Marrocos: Gonçalo M. Tavares na feira do livro de Casablanca

Publicado em sexta, 17 fevereiro 2012 08:21

O escritor português Gonçalo M. Tavares vai estar presente sábado, 18 de fevereiro, no pavilhão oficial do Ministério da Cultura de Marrocos na feira do livro de Casablanca (SIEL – Salon International de l’Édition et du Livre), em que Portugal participa através do Instituto Camões (IC) num pavilhão conjunto com três outros institutos nacionais de cultura de países da União Europeia.

Gonçalo M. Tavares, que tem uma das suas obras (O Senhor Valéry) traduzida para a língua árabe, será acompanhado pelo seu tradutor Said Benabdelouahed, do crítico literário Mohammed Ait Hanna e do editor Abderrahim Hozal.

O escritor português terá ainda nesse dia uma sessão de autógrafos no âmbito das atividades promovidas pelo IC no quadro da sua participação conjunta com o Istituto Italiano di Cultura, o British Council e o Goethe Institut no pavilhão do núcleo de Rabat da Rede dos Institutos Nacionais de Cultura da União Europeia (EUNIC).

Além do escritor, também a ilustradora portuguesa Rachel Caiano dirigirá, no mesmo dia, no pavilhão da EUNIC na feira, um ateliê de ilustração para crianças.

Não tendo aqueles quatro países europeus uma presença editorial significativa em Marrocos, ao contrário de outros, estes institutos da rede EUNIC optaram por um espaço dedicado ao diálogo e aos encontros culturais.

Cada instituto tem no pavilhão da EUNIC o seu espaço próprio, com uma montra onde foram colocados livros e publicações diversas, existindo ainda uma zona comum para encontros.

O espaço do IC no pavilhão apresenta uma mostra da literatura de língua portuguesa mais significativa traduzida para árabe e francês, assim como edições de arte nacional.

Ao longo da feira serão também ministrados pequenos cursos de iniciação às quatro línguas representadas no pavilhão – italiano, inglês, alemão e português.

 

 

 

 

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.