Cabo Verde: V edição do ciclo de documentário maio.doc

Publicado em segunda, 21 maio 2012 07:52

De 22 a 31 de maio de 2012, as cidades da Praia e do Mindelo acolhem mais uma edição do ciclo de documentário maio.doc ao longo da qual serão exibidos oito filmes, que constituem a extensão a Cabo Verde do IX Festival Internacional de Cinema doclisboa, bem como duas obras realizadas em Cabo Verde.

A organização do maio.doc, já na sua 5ª edição, é do Centro Cultural Português, contando com o apoio da Câmara Municipal da Praia (que a inclui no programa das festas do Município), do Ministério da Cultura de Cabo Verde (que acolhe, pela primeira vez, sessões do maio.doc) e da Garantia, que acompanha o IC-CCP desde a primeira edição, tal como a Apordoc (Associação Portuguesa pelo Documentário), que realiza o grande festival internacional de documentário doclisboa de que o maio.doc constitui a extensão a Cabo Verde.

Trata-se, assim, de uma oportunidade para o público das duas cidades poder assistir a alguns dos melhores filmes portugueses exibidos naquele que já um dos importantes festivais internacionais na área documentário, bem como tomar contacto com obras recentes de produção cabo-verdiana. Estão nesta categoria os filmes de Júlio Silvão (São Tomé e Príncipe, minha terra, minha mãe, minha madrasta) e do português Diogo Bento que, com Espelho de Prata, aborda a recuperação do acervo fotográfico da Foto Melo, em S. Vicente.

Da secção portuguesa do doclisboa merecem destaque “Um filme Português”, no qual, através do cinema, se expressam seis olhares diferentes sobre o país, “Orquestra Geração”, que documenta uma experiência inovadora levada a cabo com jovens de uma escola multicultural na Amadora baseada na música, e “30 000 anos” que aborda a construção do museu destinado a perpetuar as importantes descobertas de arte rupestre ocorridas no Vale do Coa.

Na Praia, as sessões, com início às 18.15h, decorrem no Auditório do Palácio Ildo Lobo (semana de 22 a 25 de Maio) e no Auditório do IC-CCP (semana de 28 a 31 de Maio). No Mindelo, com início à mesma hora, será a biblioteca do Polo no Mindelo do CCP a acolher as exibições, que têm entrada livre.

Programa



Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.