Uruguai e Brasil celebram 10 de junho com Cristina Branco

Publicado em segunda, 11 junho 2012 13:54

No âmbito das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Cristina Branco atua em Brasília no dia11 de Junho de 2012  pelas 20:00 no Teatro UNIP 913 Sul e em Montevideu no dia 14 de junho de 2012, no Teatro Solís, às 20:30.

A fadista, acompanhada pelos músicos Bernardo Couto,  na guitarra portuguesa, Bernardo Moreira, no contrabaixo, e Ricardo Dias, no piano e acordeão, apresentará o seu mais recente trabalho, “Não há só tangos em Paris.”

O nome do novo trabalho de Cristina Branco,"Não há só tangos em Paris", deixa antever algumas das sonoridades cultivadas nas canções que o integram. Na mente da cantora estão "velhos gira-discos e long-plays de Carlos Gardel", ouvidos "entre Buenos Aires, Lisboa e Paris". E está também "Amália numa velha fotografia de 1945 no Rio de Janeiro, o fado e o tango, o bolero e a milonga", tudo unido pela guitarra, o contrabaixo e o piano.

É desta mescla de imagens, memórias, sons, palavras e ambiências musicais que se faz "Não há só tangos em Paris", motes inspiradores de um grupo de criadores que alimentaram a voz e a interpretação de Cristina Branco: as palavras poéticas saíram da criatividade de Manuela de Freitas,  Vasco Graça Moura, António Lobo Antunes, Carlos Tê ou Miguel Farias, e os sons que as sustentam e lhes dão brilho e significado são da autoria de Mário Laginha, João Paulo Esteves da Silva, Pedro Silva Martins e Pedro Moreira, e ainda de Jacques Brel, Carlos Gardel e Isolina Carrillo. 

Em Brasília, o espetáculo é organizado pelo Teatro UNIP e apoiado pelo Camões, I.P., e pela Embaixada de Portugal no Brasil. Em Montevideu, o espetáculo é organizado pela Jazztour e apoiado pelo Camões, I.P., e pela Embaixada de Portugal em Montevideu.

 

 

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.