Guiné-Bissau:” Porque é que antes chovia muito e agora não?”- A pergunta de Zé que retrata a vida em Elalab

Publicado em quarta, 02 dezembro 2015 14:56

Um vídeo produzido pelos Bagabaga Studios retrata a história de Elalab, uma pequena comunidade situada numa zona de difícil acesso da costa Norte da Guiné-Bissau. Este trabalho foi realizado no âmbito do projeto “A Gestão Sustentável dos Recursos Florestais no Parque Natural dos Tarrafes de Cacheu” da Monte - Organização Não Governamental para o Desenvolvimento, tendo como parceiros locais a AD e o IBAP e como financiadores a União Europeia e o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.

Elalab tem 435 habitantes que vivem da pesca e da produção de arroz. Para os Felupes - a etnia predominante - este cereal é símbolo de riqueza e o seu principal sustento. Nos últimos anos, com a diminuição da pluviosidade e a subida do nível do mar, as bolanhas (plantações de arroz) de Elalab têm sido inundadas de água salgada, ameaçando a fertilidade dos solos e a subsistência das pessoas.

Zé é um dos rostos da aldeia.

Não conhece o significado de aquecimento global, mas identifica facilmente mudanças nas estações e o impacto que têm na vida de todos os dias.

Não percebe porque é que tudo isto está a acontecer. E pergunta-nos: "Porque é que antes chovia muito e agora não?"

Veja aqui o vídeo

Versão PT: https://vimeo.com/147442728

Versão EN: https://vimeo.com/147454300

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.