Alemanha: Professores debatem gestão da heterogeneidade na aula de português

Publicado em sexta, 20 abril 2012 08:10

Durante três dias, entre 23 e 25 de abrilde 2012, professores, leitores e investigadores debatem as possíveis abordagens teórico-práticas da gestão da heterogeneidade na aula de Português (Língua Materna, Estrangeira e/ou de Herança), em Weilburg, num espaço dedicado à formação, do Estado Federado de Hessen.

A planificação de um Seminário de Formação aberto a todos os interessados pelo Ensino do Português no Estrangeiro, mas focalizado sobretudo na Alemanha ou nos países e regiões de língua alemã, levou a que as organizadoras – Coordenação do Ensino Português no Estrangeiro – conseguissem a cooperação na área da formação de professores na Alemanha.

Esta iniciativa, que resulta da cooperação do Estado Federado de Hessen e do Camões, IP, (através da Embaixada de Portugal em Berlim e da Estrutura de Coordenação de Ensino), conta com a presença do Embaixador de Portugal em Berlim e do representante do Ministério da Cultura de Hessen.

Está também presente a investigadora e docente do Departamento de Educação da Universidade de Aveiro, Doutora LucianaGraça, profere uma conferência plenária acerca da Didática da Escrita, seguida de uma sessão de trabalho.

Durante o seminário são apresentados os resultados da análise dos cerca de 1000 desenhos que foram recolhidos pelos docentes da Rede de Ensino Português na Alemanha junto das crianças, entre os seis e os doze anos, que constituem os seus cursos. A apresentação plenária fica a cargo de Sílvia Melo Pfeifer e Alexandra Schmidt, coordenadora e adjunta da Coordenação do Ensino Português na Alemanha. Relembre-se que esta recolha foi feita no âmbito do projeto “Imagens do (Ensino) Português no Estrangeiro”, que contou com o apoio do Camões,IP, e que analisa as representações que os alunos de origem portuguesa do ensino primário na Alemanha (inscritos em aulas de língua portuguesa) têm de si próprios em relação ao seu multilinguismo.

O programa conta ainda com três sessões de trabalho (dinamizados pelas organizadoras), cada um versando, à sua maneira, a gestão da heterogeneidade na sala de aula.

Finalmente há a apresentação de comunicações individuais ou em coautoria de leitoras e de docentes da rede de Ensino Português na Alemanha (um grupo de docentes do “Projeto Bilingue de Hamburgo”), que assim vão partilhar as suas experiências, o seu saber-fazer e os seus projetos pedagógico didáticos, num total de 6 intervenções.

A formação é aberta e gratuita para todos os professores mesmo os que não fazem parte da rede de docentes do Estado Federado de Hessen, nem da Rede de Ensino Português na Alemanha, a cargo do Instituto Camões.

Mais informações:

http://cepealemanha.wordpress.com/2012/03/22/herkunftssprachlicher-unterricht-portugiesisch-lernen-und-unterrichten-in-heterogenen-lerngruppen-vom-problem-zur-bereicherung-didaktisch-methodische-gestaltung-zwischen-wahrnehmung-und-p/

Programa

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.