Moçambique: Ciclo de Conferências - Patrimónios: Modos de Olhar

Publicado em sexta, 19 agosto 2016 18:56

Nos dias 22, 23 e 24 de agosto de 2016, às 18h00, realiza-se no Camões – Centro Cultural Português em Maputo o Ciclo de Conferências intitulado Patrimónios: Modos de Olhar. Esta iniciativa enquadra-se no âmbito do Projeto Patrimónios de Influência Portuguesa e é fruto de uma parceria entre o Centro Cultural Português, o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e a Faculdade de Arquitetura e Planeamento Físico da Universidade Eduardo Mondlane.

Pretende-se com este ciclo de conferências refletir sobre o Património de forma integrada e abrangente, adotando uma perspetiva interdisciplinar, que integra áreas como a arquitetura, o urbanismo, a fotografia, a língua e a literatura. Os autores deste projeto defendem o uso do plural na designação ’Patrimónios’ apontando para a multiplicidade dos olhares sobre um objeto que resulta da composição de muitos outros.

Cada sessão terá um enfoque específico que contribui para a construção desta visão plural de Património, pensado a partir de Moçambique. Assim, no dia 22 de agosto, os arquitetos Luís Lage (Univ. Eduardo Mondlane) e Walter Rossa (Univ. Coimbra) abordam “Território, Cidade e Arquitetura”, com enfoque na arquitetura modernista em Moçambique. No dia seguinte, 23 de agosto, o debate sobre “Comunidade, Língua, Literatura” é moderado por Francisco Noa e conta com intervenções de Margarida Calafate Ribeiro e Mónica Silva, ambas da Universidade de Coimbra. A última sessão do Ciclo de Conferências, intitulada “A partir do Subúrbio”, será dedicada ao bairro da Mafalala, e tem como oradores Ivan Laranjeira (Associação IVERCA) e o arquiteto Nuno Gonçalves; a conversa será moderada pelo arquiteto Júlio Carrilho.

No âmbito deste ciclo de conferências serão lançados três livros diretamente relacionados com os temas de cada sessão: Patrimónios de Influência Portuguesa: modos de olhar (dia 22 de agosto); Papéis da Prisão: Apontamentos, diário, correspondência (1962-1971), de José Luandino Vieira, editado pela Caminho – Leya (dia 23 de agosto); Mafalala, memória e espaços de um lugar (dia 24 de agosto). O último livro, Mafalala, memória e espaços de um lugar será primeiro lançado no Bairro da Mafalala, no dia 21 de agosto, às 16h00, numa iniciativa da Associação Iverca.

Depois de Maputo, Patrimónios: Modos de Olhar estará em debate na Beira, pelas mãos do Camões - Centro Cultural Português Pólo da Beira, no dia 26 de agosto. Esta iniciativa resulta de uma parceria com a Universidade Zambeze e está inserida no IX Festival Nacional da Cultura.

O ciclo de conferências Patrimónios: Modos de Olhar é patrocinado pelo Banco Único.

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.