Moçambique: Primeiro Encontro do Livro de Cartão

Publicado em quinta, 12 abril 2012 08:05

Exposições de livros de cartão, oficinas infantis, oficinas literárias, oficinas semiprofissionais, vídeo-conferências, lançamento de novos livros, programas paralelos de eventos culturais são algumas das atividades que preenchem o 1º Encontro do Livro de Cartão que acontece, em Maputo, entre os dias 13 e 23 de abril de 2012, integrado nas atividades da IIIª Feira do Livro de Maputo.

A inauguração deste Encontro e da exposição de livros de cartão – uma iniciativa da Editora Kutsemba Cartão, do Projeto Ler é Nice e da Faculdade de Letras e Ciências Sociais da UEM, com o apoio da Embaixada de Espanha e do Instituto Camões – realiza-se no dia 13 de abril, na sede do Instituto Camões/Centro Cultural Português de Maputo.

O 1º Encontro do Livro de Cartão em Maputo, para além de divulgar o trabalho realizado nos dois últimos anos pela Editora Kutsemba Cartão, que conta com mais de 30 títulos publicados e 4.000 livros vendidos e distribuídos, pretende também refletir sobre o impacto deste fenómeno na indústria literária de Moçambique, e sobre as suas possibilidades e futuro. Por outro lado, o Encontro procura também propiciar a criação de um espaço de intercâmbio e diálogo entre editores independentes e outras editoras de cartão internacionais que permita contextualizar o caso de Moçambique e da Kutsemba Cartão como a primeira Editora de Cartão ativa no continente africano.

Para atingir estes objetivos, o 1º Encontro integra, em linhas gerais, (1) uma exposição de 10 dias dos livros de cartão produzidos durante os dois anos de existência da Kutsemba a ter lugar no Instituto Camões-Centro Cultural Português, onde também estarão patentes as publicações alternativas em cartão que se tem desenvolvido Universidade Eduardo Mondlane (UEM); (2) oficinas infantis e apresentação de projetos socioculturais e educativos que trabalham a partir do livro de cartão nas escolas da periferia urbana de Maputo, para além de oficinas literárias; (3) oficinas semiprofissionais e de aperfeiçoamento de técnicas artesanais e editoriais com a colaboração de convidados internacionais; (4) sessões internacionais, através de vídeo-conferências, para análise da situação mundial dos mercados alternativos do livro e novas possibilidades para a distribuição e acesso à literatura e, finalmente, (5) um programa paralelo de eventos culturais no contexto dos títulos divulgados.

Para participar neste Encontro, deslocam-se a Maputo Lúcia Rosa (BR), fundadora da Editora Dulcineia Catadora do Brasil e Beatriz Martínez (ESP) co-fundadora da Editora Meninas Cartoneras na Espanha. As duas convidadas vão lecionar diferentes oficinas de fabrico de livros e capas e vão partilhar as suas experiências nas diferentes mesas redondas e conferências programadas.

Por outro lado, e a partir das vídeo-conferências programadas para a UEM, irão intervir também no programa os fundadores da Kutsemba Cartão Saylín Álvarez e Luís Madureira (Professor Catedrático da Universidade de Wisconsin-Madison, EE.UU.); Paloma Celis Carbajal (Directora da coleção Ibero-americana da Biblioteca da Universidade de Wisconsin-Madison, que possui a maior coleção de livros de cartão do mundo); Johana Kunin (antropóloga e investigadora do fenómeno cartonero, Argentina); e Bárbara Rodrigues (Mestre em língua espanhola e Teoria Literária pela Universidade Federal de Pernambuco, Brasil, e coordenadora do projeto Qinti Qartunira, Peru).

De Moçambique o Encontro tem contado com a participação especial de escritores e dramaturgos como Carlos dos Santos, Pedro Sansão, Calane da Silva, Lucrécia Paco, Paulo Guambe e Poeta Militar, e pintores de renome como Victor Sousa, Noel Langa, Ídasse Tembe, Ciro Pereira, Nhongwene, Vânia Lemos, Carmen Moiana e outros que abraçaram a iniciativa da Kutsemba Cartão e colaboraram na sessão de textos e pintura das capas dos 1.000 exemplares de livros que foram produzidos para serem expostos e vendidos ao preço de 100 meticais durante a exposição.

Entre os novos títulos que a Editora Kutsemba Cartão lançará, estarão, dentro da Coleção de Poesia “Ekhuettthe - A Melodia do Povo”, de Lino Mukuruze, e “Retalhos de Pedras e Vestígios de Impurezas”, de Poeta Militar, também na Coleção de Teatro “Alemanha Cheira a Pétalas”, de Paulo Guambe, também autor do livro “O Cachorro Detetive” da Coleção de Literatura Infantil. Serão também apresentados, na Coleção de Contos Orais “O Coelho Que Cozinhou a Amiga Gazela”, na Coleção Narrativa “Elogios”, de Carlos dos Santos, e, finalmente, o livro académico “Travessias de cartão: aproximações ao fenómeno das editoras «cartoneras»”, coordenado por Saylín Álvarez Oquendo e Luís Madureira.

As editoras Dulcinéia Catadora (Brasil) e Meninas Cartoneras (Espanha) também irão apresentar livros produzidos nos seus próprios países.

O QUÉ É KUTSEMBA CARTÃO?

Kutsemba Cartão é um projeto editorial, comunitário e sociocultural, que nasce em Moçambique em abril de 2010 com o objetivo de abrir novas perspetivas para a difusão da literatura em Moçambique, e levar livros a setores da população habitualmente excluídos do mercado editorial. Também visa desenvolver projetos comunitários através da inclusão de grupos marginalizados ou vulneráveis em oficinas de manufatura de livros, assim como outras atividades educacionais.

Para tais fins, Kutsemba (que na língua changana significa “esperança”) segue o modelo plural das editoras cartoneras que se têm disseminado desde 2003, em primeiro lugar, por toda a América Latina, e mais tarde também pela Europa, África (através dos “kutsembas”) e finalmente Ásia, somando em total mais de 70 editoras cartoneras no mundo.

O objetivo das editoras de cartão, que carecem de fins lucrativos, é a produção de livros artesanais e de baixo custo com capas de cartão reciclado que se vendem a preços mínimos. De maneira que pretendem garantir, por um lado, a democratização do acesso ao livro, e por outro, facilitar a publicação e divulgação das obras de novos autores.

O fenómeno das editoras cartoneras e o impacto cultural, social e educativo que elas geram, tem sido já objeto de estudo para diferentes investigadores dos mais prestigiosos centros de ensino do mundo, entre eles, a Universidade de Harvard (EEUU), Universidade de Wisconsin-Madison (EEUU), Universidade Torcato Di Tella (Argentina) ou na Universidade Complutense de Madrid (Espanha).

Neste mês de abril a editora Kutsemba Cartão está a celebrar o seu segundo aniversário com a exposição de todos os títulos publicados até agora (em português, espanhol, inglês e changana) nas coleções de Teatro, Narrativa, Ficção, Literatura Infantil e Contos Orais.

Para mais informações e para consultar o programa completo do evento:

http://www.wix.com/kutsembacartao/kutsemba#!

http://centrodeproducao-cepad.blogspot.com/

http://www.encontrolivrocartaomaputo.blogspot.com/




Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.