Moçambique: Presidente da República Portuguesa inaugurou exposição sobre a Educação no Centro Cultural Português em Maputo

Publicado em sexta, 06 maio 2016 17:02

O Presidente da República Portuguesa inaugurou a exposição de fotografia Instruindo, Unindo, no dia 5 de maio de 2016, às 16h00, no Centro Cultural Português/Camões, I.P. em Maputo, durante a Visita de Estado a Moçambique.

A exposição é composta por um conjunto de fotografias que convida os visitantes a olhar e refletir sobre o esforço, entusiasmo e empenho sentidos ao longo de quarenta anos de educação em Moçambique.

A presença de professores em todas as províncias do país, o desenvolvimento de projetos educativos com os meios existentes para que a educação possa ser reclamada como um direito de todos e os programas de alfabetização de adultos são aspetos bem patentes nesta exposição.

Partindo da contemporaneidade, com fotografias de Mauro Vombe, a exposição permite também revisitar o olhar e o trabalho de grandes nomes da fotografia moçambicana, com particular destaque para Ricardo Rangel e José Cabral. Ambos aliam a agudeza do olhar a uma extraordinária capacidade de ver o mundo. Eles fizeram e fazem história, mantendo-se bem presentes no legado deixado a um conjunto de fotógrafos mais jovens que se foram afirmando também internacionalmente. Não é deles que se fala nesta mostra, mas eles estão, também, subliminarmente presentes na exposição.

O mesmo se poderia afirmar sobre aqueles que não estão diretamente retratados. Todos estão presentes naquilo que é um esforço conjunto, porque, como afirma Francisco Noa num texto escrito para esta exposição, “a educação é, afinal, um processo árduo, longo, sinuoso, mas gratificante e realizável. Basta simplesmente assumir a educação em toda a sua grandeza e profundidade. Inteira e inequivocamente.”

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.