República Checa: Publicação de “A família Silva Tarouca e a sua influência na cultura checa”

Publicado em quinta, 24 novembro 2016 15:22

Foi publicado em novembro de 2016, em Praga, o livro com o título A família Silva Tarouca e a sua influência na cultura checa, da autoria do historiador de arte e lusitanista Pavel Štěpánek. Editada em português e checo, a obra debruça-se sobre os três séculos de história de uma família portuguesa que exerceu cargos de enorme importância na Europa Central.

Manuel Silva Tarouca, Ministro e Conselheiro Privado de Maria Teresa de Áustria; Frederico Silva Tarouca, mecenas das artes e patrono de um dos maiores pintores checos: Josef Mánes (1820-1871); Ernesto Silva Tarouca, Ministro da Agricultura no Império Austro-húngaro, entre 1917 e 1918; e Carlos Silva Tarouca, historiador a quem se credita a descoberta e tratamento da Crónica de Portugal de 1419, são alguns dos nomes retratados no livro.

Trata-se de uma edição que resulta de um processo de estudo documental e de investigação internacional, centrado na história de várias gerações desta família contada a partir das obras do pintor Josef Mánes, graças a cujo trabalho se conhecem muitas das atividades políticas e de cidadania, mas também a fisionomia e o modo de vida dos Silva Tarouca.

Esta obra, publicada com o apoio do Camões, I.P. e da Fundação Calouste Gulbenkian, surge num momento em que a República Checa se junta à CPLP - Comunidades dos Países de Língua Portuguesa - com o estatuto de Observador Permanente, e contribui para o reconhecimento da longa história de relações políticas, culturais e sociais existentes entre aquele país e Portugal.

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.