República Checa: Inauguração em Praga da Exposição “50 mil rosas para a Revolução de Veludo. Amizade entre Václav Havel e Mário Soares”

Publicado em sexta, 02 dezembro 2016 17:44

A exposição 50 mil rosas para a Revolução de Veludo. Amizade entre Václav Havel e Mário Soares, concebida para relembrar a solidariedade dos portugueses com os checoslovacos durante a Revolução de Veludo, em 1989, será inaugurada no dia 6 de dezembro de 2016, na Faculdade de Letras da Universidade Carolina, em Praga.

Estarão presentes na cerimónia, a Embaixadora de Portugal em Praga, Manuela Franco e a decana da Faculdade, Eva Voldřichová Beránková.

Nesta exposição, que estará patente ao público até ao dia 31 de janeiro de 2017, podem ver-se retratados os acontecimentos que ocorreram durante os meses de outubro e de novembro de 1989, na Checoslováquia. Nesse ano chegaram a Praga jovens ativistas portugueses, numa participação organizada por Álvaro Beleza e José Aguiar-Branco, para manifestarem o seu apoio à Revolução, tendo elogiado a audácia dos estudantes checoslovacos com 50 mil rosas. 

A mostra retrata ainda a amizade entre o antigo presidente português Mário Soares e Václav Havel, pois Soares foi o primeiro chefe de estado do ocidente a visitar a então Checoslováquia,  após a revolução, tendo chegado na véspera da eleição de Havel como Presidente da República. Também como acontecimento histórico ficou o momento em que, enquanto oferta pessoal, ofereceu a Havel um carro (Renault 21) que se tornou, por alguns meses, a viatura oficial da Presidência da República.

A exposição foi idealizada pela Embaixada da República Checa em Lisboa em parceria com a Fundação Mário Soares e é agora trazida a Praga numa parceira entre o CLP-Praga, a Embaixada de Portugal na República Checa e a Faculdade de Letras da Universidade Carolina. 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.