Congresso "Língua Portuguesa: uma Língua de Futuro" decorre na Universidade de Coimbra

Publicado em quarta, 02 dezembro 2015 12:10

Numa iniciativa da Universidade de Coimbra apoiada pelo Camões, I.P., decorre, entre os dias 2 e 4 de dezembro de 2015, no Convento de S. Francisco, em Coimbra, o Congresso Internacional "Língua Portuguesa: uma Língua de Futuro".

No âmbito dos 725 anos da sua fundação, a Universidade de Coimbra organiza este Congresso Internacional que encerra as comemorações, cujo propósito central será refletir sobre a língua portuguesa como idioma do futuro, em vários aspetos que essa visão prospetiva envolve.

A cerimónia de abertura, agendada para as 14h30 de dia 2 de dezembro, contará com a presença entre outros, de Ana Paula Laborinho, presidente do Conselho Diretivo do Camões, I.P. , Manuel Machado, presidente da Câmara Municipal de Coimbra e João Gabriel Silva e Carlos Reis Coordenadores da Comissão Científica do Congresso.

A Universidade de Coimbra encara a língua portuguesa como uma das suas prioridades estratégicas e sublinha-o de novo com este congresso. Sendo uma instituição universitária de referência, no universo pluricontinental do nosso idioma, a Universidade de Coimbra entende que a língua portuguesa constitui um ativo cultural, político, educacional e simbólico, de cuja valorização e conhecimento depende o lugar que ocupa, num mundo em que compartilha essa presença com outras grandes línguas de cultura.

A situação da língua portuguesa no século XXI convida a uma reflexão multidisciplinar que ajude a responder aos desafios que ela enfrenta. Estão em causa não apenas o trajeto histórico da língua portuguesa, mas sobretudo as exigências determinadas por transformações socioculturais, por mutações científicas e tecnológicas e por contextos político-linguísticos diversos dos que herdámos do passado. Para além disso, a língua portuguesa constitui um dinâmico instrumento de comunicação e de representação de práticas culturais e de saberes vários, incluindo-se neles o chamado conhecimento científico, com os efeitos cognitivos, educativos e culturais que daí se deduzem.

Toda a comunidade científica, em Portugal, nos restantes países de língua oficial portuguesa, noutros países em que a língua portuguesa é estudada e ainda na diáspora portuguesa, marcará presença.

Mais informações sobre o congresso, incluindo o programa, disponíveis em: http://uc725.uc.pt/p/lingua-portuguesa

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.