França: Festival de música lusófona em junho em Paris

Publicado em terça, 23 junho 2015 17:25

Carlos do Carmo, Mariza, Rodrigo Leão, Lura, Bonga, Lenine, Carminho, Camané, Ana Moura são os nomes que dão corpo à primeira edição do FOLISBOA, festival de música lusófona que vai ter lugar no Le Grand Rex de Paris de 26 a 28 de junho de 2015, numa iniciativa desta sala de espetáculos dos grands boulevards e da agência artística Visiteurs do Soir, em parceria com a homóloga portuguesa UGURU. Este evento tem o apoio do Camões, I.P.

Segundo os organizadores, o festival pretende apresentar «toda a diversidade da cena musical de Lisboa, cidade mundo que vibra diariamente ao som de artistas lusófonos, de Portugal ao Brasil passando por Angola e Cabo Verde».

Com o espetáculo O Espírito de Um País, do álbum e DVD homónimo, Rodrigo Leão, fundador dos Madredeus, «abre o festival com uma viagem através da alma e da identidade de um povo».

O festival celebra também «o regresso a Paris de Mariza, recentemente galardoada com o Prémio Artista WOMEX 2014, pois não se pode homenagear Lisboa sem destacar um dos seus movimentos artísticos mais emblemáticos, o Fado», segundo os promotores do festival, que alinha diversos nomes do género musical considerado património imaterial da humanidade em novembro de 2011.

Celebrando os seus 50 anos de carreira, Carlos do Carmo, o único cantor português vencedor de um Grammy Award e que irá receber a "Grande Médaille de Vermeil" a mais alta distinção da cidade de Paris, será acompanhado por Ana Moura, Camané e Carminho.

FOLISBOA é também uma viagem pelas terras da lusofonia. Do Brasil com a pop alternativa de Lenine, de Cabo Verde a cantora LURA, herdeira de Cesária Évora, de Angola Bonga, sem esquecer Rivière Noire, vencedor do prémio de melhor álbum no World aux Victoires de la Musique 2015.

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.