Colômbia: Presidente do Camões, I.P. visita projeto da Cooperação Portuguesa “Territórios Sustentáveis para a Paz em Caquetá"

Publicado em quarta, 05 dezembro 2018 10:20

O Presidente do Camões, I.P., Luís Faro Ramos, acompanhado pela Embaixadora de Portugal na Colômbia, Gabriela Soares de Albergaria, visitou nos dias 3 e 4 de dezembro de 2018, o projeto da Cooperação Portuguesa “Territórios Sustentáveis para a Paz em Caquetá”, implementado pelo Instituto Marques de Valle Flôr (IMVF), em parceria com a ONGD colombiana, Red Adelco.

 

Participaram também nesta missão a Conselheira da Embaixada da Áustria, Yvonne Rieser, o Chefe da Cooperação da Delegação da UE, Francisco García, o Diretor do Fundo Colombia em Paz, Juan Carlos Mahecha, bem como o Coordenador de Cooperação Bilateral da “Cancillería”, Jorge Torres e o Eng.º Nuno Félix da Mota-Engil.

Durante a sua visita, o Presidente do Camões, I.P. teve ocasião de conhecer “Puente Albania”, uma das comunidades abrangidas pelo projeto, no qual a organização comunitária de famílias produtoras de cana de açúcar é apoiada no fortalecimento do seu processo produtivo e comunitário. Na presença da “Alcaldesa” de El Paujil, Liliana Cuellar, foram também visitadas as obras de melhoria das vias terciárias (em curso), outra das atividades desta intervenção, que irão permitir um mais fácil escoamento dos produtos dos agricultores locais. Salienta-se que estas infraestruturas são apenas possíveis mediante cedência de materiais da empresa portuguesa Mota-Engil, bem como mão-de-obra e equipamento do Exército colombiano.

Projeto “Territórios Sustentáveis para a Paz em Caquetá” promove a consolidação da paz através do fortalecimento do desenvolvimento socioeconómico e ambiental dos territórios amazónicos afetados pelo pós-conflito, nos municípios de El Paujil e La Montañita. Contribui para a melhoria do modo de vida de 2.500 produtores agrícolas, através de iniciativas agrícolas e agro-industriais, assim como infraestruturas rodoviárias, produtivas e sociais que beneficiarão cerca de 6.500 pessoas. Em termos comunitários, esta intervenção envolverá cerca de 44 comunidades e pelo menos 50 organizações locais sociais e de base produtiva.

Realça-se que o financiamento desta intervenção, além deste Fundo Fiduciário Europeu para a Paz e do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., inclui ainda recursos provenientes das autoridades locais e de empresas portuguesas, nomeadamente da Mota-Engil.

20369 l2

20369 l3

20369 l4

20369 5

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.