Moçambique: Exposição de Fotografia “USAKOS: Fotografia para Além de Ruínas”

Publicado em sexta, 30 junho 2017 18:18

A exposição USAKOS: Fotografia para Além de Ruínas inaugura no dia 6 de julho de 2017, às 18h00, no Camões – Centro Cultural Português em Maputo e mostra três coleções particulares de fotografia histórica preservada por quatro mulheres residentes na pequena cidade namibiana de Usakos.

Com a curadoria de Paul Grendon, Giorgio Miescher, Lorena Rizzo e Tina Smith, a exposição consiste em painéis móveis com fotografias a preto e branco selecionadas a partir das coleções das mulheres residentes em Usakos, as quais entram em diálogo com fotografias a cores contemporâneas de autoria de Paul Grendon. São também apresentadas informações históricas e dois grandes mapas. A exposição apresentada no Camões – Centro Cultural Português em Maputo é uma versão itinerante da exposição permanente, baseada em Usakos. Anteriormente a Maputo, durante o mês de maio e junho, USAKOS: Fotografia para Além de Ruínas esteve em Pretória (África do Sul) e depois de Maputo, segue viagem para Windhoek (Namíbia).

Usakos desenvolveu-se como um dos principais eixos do primeiro sistema ferroviário alemão, e depois sul-africano, na Namíbia. A sua morfologia urbana passou a ser fortemente marcada pelas políticas de segregação e planeamento urbano do apartheid.

As coleções fotográficas preservadas pelas quatro mulheres residentes capturam a rica paisagem, física e social, da antiga localidade, entre as décadas de 1920 e 1960. A maioria das imagens foi tirada por fotógrafos africanos locais ou itinerantes, e evidenciam uma vibrante cultura estética e visual num ambiente cosmopolita que se opõe às restrições e constrangimentos impostos por uma política racial intransigente.

As ressonâncias que as antigas coleções fotográficas produzem no passado, presente e futuro são retomadas por Paul Grendon, ao retraçar as camadas da experiência de Usakos, do colonialismo ao apartheid, que todavia permanecem visíveis na paisagem física e social da cidade.

Fruto de um acordo de cooperação entre a Universidade de Basileia, na Suíça, e a Universidade da Namíbia, estudantes de ambas as instituições participaram na conceptualização e montagem da exposição, tendo sido sobretudo responsáveis pela sua dimensão investigativa. Com o apoio do Basler Afrika Bibliographien, na Suíça, produziu-se um catálogo que inclui ensaios sobre fotografia e a história urbana de Usakos, bem como imagens organizadas em duas secções: fotografias a preto e branco apresentando as colecionadoras e suas coleções históricas, e uma secção a cor com as imagens produzidas por Paul Gredon.

A exposição USAKOS: Fotografia para Além de Ruínas pode ser visitada no Camões – Centro Cultural Português em Maputo entre 6 de julho e 4 de agosto, de segunda a sexta-feira, entre as 11h00 e as 18h00. Esta iniciativa, conta com o apoio da Pro-Helvetica Joanesburgo e do Camões – Centro Cultural Português em Maputo em parceria com: Carl Schlettwein Stiftung Basel, Centro de Estudos Africanos - Universidade de Basileia, Freiwillige Akademische Gesellschaft Basel, Max Geldner Stiftung Basel, Associação de Museus da Namíbia, Stiftung Mercator Schweiz, Universidade da Namíbia e Museu Usakos.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.