República Checa: Prémio Ibero-americano de trabalhos académicos de 2012

Publicado em terça, 21 fevereiro 2012 10:34

Dois alunos venceram ex aqueo o Prémio Ibero-americano de trabalhos académicos na República Checa, cuja entrega decorreu segunda-feira, 20 de fevereiro, numa sessão solene na Sala dos Patriotas da Universidade Carolina em Praga.

O prémio, já na sua XVII edição e que conta com os auspícios da Primeira-dama da República Checa, foi criado pelos representantes diplomáticos dos países ibero-americanos para apoiar a investigação e o conhecimento sobre a América Latina e a Península Ibérica na República Checa.

 A edição 2012 deste prémio contou com 12 concorrentes, tendo o primeiro prémio sido atribuído, ex aequo, a Marek Atanasčev, aluno de Filologia Portuguesa na Universidade de Masaryk em Brno, com um trabalho dedicado à Personagem de D. Madalena de Vilhena na obra Frei Luis de Sousa, de Almeida Garrett, e a Jan Střítecký, também da Universidade Masaryk, com o ensaio Imagen de la Revolución mexicana en la novela de Carlos Fuentes.

O terceiro lugar coube a Jana Kratochvílová com o trabalho Nuevo arte popular mexicano. Alebrijes oaxaqueños.

Durante a cerimónia o reitor da Universidade Carolina, Vacláv Hampl, referiu-se à importância do prémio para a divulgação dos países ibero-americanos e das disciplinas e culturas a eles associadas.

«Graças ao interesse dos estudiosos e à disposição das universidades para fundar novos institutos, tem vindo a crescer, nos últimos vinte anos, o número de centros universitários que se ocupam do mundo ibero-americano. Também aumentaram notavelmente as possibilidades de realizar intercâmbios em Espanha, Portugal ou América Latina», referiu ainda.

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.