Ana Paula Laborinho termina mandato como Presidente do Camões, I.P. (2010-2017)

Publicado em segunda, 30 outubro 2017 16:00

Após 8 anos, Ana Paula Laborinho termina o seu mandato enquanto Presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.

Com um percurso ligado ao ensino, à defesa e promoção da língua e cultura portuguesas, a Presidente do Camões, I.P. é doutorada em Estudos Literários pela Universidade de Lisboa, onde é professora; passou pelo Instituto Cultural de Macau, onde coordenou os Leitorados de Português do Oriente; pelo Instituto Português do Oriente (IPOR), instituição que viria mais tarde a liderar, e onde integrou a comissão instaladora e assegurou o período da transferência de administração de Macau, de Portugal para a República Popular da China.

Em 2010, foi nomeada Presidente do Instituto Camões e, dois anos mais tarde, Presidente do Conselho Diretivo do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., tendo dirigido o processo de fusão do Instituto Camões e do Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento.

Da sua passagem pelo Camões, I.P. destacam-se, na área da língua, o alargamento da presença do português no mundo (85 países nos cinco continentes), com a crescente introdução do português como língua estrangeira em vários países; o reconhecimento do português como língua de acesso ao Ensino Superior; a certificação do Português, onde se destaca o referencial Camões, que terá o selo do Conselho da Europa; criação do estatuto da Empresa Promotora da Língua Portuguesa; desenvolvimento do ensino digital e de produtos inovadores como a Plataforma de Ensino a distância “Português Mais Perto” e a App e-learning. Na área da cultura, houve um crescimento da projeção cultural (em 2016, o Camões, I.P. promoveu cerca de 1300 atividades de divulgação cultural), destacando-se também os programas de apoio à edição, em conjunto com a DGLAB, e programas de apoio à tradução e promoção de autores portugueses noutras línguas, bem como a recente articulação da Ação Cultural Externa com o Ministério da Cultura. No âmbito da Cooperação, houve um aumento no número de iniciativas e projetos com parceiros internacionais, como sejam a UE, ONU ou a CPLP; aumento dos projetos financiados através da linha de financiamento de projetos de Cooperação para o Desenvolvimento e da linha de Educação para o Desenvolvimento, com a consequente gestão digital no acesso a estas linhas e das candidaturas a agentes de cooperação.

Ana Paula Laborinho vai dirigir o novo escritório da Conferência Ibero-Americana em Portugal.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.