Projetos “Bioenergia em São Tomé e Príncipe” e “Roadmap dos Resíduos em Cabo Verde”

Publicado em terça, 20 dezembro 2016 16:26

Após um processo de seleção de eventos das Nações Unidas e União Europeia, a empresa portuguesa Ecovisão, conjuntamente com a Direção Geral do Ambiente de São Tomé e Príncipe, a Agência Nacional de Água e Saneamento de Cabo Verde e a ONGA portuguesa Euronatura, apresentaram em dois eventos paralelos os resultados e conquistas dos projetos “Bioenergia em São Tomé e Príncipe” e “Roadmap dos Resíduos em Cabo Verde”.

Em São Tomé e Príncipe foi possível demonstrar o envolvimento das comunidades nos projetos de digestão anaeróbia de resíduos orgânicos, com consequente aproveitamento de biogás em fogões adaptados. Atualmente o projeto beneficia 18 famílias, num total de cerca de 70 pessoas, em resultado da instalação de cinco digestores anaeróbios: uma unidade construída com recurso a materiais locais e quatro unidades prefabricadas.

O principal uso do biogás produzido é para o aproveitamento energético em fogões adaptados em substituição da lenha, precursor da desflorestação. Testou-se também, com sucesso, a aplicação do biogás em lâmpadas de iluminação. Além da redução da desflorestação do Parque Natural do Obô, onde se situam estas comunidades rurais, o projeto pretendeu dotar estas últimas de competências para a construção dos seus próprios digestores, tendo em mente a correta gestão dos resíduos orgânicos produzidos.

Em Cabo Verde foi apresentado o resultado da primeira fase de implementação do “Roadmap dos Resíduos”, que envolveu ações de capacitação institucional, enquadramento estratégico para o setor e quadro legal aprovado. Este projeto pretende apoiar Cabo Verde na adequação da estratégia de tratamento de resíduos com os compromissos em matéria de alterações climáticas e apoiar o país na implementação dos compromissos assumidos no âmbito do Acordo de Paris.

Para visualização das brochuras e vídeos consultar: www.ecovisao.pt

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.