República Checa: Prémio Ibero-americano de trabalhos académicos de 2012

Publicado em terça, 21 fevereiro 2012 10:34

Dois alunos venceram ex aqueo o Prémio Ibero-americano de trabalhos académicos na República Checa, cuja entrega decorreu segunda-feira, 20 de fevereiro, numa sessão solene na Sala dos Patriotas da Universidade Carolina em Praga.

O prémio, já na sua XVII edição e que conta com os auspícios da Primeira-dama da República Checa, foi criado pelos representantes diplomáticos dos países ibero-americanos para apoiar a investigação e o conhecimento sobre a América Latina e a Península Ibérica na República Checa.

 A edição 2012 deste prémio contou com 12 concorrentes, tendo o primeiro prémio sido atribuído, ex aequo, a Marek Atanasčev, aluno de Filologia Portuguesa na Universidade de Masaryk em Brno, com um trabalho dedicado à Personagem de D. Madalena de Vilhena na obra Frei Luis de Sousa, de Almeida Garrett, e a Jan Střítecký, também da Universidade Masaryk, com o ensaio Imagen de la Revolución mexicana en la novela de Carlos Fuentes.

O terceiro lugar coube a Jana Kratochvílová com o trabalho Nuevo arte popular mexicano. Alebrijes oaxaqueños.

Durante a cerimónia o reitor da Universidade Carolina, Vacláv Hampl, referiu-se à importância do prémio para a divulgação dos países ibero-americanos e das disciplinas e culturas a eles associadas.

«Graças ao interesse dos estudiosos e à disposição das universidades para fundar novos institutos, tem vindo a crescer, nos últimos vinte anos, o número de centros universitários que se ocupam do mundo ibero-americano. Também aumentaram notavelmente as possibilidades de realizar intercâmbios em Espanha, Portugal ou América Latina», referiu ainda.

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.