Apresentação do Estudo “Futuros Criativos – Economia e Criatividade em Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe”

Publicado em quinta, 28 julho 2016 17:14

Foi apresentado no dia 20 de julho de 2016, na Cidade da Praia, o estudo “Futuros Criativos – Economia e Criatividade em Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe”, que visa identificar e valorizar em cada contexto nacional ou local, os recursos e as soluções já disponíveis no domínio da economia criativa e tornar o seu conhecimento acessível.

A Presidente da ACEP (Associação para a Cooperação entre os Povos) e coordenadora deste projeto, Fátima Proença, sublinhou que este estudo tem o objetivo de criar um ponto de partida que facilite o processo de dinamização das Economias Criativas, uma “área de conhecimento e de experiência novas”, nos três países beneficiários do projeto: Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe.

Avaliado em 150.000€, o projeto “Futuros Criativos – Economia criativa como estratégia de desenvolvimento em Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe” é o título de síntese de um conjunto de iniciativas que têm o objetivo de valorizar a inovação e a criatividade como fatores de desenvolvimento sustentável.

Cofinanciado pelo Camões, I.P. e pela Fundação Portugal-África, o projeto em apreço é desenvolvido pela ONGD portuguesa Associação para a Cooperação entre os Povos (ACEP), em parceria com a Plataforma das ONGs de Cabo Verde (PLATOng), a ONG Atelier Mar, a ONGD Tiniguena da Guiné-Bissau e com a Federação das ONGs de São Tomé e Príncipe.

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.