Programa de Articulação da política de internacionalização do ensino superior e da ciência e tecnologia

Publicado em sexta, 21 outubro 2016 09:37

O Conselho de Ministros aprovou no dia 20 de outubro de 2016 um conjunto de orientações para a articulação da política de internacionalização do ensino superior e da ciência e tecnologia com as demais políticas públicas de internacionalização.

O Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. terá um papel fundamental na promoção e divulgação da atividade científica e do património científico português e na cooperação internacional no domínio da formação em ensino da língua portuguesa. Irá também colaborar em ações para promover a divulgação internacional das redes de ensino superior e de ciência e investigação portuguesas.

Estas orientações visam garantir a articulação entre as diferentes políticas públicas e os organismos que as promovem e executam, visando atingir essencialmente cinco objetivos:

  • valorização do processo de internacionalização do ensino superior e da investigação científica e tecnológica em Portugal;
  • valorização da área da ciência e do ensino superior, no desenvolvimento da cooperação com países terceiros;
  • valorização da cooperação internacional em ciência e tecnologia;
  • valorização do relacionamento com as comunidades académicas e científicas portuguesas residentes no estrangeiro;
  • promoção da diplomacia científica.

Comunicado do Conselho de Ministros

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.