Brasil: José Luís Peixoto lança dois livros para público brasileiro

Publicado em terça, 10 novembro 2015 17:15

A Embaixada de Portugal, o Centro Cultural Português em Brasília/Camões, I.P. e a Companhia das Letras organizam, no dia 16 de novembro de 2015, pelas 19h00, no auditório do Camões, I.P. naquela embaixada da capital brasileira, o lançamento dos livros “Galveias” e “Dentro do Segredo” do escritor português José Luís Peixoto. O escritor estará presente na apresentação e promoverá uma sessão de autógrafos, num evento de entrada livre.

Numa das obras, Galveias, José Luís Peixoto apresenta esta cidade como tantas outras pequenas cidades do interior de Portugal - e talvez do mundo -, que encolheu um bocado nos últimos trinta anos. A sua população de mil e poucos habitantes é a metade da que lá havia nos anos 1980. Nascido e criado no lugarejo, José Luís Peixoto resgata com este romance um modo de vida que corre sério risco de extinção.

O ano é 1984 e a cidade alentejana acaba de vivenciar um estranho acontecimento no céu, que resultou numa cratera enorme de onde exala um cheiro de enxofre. Essa interferência do universo deixa o vilarejo intrigado pelo grande mistério. Partimos daí para acompanhar as várias narrativas dos habitantes de Galveias, historietas curiosas que o escritor habilmente costura. Ocupam esse tempo e espaço as viúvas, o padre, a professora, as procissões, os bêbados e as tabernas em que se reúnem os velhos, a prostituta que é também padeira, o doutor, o menino doido, as caçadas e os cães.

Com extrema sensibilidade e belíssimas imagens, Peixoto traça um retrato desse cenário campestre que teria contacto cada vez mais com o mundo moderno da cidade grande. A novidade - pela qual anseiam os mais jovens - ameaça o saber tradicional. No entanto, se ainda havia analfabetos nesta época, eram eles também os detentores do conhecimento inestimável da terra, do céu e da vida. Galveias revela, assim, a identidade de um país em transição, mas profundamente marcado pela sua condição rural.

Sobre a segunda obra a lançar, Dentro do Segredo, o escritor revela-nos o ano de 2012, em que o governo norte-coreano realizou grandes celebrações pelo centenário do falecido ditador Kim Il-sung, pai do regime comunista que controla o país desde 1948. Nessa ocasião excecional, um grupo de turistas ocidentais obteve autorização para viajar durante duas semanas num roteiro que incluiu a capital, Pyongyang, e diversos lugares raramente visitados por estrangeiros.

A possibilidade de conhecer a vida quotidiana dos norte-coreanos estimulou uma antiga curiosidade do escritor português José Luís Peixoto. Radicalmente contrário a qualquer governo ditatorial, Peixoto mesmo assim embarcou na excursão, pomposamente batizada The Kim Il-sung 100th Birthday Ultimate Mega Tour, para ver e sentir de perto esse país banido do convívio internacional por sua insistência em fabricar armas nucleares.

O resultado de suas experiências como turista na Coreia do Norte é este livro híbrido de relato de viagem e realismo mágico. Imerso no alucinatório culto à personalidade que domina todos os aspetos da cultura norte-coreana, Peixoto viajou pelo país sob a vigilância sorridente dos guias e dos retratos oficiais.

José Luís Peixoto nasceu em 1974, em Galveias, Portugal. Estudou línguas e literaturas modernas na Universidade Nova de Lisboa. É autor de romances, contos, poemas e peças de teatro, e os seus livros já foram traduzidos para cerca de vinte idiomas. Recebeu o prémio José Saramago em 2001 pelo romance Nenhum Olhar e o prémio Salerno Libro d’Europa em 2013 por Livro. Este último foi publicado pela Companhia das Letras em 2012, assim como Dentro do segredo: Uma viagem pela Coreia do Norte, em 2014.

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.