Itália: Souto de Moura distinguido com Leão de Ouro na Bienal de Arquitetura de Veneza

Publicado em segunda, 28 maio 2018 10:45

O arquiteto português Eduardo Souto de Moura foi premiado este sábado, dia 26 de maio de 2018, com o Leão de Ouro para o melhor participante individual na Bienal de Arquitetura de Veneza, um dos mais importantes prémios de arquitetura no mundo.

O prémio é atribuído à exposição em Veneza da recuperação arquitetónica realizada em São Lourenço do Barrocal, um monte alentejano nos arredores de Monsaraz, no Alentejo.

Souto de Moura expôs o seu trabalho apresentando apenas duas fotografias aéreas do projeto, num espaço vazio, uma ao lado da outra, representando o antes e o depois das construções.

A organização da Bienal de Veneza, onde Souto Moura tem também uma capela de Pedra, no Pavilhão da Santa Sé, justificou o prémio pela “precisão do combinar duas fotografias aéreas, com as quais revela a relação essencial entre arquitetura, tempo e lugar”.

O Presidente da República felicitou o arquiteto Eduardo Souto Moura. Para Marcelo Rebelo de Sousa, o arquiteto português demonstrou "o engenho e o rigor presentes tanto numa ideia como na sua concretização"

O Leão de Ouro para a melhor participação nacional foi atribuído à Suíça.

A exposição da Bienal de Veneza estará patente ao público até 25 de novembro de 2018 naquela cidade italiana e na qual Portugal participa através da exposição "Public Without Rethoric".

Reportagem da RTP: https://www.rtp.pt/noticias/cultura/eduardo-souto-de-moura-vence-leao-de-ouro-na-bienal-de-veneza_v1078241

 

 

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.