Angola: Exposição de Gravura “Ressonância e Inspiração” de Jorge Gumbe

Publicado em quinta, 07 abril 2016 14:50

Realiza-se no dia 14 de abril, às 18h30, no Centro Cultural Português/Camões, I.P. em Luanda, a inauguração da exposição de Gravura “Ressonância e Inspiração”, de Jorge Gumbe, que representa o regresso do artista ao contacto com o público de Luanda, após 11 anos de ausência.

Esta mostra, que integra 35 obras inéditas, em diferentes materiais, executadas entre 1982 e 2015, é, segundo o artista, o resultado de pesquisas incessantes desenvolvidas num período de tempo antes de atingir o resultado final. Jorge Gumbe chama a atenção para o papel relevante da gravura, utilizada pelos artistas africanos, como meio de expressão privilegiado da identidade pós-colonial e também para as problemáticas sociais que dominam as sociedades.

Em “Ressonância e Inspiração”, Jorge Gumbe revisita, com um olhar contemporâneo, temas recorrentes da sua obra ligados às tradição e cultura angolanas, os mitos, os sonhos, as estórias da tradição oral, elementos carregados de forte simbolismo, como a máscara e o embondeiro - árvore mitológica simbolizando a natureza mãe.

Jorge Gumbe nasceu nos Dembos, província do Bengo, a 7 de julho de 1959.

Doutorado em Arte, Educação e Património pela Universidade de Roehampton, Londres, Reino Unido, é professor no Instituto Superior de Artes – ISART, em Luanda, onde exerce as funções de Diretor-Geral Adjunto para a Área Científica e de Pós-Graduação.

No seu currículo conta com o Prémio Nacional de Cultura e Artes, 1º e 2º Prémio - Concurso de Pintura Ensa-Arte e o Prémio de Gravura do Banco de Fomento Exterior, Portugal.

 

 

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.