Vogal da Direção do Camões, I.P. apresentou e assinou o Plano de Ação da Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento 2018-2022

Publicado em segunda, 26 novembro 2018 13:52

Paula Loureiro, Vogal da Direção do Camões, I.P., apresentou e assinou o Plano de Ação da Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento 2018-2022, no dia 23 de novembro de 2018, na Fundação Oriente, no quadro da conferência “Building a World of Justice and Solidarity: Global Education in the School”.

A Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento 2018-2022 (ENED 2018-2022) foi aprovada através da Resolução do Conselho de Ministros n.º 94/2018.

O Plano de Ação, tal como a ENED 2018-2022, foi elaborado por dezasseis instituições públicas e da sociedade civil e o protocolo que o aprovou foi assinado pelas mesmas entidades: Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.; Direção-Geral da Educação; Plataforma Portuguesa das ONGD; CIDAC – Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral; Agência Portuguesa do Ambiente, I.P.; Alto-Comissariado para as Migrações, I. P.; Comissão Nacional da UNESCO; Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género; Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P.; CD-ARICD Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento – Associação de Municípios; Associação de Reflexão e Intervenção na Política Educativa das Escolas Superiores de Educação (ARIPESE); ANIMAR – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local; Associação de Professores para a Educação Intercultural; Confederação Portuguesa das Associações de Defesa do Ambiente; Conselho Nacional de Juventude; e Plataforma Portuguesa dos Direitos das Mulheres.

Mais informações em ENED 2018-2022

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.