Chile: Protocolo com Universidade de Santiago cria novo Centro Língua Portuguesa

Publicado em segunda, 15 junho 2015 13:14

O Camões, I.P. expande a sua área de atuação com a criação de um novo Centro de Língua Portuguesa (CLP) no Chile, após celebração de um protocolo com a Universidade de Santiago do Chile.

A assinatura do protocolo decorreu no passado dia 8 de junho de 2015, numa cerimónia que contou com a presença do Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Luís Campos Ferreira, tendo o mesmo sido firmado pelo Embaixador de Portugal naquele país, Luís Lorvão, e o reitor daquela universidade, Juan Manuel Zolezzi CID.

O novo CLP funcionará na dependência da Faculdade de Humanidades da Universidade de Santiago do Chile e estreita as relações entre o Camões, I.P. e esta universidade que remontam ao ano 2000, que permitiu a existência, desde essa altura, de um Leitorado com funções de docência e promoção da língua portuguesa.

Ao fim de 15 anos de trabalho sério e dedicado, ambas as partes reconhecem a relevância que esta parceria tem tido para o contributo da promoção da língua e da cultura portuguesa no Chile, reforçando-a agora, com a criação deste CLP.

Durante a cerimónia, o Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação vincou que “a Língua Portuguesa é o principal ativo que Portugal possui. É um ativo social e económico. Por isso, era importante reforçar o elo de ligação que mantínhamos com uma instituição com a credibilidade e o referencial de qualidade como a que têm a Universidade de Santiago do Chile”. Luís Campos Ferreira salientou ainda o comprometimento e as expectativas que deposita neste novo CLP, agradecendo “ao Chile, ao reitor, e a todos os professores e decanos a oportunidade que dão ao nosso pais, de ter mais Portugal no Chile, de mais língua portuguesa no Chile”.

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.