Moçambique: Exposição “Azulejo Português – Diálogos Contemporâneos”, na Beira

Publicado em sexta, 27 fevereiro 2015 07:31

A exposição "Azulejo Português - Diálogos Contemporâneos", fruto da colaboração entre o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. e o Museu Nacional do Azulejo, vai ser inaugurada a 4 de março de 2015, às 18:00, na galeria do Centro Cultural Português/Camões, I.P. – polo da Beira.

Vinte e um painéis, compostos por fotografias e texto, proporcionam uma visão global, até à atualidade, da história da azulejaria portuguesa e da sua presença em diversos espaços geográficos.

Esta exposição pretende ser "uma viagem alargada através de tempos e espaços que configuram o devir português", uma vez que "o azulejo radica em tradições que foram sendo atualizadas nas técnicas, cores, formas, temas, utilizações, e se apresenta como impressão digital de cultura portuguesa.

O diálogo com a modernidade constitui o seu modo particular de pensar a contemporaneidade e abrir uma reflexão ao grande público ao marcar expressivamente lugares de anonimato".

Tendo a cidade da Beira inúmeros exemplares de azulejaria portuguesa, os mais antigos datados da década de 30 do século passado, Artur Poças, arquiteto da Narigura e docente do recém-criado Curso de Arquitetura da Universidade Zambeze, profere uma palestra intitulada "Na Peugada do Azulejo Português na Beira", uma espécie de visita-guiada a alguns pontos da cidade onde é possível apreciar exemplares de azulejo português.

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.