Argentina: Seminário e exposição promovem língua portuguesa em Buenos Aires

Publicado em terça, 09 junho 2015 18:10

No âmbito da IVª Jornada de Educação e Tradução da Escuela Normal Superior en Lenguas Vivas Sofía E.B. de Spangenberg "Traductores y docentes de lenguas extranjeras: su formación, saberes, prácticas", a decorrer no dia 30 de junho de 2015, entre as 17h30 e as 22h00, o Leitorado do Camões, I.P. de Buenos Aires organiza um seminário paralelo e a inaugura de uma exposição dedicados à língua portuguesa.

O seminário intitulado “A correção de textos: Como ensinar a rever e reescrever. Uma abordagem pedagógico-didática da escrita em Português como Língua Estrangeira (PLE)”, da responsabilidade da Leitora do Camões I.P. naquela cidade, Dr.ª Irma González, tem como objetivo geral refletir sobre a possibilidade de ensinar a escrita em PLE na perspetiva da construção do conhecimento do aluno pela consciencialização dos desvios.

Ao mesmo tempo, pretende-se dar a conhecer uma abordagem pedagógico-didática da escrita em PLE com o recurso a grelhas de sistematização de erros, na medida em que esta permitirá ao aluno conhecer, detetar e (auto) corrigir as inadequações ao nível do seu discurso escrito.

O Leitorado de Buenos Aires irá ainda inaugurar, no mesmo dia, a exposição “Escritores Diplomatas”, uma produção de 2014, composta por 21 painéis dedicados a 10 escritores portugueses, iniciando com Eça de Queiroz (séc. XIX) e finalizando com Luís Filipe Castro Mendes, escritor contemporâneo.

A exposição poderá ser visitada dentro do horário de funcionamento da instituição e estará disponível até 10 de julho de 2015.

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.