Moçambique: “Karingana wa karingana: à volta da fogueira ou do telemóvel? - Ler e contar estórias na era do smartphone”

Publicado em sexta, 20 abril 2018 11:34

Por ocasião do Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, no dia 23 de abril de 2018, pelas 18H00, o Camões - Centro Cultural Português em Maputo acolhe a iniciativa “Karingana wa karingana: à volta da fogueira ou do telemóvel?, Ler e contar estórias na era do smartphone”.

A proliferação de tecnologia móvel e de baixo custo gera a emergência de uma geração que lê em dispositivos móveis e consome literatura digital, em formatos que fazem nascer conceitos novos na produção literária como romances seriados, disponíveis numa tentativa de cativar novos leitores e aumentar os níveis de leitura.

Sandra Tamele, organizadora da sessão, considera que  “os novos modelos de leitura tiveram um enorme sucesso na Ásia, que agora reverbera nos países anglo-saxónicos com o aparecimento de apps como a radish, movellas, hooked e shorti que oferecem aos leitores a conveniência das estórias na ponta dos dedos, acessíveis de qualquer lugar, a qualquer momento, em formato de mensagens SMS”. Questiona-se como poderá Moçambique, país onde a tradição oral ainda prevalece, acompanhar estes desenvolvimentos. Celso Muianga, Paulo Guerreiro, Tavares Cebola irão ser os participantes que procurarão debater este tema,  numa mesa redonda, moderada por Sandra Tamele.

Nas celebrações do Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, serão partilhadas, ainda, sugestões literárias de Angola, Brasil, Espanha, França, Itália, Moçambique, Portugal, Reino Unido, Rússia e Suíça, todas acompanhadas  por intérpretes da linguagem gestual.

Na iniciativa colaboram as Embaixadas de Angola, Brasil, Espanha, França, Itália, Portugal, Reino Unido, Rússia e Suíça.

 

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.