Assinatura de Memorando de Entendimento para a promoção da língua e da cultura portuguesas no sistema edudativo não universitário de Castela e Leão

Publicado em quinta, 22 novembro 2018 17:34

O presidente do Camões, I.P., Luís Faro Ramos, na presença do Embaixador de Portugal em Madrid, Francisco Ribeiro de Menezes, do Ministro Conselheiro, Carlos Costa Neves, e da Coordenadora de Ensino, Filipa Soares, assinou hoje, dia 22 de novembro de 2018, na sede da Consejería de Educação, da Junta de Castela e Leão, um Memorando de Entendimento para a promoção da língua e da cultura portuguesas no sistema educativo não universitário da Comunidade de Castela e Leão. A Junta de Castela e Leão estava representada pelo seu Conselheiro de Educação, Fernando Rey Martínez, acompanhado pelo Diretor-Geral de Política Educativa Escolar, Miguel Veja Santos, e pela Diretora-Geral de Inovação e Equidade Educativa, Maria Pilar González García.

 

A assinatura deste novo memorando fecha o arco das Comunidades Autónomas de fronteira em matéria de ensino do português em Espanha, reconhecendo e reforçando também a importância crescente da língua portuguesa como língua de comunicação internacional, língua de ciência, língua de trabalho nas organizações internacionais, bem como o seu valor e peso económico no mundo atual.

Este memorando estabelece as medidas de colaboração para o desenvolvimento de ações de cooperação educativa entre o Camões, I.P. e a Comunidade Autónoma de Castela e Leão, através da Consejería de Educação de Castela e Leão, reforçando o ensino da língua e da cultura portuguesas naquela região espanhola.

Pretende também fomentar a promoção de iniciativas transfronteiriças em matéria de formação, ensino e aprendizagem das línguas espanhola e portuguesa no âmbito não universitário, em articulação com os agentes locais competentes e reforça a cooperação interinstitucional entre o Camões, I.P. e a Junta de Castela e Leão, através da sua Consejería de Educação, ao reconhecer a ação de formação permanente de professorado desenvolvidas pelo Camões, I.P., destinadas a professores de Língua e Cultura Portuguesas do sistema educativo autonómico e da Rede do Ensino de Português no Estrangeiro.

Desde que o Camões, I.P. assumiu a tutela do EPE em Espanha, tem cumprido um programa de atuação perfeitamente delineado e estratégico, articulado com as autoridades espanholas, nacionais e autonómicas, valorizando-se e consolidando-se a presença do português como língua de opção curricular no sistema educativo espanhol. Atualmente, 50.889 alunos estão a aprender português como língua estrangeira e o ensino da língua portuguesa é assegurado por 322 professores espanhóis de português, dependentes das redes autonómicas, nomeadamente, Andaluzia, Castela e Leão, Extremadura e Galiza, regiões com as quais foram assinados Memorandos de Entendimento. A rede EPE marca presença com 23 professores que, de maneira articulada, trabalham com os professores espanhóis, contribuindo para a partilha de boas práticas docentes em PLE junto dos docentes espanhóis.

20332

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.