Uruguai: Filmes portugueses no 30.º Festival Cinematográfico Internacional do Uruguai

Publicado em terça, 27 março 2012 08:19

De 29 de março a 8 de abril, decorre em Montevideu o 30.º Festival Cinematográfico Internacional do Uruguai, evento cinematográfico de grande relevo neste país e que acolhe, anualmente, mais de 10 mil espetadores.

À semelhança dos anos anteriores, e com o apoio do Instituto Camões e do Instituto do Cinema e do Audiovisual, a presença portuguesa será assegurada pela projeção dos filmes “A Morte de Carlos Gardel”, de Solveig Nordlund, a concurso no âmbito “Largometrajes Iberoamericanos”, “Ilha da Cova da Moura”, de Rui Simões, “Luz Obstinada”, de Luís Alves de Matos, e “Alfama” de João Viana.

O Festival é organizado pela Cinemateca Uruguaia, que comemora 60 anos de existência. Para além dos habituais espaços de projeção, unem-se a esta edição várias salas do circuito comercial, constituindo, por isso, um festival itinerante pelos bairros da cidade, onde serão exibidas mais de 240 filmes.

A programação completa do Festival encontra-se disponível em www.cinemateca.org.uy

 

Programação filmes portugueses:

“A Morte de Carlos Gardel”: 5 de abril, às 17h30, na Cinemateca 18/ 7 de abril às 16h00 no Casablanca.

“Ilha da Cova da Moura”: 6 de abril, às 16h00, no Casablanca / 12 de abril, às 19h00, na Sala Cinemateca.

“Luz Obstinada”: 1 de abril, às 16h00, no Alfabeta / 14 de abril, às 17h45, na Sala Pocitos.

“Alfama” de João Viana: 8 de abril, às 19h25, na Cinemateca 18.




Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.