Desenvolvimento Agrícola e Rural”, cofinanciado pelo Camões, I.P.

O projeto teve início em 2007, nos Municípios da Província de Malanje: Cacuso, Caculama e Kalandula, como o objetivo de contribuir para o desenvolvimento de um programa de desenvolvimento rural que concorra para combater a pobreza de uma grande parte das famílias camponesas em Angola.

Pretende-se igualmente favorecer a integração no mercado dos produtos dos agricultores familiares e dos camponeses, designadamente através do reforço das estruturas e competências do Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas de Angolae da sensibilização das políticas públicas para as necessidades e especificidades da população camponesa.

Este Seminário, para além da apresentação e discussão dos resultados do projeto, promoveu um debate acerca da relevância da pequena agricultura e a agricultura familiar para a segurança alimentar das populações e desenvolvimento rural em Angola, no âmbito do Ano Internacional da Agricultura Familiar - 2014.

Presidiram à sessão de abertura o Pró-reitor da Universidade de Lisboa, o Embaixador da República de Angola, o Presidente do Instituto Superior de Agronomia (ISA), o Vice-presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., o Diretor Geral Adjunto do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), o Presidente do Centro de Estudos Tropicais para o Desenvolvimento (CENTROP) e o Coordenador do Projeto de Apoio ao programa de Desenvolvimento Agrícola e Rural (PAPDAR).

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.