Prémio Dona Antónia Adelaide Ferreira distingue Ana Ventura Miranda do Arte Institute

Publicado em quinta, 09 julho 2015 13:34

A diretora do Arte Institute, de Nova Iorque, com quem o Camões, I.P. mantém um protocolo, foi galardoada com o prémio revelação da 27.ª edição do Prémio Dona Antónia Adelaide Ferreira. Também no âmbito desta iniciativa, a jornalista Teresa de Sousa, do jornal “Público”, recebeu o prémio Consagração de Carreira.

Promovidos pela empresa Sogrape, o Prémio Dona Antónia, visa distinguir, anualmente, "figuras femininas portuguesas que, devido às suas características humanas e capacidades de empreendedorismo, tenham replicado de alguma forma o excecional exemplo de Dona Antónia nos tempos de hoje, nomeadamente através do contributo para o desenvolvimento económico, social e cultural do País".

O júri considerou importante distinguir com o prémio revelação Ana Ventura Miranda e o Arte Institute como “estímulo a uma iniciativa ou empreendimento de interesse público com relevância nacional em fase de lançamento ou desenvolvimento”.

Ana Ventura Miranda iniciou a sua carreira como atriz, foi jornalista e em 2011, fundou o Arte Institute em Nova Iorque, instituto independente que visa a internacionalização da arte contemporânea portuguesa.

Tendo em conta a sua missão, o Camões, I.P. estabeleceu, em 2014, um protocolo de cooperação com este instituto, visando o desenvolvimento e viabilização de iniciativas e projetos de Língua e Cultura Portuguesa Contemporânea com enfoque nos domínios da literatura, do cinema, da música e das artes plásticas nos Estados Unidos da América.

À jornalista Teresa de Sousa, foi atribuído o principal galardão, Consagração Carreira, pela “obra realizada e merecedora de inequívoco reconhecimento público". Segundo os promotores a jornalista distingue-se entre os pares "como especialista em política internacional e particularmente em assuntos europeus, com trabalhos que muito têm contribuído para a análise e debate das questões mais sensíveis no quadro comunitário".

Os prémios foram atribuídos em cerimónia realizada a 8 de julho de 2015, em Vila Nova de Gaia, nas Caves Ferreira.

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.