Moçambique: Artista Victor Sousa expõe Pintura, Cerâmica e Gravura

Publicado em sexta, 29 junho 2012 16:04

O Centro Cultural Português do Instituto Camões em Maputo organiza, pela segunda vez consecutiva, uma exposição individual do artista Victor Sousa, que vai estar patente ao público, na galeria daquele instituto, entre 27 de junho e 28 de julho de 2012.

A exposição tem como título “60”, em referência ao sexagésimo aniversário de vida do artista e, segundo Jorge Dias, curador da exposição, reúne trabalhos realizados entre 2011 e 2012, de pintura, cerâmica e diferentes técnicas de impressão com diversos recursos de gravação a cores.

Victor Sousa usa diferentes meios de expressão (gravura, pintura, desenho e cerâmica) para dar voz à sua criatividade. Em 1982 fez a sua primeira exposição individual de gravura e pintura, no Núcleo de Arte em Maputo. Desde então, tem participado em inúmeros workshops e exposições coletivas, sendo 60 a sua oitava mostra individual.

As narrativas da mulher e da família continuam presentes nesta exposição. Elas são representadas com uma carga expressiva e detentora de uma aura festiva que revela grande sensibilidade. A presença da figura feminina identifica a preocupação com os valores étnicos, familiares, morais e religiosos. Na escultura/cerâmica, os adornos tornam as obras mais expressivas e com um toque feminino, enquanto que nas obras produzidas nas diferentes técnicas de impressão, a forma é mais austera.

Victor Sousa nasceu em Maputo, em 1952. Frequentou cursos de Desenho Analítico e Publicitário, Desenho Mecânico, Desenho e Pintura, Cerâmica e Gravura. Estagiou no atelier de António Inverno (Pintura e Serigrafia) e foi professor de Arte na Escola de Artes Visuais em Maputo.

A exposição na Imprensa

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.