Angola: Lançamento da obra "A Carteira Luísa Dylon e Outros Contos" de Roderik Nehone

Publicado em quarta, 28 setembro 2016 11:04

No quadro da parceria entre o Camões-Centro Cultural Português em Luanda e a Leya/Texto Editores, será lançada no dia 06 de Outubro de 2016, às 18h00, no Centro Cultural Português, a obra mais recente do escritor Roderik Nehone "A Carteira Luísa Dylon e Outros Contos".

Nesta obra, o autor reúne 14 histórias, narradas num estilo coloquial e fluido, talhadas com o gume afiado da ironia, que é um dos traços marcantes da sua escrita, considerada pela crítica literária como "uma das mais fulgurantes revelações da ficção narrativa angolana".

Em cada uma das 14 histórias, contextualizada no tempo e no espaço, Roderik Nehone vai desfiando, com o seu engenho literário, factos e personagens retirados do quotidiano, predominantemente urbano de Luanda dos dias de hoje. Uma mistura de sentimentos, emoções, anseios, ambições, frustrações, dilemas, dramas, traições, medos e fragilidades humanas.

Roderik Nehone é o pseudónimo literário de Frederico Manuel dos Santos e Silva Cardoso. Licenciou-se em Direito na Universidad Central de Las Villas em Cuba e foi docente da Universidade Agostinho Neto, de 1991 a 2004. É membro da Ordem dos Advogados de Angola e Presidente da Mesa da Assembleia-Geral da União dos Escritores Angolanos. Da sua vasta obra publicada constam "Génese", Prémio António Jacinto de Literatura (1996), "Estórias Dispersas da Vida de um Reino", Prémio Sonangol de Literatura (1996), "O Ano do Cão", Prémio Sonangol de Literatura (1998), "Peugadas de Musa" (2001), "Tempos de Véu" (2003), "Uma Bóia na Tormenta" (2007) e "Filho Querido" (2015).

Os contos e poemas do autor integram várias coletâneas sobre literatura angolana nesses géneros. Algumas das suas obras foram traduzidas para inglês, espanhol, alemão, hebraico, servo-croata e francês.

 

 

 


 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.