Moçambique: Exposição “Kinani: Através da Lente”

Publicado em quinta, 30 agosto 2018 17:34

A exposição “Kinani: Através da Lente” resulta de uma proposta da fotógrafa Yassmin Forte e de uma parceria entre o Camões – Centro Cultural Português em Maputo e a Yodine, empresa que organiza nesta capital moçambicana o festival bienal de dança contemporânea Kinani.

A exposição decorre precisamente no mês em que se realiza a Semana da Dança de Maputo, que terá lugar entre 18 a 22 de setembro de 2018. Esta mostra fotográfica apresenta um conjunto de fotografias que ilustram o percurso dos últimos 10 anos do festival Kinani. A exposição pretende ainda trazer ao público um debate acerca da fotografia que se dedica às artes performativas e aos diferentes critérios que lhe são inerentes.

“Kinani: Através da Lente” é exposição coletiva com a participação de vários fotógrafos moçambicanos, nomeadamente Adiodato Gomes, João Costa (Funcho), Emídio Josine, Mauro Vombe e Yassmin Forte, que nesta ocasião irá dedicar um tributo a Jorge Almeida, fotógrafo e professor universitário que morreu em 2013, enquanto preparava uma exposição sobre o mesmo tema. A apresentação desta mostra não pretendeu ser exaustiva nem representativa de todo o longo percurso do festival internacional Kinani, mas sim uma referência simbólica a alguns dos intervenientes da área e do circuito da dança. Tem igualmente o objetivo de promover uma reflexão sobre este meio de expressão artística, tão bem representado por Moçambique internamente e na sua diáspora.

A realização da exposição “Kinani: Através da Lente” contou com o importante apoio e pesquisa da fotógrafa Yassmin Forte e de Quito Tembe, fundador do projeto do festival Kinani. De salientar, ainda, durante a preparação e produção deste projeto, a generosidade e disponibilidade de todos os fotógrafos participantes e, no caso de Jorge Almeida, do apoio da família.

 

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.