Brasil: Mostra “O Futuro Será uma Réplica” - Participação Portuguesa na Bienal de São Paulo

Publicado em segunda, 05 setembro 2016 09:25

Sob o título Incerteza Viva [Live Uncertainty], a 32ª Bienal de São Paulo vai acolher cinco artistas portugueses que apresentarão, de 7 de setembro a 12 de dezembro de 2016, vídeos, conferências, performances, a edição de um livro e uma exposição. Os cinco artistas portugueses selecionados para a Mostra “O Futuro Será uma Réplica” são: Carla Filipe, Gabriel Abrantes, Grada Kilomba, Lourdes Castro e Priscila Fernandes. Este evento tem o apoio do Camões, I.P.

Um catálogo sobre o projeto também será realizado e lançado durante a mostra. Todas as atividades irão acontecer no espaço expositivo do Consulado Geral de Portugal em São Paulo.

A Bienal visa refletir sobre as atuais condições da vida e as estratégias oferecidas pela arte contemporânea para acolher ou habitar incertezas. A exposição acontece no Pavilhão Ciccillo Matarazzo, reunindo aproximadamente 90 artistas e coletivos.

Paralelamente, em parceria com a Fundação Bienal de São Paulo e a equipa curatorial da 32ª Bienal e com o apoio do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, o Consulado Geral de Portugal em São Paulo irá promover uma série de atividades que consistem em aproximar e aprofundar o público brasileiro da produção dos cinco artistas portugueses selecionados para a edição de 2016.

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.