Uruguai: Filmes portugueses galardoados no Festival Internacional Cinematográfico

Publicado em sexta, 08 abril 2016 17:58

Portugal ganhou o prémio de melhor curta-metragem internacional com Provas, Exorcismos”, de Susana Nobre (Portugal, 2015), da Agência de Curtas Metragens, no 34.º festival internacional cinematográfico do Uruguai, onde vários filmes portugueses estiveram em competição.

A coprodução portuguesa “Olmo e a Gaivota” de Petra Costa e Lea Glob, granjeou o prémio da melhor Longa-Metragem internacional.

A 34ª edição do Festival Cinematográfico Internacional do Uruguai realizou-se entre 22 de março e 3 de abril de 2016, em Montevideu, um evento que contou com apoio do Camões, I.P.

Este ano Portugal participou com sete filmes, entre curtas e longas-metragens, e uma coprodução portuguesa. Entraram na competição os filmes “Gipsofila” de Margarida Leitão, “Olmo e a Gaivota” de Petra Costa, “Maria do Mar” de João Rosas, e “Provas, Exorcismos” de Susana Nobre.

Fora da competição foram exibidos os filmes “Portugal, um dia de cada vez” de João Canijo - realizador que já recebera o prémio honorário de melhor filme por “Sangue do meu sangue” neste festival -, “Talvez deserto, talvez universo” de Miguel Seabra Lopes e Karen Akerman, e “Uma rapariga da sua idade” de Márcio Laranjeira.

Mais informações em: http://accu.uy/index.php/2016/04/04/premios-del-34o-festival-cinematografico-internacional-del-uruguay-2016/ e http://www.cinemateca.org.uy/premios34festival.htm

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.